Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

pessoas com deficiência

Projeto da Deputada Fernanda Pessoa obriga a instalação de elevadores nos ônibus intermuncipais

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

15 de Março de 2019

Tramita na Assembleia Legislativa do Ceará, o Projeto de Indicação da Deputada Estadual Fernanda Pessoa, que estabelece a obrigatoriedade para que sejam instalados elevadores nos ônibus intermunicipais. O objetivo do projeto é buscar a inclusão e a facilidade do cidadão ao transporte intermunicipal para que os passageiros deficientes tenham maior comodidade.
As empresas concessionárias de transporte rodoviário coletivo de passageiros das linhas intermunicipais ficam obrigadas a instalar em seus veículos elevadores para portadores de doenças físicas.
Segundo a Deputada Fernanda Pessoa cabe ao poder público, incluir e facilitar a locomoção dos indivíduos.
“São inúmeras as reclamações dos deficientes físicos com relação a dificuldade encontrada no transporte intermunicipais de se locomover. Cabe a nós parlamentares tomarmos medidas para facilitar e incluir”, disse.
Instagram: @deputada_fernanda_pessoa
Facebook: Deputada Fernanda Pessoa
Publicidade

Shopping Parangaba realiza campanha de conscientização sobre uso de vagas para idosos e pessoas com deficiência

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

23 de junho de 2018

O Shopping Parangaba lançou uma campanha de conscientização sobre o uso de vagas especiais no estacionamento, destinadas a idosos e pessoas com deficiência. O objetivo é conscientizar os motoristas, de forma leve e criativa, para que respeitem o direito de preferência desses públicos aos espaços demarcados, e com isso não ocupem as vagas de forma irregular. 

“Mais do que mostrar a necessidade do respeito com o próximo, queremos contribuir com a mudança de atitudes, fortalecendo assim os bons hábitos dentro e fora do empreendimento”, afirma Felipe Bahiana, gerente de marketing do Shopping Parangaba. Foram instalados mockups nos estacionamentos, alguns simulando um cadeirante e outros um idoso, com o intuito de chamar a atenção para as pessoas que param nesses locais reservados para públicos específicos.

Multa do Bem    

Além dos avisos em locais estratégicos, uma equipe de estacionamento do Shopping Parangaba estará no local para observar se algum carro é estacionado nessas vagas de forma indevida. Caso isso ocorra, o cliente será alertado com uma “Multa do Bem”, lembrando o motorista de estacionar no local correto ou, caso tenha direito à vaga, reforçando sobre a importância de usar o cartão ou adesivo de identificação.

Publicidade

EXTRA E PÃO DE AÇÚCAR CONTRATAM PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO CEARÁ

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

10 de Abril de 2018

Aproximadamente 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência vivem no país atualmente. Os números são significativos, e apenas cerca de 403 mil atuam formalmente no mercado de trabalho, segundo os dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) 2015.

O GPA, em seu papel de promover a diversidade e oportunidade para todos, oferece vagas para esse público em todo o Brasil. Atualmente, uma média de 1.500 profissionais com algum tipo de deficiência trabalham no Extra e no Pão de Açúcar, que fazem parte do Grupo. É o caso do Diego Vieira, atendente de loja em uma das unidades do Extra em São Paulo, que possui deficiência visual total em decorrência de uma catarata congênita, descoberta quando ele tinha apenas 12 anos.

Trabalhando no setor de varejo há mais de uma década, Diego explica que soube de sua deficiência ainda muito jovem, por isso se preparou e não deixou que a condição atrapalhasse sua vida. “Não podemos ser pessoas monótonas, que não buscam desenvolvimento pessoal e profissional, independente de nossa condição”, disse. Um dos maiores desafios de Diego foi mostrar sua capacidade produtiva.

Hoje, ele trabalha em uma área de loja bem mapeada e organizada, o que permite que ele tenha autonomia e trabalhe sozinho enquanto seus colegas desempenham outras atividades. “Tenho uma coordenadora que acredita no meu trabalho e nunca limitou minhas atividades, entretanto, é sempre cautelosa com as atividades que exerço na loja. Eu me guio pela organização das gôndolas, pelo tato e pelo cheiro. Existem produtos que possuem características próprias que me permitem identificar qual é”, explica. “Gosto de trabalhar na loja por poder lidar com pessoas, trabalhar com organização, abastecimento e reposição”.

Oportunidades em aberto

O Extra e o Pão de Açúcar estão com oportunidades de trabalho abertas para profissionais com deficiência no Ceará. As vagas são para a posição de Operador de Caixa. Para se candidatar, o interessado deve ter mais de 18 anos.

Os benefícios incluem salário compatível com o mercado, vale transporte, cartão cesta básica, refeição na loja, participação nos lucros e resultados, convênios médico e odontológico, cooperativa de crédito, cartão Multicheque (desconto de 5% nas compras realizadas nas bandeiras do Grupo), kit material escolar, extensão da licença maternidade, enxoval do bebê e cartão da mamãe para gestantes. Alguns benefícios são disponibilizados de acordo com o tempo de casa do novo colaborador.

Para se candidatar a uma vaga, o interessado deve acessar o site www.gpabr.com/vagas e cadastrar seu currículo. É possível visualizar as oportunidades em aberto em “veja nossas vagas”. Caso não encontre sua vaga de interesse, o time de seleção terá acesso ao currículo e poderá entrar em contato para futuras oportunidades.

Publicidade

Prefeitura entrega 333 cadeiras de rodas para pessoas com deficiência 

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Fevereiro de 2018


A solenidade de entrega acontece no Ginásio Paulo Sarasate, nesta sexta-feira, a partir das 14 horas

O prefeito Roberto Cláudio e a primeira-dama Carol Bezerra entregam, nesta sexta-feira (23/02), 333 cadeiras de rodas para pessoas com deficiência. A solenidade acontece no Ginásio Paulo Sarasate, a partir das 14h. Também participarão a secretária da Saúde, Joana Maciel, o secretário de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, Elpídio Nogueira, além do titular da Coordenadoria de Pessoas com Deficiência, Emerson Damasceno.

Os equipamentos, adquiridos por meio da iniciativa “Fortaleza pela Inclusão”, contemplam a necessidade de cada paciente e representam, acima de tudo, uma melhoria na qualidade de vida dessas pessoas. “Nosso propósito é elevar a autoestima e assegurar o direito de ir e vir daquelas pessoas com mobilidade reduzida. É integrar as pessoas com deficiência nas nossas ações, oferecendo, cada vez mais, benefícios para que se sintam protegidas, olhadas e cuidadas pelo poder público”, ressalta o secretário Elpídio Nogueira.

A primeira-dama Carol Bezerra afirma que essa iniciativa é uma importante forma de contribuir para a transformação social. “A entrega desses equipamentos reflete um valor agregado de empoderamento da pessoa com deficiência. Revela, além da inclusão social, a possibilidade de controlar situações do dia a dia. Porque a decisão sobre o que fazer, quando fazer, o decidir de ir e vir é de grande importância para todas as pessoas,” complementa Carol Bezerra.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) tem intensificado os cadastros para as pessoas que necessitam de alguma modalidade de cadeiras de rodas. Estão previstas ainda a entrega de mais 400 cadeiras nos próximos meses. Em setembro de 2017, foram entregues 363 cadeiras, o que totaliza ao final do processo 1.096 pessoas beneficiadas.

Para a secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel, a ação “Fortaleza pela Inclusão” vai além da entrega das cadeiras de rodas. “Faz parte de algo maior, pois ajudará a resgatar a autoestima das pessoas beneficiadas. Na área da Saúde, temos a preocupação de fortalecer o exercício de cidadania dessas pessoas, assim como assegurar o direito ao atendimento deste público em sua totalidade, que vai desde acessibilidade nas unidades de Saúde ao acompanhamento de suas necessidades de promoção e atenção em Saúde”, destaca a titular da SMS.

Para ter acesso ao benefício das cadeiras de rodas, o usuário precisa primeiramente comparecer ao posto de saúde, mais próximo de sua residência, para o agendamento de uma consulta com médico da sua equipe. Este promoverá o acompanhamento, como também realizará os encaminhamentos necessários. Aos pacientes acamados e acometidos por Acidente Vascular Cerebral, entre outras patologias, será feita uma visita pelo médico de saúde da família, que poderá auxiliar no pedido para o benefício.

Na ocasião a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) disponibilizará sua Unidade Móvel para atendimento de solicitação de cartão gratuidade para pessoas com deficiência.

Serviço – Fortaleza pela Inclusão
Data: Sexta-feira (23/02), Hora: 14h,
Local: Ginásio Paulo Sarasate (R. Ildefonso Albano, 2050 – Dionísio Torres)

Publicidade

XII Bienal Internacional do Livro do Ceará tem atividades voltadas para pessoas com deficiência

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Abril de 2017

 

A XII Bienal Internacional do Livro do Ceará oferece, nesta quinta-feira (20), atividades específicas para crianças e jovens com deficiência. A programação acontece na sala de circo do Centro de Eventos do Ceará, no primeiro andar, e tem o objetivo de proporcionar a experiência sensorial do circo para este público específico. Os espetáculos contam com a participação de palhaços, números circenses, brinquedos, brincadeiras e ofertam ainda intérpretes de libras e audiodescrição. Até o próximo domingo (23), a Bienal Internacional do Livro traz apresentações para todos os públicos.

Para Andrea Vasconcelos, coordenadora da sala de Literatura e Circo, a importância de um dia voltado para as pessoas com deficiência é necessário para entender as diferenças e as necessidades dos grupos. Além de dar visibilidade para as atividades de inclusão. Hoje, a escritora Sharlene Serra estará na Bienal apresentando para as crianças a coleção “Incluir”, que é um conjunto de quatro livros que abordam crianças com deficiências. A autora sabe da importância da conscientização: “A literatura inclusiva é fundamental para que as crianças sem deficiência conheçam a realidade das pessoas com deficiência”.
Quinta-feira (20)

 

Programação Sala Literatura e Circo – SALA 5/6 – MEZANINO 1

9h – Experiência sensorial de Circo para pessoas com deficiência

10h – Hora do espetáculo especial: “A viagem fantástica pelo mundo da diferença” – Cia Mais Caras de Teatro (Circo Tradicional)

13h – Projeto Pé de Livros – Contação de histórias– Elvis Jordan (Coleção Incluir)

14h – O Circo de Brinquedo – Alex Ferreira

15h –  Hora do Autor – “Olhando com Ritinha “, “Ouvindo com Vitória” e “Caminhando com Paulo”: Sharlene Serra (Coleção Incluir)

16h – Hora do Espetáculo: “Miralu e Luneta Encantada” – Cia Bandeira Das Artes.

 

 

XII Bienal Internacional do Livro do Ceará 

Centro de Eventos do Ceará

Até domingo (23), de 9h às 22h.

Programação gratuita.

Publicidade

XII Bienal Internacional do Livro do Ceará tem programação especial de Circo, com intérpretes de Libras e experiências sensoriais para pessoas com deficiência

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

12 de Abril de 2017

A XII Bienal Internacional do Livro do Ceará, realizada de 14 a 23 deste mês pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), em parceria com o Instituto Dragão do Mar, com apresentação do Ministério da Cultura e do Bradesco, no Centro de Eventos do Ceará, tem uma programação especial incluindo uma série de atividades circenses e inclusivas, no espaço intitulado “Sala de Circo”.

Essa programação especial, em sua terceira edição na Bienal, surgiu a partir do projeto “Formação de Leitores em Tendas de Circo”, realizado pela Associação dos Proprietários de Circo do Ceará (Apaece), e inclui os “Contos Circenses” (contos de fadas contados a partir da ótica do circo, em uma releitura dos contos de fadas tradicionais, trazendo artistas circenses e números de circo para dentro das contações) e o “Circo Tradicional” (em que circos filiados aàApaece realizarão apresentações no turno da manhã). 

No período da tarde, o Espaço “Sala de Circo” agrega o projeto “Pé de Livros” (voltado para a leitura interativa), as “Contações de Histórias” (com mediações de intérpretes de Libras), o “Circo de Brinquedos” (composto por fantoches trazendo  vários números circenses dentro deste universo do espetáculo de bonecos), a “Hora do Autor” (conversas entre os autores e o público), seguida da “Hora do Espetáculo” (que fará referência à obra apresentada pelo autor), a  exemplo da apresentação de “Adjokê”, com “As palavras que atravessam o Mar”, realizada por Patricia Matos, e a ação “Africanidades”, no dia 15/4, que traz as bonecas “Abayomi”, com o Maracatu Nação Fortaleza encerrando a programação do dia.

Intérpretes de Libras

A programação completa da Sala de Circo conta ainda com a presença de intérpretes de libras, em todas as ações da “Hora do Espetáculo”, concentradas no turno da tarde, e com uma agenda especial voltada para a inclusão, que trará vivências circenses destinadas ao público de surdos e cegos convidados, e demais interessados.

A programação também conta com o lançamento da Coleção Incluir, com Charlene Serra, o Espetáculo “Miralu e a Luneta Encantada”, do grupo Bandeira das Artes, e, no dia 20/4, quinta-feira, no turno da manhã, a “Hora do Espetáculo Especial”, com um Experiência Sensorial de Circo voltada para pessoas com Deficiência, seguido da apresentação de “A Viagem Fantástica pelo Mundo da Diferença”, da Cia Mais Caras de Teatro, e de apresentações circenses que contarão com audiodescrição.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

EXTRA E PÃO DE AÇÚCAR  CONTRATAM PESSOAS COM DEFICIÊNCIA NO CEARÁ

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

23 de Fevereiro de 2017

As redes de varejo Extra e Pão de Açúcar estão com mais de 700 vagas abertas para pessoas com deficiência em todo o Brasil. No Ceará, são mais de 20 oportunidades em Fortaleza e Caucaia, para as posições de Operador de Caixa, Repositor de Mercadoria, Atendente de Loja e Empacotador.

Para se candidatar, o interessado deve ter mais de 18 anos. A formação necessária, de acordo com a vaga, varia de ensino fundamental incompleto até ensino médio completo.

As redes varejistas Extra e Pão de Açúcar, que fazem parte do grupo GPA, contam com cerca de 1.500 profissionais que possuem algum tipo de deficiência. É o caso da operadora de loja Crislaine Lopes, deficiente física, que trabalha no Extra há sete anos.

Para ela, além da independência financeira, o trabalho deu motivação e qualidade de vida. “Exercer essa atividade mostrou que sou capaz de ir longe e que, embora com deficiência na perna, posso trabalhar e lutar pelo melhor para o meu filho e para mim. O Extra me deu oportunidade para descobrir minha competência e acreditar que sou capaz”, disse.

Os benefícios incluem salário compatível com o mercado, vale transporte, cesta básica, participação nos lucros e resultados e convênios médico e odontológico.

Para se candidatar a qualquer uma das vagas, é preciso acessar o site www.gpabr.com/vagas e colocar em palavra-chave “PCD”. Após localizar a vaga, o candidato deve inserir suas informações, manifestando o interesse. Caso não seja sua vaga de interesse, cadastre seu currículo para futuras oportunidades em “cadastre-se”.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti

 

Publicidade

EXTRA E PÃO DE AÇÚCAR CONTRATAM JOVENS APRENDIZES E PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

20 de dezembro de 2016

 

As redes Extra e Pão de Açúcar estão com vagas abertas para jovens aprendizes e pessoas com deficiência em todo o Brasil.

 

No caso de jovens aprendizes, as redes procuram por jovens de 14 a 24 anos, que estejam estudando ou que já tenham completado o ensino médio. A oportunidade contempla carga horária de seis horas diárias e curso de aprimoramento em instituição parceira (Senac, Ciee, Via de Acesso e outros). Após o programa, o aprendiz poderá ser efetivado.

Para as vagas destinadas a pessoas com deficiência, os interessados encontram posições de Operador de Caixa, Estoquista, Vendedor, Auxiliar de Limpeza, Auxiliar de Logística, entre outros. Os salários são compatíveis com o mercado, além de vale transporte, cesta básica, participação nos lucros e resultados, convênios médico e odontológico.
Para se candidatar a qualquer uma das vagas, é preciso acessar o site www.gpabr.com/vagas e colocar em palavra-chave “PCD” ou “Aprendiz”. Após localizar a vaga, o candidato deve inserir suas informações manifestando o interesse.

Publicidade

Neste 1º de maio, empresas que incluem são exemplos a serem seguidos

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

29 de Abril de 2016

 

 

DSC_9406

 

Neste 1° de maio, Dia do Trabalhador, uma das grandes conquistas a serem comemoradas é a compreensão por parte de muitas empresas da importância da inclusão de PCD’s (pessoas com deficiência) em seus quadros de funcionários. Muitos empresários estão percebendo que estimular a diversidade dentro de seus times só traz ganhos: favorece o compartilhamento de experiências, traz diferentes visões sobre um mesmo assunto e faz com que os colaboradores cresçam como pessoas e profissionais.

É o caso do Grupo Aço Cearense, que mais do que uma obrigatoriedade imposta à empresa por conta da Lei de Cotas (8213/1991), enxerga a inclusão de PCD’s em seu quadro de colaboradores como parte da sua responsabilidade social, empregando atualmente 114 colaboradores PCD’s, atuando em diversas funções – auxiliar operacional, auxiliar administrativo, assistentes, entre outras – e contribuindo efetivamente para o crescimento da empresa. Hoje, a quantidade de colaboradores com esse perfil em suas empresas vai além da porcentagem estabelecida juridicamente. Por conta disso, em 2015, o Grupo foi agraciado com a certificação “Empresa Completa – Empresa que inclui”. O prêmio é concedido anualmente pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social e do SINE-CE / IDT da Região Metropolitana, que reconhece publicamente as instituições que mais incluem pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Outra empresa que preza pela inclusão é o Pinheiro Supermercado, com mais de 60 colaboradores com algum tipo de deficiência em seu quadro de colaboradores. Não se admire se algum dia chegar a uma das unidades da rede e uma moça simpática com Síndrome de Down embalar as suas compras e desejar um “bom dia”. É Samea Maria da Silva Leite, que já está na empresa há 4 anos, exercendo a função de empacotadora. Na parte administrativa, o Pinheiro Supermercado também emprega o Samir Negrão de Sousa, que possui uma deficiência física e mesmo com a baixa estatura e pequenas dificuldades motoras desempenha muito bem a função de coordenador de custo, sendo colaborador da rede há 12 anos.

O Pinheiro Supermercado também recebeu por duas vezes o certificado “Empresa completa – Empresa que inclui” (2013 e 2015), do Governo do Estado. Além de treinamentos técnicos e comportamentais específicos de acordo com a função que o PCD atua, o Pinheiro Supermercado também conta com um projeto de desenvolvimento para essas pessoas, onde são trabalhados temas como marketing pessoal, postura profissional e excelência no atendimento. “Além de todos os ganhos em termos de integração e compartilhamento de experiências entre os colaboradores, os PCD’s, por vezes, acabam se tornando fonte de inspiração e motivação para toda a equipe”, explica a diretora de Desenvolvimento Humano (DH) do Pinheiro Supermercado.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

AMC oferece serviço de credenciamento no RioMar

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

06 de Abril de 2016

Durante a próxima semana, de segunda (04/04) a sábado (09/04), a Prefeitura de Fortaleza realiza no RioMar o credenciamento de idosos e pessoas com deficiência para vagas especiais de estacionamento. O serviço será ofertado pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) no Piso E2, em frente à Multicoisas, entre 13 e 21 horas. A emissão da credencial é entregue na hora, podendo ser utilizada em qualquer veículo ocupado pelo beneficiado.

Pessoas na faixa etária acima de 60 anos ou que sejam portadoras de deficiência têm direito ao documento. Os interessados devem apresentar fotocópia da identidade, CPF e comprovante de endereço atualizado informando que reside em Fortaleza. No caso do deficiente, é necessário acrescentar apenas o laudo médico.

Além do shopping, o credenciamento também vem sendo realizado, de segunda a sexta-feira, entre 8 e 16h30, na Central de Atendimento da AMC (Rua Monteiro Lobato, nº 53 – Bairro de Fátima) e no Vapt Vupt (Rua Jornalista Tomaz Coelho, ao lado do Terminal de Messejana), de 8 às 17h. O procedimento é simples e visa a garantir os direitos de idosos e pessoas com deficiência.

Paralelo a esse trabalho, o órgão está fiscalizando os estacionamentos dos estabelecimentos privados de uso coletivo. Portanto, é imprescindível obedecer às regras de convivência urbana. O desrespeito às vagas especiais se configura como infração de natureza grave, cinco pontos no prontuário do condutor e multa no valor de R$ 127,69.

Serviço:

Credenciamento de idosos e deficientes para vagas especiais de estacionamento

De 04/04 a 09/04, das 13h às 21h

RioMar – Rua Des. Lauro Nogueira, n° 1500, Papicu

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

AMC oferece serviço de credenciamento no RioMar

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

06 de Abril de 2016

Durante a próxima semana, de segunda (04/04) a sábado (09/04), a Prefeitura de Fortaleza realiza no RioMar o credenciamento de idosos e pessoas com deficiência para vagas especiais de estacionamento. O serviço será ofertado pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) no Piso E2, em frente à Multicoisas, entre 13 e 21 horas. A emissão da credencial é entregue na hora, podendo ser utilizada em qualquer veículo ocupado pelo beneficiado.

Pessoas na faixa etária acima de 60 anos ou que sejam portadoras de deficiência têm direito ao documento. Os interessados devem apresentar fotocópia da identidade, CPF e comprovante de endereço atualizado informando que reside em Fortaleza. No caso do deficiente, é necessário acrescentar apenas o laudo médico.

Além do shopping, o credenciamento também vem sendo realizado, de segunda a sexta-feira, entre 8 e 16h30, na Central de Atendimento da AMC (Rua Monteiro Lobato, nº 53 – Bairro de Fátima) e no Vapt Vupt (Rua Jornalista Tomaz Coelho, ao lado do Terminal de Messejana), de 8 às 17h. O procedimento é simples e visa a garantir os direitos de idosos e pessoas com deficiência.

Paralelo a esse trabalho, o órgão está fiscalizando os estacionamentos dos estabelecimentos privados de uso coletivo. Portanto, é imprescindível obedecer às regras de convivência urbana. O desrespeito às vagas especiais se configura como infração de natureza grave, cinco pontos no prontuário do condutor e multa no valor de R$ 127,69.

Serviço:

Credenciamento de idosos e deficientes para vagas especiais de estacionamento

De 04/04 a 09/04, das 13h às 21h

RioMar – Rua Des. Lauro Nogueira, n° 1500, Papicu

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti