Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

SELFIT Academias

Até que ponto vale ter um corpo perfeito?

Por Oswaldo Scaliotti em Análise

18 de Março de 2019

Em tempos de forte influência de blogueiros e instagramers que bombardeiam as redes sociais com dietas, exercícios e muitas fotos de corpos “perfeitos”, não é raro ver alguém frustrado por não estar no padrão exigido. O professor de Educação Física da SELFIT Academias, Jones Santos esclarece que cada corpo possui suas particularidades e reações a exercícios físicos e dietas. “Além disso, cada um tem seu próprio ritmo de vida e isso significa que os resultados serão diferentes do que se vende na mídia. O profissional esclarece que as pessoas precisam se conhecer, conhecer seus limites e entender as respostas que seus corpos lhes apresentam”, esclarece o profissional.

Segundo uma pesquisa realizada por especialistas do Ambulatório de Bulimia e Transtornos Alimentares do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo (Ambulim), cerca de 1% da população mundial sofre de transtornos alimentares. Tais números estão crescendo consideravelmente nos últimos anos e não por coincidência podem ser associados a essa nova doutrina da beleza. A indústria alimentícia e estética, tão fortes no Brasil e no mundo, contribuem com a pressão.

Associada ao surgimento destes distúrbios, a saúde mental é um assunto que vem ganhando cada vez mais espaço em debates sobre qualidade de vida. Em meio ao turbilhão de informações compartilhadas 24h a palavra educação tornou-se uma chave crucial na busca por um equilíbrio emocional. Jones afirma que é preciso ter cabeça aberta e senso crítico para saber filtrar aquilo que lhe ajuda: “hoje passamos muito tempo presos às redes sociais, celulares e computadores. Perdemos tempo que poderia estar sendo direcionado à convivência social, à família e amigos. Essa avalanche de informação a qual somos submetidos pode, sim, influenciar as escolhas. Passamos a era da proibição. Proibir não educa, mas o diálogo aberto e franco, sim. Antes de tudo, saúde mental é a base para uma vida saudável”, pontua.

Quanto ao desejo do corpo ideal, é importante ressaltar que os resultados são extremamente individuais, dependendo dos objetivos, foco, rotina e predisposição de cada um. O especialista ressalta que mudar hábitos de vida é bem complexo e requer alterações na alimentação, comportamento e prática regular de exercício. “Parece pouco, mas isso impacta em tudo, inclusive na vida social das pessoas. Imagine o quão difícil é para quem sempre teve um estilo boêmio, regado à bebedeira nos fins de semana, que decide mudar radicalmente. Não conseguirá manter os mesmos programas ou até os mesmos amigos”.

Dentro das academias, um dos objetivos da equipe do professor é falar sobre saúde, ressaltar a importância do bem-estar e de manter um equilíbrio nas atividades. “Já tivemos alunos com algum distúrbio alimentar (anorexia ou vigorexia), em que investimos no acompanhamento de suas rotinas durante o treino. Estamos sempre atentos aos comportamentos e objetivos do aluno, adaptando a sua rotina à variedade de atividades disponíveis. O bem-estar deve ficar em primeiro lugar.

Serviço:

Inauguração SELFIT – 18 de março – Av. Bezerra de Menezes.

Horário de funcionamento

Seg. a Sex: 05:30 às 23:00

Sábado: 08:00 às 18:00

Domingo: 08:00 às 14:00

O espaço contará com estacionamento, musculação e aeróbico, sala de ginástica e duas opções de planos: Self e Blue. A mensalidade do Plano Self custa R$ 69,90, permitindo o acesso para treinar e usar os equipamentos em horário livre. Já no Plano Blue, o investimento é de R$ 89,90 e dá direito a todos os benefícios do Plano Self, mais aulas de ginástica e ao exclusivo espaço Self Intense e Self Extreme, voltado para treinamento funcional e treino intervalado de alta intensidade. O aluno Blue também tem livre acesso para fazer musculação nas unidades implantadas em diferentes praças que possuem academias da rede, além de ganhar uma camiseta exclusiva do plano e poder levar até quatro amigos por mês para treinar junto.

Fundada em Salvador, a marca está em processão de expansão nacional, com unidades espalhadas por todo o Nordeste, Norte e Sudeste brasileiro. Segundo o C&O Leonardo Pereira, a rede proporciona um diferencial competitivo apostando em aparelhos de última geração e preços acessíveis, enfatizando o bem-estar e autoconhecimento através das atividades físicas: “entramos no segmento de entrega de valor, pois oferecemos excelência em tecnologia e atendimento, com baixo custo”.

leia tudo sobre

Publicidade

SELFIT inaugura terceira unidade em Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Novos negócios

27 de dezembro de 2018

 

 

Marca aposta na promoção da saúde e conta com 42 academias em três regiões

A rede SELFIT Academias irá inaugurar nesta sexta-feira (28) a sua terceira unidade em Fortaleza, agora no shopping Reserva Open Mall, na Washington Soares, Zona Sul da cidade.  No Ceará, a marca está presente no Scopa Platinum Corporate, na Aldeota, e no Shopping Pátio Dom Luís, no Meireles Há previsão de novas unidades para 2019. Como diferencial competitivo, a rede aposta em aparelhos de última geração e preços acessíveis: “entramos no segmento de entrega de valor, pois oferecemos excelência em tecnologia e atendimento, com baixo custo”, diz o CEO Leonardo Pereira, acrescentando que o negócio da Selfit não é a malhação tradicional, mas a promoção da saúde e do autoconhecimento através de atividades físicas”. As mensalidades custam a partir de R$ 69,90.

A empresa, que surgiu em Salvador, em 2012, fechará 2018 com mais de 40 unidades, em 13 estados diferentes. O próximo passo agora é dar continuidade ao avanço no mercado Sudeste e Sul. O objetivo, como conta o CEO Leonardo Pereira, é chegar em 2022 como sendo a maior rede de academias do País.  Ainda neste mês de dezembro estão sendo inauguradas unidades em São Paulo e Minas Gerais.

A escalada de crescimento da Selfit aconteceu de forma muito rápida. Quando foi inaugurada a primeira unidade, a meta do número de alunos deveria ser atingida em 2 anos, mas foi alcançada em apenas 45 dias. A empresa entrou em um nicho pouco notado pela concorrência: aliar qualidade, tecnologia e preços acessíveis. Além disso, a Selfit aposta no conceito do prazer na hora de praticar atividade física.

Na academia, o treino é disponibilizado por meio de um totem, que pode ser acessado com a digital do aluno, e o atendimento é realizado através do dispositivo touchcall instalado nos aparelhos para acionar os instrutores. Além disso, algumas máquinas da academia possuem temporizador para marcar tempo e a quantidade de repetições, o que dá suporte ao aluno acerca do correto uso e funcionalidade de cada equipamento em seu plano de treino.

O empresário Leonardo Pereira conta que ainda há muito do segmento a ser explorado. Mesmo sendo um país tropical, o Brasil está muito longe de ser um líder em preocupação com atividade física. Nos países nórdicos, a taxa de pessoas que praticam exercícios fica entre 21 e 23%, mas no Brasil esse número não chega a 5%. “Nosso propósito é ser muito mais que uma academia de ginástica, é ser responsável pela descoberta do movimento em cada um de nossos alunos”.

Publicidade

SELFIT inaugura terceira unidade em Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Novos negócios

27 de dezembro de 2018

 

 

Marca aposta na promoção da saúde e conta com 42 academias em três regiões

A rede SELFIT Academias irá inaugurar nesta sexta-feira (28) a sua terceira unidade em Fortaleza, agora no shopping Reserva Open Mall, na Washington Soares, Zona Sul da cidade.  No Ceará, a marca está presente no Scopa Platinum Corporate, na Aldeota, e no Shopping Pátio Dom Luís, no Meireles Há previsão de novas unidades para 2019. Como diferencial competitivo, a rede aposta em aparelhos de última geração e preços acessíveis: “entramos no segmento de entrega de valor, pois oferecemos excelência em tecnologia e atendimento, com baixo custo”, diz o CEO Leonardo Pereira, acrescentando que o negócio da Selfit não é a malhação tradicional, mas a promoção da saúde e do autoconhecimento através de atividades físicas”. As mensalidades custam a partir de R$ 69,90.

A empresa, que surgiu em Salvador, em 2012, fechará 2018 com mais de 40 unidades, em 13 estados diferentes. O próximo passo agora é dar continuidade ao avanço no mercado Sudeste e Sul. O objetivo, como conta o CEO Leonardo Pereira, é chegar em 2022 como sendo a maior rede de academias do País.  Ainda neste mês de dezembro estão sendo inauguradas unidades em São Paulo e Minas Gerais.

A escalada de crescimento da Selfit aconteceu de forma muito rápida. Quando foi inaugurada a primeira unidade, a meta do número de alunos deveria ser atingida em 2 anos, mas foi alcançada em apenas 45 dias. A empresa entrou em um nicho pouco notado pela concorrência: aliar qualidade, tecnologia e preços acessíveis. Além disso, a Selfit aposta no conceito do prazer na hora de praticar atividade física.

Na academia, o treino é disponibilizado por meio de um totem, que pode ser acessado com a digital do aluno, e o atendimento é realizado através do dispositivo touchcall instalado nos aparelhos para acionar os instrutores. Além disso, algumas máquinas da academia possuem temporizador para marcar tempo e a quantidade de repetições, o que dá suporte ao aluno acerca do correto uso e funcionalidade de cada equipamento em seu plano de treino.

O empresário Leonardo Pereira conta que ainda há muito do segmento a ser explorado. Mesmo sendo um país tropical, o Brasil está muito longe de ser um líder em preocupação com atividade física. Nos países nórdicos, a taxa de pessoas que praticam exercícios fica entre 21 e 23%, mas no Brasil esse número não chega a 5%. “Nosso propósito é ser muito mais que uma academia de ginástica, é ser responsável pela descoberta do movimento em cada um de nossos alunos”.