Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

terceira edição

Vem aí a terceira edição do Drink Festival

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

21 de novembro de 2018

De 21 de novembro a 2 de dezembro, 300 casas preparam drinks a preços especiais  com Whisky Johnnie Walker, Gin Tanqueray Ten, Whiskey Bulleit Bourbon, Cachaça Ypióca 5 Chaves e Vodka Ketel One

O Drink Festival chega a sua terceira edição com a participação de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, além da inclusão de Curitiba e Fortaleza como novas cidades. A ação promocional tem como principal objetivo apresentar o universo de drinks aos consumidores e fomentar a cultura da coquetelaria nos bares e restaurantes. O tema deste ano é “Todo drink tem uma história”, em que o consumidor conhecerá a história e curiosidade de coquetéis clássicos.

 

O festival assinado por Johnnie Walker, Tanqueray Ten e outras marcas do portfólio de luxo da Diageo acontece entre 21 de novembro e 2 de dezembro, em quase 300 bares e restaurantes, com drinks ao preço fixo de R$29.

 

“A coquetelaria é um universo encantador e tem atraído cada vez mais o consumidor brasileiro, que hoje reconhece nos drinks a opção perfeita para diferentes momentos e ocasiões, tanto no consumo em bares e restaurantes, como em casa. Através do Drink Festival atraímos novos consumidores, estimulando experiências novas de consumo e ajudando no desenvolvimento da coquetelaria no Brasil junto com nossos clientes parceiros”, comenta Alexandre Miranda, diretor nacional de vendas da Diageo.

 

Seguindo a tradição do último ano, o Drink Festival será a primeira porta de entrada para os bartenders das casas participantes se inscreverem no World Class Competition, maior campeonato de coquetelaria do mundo. O bartender poderá enviar uma receita autoral contando a história de seu drink. E, durante o Festival, um corpo de jurados visitará os bares para avaliar a performance do bartender e seu drink. Os bartenders com as melhores já estarão na semifinal brasileira de 2019.

Sobre a Diageo

A DIAGEO é líder mundial na produção de bebidas alcoólicas premium, com uma coleção de  marcas nas categorias de bebidas destiladas, vinhos e cervejas. Essas marcas incluem SMIRNOFF, JOHNNIE WALKER, GUINNESS, BAILEYS, OLD PARR, CÎROC, TANQUERAY, entre outras, e as nacionais YPIÓCA e NÊGA FULÔ. A DIAGEO é uma empresa multinacional que opera em 180 países. As ações da companhia são negociadas na Bolsa de Valores de Nova Iorque (DEO) e na Bolsa de Valores de Londres (DGE). Para mais informações sobre a DIAGEO, seus funcionários, suas marcas e seu desempenho, visite www.DIAGEO.com.br. Celebre com responsabilidade e saiba mais sobre consumo responsável de bebidas alcoólicas em www.DrinkiQ.com.br

Sobre World Class

Selo internacional da DIAGEO, líder mundial na produção de destilados premium. Tem como objetivo desenvolver a cultura da coquetelaria em todo o mundo. Nos diversos países em que está presente, promove ações para bares, bartender e o público final, e está associado às melhores práticas do segmento. Anualmente, elege o bartender do ano em um campeonato em que estão presentes competidores de vários países.

APRECIE COM MODERAÇÃO

NÃO COMPARTILHE ESTE CONTEÚDO COM MENORES DE 18 ANOS

Publicidade

CFT: integrando os setores da moda cearense

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de agosto de 2018

Ceará Fashion Trade promove negócios entre empresas da moda e os mercados nacional e internacional

De 1 a 3 de agosto acontece a terceira edição da Ceará Fashion Trade, no Centro de Eventos Ceará. Altamente segmentada, a feira reúne empresas dosetor de confecções e do têxtil num mesmo espaço, visando fortalecer e
consolidar o cenário estadual como um dos mais importantes do País e apresentando para compradores brasileiros e internacionais uma vitrine do
que a moda tem de melhor.

Este ano, a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) são os responsáveis pela apresentação do evento, que conta com a Promoção da Ikone Eventos e a realização do Sindconfecções, Sinditêxtil e do Sindroupas.

Para que essa edição acontecesse o protagonismo da presidência da Fiec foi de suma importância para validar a união dos sindicatos ligados à Federação e para mostrar a força do Estado no cenário nacional.

A CFT 2018 cresceu 30% para atender à crescente demanda, principalmente do setor de moda íntima. Além disso, a participação das micro e pequenas empresas também está mais expressiva em virtude do trabalho valoroso desenvolvido pelo Sebrae-CE. Serão 100 expositores entre instituições, faculdades, revistas e empresas de pequeno, médio e grande porte.

Entre os expositores estão confeccionistas com atuação comercial por meio de atacado a pedido futuro, de pronta entrega e private label; indústria têxtil, de serviços e de acessório para vestuário. Elas compreendem as categorias íntima, praia, fitness, feminina, masculina, infantil, jeans e surf, além de bolsas e calçados; têxtil e aviamentos; e, ainda, fornecedores e
transportadora.

Negócios
Em 2018, a expectativa é ultrapassar a meta de R$ 15 milhões em negócios e receber cerca de 4 mil visitantes. Para realização dos três dias de evento a CFT 2018 gera 250 empregos diretos e indiretos com investimentos da ordem de R$ 1,5 milhões. Em 2017, a CFT promoveu R$ 10.525 milhões em negócios gerados e prospectados no evento e recebeu pouco mais de 2 mil compradores de 23 estados brasileiros e de quatro países – Brasil, Colômbia,
Portugal e Japão. Esse ano os compradores estão vindo todo o Brasil e de  vários países, entre eles, Itália, República Dominicana e Portugal.

Expectativas

O presidente do Sindroupas-CE, Lélio Matias, informa que o crescimento analisado na área e no número de expositores, na ordem de 30% em relação a versão passada, é um crescimento substancial, considerando a atual conjuntura e as dificuldades do setor. “Crescemos também na lista confirmada de compradores/visitantes e a expectativa é de um crescimento de 50% em volume de negócios”, pontua.

De forma geral, Matias considera positivo o resultado do setor de roupas no Ceará alcançado no primeiro semestre, levando-se em conta as ações desenvolvidas e as que ainda estão em andamento. “Para os próximos meses cresce a expectativa de negócios com a chegada do fim de ano. Esperamos gerar um crescimento de 5% para o ano de 2018”, aponta.

O presidente do Sindconfecções-CE, Elano Guilherme, também tem uma expectativa muito positiva com a CFT 2018. “Teremos com toda certeza uma edição da CFT infinitamente maior e quando eu falo em maior é realmente
em todos os aspectos, em números de empresas expositoras, na qualidade dessas empresas e também na quantidade dos potenciais compradores que a cada ano só aumenta, e no que eu acho o mais positivo em tudo isso: a visibilidade percebida para o setor de moda produzida no Ceará”, afirma.

Guilherme considera que tudo é muito novo e desafiante e que a equipe está buscando levar o maior número possível de informação para os empresários, qualificar e profissionalizar o setor. “Mas o maior desafio é atrair novamente
os olhares dos compradores para o nosso Estado, precisamos mostrar que somos ainda um grande polo de moda com produtos de qualidade e é assim que queremos ser reconhecidos”, destaca.

“O futuro do setor depende da unidade nas relações institucionais e boa articulação com governos e parceiros como o Sebrae, a Fiec, as Fecomércios, os Sindlojas, as CDLs e outros grandes parceiros. A Feira Ceará Fashion Trade simboliza essa forte atuação conjunta nos últimos anos”, ressalta o vice-presidente do Sinditêxtil, Rafael Cabral.

Novidades

Além da feira de negócios, a CFT 2018 promove desfiles técnicos dos expositores para apresentação in loco das marcas participantes desta edição. E, ainda, o CFT Buzz, que significa burburinho, murmúrio, um sussurro. Uma ideia que surge e se espalha, contagiando e incentivando as pessoas.

Com o propósito de impulsionar o pujante mercado dos setores têxtil e de confecções do Ceará, estabelecendo parcerias estratégicas e aproximando os diversos elos da cadeia econômica, a CFT Buzz promoverá discussões para aprimorar o conhecimento desses elos, com foco na mudança estratégica de rumos, buscando alinhar uma indústria tradicional às novas tecnologias. Entre as pautas de destaque do momento inovação e sustentabilidade.

A feira também irá apresentar ilhas digitais com conteúdo das startups por meio de pitchs presença de alguns desses inovadores, trocando ideias diretamente com os visitantes e os expositores. A iniciativa tem curadoria da gestora dos Projetos de Moda e Startups do Sebrae-CE, Marília Diniz.

Dados CE

Segundo informações levantadas pelo Núcleo de Economia/Fiec, a partir de dados do MTE e IBGE, o setor do vestuário cearense emprega 43.345 pessoas, o que representa 7,1% da mão de obra nacional e, 14,1% em relação a participação na indústria local. No total são 2.560 empresas, sendo oito de grande porte, 53 médio, 313 pequeno e 2.186 micro empresas. Assim, o Ceará ocupa a quinta colocação nacional com faturamento líquido de R$ 2.811,6 milhões.

No setor têxtil, o Estado também ocupa a quinta colocação no Brasil com um faturamento líquido de R$ 1.941,3 milhões, empregando 12.973 pessoas, em 267 estabelecimentos. Destes 220 são micro, 28 de pequeno, 11 de médio e
oito de grande porte.

De acordo com dados levantados pelo IEMI/Rais, apenas o mercado de moda íntima cearense dispõe de 269 unidades produtoras, com participação de 10,6% no Brasil, o que torna o Estado o segundo maior produtor do setor, atrás apenas do Rio de Janeiro, que tem produção de 24% do total nacional. No Ceará, são produzidas 97.750.000 peças por ano com geração de 28.854 empregos.

CFT 2018 em números
3 dias de feira
100 expositores
4.000 visitantes com compradores nacionais e internacionais
15 milhões de reais em negócios gerados

Agenda Buzz

Palestras / Painéis

1° de agosto às 15h
Inovação e mercado Buzz marketing: o movimento que gera negócios para a
sua marca com Gal Kury, consultora de Marketing
O modelo de negócios das startups na Moda com Marília Diniz com a gestora
dos Projetos de Moda e Startups do Sebrae-CE

2 de agosto às 15h
A nova era do consumo comportamento consciente do consumidor com Bia
Guedes, designer de moda, Lorena Delfino, consultora de moda sustentável
e representante do movimento Fashion Revolution Fortaleza, e Clara
Dourado, jornalista e profissional de marketing digital e coolhunting

3 de agosto às 15h

Sustentabilidade. Um novo olhar para negócios de moda Senac-CE com
Janaína Pereira Ribeiro, consultora, pesquisadora e Instrutora do Senac-CE
e Denise Barros Tavares, consultora de imagem, figurinista, designer e
Instrutora do Senac-CE

Programação geral

1º (quarta-feira)
14h – início da exposição
15h – Painel Inovação e mercado 15h – Buzz marketing: o movimento que
gera negócios para a sua marca. Gal Kury – Consultora de Marketing
15h30 – O modelo de negócios das startups na Moda. Marília Diniz – Gestora
dos Projetos de Moda e Startups do SEBRAE/CE
16h30 – Solenidade de abertura
17h – Desfiles comerciais dos expositores
19h – Desfiles comerciais dos expositores

02 (quinta-feira)
14h – início da exposição
15h – A nova era do consumo – comportamento consciente do consumidor
Bia Guedes – Designer de moda Lorena Delfino – Consultora de moda
sustentável / Representante do movimento Fashion Revolution Fortaleza
Clara Dourado – Jornalista e profissional de marketing digital e coolhunting
18h – Concurso Ceará Moda Contemporânea – CMC 2018

03 (sexta-feira)
14h – início da exposição
15h – Sustentabilidade. Um novo olhar para negócios de moda – Senac/CE
Janaína Pereira Ribeiro – Consultora, pesquisadora e Instrutora do Senac
Ceará. Denise Barros Tavares – Consultora de imagem, figurinista, designer e
Instrutora do Senac Ceará.
17h – Desfiles comerciais dos expositores
19h – Desfiles comerciais dos expositores

Serviço
Ceará Fashion Trade
De 1 a 3 de agosto, das 14h às 20h, no Centro de Eventos Ceará (Avenida
Washington Soares, 999, Edson Queiroz).
Inscrições pelo site: www.cearafashiontrade.com.br
Informações: 85 3261 1111
Estacionamento: R$ 15,00
Apresentação: Sistema Fiec e Sebrae-CE
Realização: Sindconfecções, Sinditêxtil e Sindroupas

Apoio: Fecomércio-CE e Senac-CE

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Vila Sonora chega à terceira edição

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

03 de Maio de 2016

 

 

ALMIR BEZERRA 08

Cultura ] A parte musical do festival se encerra como o show do renomado artista Almir Bezerra, um dos fundadores da banda The Fevers, um ícone do movimente Jovem Guarda

 

Nos dias 06 e 07 de maio a cidade de Aquiraz, primeira vila instituída no estado do Ceará, pelo terceiro ano consecutivo, se transformará no Vila Sonora, festival que se caracteriza por ser uma mostra coletiva de música e compreende também um conjunto de seminários e oficinas no campo da cultura. Nesta edição, os shows acontecerão na Praça das Flores, localizada no Centro de Aquiraz, sempre a partir das 19h. Toda a programação é gratuita.

Este ano, o 3º Vila Sonora apresentará uma dezena de shows que revelam a heterogeneidade da produção musical brasileira, sempre mesclado atrações do próprio município, artistas de todo Ceará e também nomes de repercussão nacional.  Nesta edição, destaca-se os espetáculos “Aquiraz Musical 1 e 2”, que reúne um conjunto de artistas locais que interpretarão acompanhados de uma banda base sob a direção do músico Gerardo Gondim (integrante do movimento Massafeira), seus trabalhos em diversos estilos. Desde jovens nomes até artistas veteranos entre eles: Carlão, Graça Santtos, Germano do Vale, Eloiza Moraes, Weiber Viana, Daniel Câmara, Lintoln Neves, Yasmin e Paulo Martins, Ismael Amora e Abica. Ainda de Aquiraz o festival contará com as presenças da banda Mariná e Lúcio Rodrigues.

Os grupos Rebel Lion (primeira banda de reggae do Ceará, responsável por difundir o ritmo jamaicano no estado) e Jardim Suspenso (banda cearense que desde 2010 faz tributo à Rita Lee e aos Mutantes, ex-banda de Rita Lee), também integram a programação do festival, assim como o cantor e compositor Pingo de Fortaleza que apresenta seu espetáculo “Relicário de Canções” baseado em seu mais recente CD lançado em 2015.

No sábado, 07 de maio, haverá um cortejo do maracatu Solar, saindo da Igreja Matriz em direção à Praça da Flores. A parte musical do festival se encerra como o show do renomado artista Almir Bezerra, um dos fundadores da banda The Fevers, um ícone do movimente Jovem Guarda, cujos sucessos repercutem ao longo das gerações. A voz de Almir Bezerra imortalizou sucessos como, “Mar de Rosas”, “Agora eu Sei”, “Hey Girl”, “Candida”, “Ninguém vive sem amor”, entre outros.

“Essa terceira edição do Vila Sonora está mais abrangente, no que se refere aos shows, serão mais de 15 artistas da cidade tendo a oportunidade de se apresentar profissionalmente, oficinas culturais e artísticas ocorrerão simultaneamente em 8 localidades do município, além de seminários, voltados para alunos da rede pública de ensino. Com certeza fortalecerá a dinâmica cultural do município de Aquiraz, propiciando não apenas a difusão, mas também o aspecto da formação”. Declara Arnóbio Santiago, produtor, curador e um dos idealizadores do evento.

 

ATIVIDADES DE FORMAÇÃO E FEIRA

Como uma forma de descentralizar suas ações, oficinas de capoeira, artesanato, pífaros e coco de praia, acontecerão nas localidades de Camará, Prainha, Iguape, Serpa, Tapuiu, Machuca.

Já os seminários, abordarão os temas “Políticas Culturais e Formação Musical nos Municípios” e contarão com nomes como: Hermano Bezerra, secretário de Cultura e Turismo de Aquiraz; Arley França, fundador da Orquestra de Sopros de Pindoretama, entre outros.

O público também vai conferir nos dois dias de evento, a feira de gastronomia e artesanato “ABRAÇARTE”, idealizada pela Secretaria de Administração e Planejamento de Aquiraz.

O 3º Vila Sonora é uma realização da Associação Cultural Solidariedade e Arte – SOLAR. Co-realização da Prefeitura Municipal de Aquiraz através da Secretaria de Cultura e Turismo e da Secretaria de Educação. Apoio: Hotel Laguna Blu, Associação de Moradores dos Bairros de Aquiraz – AMBA, Agoikirá. Secretaria da Cultura do Estado do Ceará – SECULT – através da Lei de Incentivo à Cultura. Agradecimento: Coca-Cola.

 

Serviço

3º Vila Sonora

Dias 06 e 07 de maio

Praça das Flores, Centro, Aquiraz (CE)

Horário: 19h

Maiores informações: (085) 99911 0941 / 999877321

https://www.facebook.com/3vilasonora/?fref=ts

Gratuito

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Vila Sonora chega à terceira edição

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

03 de Maio de 2016

 

 

ALMIR BEZERRA 08

Cultura ] A parte musical do festival se encerra como o show do renomado artista Almir Bezerra, um dos fundadores da banda The Fevers, um ícone do movimente Jovem Guarda

 

Nos dias 06 e 07 de maio a cidade de Aquiraz, primeira vila instituída no estado do Ceará, pelo terceiro ano consecutivo, se transformará no Vila Sonora, festival que se caracteriza por ser uma mostra coletiva de música e compreende também um conjunto de seminários e oficinas no campo da cultura. Nesta edição, os shows acontecerão na Praça das Flores, localizada no Centro de Aquiraz, sempre a partir das 19h. Toda a programação é gratuita.

Este ano, o 3º Vila Sonora apresentará uma dezena de shows que revelam a heterogeneidade da produção musical brasileira, sempre mesclado atrações do próprio município, artistas de todo Ceará e também nomes de repercussão nacional.  Nesta edição, destaca-se os espetáculos “Aquiraz Musical 1 e 2”, que reúne um conjunto de artistas locais que interpretarão acompanhados de uma banda base sob a direção do músico Gerardo Gondim (integrante do movimento Massafeira), seus trabalhos em diversos estilos. Desde jovens nomes até artistas veteranos entre eles: Carlão, Graça Santtos, Germano do Vale, Eloiza Moraes, Weiber Viana, Daniel Câmara, Lintoln Neves, Yasmin e Paulo Martins, Ismael Amora e Abica. Ainda de Aquiraz o festival contará com as presenças da banda Mariná e Lúcio Rodrigues.

Os grupos Rebel Lion (primeira banda de reggae do Ceará, responsável por difundir o ritmo jamaicano no estado) e Jardim Suspenso (banda cearense que desde 2010 faz tributo à Rita Lee e aos Mutantes, ex-banda de Rita Lee), também integram a programação do festival, assim como o cantor e compositor Pingo de Fortaleza que apresenta seu espetáculo “Relicário de Canções” baseado em seu mais recente CD lançado em 2015.

No sábado, 07 de maio, haverá um cortejo do maracatu Solar, saindo da Igreja Matriz em direção à Praça da Flores. A parte musical do festival se encerra como o show do renomado artista Almir Bezerra, um dos fundadores da banda The Fevers, um ícone do movimente Jovem Guarda, cujos sucessos repercutem ao longo das gerações. A voz de Almir Bezerra imortalizou sucessos como, “Mar de Rosas”, “Agora eu Sei”, “Hey Girl”, “Candida”, “Ninguém vive sem amor”, entre outros.

“Essa terceira edição do Vila Sonora está mais abrangente, no que se refere aos shows, serão mais de 15 artistas da cidade tendo a oportunidade de se apresentar profissionalmente, oficinas culturais e artísticas ocorrerão simultaneamente em 8 localidades do município, além de seminários, voltados para alunos da rede pública de ensino. Com certeza fortalecerá a dinâmica cultural do município de Aquiraz, propiciando não apenas a difusão, mas também o aspecto da formação”. Declara Arnóbio Santiago, produtor, curador e um dos idealizadores do evento.

 

ATIVIDADES DE FORMAÇÃO E FEIRA

Como uma forma de descentralizar suas ações, oficinas de capoeira, artesanato, pífaros e coco de praia, acontecerão nas localidades de Camará, Prainha, Iguape, Serpa, Tapuiu, Machuca.

Já os seminários, abordarão os temas “Políticas Culturais e Formação Musical nos Municípios” e contarão com nomes como: Hermano Bezerra, secretário de Cultura e Turismo de Aquiraz; Arley França, fundador da Orquestra de Sopros de Pindoretama, entre outros.

O público também vai conferir nos dois dias de evento, a feira de gastronomia e artesanato “ABRAÇARTE”, idealizada pela Secretaria de Administração e Planejamento de Aquiraz.

O 3º Vila Sonora é uma realização da Associação Cultural Solidariedade e Arte – SOLAR. Co-realização da Prefeitura Municipal de Aquiraz através da Secretaria de Cultura e Turismo e da Secretaria de Educação. Apoio: Hotel Laguna Blu, Associação de Moradores dos Bairros de Aquiraz – AMBA, Agoikirá. Secretaria da Cultura do Estado do Ceará – SECULT – através da Lei de Incentivo à Cultura. Agradecimento: Coca-Cola.

 

Serviço

3º Vila Sonora

Dias 06 e 07 de maio

Praça das Flores, Centro, Aquiraz (CE)

Horário: 19h

Maiores informações: (085) 99911 0941 / 999877321

https://www.facebook.com/3vilasonora/?fref=ts

Gratuito

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti