Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

segundo lugar

Miss Maracanaú e Ceará, Luana Lobo, fica em segundo lugar no Miss Brasil 2019

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

10 de Março de 2019


A Miss Maracanaú e Ceará, Luana Lobo, ficou em segundo lugar no Miss Brasil 2019 em prestigiado evento realizado há poucos instantes no São Paulo Expo, na capital paulista. A vencedora do concurso foi a Miss Minas Gerais, Júlia Horta. Em terceiro lugar, ficou a Miss São Paulo, Bianca Lopes. A Miss Minas Gerais, Júlia Horta, também foi eleita Miss Be Emotion (Maquiagem). Maracanaú ficou perto de conquistar novamente o título máximo da beleza feminina brasileira – a primeira vencedora foi Melissa Gurgel, em 2014, que naquele ano ficou entre as 15 mulheres mais belas do Mundo, no Miss Universo.

Esta foi a 65ª edição do tradicional concurso Miss Brasil. O evento foi transmitido ao vivo nacionalmente pela Band e também pela internet pela Band.com.br. Candidatas das 26 unidades federativas do Brasil, mais o Distrito Federal, competiram pelo título que antes pertencia à amazonense Mayra Dias (Miss Brasil 2018).

Empoderamento Feminino – O concurso deste ano elegeu como tema o empoderamento feminino, trazendo mensagens como “lute como uma miss”, aproveitando o Dia Internacional da Mulher, que transcorreu ontem, 8 de março. O evento teve apresentação do ator Cássio Reis, que dividiu o palco com quatro ex-vencedoras do Miss Brasil: Marthina Brandt, Raissa Santana, Monalysa Alcântara e Mayra Dias. O evento teve ainda atrações musicais como a bateria da Tucuruvi e a cantora Luedji Luna. (Texto: Oswaldo Scaliotti / Foto: Divulgação Miss Brasil Be Emotion 2019)

Publicidade

Miss Maracanaú e Ceará, Luana Lobo, fica em segundo lugar no Miss Brasil 2019

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

10 de Março de 2019


A Miss Maracanaú e Ceará, Luana Lobo, ficou em segundo lugar no Miss Brasil 2019 em prestigiado evento realizado há poucos instantes no São Paulo Expo, na capital paulista. A vencedora do concurso foi a Miss Minas Gerais, Júlia Horta. Em terceiro lugar, ficou a Miss São Paulo, Bianca Lopes. A Miss Minas Gerais, Júlia Horta, também foi eleita Miss Be Emotion (Maquiagem). Maracanaú ficou perto de conquistar novamente o título máximo da beleza feminina brasileira – a primeira vencedora foi Melissa Gurgel, em 2014, que naquele ano ficou entre as 15 mulheres mais belas do Mundo, no Miss Universo.

Esta foi a 65ª edição do tradicional concurso Miss Brasil. O evento foi transmitido ao vivo nacionalmente pela Band e também pela internet pela Band.com.br. Candidatas das 26 unidades federativas do Brasil, mais o Distrito Federal, competiram pelo título que antes pertencia à amazonense Mayra Dias (Miss Brasil 2018).

Empoderamento Feminino – O concurso deste ano elegeu como tema o empoderamento feminino, trazendo mensagens como “lute como uma miss”, aproveitando o Dia Internacional da Mulher, que transcorreu ontem, 8 de março. O evento teve apresentação do ator Cássio Reis, que dividiu o palco com quatro ex-vencedoras do Miss Brasil: Marthina Brandt, Raissa Santana, Monalysa Alcântara e Mayra Dias. O evento teve ainda atrações musicais como a bateria da Tucuruvi e a cantora Luedji Luna. (Texto: Oswaldo Scaliotti / Foto: Divulgação Miss Brasil Be Emotion 2019)