Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Museu da Fotografia Fortaleza

MFF traz palestra sobre fotografia e empoderamento feminino

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

29 de Março de 2018

 

O encontro encerra a programação do Mês da Mulher

 

As jornalistas Clara Dourado e Gabs Dourado, do blog Desenroladas, vão se unir com as fotógrafas Rafa Eleutério e Camila Albano para debater sobre a importância da fotografia como ferramenta de empoderamento feminino, no Museu da Fotografia Fortaleza (MFF). Das icônicas musas de Hollywood, nos anos 50, às supermodelos esquálidas dos anos 90, a imagem da mulher foi constantemente padronizada e criticada pelas mídias de massa, e a fotografia teve um papel essencial nesse processo. Com a democratização dos meios digitais no início dos anos 2000, o mundo presenciou o surgimento de novos talentos que uniram causa, propósito e talento ao mundo das imagens. As palestrantes fazem parte desse time, que busca desconstruir estereótipos, promovendo autoestima e aceitação entre as mulheres. De instrumento que reverbera a opressão, a fotografia passa a ser uma ferramenta para o empoderamento feminino.

A palestra acontece no próximo sábado (31), com inscrições gratuitas no sympla.com.br, e promete um momento importante de reflexão.

Blog Desenroladas – Clara e Gabs Dourado são irmãs, graduadas em jornalismo e se dizem, as duas, tendo forte conexão com o feminino. Desenvolvem estudos voltados para a moda, o feminismo e a sustentabilidade. Acreditam no poder da comunicação e da imagem para causar reflexões. Juntas, mantêm, há oito anos, o Desenroladas como um espaço para a discussão de assuntos como arte, música, moda, cultura e empoderamento feminino.

Camilla Albano – O Albano que carrega no sobrenome é a credencial dos grandes olhares da fotografia do Nordeste. Camilla seguiu o talento que carrega no sangue e, desde 2007, olha o mundo pelas lentes das câmeras. Em sua trajetória, morou em Alto Paraíso e, por lá, evoluiu na fotografia explorando as belezas naturais. Esse olhar para a beleza natural voltou-se para a mulher com o projeto “Mulheres da Lua”, com o qual já registrou mais de 60 mulheres resgatando seu espírito livre e selvagem.

Rafaela Eleutério – Desde 2003, ela imprime em fotografias o seu talento para registrar além do que os olhos veem. Já estagiou com grandes profissionais no Studio H (RJ), no estúdio de JR Duran (SP) e hoje comanda, ao lado de Igor Dantas, a VOIR Image. Além do lado profissional voltado para a moda, a fotógrafa sempre investiu em captar o feminino, como no projeto “As Mulheres e As Flores”.

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

Serviço:

Palestra Fotografia e Empoderamento Feminino

Data: 31/03 (sábado)

Horário: 14h

Local: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 | Varjota | Fortaleza – CE

Inscrições: gratuitas, no site sympla.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661

Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza realiza palestra sobre fotografia de parto humanizado

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de Março de 2018

 

O evento é parte da programação em referência ao Dia Internacional da Mulher

 

A humanização do parto é cada vez mais discutida por futuras mães e a profissionalização para este momento não diz respeito apenas à equipe médica, mas também é recomendada para aqueles que eternizam o momento. Registrar nascimentos não é novidade, mas a forma como fotógrafos têm clicado o processo, além de trazer novas narrativas fotográficas, também é uma oportunidade de compartilhar preciosas informações sobre o assunto.

Por isso, o Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) traz a fotógrafa Roberta Martins para um bate-papo com o público fortalezense sobre a fotografia de parto humanizado. No encontro, a profissional discutirá a representatividade enquanto memória afetiva e o papel da imagem em uma perspectiva política e ideológica. Também será abordado o que é preciso para se tornar um profissional da área.

Perfil Roberta Martins – Mãe, fotógrafa e videomaker, registra partos desde 2014, tendo sido pioneira nesse tipo de fotografia, no Ceará. Possui formação de doula pelo GAMA-SP, além de Cinema e Áudio Visual pela Casa Amarela-UFC. É uma das colaboradoras do Portal Hora Dourada e membro da International Association of Professional Birth Photographers. Além de publicações locais, já teve fotografias publicadas em sites internacionais, como The Huffington Post e The Birth Hour. Terceiro lugar no I Concurso Nacional de Fotografia de parto, realizado em 2017. Graduada em Serviço Social e Pós-Graduada em Metodologia da Pesquisa Científica, ambos pela Universidade Estadual do Ceará-UECE. Após sua busca por um parto normal, decidiu que iria dedicar-se exclusivamente ao registro de partos.

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

Serviço:

Palestra Parto Humanizado

Data: 29/03 (quinta-feira)

Horário: 14h

Local: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 | Varjota | Fortaleza – CE

Inscrições: gratuitas, no site sympla.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661

 

Publicidade

Christian Cravo abre exposição “Luz e Sombra” com palestra

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

07 de Março de 2018

 

Encontro com o artista marca a abertura da nova mostra e o aniversário do Museu da Fotografia Fortaleza

O Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) realiza, dia 10 de março, uma palestra com o fotógrafo Christian Cravo, sobre a nova mostra do equipamento, “Luz e Sombra”. O artista visitou sete países africanos, durante sete anos, para construir o ensaio e agora divide a experiência com o público de Fortaleza. Nas imagens da exposição, um lugar onde a natureza dita a vida e a sobrevivência. Com muito branco, cinza, preto, abstrato e sintético, Christian apresenta grandes fotos e muitas histórias. As inscrições podem ser realizadas através do site sympla.com.br.

Christian Cravo

Nascido em 1974, em Salvador, Bahia, Christian Cravo é filho de mãe dinamarquesa e de pai brasileiro. Sua experiência com a técnica fotográfica ocorreu aos 11 anos de idade, enquanto morou na Dinamarca, lugar onde passou toda sua adolescência. Com 22 anos, Christian retornou à terra natal e começou a encarar a máquina fotográfica com outros olhos. Ao longo dos últimos 25 anos, teve seu trabalho reconhecido, nacional e internacionalmente, por meio de exposições em importantes instituições culturais, como o Museu de Arte Moderna da Bahia, em Salvador; o Instituto Tomie Ohtake e o Museu Afro Brasil, em São Paulo; o próprio o Ministério da Cultura, em Brasília; e as galerias Throckmorton Fine Art, de Nova York, e Billedhusets Galeri, em Copenhague. Christian também foi um dos mais jovens artistas a receber o prestigioso prêmio norte americano, Guggenheim, além de ter sido indicado três vezes como finalista do desejado Prix Pictet.

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

 

Serviço:

Palestra Christian Cravo

Data: 10 de março (sábado)

Horário: 14h.

Local: Museu da Fotografia Fortaleza
Endereço: Rua Frederico Borges, 545 | Varjota | Fortaleza – CE

Inscrições gratuitas pelo site sympla.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661

Publicidade

Museu da Fotografia realiza Oficina Educativa para Pais e Filhos sobre mostra “Luz e Sombra”

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

06 de Março de 2018

 

Pais e filhos poderão vivenciar um pouco do que foi a imersão de Christian Cravo em sete países africanos

Neste sábado, dia 10 de março, o Museu da Fotografia Fortaleza comemora seu primeiro ano de funcionamento trazendo a mostra “Luz e Sombra”, de Christian Cravo, que retrata animais e paisagens do continente africano. O ensaio, que foi inaugurado em Nova York e já passou por Salvador e São Paulo, mostra uma África monumental e o Museu oferece, para todas as idades, a oportunidade de vivenciar essa experiência. A Oficina Educativa para Pais e filhos deste dia será feita através de colagens e intervenções em reproduções das obras de Christian, envolvendo pais, mães e filhos.

A programação é gratuita, basta se inscrever pelo sympla.com.br e fazer arte com os pequenos. É diversão, conhecimento e integração em família em um programa só!

 

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

 

Serviço:

Oficina Educativa para Pais e Filhos na exposição Luz e Sombra

Data:  10 de março

Horário: 10h

Inscrições: Gratuitas, pelo site sympla.com.br

Local: Museu da Fotografia Fortaleza
Endereço: Rua Frederico Borges, 545 | Varjota | Fortaleza – CE

Mais informações: (85) 3017-3661

Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza recebe mostra “Luz e Sombra”, de Christian Cravo

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

04 de Março de 2018

 

A exposição traz 29 imagens que retratam uma África monumental

 

Sob um olhar excêntrico, o fotógrafo Christian Cravo dá ao continente africano uma nova cara. Seu ensaio Luz e Sombra, desenvolvido ao longo de sete anos, estará disponível para a visitação do público fortalezense a partir do dia 10 de março, no Museu da Fotografia Fortaleza.

 

A exposição é fruto da imersão de Christian Cravo em sete países africanos: Namíbia, Zâmbia, Botsuana, Quênia, Tanzânia, Congo e Uganda. Uma África monumental, plástica e nada clichê é construída a partir de recortes abruptos, que dispõem fragmentos de animais e paisagens, privilegiando a estética à narrativa nos retratos do fotógrafo. Em Luz e Sombra, o fotógrafo foca na construção da própria imagem, através de questões intrínsecas a luz, tempo e espaço.

 

Através do uso exacerbado de cortes, busca com a técnica não documentar o real, mas apenas arrancar dele uma pequena porção por meio de ousados enquadramentos, seccionando paisagens e corpos de animais, e destacando, muitas vezes, apenas texturas. Na série africana, diferentemente de outras de sua autoria, Christian suprime a atmosfera cênica e narrativa dos personagens anteriores com a exclusão da figura humana, minando qualquer relação entre conteúdo e significado, apoiando-se exclusivamente num campo formal e estético. A mostra foi inaugurada em 2012, na galeria Throckmorton Fine Art, em Nova York. Em 2014, a exposição passou pelo Museu Rodin Bahia, de Salvador e, em 2015, pelo Museu Afro Brasil, de São Paulo. Esta última foi premiada como a melhor exposição fotográfica do ano pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA).

 

Christian Cravo

Nascido em 1974, em Salvador, Bahia, Christian Cravo é filho de mãe dinamarquesa e de pai brasileiro. Sua experiência com a técnica fotográfica ocorreu aos 11 anos de idade, enquanto morou na Dinamarca, lugar onde passou toda sua adolescência. Com 22 anos, Christian retornou à terra natal e começou a encarar a máquina fotográfica com outros olhos. Ao longo dos últimos 25 anos, teve seu trabalho reconhecido, nacional e internacionalmente, por meio de exposições em importantes instituições culturais, como o Museu de Arte Moderna da Bahia, em Salvador; o Instituto Tomie Ohtake e o Museu Afro Brasil, em São Paulo; o próprio o Ministério da Cultura, em Brasília; e as galerias Throckmorton Fine Art, de Nova York, e Billedhusets Galeri, em Copenhague. Christian também foi um dos mais jovens artistas a receber o prestigioso prêmio norte americano, Guggenheim, além de ter sido indicado três vezes como finalista do desejado Prix Pictet.

 

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação do Estado (Seduc) e às Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

 

 

 

 

Serviço:

Luz e Sombra

Data: a partir do dia 10/03/2018

Período da Exposição: Março a Julho de 2018.

Local: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545. Varjota. Fortaleza – CE

Visitação: de quarta-feira a domingo, das 12h às 17h

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza realiza mais um Cine Foto

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de Fevereiro de 2018

Seguindo as atividades do projeto que exibe os filmes ganhadores do Oscar de fotografia, o MFF traz, na edição do Cine Foto deste domingo, um dos mais famosos filmes noir dos anos 40. O público vai assistir ao longa-metragem “Laura”, ganhador no Oscar em 1944 na categoria fotografia, e que lançou a canção “Laura” para o mundo, interpretada por Nat King Cole.  A trama envolve um detetive famoso de Manhattan que investiga o assassinato de uma famosa executiva em seu luxuoso apartamento e um noivo obcecado.

 

Neste dia 25, Mailin Milanes estará presente no Cine Foto para um bate-papo com o público. A convidada é cubana, fotógrafa e diretora de fotografia, foi professora da escola de Cuba, da cátedra de fotografia e é esposa do roteirista brasileiro Marcelo Müller.

 

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

 

Serviço:

Cine Foto: domingo, 25 de fevereiro

Local de realização: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Horário: 10h

Mais informações: (85) 3017-3661

*Evento gratuito, sem necessidade de inscrição.

Publicidade

MFF traz Juliana Buse para palestra sobre boas práticas de conservação de fotografias

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Fevereiro de 2018

 

O público vai receber instruções de como preservar um acervo fotográfico

 

Os amantes da fotografia vão receber, no Museu da Fotografia Fortaleza, uma visita pra lá de especial. A professora Juliana Buse falará sobre conservação e restauro de acervos fotográficos, em palestra gratuita, que acontecerá nesta sábado. Basta se inscrever no sympla. Uma ótima oportunidade para quem quer dar atenção ao material que possui, aprendendo técnicas de preservação.

A palestra é uma introdução à oficina que Juliana Buse irá ministrar, no MFF, nos dias 07 e 08 de abril, sobre Conservação Preventiva de Acervos Fotográficos. Neste segundo momento, os encontros serão mais detalhados, com todo o material necessário incluso. Não dá pra perder, não é mesmo?

Sobre Juliana Buse – Atualmente, professora da Universidade Federal do Ceará (UFC), graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e doutoranda em Conservação e Restauro na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (DCR/FCT/UNL), com formações em conservação e restauro de fotografia e outros documentos gráficos. Seus interesses de ensino e pesquisa incluem conservação e restauro de manuscritos históricos e acervos fotográficos e gestão de riscos em acervos em papel.

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

Serviço:

Oficina de boas práticas de conservação de fotografias, com Juliana Buse

Data: 22 de fevereiro (sábado)

Horário: 14h

Local: MFF – Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Inscriçõesgratuitas, no site sympla.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661

Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) realiza Curso de Fotografia Básica, com os fotógrafos Thiago Braga e Igor Grazianno

Por Oswaldo Scaliotti em Qualificação

14 de Fevereiro de 2018

 

Além das aulas práticas, os alunos terão um fotopasseio para praticar tudo o que foi aprendido 

 

Durante dois fins de semana (17 e 18 de fevereio; 03 e 04 de março), os professores Thiago Braga e Igor Grazianno vão ao MFF para um curso de Fotografia Básica. As aulas serão divididas entre expositivas, com exercícios em sala, e externas, de prática fotográfica. Ocorrerá também um momento de contato com programas atuais de edição e manipulação de imagem. O objetivo é introduzir conceitos básicos, com o intuito de promover e fomentar a prática da fotografia e a discussão da imagem.

 

No total, serão 4 dias de curso, sendo 2 no Museu e outros dois em campo. Aos sábados, serão realizadas atividades em sala. Durante os domingos, os alunos vão acompanhar uma aula de campo técnica e outra autoral. Os participantes irão aos locais definidos, juntamente com os professores, em um ônibus disponibilizado pelo MFF. Podem se inscrever pessoas que tenham interesse em fotografia, história da arte ou em artes visuais em geral. Para participar, os inscritos devem ter câmera DSLR ou mirrorless com função de modo manual. Ao fim do curso, os alunos estarão aptos a manusear qualquer câmera fotográfica, dos tipos mencionados, no modo manual com facilidade e precisão. Entenderão do comportamento da luz, sua direção e intensidade, e compreenderão a importância do ato fotográfico na contemporaneidade.

 

Conteúdo programático:

Aula 01: SÁBADO (17/02)

– Tipos de câmera fotográfica

– Elementos de uma câmera fotográfica

– Diafragma e profundidade de Campo

– Função do obturador

– Diafragma vs. obturador vs. ISO

– Balanço do Branco e medição de luz

 

Aula 02: DOMINGO (18/02)

– Aula de campo (Técnica)

 

Aula 03: SÁBADO (03/03)

– Análise das imagens

– Composição

 

Aula 04: DOMINGO (04/03)

– Aula de Campo (Autoral)

 

Perfil Thiago Braga – Professor e fotógrafo, formado em filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e mestre em comunicação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), onde desenvolveu pesquisas sobre estética fotográfica e filosofia da fotografia. Diretor de pesquisa e intercâmbio do Instituto da Fotografia (Ifoto), lecionou no Porto Iracema das Artes, hoje trabalha na Travessa da Imagem e ministra oficina no Museu da Fotografia de Fortaleza.

 

Perfil Igor Grazianno – Publicitário e especialista em Audiovisual em Meios Digitais pela Universidade Federal do Ceará. Tem experiência profissional em fotojornalismo e no ensino da fotografia. Consultor para diversas instituições públicas, como o Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura, e também privadas. Participou de publicações como Revista Berro, Revista Olho de Peixe, Aldeota, dentre outras.

 

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação do Estado (Seduc) e às Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

 

Serviço:

Curso de Fotografia Básica

Dias: 17 e 18 de fevereiro; 03 e 04 de março

Horários: sempre de 13h às 17h

Local de realização dos exercícios e concentração para aula de campo: MFF

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Inscrições: R$150,00 (presenciais, no Museu)

Mais informações: (85) 3017-3661

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza apresenta o projeto “Pau de Arara”

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de Fevereiro de 2018

 

 

O público vai saber como a produção é realizada, além de ter acesso a fotografias e vídeos que destacam a riqueza cultural do Nordeste

 

Neste sábado, 3 de fevereiro, a partir das 14h, acontece gratuitamente, no MFF, a palestra “Pau de Arara”, apresentada pelo professor Jari Vieira. Na ocasião, o público vai conhecer um pouco sobre o programa que surgiu em 2004, dentro da sala de aula, para que os alunos da disciplina de fotografia experimentassem trabalhar em ambientes externos, conhecendo novos lugares e registrando, pesquisando e explorando de forma documental e etnográfica. O projeto já passou por mais de 15 municípios do Ceará, Pernambuco e Piauí. No mesmo dia será apresentado, em primeira mão, o documentário realizado na última edição, que tem como tema a região do Cangaço. Para conferir tudo, basta de inscrever pelo sympla.com.br.

 

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação do Estado (Seduc) e às Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

 

Serviço:

Palestra “Pau de Arara”

Data: 03/02 (sábado)

Horário: 14h

Local de realização: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Inscrições: Gratuitas, pelo sympla.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) realiza Contação de Histórias neste sábado

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de Janeiro de 2018

 

Trazendo o espetáculo “Encantos do Nordeste”, O Grupo Encantos homenageia a cultura nordestina

 

Neste sábado (27) o MFF traz para seu público mais um evento lúdico e artístico, para entreter toda a família. Com um número que passeia pelo repertório de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Fagner e outros grandes nomes da música brasileira, o Grupo Encantos traz a oportunidade de uma reflexão sobre a valorização da cultura nordestina. O espetáculo “Encantos do Nordeste” tem uma linguagem direcionada para as crianças, com narrativas que abordam temáticas como a seca, o sertão, a mulher rendeira, o pescador, além de outros personagens e elementos que representam estas riquezas. Com uma riqueza de sons, as crianças e suas famílias irão acompanhar histórias como: Marmelo, o jacaré banguelo; Vaca Estrela e Boi Fubá; além da primeira história de autoria do Grupo: Teresa e a Chuva.

A programação é gratuita, a partir de 14h e a classificação etária é a partir de 4 anos de idade. Para se inscrever basta enviar e-mail para educacao@museudafotografia.com.br.

Sobre o Grupo Encantos – nasceu em 2012, criado pela Pedagoga Carol Bittencourt e pelo Músico Claudio Fontenele. Convidaram mais dois amigos músicos, Isaac Cavalcante e Haviv Nogueira, para juntos montarem o primeiro espetáculo, uma releitura da obra “Sítio do Pica pau Amarelo”, do consagrado autor Monteiro Lobato. Em pouco mais de quatro anos, montaram vários espetáculos, realizaram centenas de apresentações na capital do Ceará e em outras cidades do estado, apresentando-se também em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Estiveram em livrarias, shoppings centers, escolas particulares e públicas, igrejas, ONG’s, órgãos públicos, além de eventos particulares.

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação do Estado (Seduc) e às Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

Serviço:

Espetáculo Encantos do Nordeste (Contação de Histórias)

Data: 27/01 (sábado)

Horário: 14h

Local de realização: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Classificação: A partir de 4 anos

Inscrições: Gratuitas, pelo e-mail educacao@museudafotografia.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661

Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) realiza Contação de Histórias neste sábado

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de Janeiro de 2018

 

Trazendo o espetáculo “Encantos do Nordeste”, O Grupo Encantos homenageia a cultura nordestina

 

Neste sábado (27) o MFF traz para seu público mais um evento lúdico e artístico, para entreter toda a família. Com um número que passeia pelo repertório de Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Fagner e outros grandes nomes da música brasileira, o Grupo Encantos traz a oportunidade de uma reflexão sobre a valorização da cultura nordestina. O espetáculo “Encantos do Nordeste” tem uma linguagem direcionada para as crianças, com narrativas que abordam temáticas como a seca, o sertão, a mulher rendeira, o pescador, além de outros personagens e elementos que representam estas riquezas. Com uma riqueza de sons, as crianças e suas famílias irão acompanhar histórias como: Marmelo, o jacaré banguelo; Vaca Estrela e Boi Fubá; além da primeira história de autoria do Grupo: Teresa e a Chuva.

A programação é gratuita, a partir de 14h e a classificação etária é a partir de 4 anos de idade. Para se inscrever basta enviar e-mail para educacao@museudafotografia.com.br.

Sobre o Grupo Encantos – nasceu em 2012, criado pela Pedagoga Carol Bittencourt e pelo Músico Claudio Fontenele. Convidaram mais dois amigos músicos, Isaac Cavalcante e Haviv Nogueira, para juntos montarem o primeiro espetáculo, uma releitura da obra “Sítio do Pica pau Amarelo”, do consagrado autor Monteiro Lobato. Em pouco mais de quatro anos, montaram vários espetáculos, realizaram centenas de apresentações na capital do Ceará e em outras cidades do estado, apresentando-se também em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Estiveram em livrarias, shoppings centers, escolas particulares e públicas, igrejas, ONG’s, órgãos públicos, além de eventos particulares.

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação do Estado (Seduc) e às Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

Serviço:

Espetáculo Encantos do Nordeste (Contação de Histórias)

Data: 27/01 (sábado)

Horário: 14h

Local de realização: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Classificação: A partir de 4 anos

Inscrições: Gratuitas, pelo e-mail educacao@museudafotografia.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661