Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Selvagens à Procura de Lei

Selvagens à Procura de Lei: Paraíso Portátil

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

04 de Abril de 2019


Novo álbum traz inéditas e fãs podem apoiar a banda já com a pré-venda

Rock, pop e música nordestina. Essa é a identidade dos Selvagens à Procura de Lei, banda de Fortaleza/CE, formada por Gabriel Aragão (vocal, guitarra e teclado), Caio Evangelista (vocal e baixo), Nicholas Magalhães (vocal e bateria) e Rafael Martins (vocal e guitarra). A sonoridade caminha entre o rock e o pop, com vocais divididos nas composições. Com 3 álbuns lançados e diversos singles, a banda segue muito felizes em ter conquistado um espaço entre as bandas da nova geração do Brasil e de já terem tocado nos maiores festivais do país, além do Lollapalooza 2014 e 2018 e shows internacionais. Recentemente “SAPDL” representou o país em Moscou, durante a Copa do Mundo através da Brasil Music Exchange (BME), projeto de exportação de música brasileira.

Em campanha no Kickante, para que os admiradores apoiem desde a pré-venda, o álbum “Paraíso Portátil” segue em produção. Ao adquirir o novo disco ou qualquer uma das cotas, o fã estará colaborando com os custos do nosso novo projeto!

Caio, Gabriel, Nicão e Rafa fazem questão de ressaltar que: Estamos ansiosos e empolgados pra mostrar pro mundo as novas músicas! Vem com a gente, escolha a sua recompensa e participe! =) Ah! Acompanhe todo o processo de gravação pelas nossas redes, vamos mostrando a vocês!

“Paraíso Portátil” será o nosso próximo álbum e contará uma nova história.

As novas composições giram em torno do estilo de vida contemporâneo onde quase tudo cabe no bolso e ao mesmo tempo questiona onde se encontra, em meio a todas estas manifestações, a essência do que nos torna humanos.

O álbum contará com músicas inéditas sob a produção de Paul Ralphes que já produziu alguns trabalhos nossos: “Bem-Vindo ao Brasil”, “Jamoga” e “Ao Vivo Na Maloca Dragão”. Paul é produtor musical experiente no mercado, já trabalhou com vários artistas que você talvez conheça (dá um google!).

Desta vez, além de guitarras-baixo-bateria, as músicas captam a essência com sintetizadores, violões, piano e bateria eletrônica. A produção está sendo feita em São Paulo e a gravação será no Rio de Janeiro, em abril de 2019.

Publicidade

Selvagens à Procura de Lei é selecionada para tocar na Rússia durante a Copa do Mundo

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de junho de 2018

 

Após apresentações nos festivais Lollapalooza Brasil e Maloca Dragão – onde gravou o primeiro DVD, que pretende documentar a história da banda -, a Selvagens à Procura de Lei é anunciada pelo Brasil Music Exchange (BME), projeto de exportação de música brasileira, como um dos 12 nomes para tocar na Rússia durante a Copa do Mundo. Entre os demais estão Emicida, Liniker & Os Caramelows e Mart’nália.

“Estamos muito felizes com a notícia! É uma honra sermos selecionados como um dos nomes para representar a música brasileira na Rússia, e prometemos fazer isso com todo o empenho, energia e amor, que sempre colocamos em todos nossos shows”, diz Gabriel Aragão (vocal, guitarra e teclado).

A Selvagens à Procura de Lei é uma banda de Ceará, que vem alcançando a marca de uma das melhores bandas independentes do país. Teve o single “Tarde Livre” eleito como a melhor do ano de 2016 pelos leitores da Rolling Stone Brasil; em 2017 fizeram mais de cem shows em todo o país, além do primeiro internacional, em Buenos Aires; e somam presença em grandes festivais.

Lista completa dos selecionados:

  • Combo Cordeiro
  • Emicida
  • Esdras Nogueira e grupo
  • Gian Correia
  • Hermeto Pascoal e grupo
  • Liniker & Os Caramelows
  • Ludere
  • Mart’nália
  • Sandália de Prata
  • Saulo Duarte
  • Selvagens à Procura de Lei
  • Yangos

Sobre a Selvagens à Procura de Lei

A banda Selvagens à Procura de Lei foi formada em 2009 em Fortaleza, Ceará, e toca rock com bastante influência da música nacional dos anos 80, de bandas como Legião Urbana; e do rock indie dos anos 2000, como The Strokes e Arctic Monkeys.

Formada por Rafael Martins (vocal e guitarra), Gabriel Aragão (vocal, guitarra e teclado), Caio Evangelista (vocal e baixo) e Nicholas Magalhães (vocal e bateria), a Selvagens lançou três EPs no início da carreira: “Talvez eu Seja Mesmo Calado, mas Eu sei Exatamente o que eu Quero”, de 2010; “Suas Mentiras Modernas”, também de 2010; e “Lado C”, de 2011. Depois dos EPs, investiu esforços para gravar álbuns de estúdio, e, até o momento, foram lançados três. O primeiro deles é “Aprendendo a Mentir”, de 2011; seguido pelo homônimo “Selvagens à Procura de Lei”, de 2013; e o mais recente, “Praieiro”, de 2016.

O single “Tarde Livre”, pertencente ao último álbum, foi eleito como o melhor de 2016 pelos leitores da revista Rolling Stone Brasil, o que lhe rendeu visibilidade nacional. Em 2017 se dedicou à turnê de “Praieiro”, com mais de cem shows em todo o país, além do primeiro em Buenos Aires, na Argentina – na ocasião, gravaram o videoclipe da música “Gostar Só Dela”, recém-lançada.

Em março de 2018 se apresentou no festival Lollapalooza – trata-se da segunda apresentação da banda neste que é um dos maiores festivais do país; a primeiro foi em 2014 -, e teve o show bastante elogiado pela imprensa. Tony Aiex, editor do blog Tenho Mais Discos Que Amigos, escreveu: “O grupo tem um arsenal de grandes canções e uma performance ao vivo das mais interessantes”; João Paulo Carvalho, repórter do jornal O Estado de S.Paulo, destacou as referências: “Assistir à performance da banda cearense Selvagens à Procura de Lei é o equivalente a fazer um mergulho na história do gênero em terras brasileiras”; Rodolfo Vicentini, repórter do UOL, tem a Selvagens como uma aposta: “Sem muita frescura e com paulada a todo momento, o Selvagens mostrou que não é o destaque do novo rock nacional há tanto tempo à toa”.

Uma novidade é a gravação do primeiro conteúdo audiovisual, que aconteceu durante apresentação no festival Maloca Dragão, em abril de 2018, na cidade de Fortaleza. O show, que teve direção de Paul Ralphes (ex-diretor da Universal Music), foi registrado para inclusão das imagens num documentário que contará a história da banda, ainda sem data de lançamento.

Além disso, foi umas das selecionadas pelo Brasil Music Exchange (BME), projeto de exportação de música brasileira, como um dos 12 nomes para tocar na Rússia durante a Copa do Mundo. Entre os demais estão Emicida, Liniker & Os Caramelows e Mart’nália. O show acontece dia  21 de junho, no palco Casa Brasil.

Publicidade

Shopping Iguatemi Fortaleza inicia hoje (27) vendas avulsas de ingressos para o festival I’Music

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de dezembro de 2017

O Shopping Iguatemi Fortaleza abre a partir de hoje (27), quarta-feira, as vendas avulsas de ingressos para o festival I’Music, que será realizado nos dias 05, 06 e 07 de janeiro de 2018. Os interessados poderão adquirir os ingressos no valor de R$ 80,00 (meia) por cada dia de shows, nos dois quiosques do festival, localizados na Praça da Expansão e em frente às Lojas Americanas.

Além das vendas avulsas, a Campanha de Natal do Shopping Iguatemi segue até o dia 7/1, oferecendo aos clientes a oportunidade de unir as compras de final de ano com a oportunidade de assistir a apresentações de grandes nomes da música brasileira no I´Music. Na ação promocional, a cada R$ 200,00 (duzentos reais) em compras (*), o cliente terá a condição especial de adquirir até quatro ingressos, pelo preço individual de R$ 40,00, e válido para um dos três dias do I’Music.

Atrações para diversos estilos

I’Music, novo festival de música do Iguatemi Fortaleza, promete sacudir a cidade durante três dias, com muita diversão, música, entretenimento e alegria. Ao todo, serão 9 (nove) cantores e bandas nacionais, entre os dias 05 e 07 de janeiro. São elas: Selvagens, Ana Vitória, Projota, Paralamas do Sucesso, Frejat, Jota Quest, Ney Matogrosso, Jorge Ben Jor e Monobloco, além de DJs, shows pirotécnicos, roda gigante, tirolesa, experiências sensoriais e muito mais. O festival, além das grandes atrações, terá a atriz Mônica Iozzi como apresentadora oficial dos três dias de evento.

No primeiro dia (05 de janeiro) o I’Music traz Selvagens à Procura de Lei, AnaVitória e Projota, para um público jovem antenado com as novidades do cenário musical. Já para o segundo dia (06 de janeiro), é a vez do Rock Brasileiro da década de 80 comandar a festa com Paralamas do Sucesso, Frejat e Jota Quest. Para encerrar o festival no terceiro e último dia (07 de janeiro), o Iguatemi traz artistas consagrados da música nacional Ney Matogrosso e Jorge Ben Jor, além do swing carioca do Monobloco.

 

* Conferir regulamento na página oficial do evento, hospedado em www.iguatemifortaleza.com.br/

Serviço:

I´Music – Festival de Música do Shopping Iguatemi Fortaleza

Quando: 05, 06 e 07 de janeiro de 2018

Onde: Shopping Iguatemi Fortaleza – Washington Soares, 85 – Edson Queiroz – Estacionamento Laranja

Horário: a partir das 15 horas

  • postado por Oswaldo Scaliotti

Publicidade

Projeto Rivera e Selvagens à Procura de Lei fazem show gratuito no RioMar Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de outubro de 2017

   

Neste domingo, 29 de outubro, dois nomes da cena do rock autoral cearense se apresentarão a partir das 17 horas, no Estacionamento Aberto da Lagoa do Papicu do RioMar Fortaleza. A entrada é gratuita.

 

Um fim de tarde com muito rock promete agitar este domingo em Fortaleza. Selvagens à Procura de Lei e Projeto Rivera – duas bandas cearenses de rock que têm se firmando no cenário da música brasileira – chegam ao RioMar Fortaleza para única apresentação, dia 29 de outubro, a partir das 17h, no Estacionamento Aberto da Lagoa do Papicu. A entrada é gratuita.

O Projeto Rivera, que participou da última edição do Rock in Rio, trará para o público um show com as principais faixas do seu disco de estreia “Eu vim te trazer o sol”. O quarteto, formado por Victor Caliope (vocal e violão), Bruno Santos (guitarra e voz), Matheus Brasil (bateria e teclado) e Flávio Nascimento (guitarra), também promete apresentar canções inéditas aos fãs a partir das 17h. Além disso, a banda irá revisitar seus principais sucessos.

Logo após, os Selvagens à Procura de Lei, confirmada no line-up do Lollapalooza 2018, um dos maiores festivais do país, prometem muito rock com uma apresentação que celebra o sucesso que vem alcançando. O grupo irá passear pelas principais faixas dos três álbuns já lançando pela banda. Rafael Martins (vocal e guitarra), Gabriel Aragão (vocal , guitarra e teclado), Caio Evangelista (baixo e voz) e Nicholas Magalhães (bateria e vocal) comemoram com o público os mais de 85 shows feitos este ano em 19 estados e, destes, diversos com ingressos esgotados.

Sobre Projeto Rivera
O Projeto Rivera nasceu em 2013 e no ano seguinte já gravava o seu primeiro CD. Lançado em 2015, o álbum “Eu Vim Te Trazer o Sol” , com 13 faixas, foi composto em viagens pelas cidades do interior do Ceará e passeia por letras que exploram histórias vivenciadas nessas andanças.  Em 2016, a banda foi contemplada no Laboratório de Música do Porto Iracema das Artes, onde trabalhou no seu segundo álbum, que conta com a produção de Léo Ramos , guitarrista e vocalista da banda Supercombo . Intitulado de ” Eu Vejo Você “, o álbum será lançado em 2018.

 

Vídeo Chamada: https://drive.google.com/file/d/0BzAaiqvtIPC0Y0szRTY5R1lHS1U/view?usp=sharing

 

Sobre Selvagens à Procura de Lei
Formada em 2009, inspirando-se no Rock Nacional da década de 1980, a banda Selvagens à Procura de Lei vem ganhando visibilidade em todo o Brasil. No ano passado, o quarteto viajou mais de 48 mil quilômetros para realizar 55 shows em todo o País. Confirmada no line-up do Lollapalooza 2018 , é a segunda apresentação da banda em um dos maiores festivais do país.  A primeira foi na edição foi em 2014. No ano passado, a faixa “Tarde Livre”, do álbum “Praieiro” (2016), foi eleita a melhor música nacional de 2016 pela escolha dos leitores da Revista Rolling Stone Brasil, e ouvida por quase 2 milhões de pessoas no Spotify. “Dois de Fevereiro”, do mesmo álbum, ganhou um videoclipe que já soma mais de 46 mil views no Youtube.

Serviço

Data: 29 de outubro, domingo

Horário: Projeto Rivera, às 17. Selvagens à Procura de Lei, às 19h.

Local: Estacionamento Aberto da Lagoa do Papicu – RioMar Fortaleza (Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu)

Entrada Gratuita

Telefone: 3066-2000

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Lollapalooza Brasil confirma a banda Selvagens À Procura de Lei na edição 2018

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

02 de outubro de 2017

A banda Os Selvagens À Procura de Lei é atração do Lollapalooza Brasil 2018. O festival divulgou o line up que se apresenta nos dias 23, 24 e 25 de março no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, e confirmou o grupo cearense com reconhecimento de Norte a Sul do país entre osconsagrados nomes da música nacional e internacional do evento.

Destaque na edição 2014 do Lollapalooza, Os Selvagens À Procura de Lei retornam ao festival com uma bagagem de hits da carreira iniciada em 2009. Na primeira participação no Lolla, o grupo lançou em primeira mão no palco do evento o single “Bem-Vindo ao Brasil”, escrito em resposta à mobilização nacional para a Copa do Mundo.

Hits

“Tarde Livre”, eleita melhor música de 2016 pela escolha do leitor da Rolling Stone Brasil, e com dois milhões de plays no Spotify, puxa a fila de sucessos dos Selvagens, que também incluem a icônica “Mucambo Cafundó”, do disco de estreia “Aprendendo a Mentir”, de 2011, “Brasileiro”, “Despedida”, “Sr. Coronel”, “Mar Fechado” e tantas outras do homônimo disco “Selvagens À Procura de Lei”, lançado pela Universal Music em 2013.

Último CD e reconhecimento

Em 2016, a banda apresentou “Praieiro”, assim como o disco anterior, produzido por David Corcos, “O Marroquino”, gravado na Red Bull Station SP e lançado através de uma bem-sucedida campanha de financiamento coletivo. No trabalho de divulgação do álbum, os Selvagens já acumulam mais de 80 shows por todo o país e títulos como o conferido pela Revista Exame, que incluiu os Selvagens na lista das “11 Bandas Que Estão Mudando a Música Brasileira”. 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Festival do Escargot & Frutos do Mar acontece neste fim de semana

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

06 de setembro de 2017

Um dos mais tradicionais eventos gastronômicos do Ceará, o festival tem uma programação variada, com música, gastronomia, esporte e lazer.

 

A XVII edição do Festival do Escargot & Frutos do Mar, na Praia da Taíba, terá uma programação variada.  O evento realizado pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, através da Secretaria de Cultura e Turismo, acontece nos dias 08, 09 e 10 deste mês, com estimativa de 30 mil pessoas.

Entre os músicos convidados, estão cantores e atrações de renome nacional, como Biquíni Cavadão, Alceu Valença e Marcos Lessa. As bandas Selvagens à Procura de Lei, Dona Leda, Nonsense, Reite e Quarto 9 também marcarão presença no evento.  A entrada é gratuita e aberta para públicos de todas as idades.

Este ano, o evento adota um formato mais amplo, com destaque para a Ilha gastronômica que contará com oficinas com importantes chefs de cozinha, concurso de pratos preparados à base de frutos do mar, além de feira de artesanato local.

O Pôr do Sol Instrumental ganhou mais espaço em dois dias de evento (sexta e sábado), com as bandas Fauzi Beydoun, Selvagens à Procura de Lei, Daniel Lopes e banda Nonsense, Jhonny Silva e Zé Manduca.

A programação esportiva, realizada pela Federação Cearense de Surf, contará com a etapa do Circuito Cearense, Nordestino e Brasileiro de Surf, mas também com categorias amadoras, voltadas para os atletas locais.

“O festival do escargot já faz parte do calendário cultural de São Gonçalo do Amarante. É um evento importante para mostrarmos além do potencial turístico da nossa região e as delícias da nossa culinária” afirma o prefeito do município, Cláudio Pinho.

 

Serviço

Data:  08 a 10 de Setembro

Local: Praia da Taíba

Programação

Palco Principal

Sexta-feira (08)

21:30h – DonaLeda

23:00h – Alceu Valença

00:30h – Marcos Lessa

02:00h – Banda Quarto 9

Pôr do Sol

16:30h – Fauzi e banda The Soul Vibe

18:00h – Daniel Lopes e banda Nonsense

19:00h – Jhonny Silva e banda Indiana Buena

Sábado (09)

21:30h – Tributo: Belchior está aqui

22:15h – Banda Reite

00:00h – Biquíni Cavadão

02:00h – Banda Muita Vibe Surf Brothers

Pôr do Sol

17h – Selvagens à Procura de Lei

18:30h – Banda Zé Manduca

Domingo (10)

Circuito Cearense, Nordestino e Brasileiro de Surf

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

SELVAGENS À PROCURA DE LEI PARTICIPA DO FESTIVAL CEARÁ É PRA CURTIR

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

21 de julho de 2016

A banda faz show dia 22/7 na Praça Verde do dragão do Mar

perfil_selvangens_baixa-27

(Crédito: Dário Matos)

 

A banda Selvagens à Procura de Lei volta a terra natal trazendo o rock ‘n roll de seu novo álbum, Praieiro (2016). Desta vez, a banda participa do festival “Ceará é Pra Curtir”, dia 22 de julho na Praça Verde do Centro Dragão do Mar. O festival começa às 19h e o show da banda está programado para 21h.

O Festival, que reúne música boa e gastronomia será palco para a irreverência dos Selvagens à Procura de Lei, que tocam no mesmo dia da banda Casa Maré .

Praieiro é um convite às tardes livres que deixaram de ser tão frequentes desde que a  banda de rock se mudou – em 2013 – de Fortaleza para São Paulo. De refrão explosivo, a faixa “Tarde Livre” ainda remete às origens praieiras do grupo, que também traz elementos do reggae com “Felina” e do xote com “Guetos Urbanos”.

Com o novo álbum, o quarteto formado por Rafael Martins (voz e guitarra), Gabriel Aragão (voz e guitarra), Caio Evangelista (voz e baixo) e Nicholas Magalhães (voz e bateria), reforça a sua habilidade em unir o rock ao pop – seja na areia ou no asfalto.

 

Serviço:

Selvagens à Procura de Lei – Festival “Ceará é Pra Curtir”

Data: 22 de julho

Local: Praça Verde do Dragão do Mar

Abertura dos portões: 19h

Show: 21h

*Aberto ao público sujeito à lotação do local

 

Sobre o Selvagens à Procura de Lei:

Saída de Fortaleza, a banda Selvagens à Procura de Lei construiu uma trajetória sólida ao longo dos últimos anos. Criado em 2009, percorreu os principais festivais do país, entre eles o extinto Planeta Terra (2011) e o Lollapalooza (2014). O caminho bem sucedido foi traçado a partir da discografia composta pelos EPs Suas Mentiras Modernas e Talvez Eu Seja Mesmo Calado, mas Eu Sei Exatamente o que Eu Quero – ambos de 2010 – e Lado C, este último de 2011. O primeiro álbum completo veio no mesmo ano. Trata-se de Aprendendo a Mentir, elogiado por nomes relevantes do cenário nacional e responsável por catapultar o rock do Selvagens aos quatro cantos do país. Em 2013, o álbum homônimo veio reforçar o talento do garotos radicados em São Paulo e aumentar a já relevante fanbase do grupo.

 

Ouça Praieiro:

Spotify

Deezer

Napster

Selvagens à Procura de Lei na web:

Facebook

Twitter

Youtube

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

SELVAGENS À PROCURA DE LEI APRESENTA NOVO DISCO “PRAIEIRO” NA MALOCA DRAGÃO

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Abril de 2016

IMG_0819

O show acontece no dia 29 de Abril, na Praça Verde do Dragão do Mar

 

Depois de uma maratona de shows pelo Brasil, a banda Selvagens à Procura de Lei retorna a terra natal para apresentar o novo disco “Praieiro”. No dia 29 de abril, a banda será a atração principal do festival Maloca Dragão, que acontece na Praça Verde do Dragão do Mar.

A banda participa da Maloca desde a 1ª edição, em 2014, na Praça Almirante Saldanha, e reuniu o maior público naquele ano. No ano passado, o grupo foi convidado novamente para apresentação na Praça Verde do Dragão, também atingindo um público recorde do festival.

Músicas como “Sangue Bom”, “Guetos Urbanos”, “Felina” e “Projeto de Vida” fazem parte do repertório do show. Cada “single” está ligado diretamente e indiretamente a temáticas cotidianas e experiências de vida dos integrantes com o país.

O novo disco já está disponível nas plataformas musicais como Youtube, iTunes, Spotify e Deezer para todos os internautas e amantes do rock nacional. O single “Tarde Livre” já soma mais de 800 mil execuções nas diversas plataformas de streaming em conjunto.

Após a apresentação em Fortaleza a banda segue com a turnê para as cidades de Quixadá, retorna a capital para mais um show ao lado do Capital Inicial, faz show em seguida em Natal, Salvador e finaliza em Brasília.

A entrada para o festival Maloca Dragão é gratuita e os ingressos limitados de acordo com a lotação do espaço.

Publicidade

BANDA SELVAGENS À PROCURA DE LEI APRESENTA SHOW DE FÉRIAS EM NATAL/RN

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de dezembro de 2015

_DSC6309

No dia 23 de janeiro a banda Selvagens à Procura de Lei fará show de lançamento do novo single “Tarde Livre”, sucesso das plataformas musicais como Spotify e Youtube com mais de 260 mil execuções, para o público potiguar, no Centro Cultural DoSol.

O show será realizado no espaço de maior referência do rock and roll e da música pop em Natal. O Centro Cultural DoSol é palco dos mais importantes shows da cidade e do Festival DoSol que ocorre em novembro em várias cidades do Rio Grande do Norte, envolvendo mais de 100 bandas. O Selvagens à Procura de Lei é convidado especial da programação de janeiro, mês de férias, tocando ao lado da banda Camarones Orquestra Guitarrística.

A música “Tarde Livre”, primeiro single do novo disco “Praieiro”, é o trabalho mais recente da banda que representa bem a relação dos integrantes com a cidade de Fortaleza em seu cenário praiano, natural e que é terra natal dos músicos. O single marca a transição do disco anterior para o novo.

Os ingressos podem ser adquiridos no site www.sympla.com.br no valor de R$ 20,00 (meia) antecipados e serão aceitos como forma de pagamento: dinheiro, cartões de débito e crédito.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

SELVAGENS À PROCURA DE LEI LANÇA CLIPE DO NOVO SINGLE “TARDE LIVRE” NO CINE SÃO LUIZ

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

24 de novembro de 2015

IMG_0376

Após o lançamento de sucesso da música “Tarde Livre”, a banda Selvagens à Procura de Lei estréia clipe inédito no dia 5 de dezembro, a partir das 17h, no Cine São Luiz; ponto cultural histórico e de marco cearense.

O evento contará com a exibição do vídeo clipe do single “Tarde Livre” seguido de um pocket show de 40 minutos da banda. A nova música do disco “Praieiro” representa bem a relação dos integrantes com a cidade de Fortaleza em seu cenário praiano, natural e que é terra natal dos músicos. Além disso, marca a transição do disco anterior para o novo.

O clipe da música teve direção artística de Juliane Peixoto e Adriele Freitas; produção de João “Malaiala” Cabral e Gabriela Parente; captação de imagens da HD Produções e making of da Shot Up.

As vendas já estão disponíveis no site da Bilheteria Virtual, no quiosque da Bilheteria Virtual do Shopping Del Paseo (3ºpiso), na Loja NordWest do Shopping Benfica, nas lojas Blinclass dos shoppings Iguatemi, Parangaba, North Shopping e North Shopping Jóquei e na Bilheteria do Cine São Luiz. Os ingressos custam de R$15,00 (meia) a R$30,00 (inteira).

 

Programação

17h – Abertura de portões

1730h – Exibição do clipe + Making Of

18h – Pocket show (40 min)

 

Histórico

Natural de Fortaleza, a banda se projetou em seu Estado, ocupando todos os palcos dos principais eventos da cidade, dos menores ao maior deles, o Ceará Music. Antes de partirem para conquistas ainda mais grandiosas, que incluíram uma indicação na categoria “Aposta”, do VMB 2012 da MTV, Lollapalooza 2014, Festival Planeta Terra 2011, Festival Porão do Rock 2013, Virada Cultural 2012 – 2015 e uma apresentação no mesmo ano no Prêmio Multishow junto com o Capital Inicial, o produtor David Corcos “O Marroquino” assumiu a produção da banda que resultou no CD lançado pela Universal Music.

Os Selvagens podem ser nomeados como a primeira grande revelação do Rock Brasil nesta segunda década dos anos 00. Uma banda que honra a qualidade musical das décadas de 80 e 90 e que anda fazendo falta nos últimos tempos, já foi apontada com influências de The Strokes e Arctic Monkeys, bandas que tem um pé na sonoridade dos 60 e 70. Os músicos possuem um leque de referências que incluem os guitarristas John Frusciante, Jack White e Fernando Catatau, e a trindade nada santa de Lobão, Cazuza e Renato Russo, além de The Beatles.

A letra de “Brasileiro” tem um verso que é, ao mesmo tempo, uma crítica ao mainstream atual e uma profissão de fé da banda: “Música não pra cabeça, mas feita pro pé”. Na mesma canção um verso que ecoa “Ideologia”, a música manifesta de Cazuza: “Nossos heróis de verdade morreram por covardia”. Em “Juventude solitude”, a grande indagação que persegue jovens desde sempre: “Será que você vai se tornar o que esperam de você?”. E mais adiante: “O que você vai escolher agora, sem ninguém pra lhe dizer o que fazer a cada hora?

Os temas românticos não ficam de fora e são tratados sem pieguices. A música “Despedida” proclama: “Mostrando a realidade de nossa dupla solidão, eu me entrego a você como uma cidade derruba muros”. “Música de amor número um” indaga: “Quais sentimentos não se pode apagar? Em quem você vai confiar? Vamos fazer memórias juntos na corrente de um rio?”. E uma outra se define no próprio título: “O amor existe, mas não querem que você acredite”.

As embalagens musicais destas canções, feitas em sua maioria por Gabriel Aragão, algumas por Rafael Martins e outras pela dupla, são bem variadas. “Massarrara”, por exemplo, explode de cara com duas guitarras, uma em cada canal do estéreo, com uma levada rock ‘n’ roll cantada a duas vozes por Rafael e Gabriel, com o baixista Caio Evangelista e o baterista Nicholas Magalhães se juntando a eles nos vocais.

“Juventude solitude” alterna momentos mais suaves com outros mais pesados com uma pontuação de guitarra a La The Edge em alguns momentos, com alternâncias vocais entre os dois vocalistas principais. Para a radiografia de “Brasileiro”, um povo cujo ano só começa quando passa fevereiro, a levada rock e vocal rap é pontuada por guitarras pesadas com maior ou menor ênfase em cada estrofe e explosão no refrão.

“Música de amor número um” tem uma levada acústica de coloração country folk brasileiro, tipo Sá e Guarabyra, neste apelo do cantor para encontrar uma certa Claudia. “Despedida” é uma balada em tempo com duas guitarras em levadas distintas, uma em cada canal, com bom reforço vocal de Nicholas junto com Rafael e Gabriel. Na coda, o andamento muda para um encerramento na base de “ná ná nas”, pontuado por um bom solo no canal direito.

“Sr. Coronel” remeteu à fase solo de John Lennon, devido ao estilo do piano que segura a levada. Belo trabalho de entrosamento vocal de Gabriel e Rafael. “Carrossel em câmera lenta” tem um excelente trabalho de guitarras, mais comedidas em algumas partes, mais pesadas em outras, com timbres alternados e solos bem sujos no final. “Mar fechado” usa o recurso clássico de um começo lento quase a capella, só com leves frases de guitarra para ganhar peso e explodir no final com uma levada que lembra a música “She´s so heavy”, dos Beatles, com um solo veemente e inspirado de guitarra.

Em “Enquanto eu passar na sua rua”, Rafael e Gabriel duelam cantando estrofes diferentes ao mesmo tempo, uma canção de amor pontuada por guitarras em timbres diferentes e batida rock em midtempo. “Crescer dói” tem arranjo dominado pelo piano de Gabriel, que faz o vocal, com participação discreta de guitarra, baixo e bateria, uma levada econômica e altamente eficaz de curta duração. “Mucambo cafundó” evoca a cidade natal dos Selvagens à Procura de Lei, Fortaleza, para falar de uma crise existencial num eterno país do futuro com uma levada vigorosa com guitarras pesadas.

“O amor existe, mas não querem que você acredite” é uma balada com levada de piano com vocal bem trabalhado de Gabriel e pontuações de guitarra. Essa lembra bem a fase solo de Paul McCartney. Desse modo, a banda Selvagens à Procura de Lei é uma banda que soma ao que existe de melhor no rock brasileiro.

 

Lançamento do Clipe Tarde Livre em Fortaleza

Atração: Selvagens à Procura de Lei

Data: 5 de dezembro

Local: Cine São Luiz (Praça do Ferreira)

Abertura dos Portões: 17h

Horário do show: 18h

Ingressos:

R$15,00(meia) R$30,00(inteira)

Pontos de vendas:

Lojas Blinclass dos shoppings Iguatemi, Parangaba, North Shopping e North Shopping Jóquei

Site www.BilheteriVirtual.com, quiosque da Bilheteria Virtual no shopping Del Paseo (3º piso) Loja NordWest do Shopping Benfica e Bilheteria do Cine São Luiz.

Forma de Pagamento:

*Pontos de vendas físicos: Dinheiro, cartões de crédito (MasterCard, Visa e Diners Club e Elo) e cartões de débito (Visa Electron, MasterCard, Diners e Elo).

*Site: Cartões de crédito (Visa Electron, MasterCard, Diners e Elo).

Informações: 3033.1040

Classificação: Livre

Realização: Multi Entretenimento

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

SELVAGENS À PROCURA DE LEI LANÇA CLIPE DO NOVO SINGLE “TARDE LIVRE” NO CINE SÃO LUIZ

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

24 de novembro de 2015

IMG_0376

Após o lançamento de sucesso da música “Tarde Livre”, a banda Selvagens à Procura de Lei estréia clipe inédito no dia 5 de dezembro, a partir das 17h, no Cine São Luiz; ponto cultural histórico e de marco cearense.

O evento contará com a exibição do vídeo clipe do single “Tarde Livre” seguido de um pocket show de 40 minutos da banda. A nova música do disco “Praieiro” representa bem a relação dos integrantes com a cidade de Fortaleza em seu cenário praiano, natural e que é terra natal dos músicos. Além disso, marca a transição do disco anterior para o novo.

O clipe da música teve direção artística de Juliane Peixoto e Adriele Freitas; produção de João “Malaiala” Cabral e Gabriela Parente; captação de imagens da HD Produções e making of da Shot Up.

As vendas já estão disponíveis no site da Bilheteria Virtual, no quiosque da Bilheteria Virtual do Shopping Del Paseo (3ºpiso), na Loja NordWest do Shopping Benfica, nas lojas Blinclass dos shoppings Iguatemi, Parangaba, North Shopping e North Shopping Jóquei e na Bilheteria do Cine São Luiz. Os ingressos custam de R$15,00 (meia) a R$30,00 (inteira).

 

Programação

17h – Abertura de portões

1730h – Exibição do clipe + Making Of

18h – Pocket show (40 min)

 

Histórico

Natural de Fortaleza, a banda se projetou em seu Estado, ocupando todos os palcos dos principais eventos da cidade, dos menores ao maior deles, o Ceará Music. Antes de partirem para conquistas ainda mais grandiosas, que incluíram uma indicação na categoria “Aposta”, do VMB 2012 da MTV, Lollapalooza 2014, Festival Planeta Terra 2011, Festival Porão do Rock 2013, Virada Cultural 2012 – 2015 e uma apresentação no mesmo ano no Prêmio Multishow junto com o Capital Inicial, o produtor David Corcos “O Marroquino” assumiu a produção da banda que resultou no CD lançado pela Universal Music.

Os Selvagens podem ser nomeados como a primeira grande revelação do Rock Brasil nesta segunda década dos anos 00. Uma banda que honra a qualidade musical das décadas de 80 e 90 e que anda fazendo falta nos últimos tempos, já foi apontada com influências de The Strokes e Arctic Monkeys, bandas que tem um pé na sonoridade dos 60 e 70. Os músicos possuem um leque de referências que incluem os guitarristas John Frusciante, Jack White e Fernando Catatau, e a trindade nada santa de Lobão, Cazuza e Renato Russo, além de The Beatles.

A letra de “Brasileiro” tem um verso que é, ao mesmo tempo, uma crítica ao mainstream atual e uma profissão de fé da banda: “Música não pra cabeça, mas feita pro pé”. Na mesma canção um verso que ecoa “Ideologia”, a música manifesta de Cazuza: “Nossos heróis de verdade morreram por covardia”. Em “Juventude solitude”, a grande indagação que persegue jovens desde sempre: “Será que você vai se tornar o que esperam de você?”. E mais adiante: “O que você vai escolher agora, sem ninguém pra lhe dizer o que fazer a cada hora?

Os temas românticos não ficam de fora e são tratados sem pieguices. A música “Despedida” proclama: “Mostrando a realidade de nossa dupla solidão, eu me entrego a você como uma cidade derruba muros”. “Música de amor número um” indaga: “Quais sentimentos não se pode apagar? Em quem você vai confiar? Vamos fazer memórias juntos na corrente de um rio?”. E uma outra se define no próprio título: “O amor existe, mas não querem que você acredite”.

As embalagens musicais destas canções, feitas em sua maioria por Gabriel Aragão, algumas por Rafael Martins e outras pela dupla, são bem variadas. “Massarrara”, por exemplo, explode de cara com duas guitarras, uma em cada canal do estéreo, com uma levada rock ‘n’ roll cantada a duas vozes por Rafael e Gabriel, com o baixista Caio Evangelista e o baterista Nicholas Magalhães se juntando a eles nos vocais.

“Juventude solitude” alterna momentos mais suaves com outros mais pesados com uma pontuação de guitarra a La The Edge em alguns momentos, com alternâncias vocais entre os dois vocalistas principais. Para a radiografia de “Brasileiro”, um povo cujo ano só começa quando passa fevereiro, a levada rock e vocal rap é pontuada por guitarras pesadas com maior ou menor ênfase em cada estrofe e explosão no refrão.

“Música de amor número um” tem uma levada acústica de coloração country folk brasileiro, tipo Sá e Guarabyra, neste apelo do cantor para encontrar uma certa Claudia. “Despedida” é uma balada em tempo com duas guitarras em levadas distintas, uma em cada canal, com bom reforço vocal de Nicholas junto com Rafael e Gabriel. Na coda, o andamento muda para um encerramento na base de “ná ná nas”, pontuado por um bom solo no canal direito.

“Sr. Coronel” remeteu à fase solo de John Lennon, devido ao estilo do piano que segura a levada. Belo trabalho de entrosamento vocal de Gabriel e Rafael. “Carrossel em câmera lenta” tem um excelente trabalho de guitarras, mais comedidas em algumas partes, mais pesadas em outras, com timbres alternados e solos bem sujos no final. “Mar fechado” usa o recurso clássico de um começo lento quase a capella, só com leves frases de guitarra para ganhar peso e explodir no final com uma levada que lembra a música “She´s so heavy”, dos Beatles, com um solo veemente e inspirado de guitarra.

Em “Enquanto eu passar na sua rua”, Rafael e Gabriel duelam cantando estrofes diferentes ao mesmo tempo, uma canção de amor pontuada por guitarras em timbres diferentes e batida rock em midtempo. “Crescer dói” tem arranjo dominado pelo piano de Gabriel, que faz o vocal, com participação discreta de guitarra, baixo e bateria, uma levada econômica e altamente eficaz de curta duração. “Mucambo cafundó” evoca a cidade natal dos Selvagens à Procura de Lei, Fortaleza, para falar de uma crise existencial num eterno país do futuro com uma levada vigorosa com guitarras pesadas.

“O amor existe, mas não querem que você acredite” é uma balada com levada de piano com vocal bem trabalhado de Gabriel e pontuações de guitarra. Essa lembra bem a fase solo de Paul McCartney. Desse modo, a banda Selvagens à Procura de Lei é uma banda que soma ao que existe de melhor no rock brasileiro.

 

Lançamento do Clipe Tarde Livre em Fortaleza

Atração: Selvagens à Procura de Lei

Data: 5 de dezembro

Local: Cine São Luiz (Praça do Ferreira)

Abertura dos Portões: 17h

Horário do show: 18h

Ingressos:

R$15,00(meia) R$30,00(inteira)

Pontos de vendas:

Lojas Blinclass dos shoppings Iguatemi, Parangaba, North Shopping e North Shopping Jóquei

Site www.BilheteriVirtual.com, quiosque da Bilheteria Virtual no shopping Del Paseo (3º piso) Loja NordWest do Shopping Benfica e Bilheteria do Cine São Luiz.

Forma de Pagamento:

*Pontos de vendas físicos: Dinheiro, cartões de crédito (MasterCard, Visa e Diners Club e Elo) e cartões de débito (Visa Electron, MasterCard, Diners e Elo).

*Site: Cartões de crédito (Visa Electron, MasterCard, Diners e Elo).

Informações: 3033.1040

Classificação: Livre

Realização: Multi Entretenimento

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti