Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

MFF)

MFF traz Rochelle Costi e Pedro Motta em palestra sobre fotografia contemporânea

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

15 de Maio de 2018

 

O que é um olhar contemporâneo sobre fotografias? Muito se tem discutido acerca do assunto, mas existe um pouco de verdade em cada observação. Uma das principais características da fotografia contemporânea é a expressão autoral. É possível reconhecer na imagem o traço particular de cada fotógrafo, por isso deve-se considerar diversos aspectos. O estilo é geralmente considerado como uma abordagem nova e única à fotografia tradicional. É visto como mais original em seu método de descobrir formas novas e empolgantes de capturar imagens.

Para abordar os diferentes pontos do tema, o Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) traz Rochelle Costi e Pedro Motta em uma conversa com o público fortalezense, nesta quinta-feira, às 15h. Com participação gratuita, os interessados só precisam se inscrever no site sympla.com.br.

Rochelle Costi – nasceu em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, em 1961 e atualmente vive e trabalha em São Paulo. Trabalha com fotografia, vídeo e instalação. Sua concepção de fotografia como forma de colecionar é refletida diretamente em seu trabalho, geralmente organizado em séries. Mistura fotografias com outras formas de expressão e muitas vezes as leva para a instalação. Trabalha com escalas diferentes e as confronta em suas imagens. Joga com pontos de vista causando certo estranhamento e desconforto, sensações que prendem o público em suas imagens e o faz refletir sobre elas. Participou de diversas exposições, dentro e fora do Brasil. Foi uma das artistas premiadas com o 6 º Prêmio CNI SESI SENAI Marcantônio Vilaça para as Artes Plásticas, 2017.

Pedro Motta – nasceu em Belo Horizonte, em 1977. Atualmente, vive e trabalha em São João del-Rei, MG. Formou-se em Desenho pela Escola de Belas Artes da UFMG, em 2002. Sua pesquisa está focada em paisagens, espaços naturais e rurais da região do Campo das Vertentes. Já participou de mais de 20 exposições, também dentro e fora do Brasiol, ganhou prêmios e escreveu dois livros.

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

SERVIÇO:

Palestra Fotografia Contemporânea

Data: 17/05 (quinta-feira)

Horário: 15h

Local: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 | Varjota | Fortaleza – CE

Inscrições: gratuitas, no site sympla.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661

leia tudo sobre

Publicidade

MFF traz palestra sobre fotografia e empoderamento feminino

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

29 de Março de 2018

 

O encontro encerra a programação do Mês da Mulher

 

As jornalistas Clara Dourado e Gabs Dourado, do blog Desenroladas, vão se unir com as fotógrafas Rafa Eleutério e Camila Albano para debater sobre a importância da fotografia como ferramenta de empoderamento feminino, no Museu da Fotografia Fortaleza (MFF). Das icônicas musas de Hollywood, nos anos 50, às supermodelos esquálidas dos anos 90, a imagem da mulher foi constantemente padronizada e criticada pelas mídias de massa, e a fotografia teve um papel essencial nesse processo. Com a democratização dos meios digitais no início dos anos 2000, o mundo presenciou o surgimento de novos talentos que uniram causa, propósito e talento ao mundo das imagens. As palestrantes fazem parte desse time, que busca desconstruir estereótipos, promovendo autoestima e aceitação entre as mulheres. De instrumento que reverbera a opressão, a fotografia passa a ser uma ferramenta para o empoderamento feminino.

A palestra acontece no próximo sábado (31), com inscrições gratuitas no sympla.com.br, e promete um momento importante de reflexão.

Blog Desenroladas – Clara e Gabs Dourado são irmãs, graduadas em jornalismo e se dizem, as duas, tendo forte conexão com o feminino. Desenvolvem estudos voltados para a moda, o feminismo e a sustentabilidade. Acreditam no poder da comunicação e da imagem para causar reflexões. Juntas, mantêm, há oito anos, o Desenroladas como um espaço para a discussão de assuntos como arte, música, moda, cultura e empoderamento feminino.

Camilla Albano – O Albano que carrega no sobrenome é a credencial dos grandes olhares da fotografia do Nordeste. Camilla seguiu o talento que carrega no sangue e, desde 2007, olha o mundo pelas lentes das câmeras. Em sua trajetória, morou em Alto Paraíso e, por lá, evoluiu na fotografia explorando as belezas naturais. Esse olhar para a beleza natural voltou-se para a mulher com o projeto “Mulheres da Lua”, com o qual já registrou mais de 60 mulheres resgatando seu espírito livre e selvagem.

Rafaela Eleutério – Desde 2003, ela imprime em fotografias o seu talento para registrar além do que os olhos veem. Já estagiou com grandes profissionais no Studio H (RJ), no estúdio de JR Duran (SP) e hoje comanda, ao lado de Igor Dantas, a VOIR Image. Além do lado profissional voltado para a moda, a fotógrafa sempre investiu em captar o feminino, como no projeto “As Mulheres e As Flores”.

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

Serviço:

Palestra Fotografia e Empoderamento Feminino

Data: 31/03 (sábado)

Horário: 14h

Local: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 | Varjota | Fortaleza – CE

Inscrições: gratuitas, no site sympla.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661

Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) realiza Curso de Fotografia Básica, com os fotógrafos Thiago Braga e Igor Grazianno

Por Oswaldo Scaliotti em Qualificação

14 de Fevereiro de 2018

 

Além das aulas práticas, os alunos terão um fotopasseio para praticar tudo o que foi aprendido 

 

Durante dois fins de semana (17 e 18 de fevereio; 03 e 04 de março), os professores Thiago Braga e Igor Grazianno vão ao MFF para um curso de Fotografia Básica. As aulas serão divididas entre expositivas, com exercícios em sala, e externas, de prática fotográfica. Ocorrerá também um momento de contato com programas atuais de edição e manipulação de imagem. O objetivo é introduzir conceitos básicos, com o intuito de promover e fomentar a prática da fotografia e a discussão da imagem.

 

No total, serão 4 dias de curso, sendo 2 no Museu e outros dois em campo. Aos sábados, serão realizadas atividades em sala. Durante os domingos, os alunos vão acompanhar uma aula de campo técnica e outra autoral. Os participantes irão aos locais definidos, juntamente com os professores, em um ônibus disponibilizado pelo MFF. Podem se inscrever pessoas que tenham interesse em fotografia, história da arte ou em artes visuais em geral. Para participar, os inscritos devem ter câmera DSLR ou mirrorless com função de modo manual. Ao fim do curso, os alunos estarão aptos a manusear qualquer câmera fotográfica, dos tipos mencionados, no modo manual com facilidade e precisão. Entenderão do comportamento da luz, sua direção e intensidade, e compreenderão a importância do ato fotográfico na contemporaneidade.

 

Conteúdo programático:

Aula 01: SÁBADO (17/02)

– Tipos de câmera fotográfica

– Elementos de uma câmera fotográfica

– Diafragma e profundidade de Campo

– Função do obturador

– Diafragma vs. obturador vs. ISO

– Balanço do Branco e medição de luz

 

Aula 02: DOMINGO (18/02)

– Aula de campo (Técnica)

 

Aula 03: SÁBADO (03/03)

– Análise das imagens

– Composição

 

Aula 04: DOMINGO (04/03)

– Aula de Campo (Autoral)

 

Perfil Thiago Braga – Professor e fotógrafo, formado em filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e mestre em comunicação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), onde desenvolveu pesquisas sobre estética fotográfica e filosofia da fotografia. Diretor de pesquisa e intercâmbio do Instituto da Fotografia (Ifoto), lecionou no Porto Iracema das Artes, hoje trabalha na Travessa da Imagem e ministra oficina no Museu da Fotografia de Fortaleza.

 

Perfil Igor Grazianno – Publicitário e especialista em Audiovisual em Meios Digitais pela Universidade Federal do Ceará. Tem experiência profissional em fotojornalismo e no ensino da fotografia. Consultor para diversas instituições públicas, como o Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura, e também privadas. Participou de publicações como Revista Berro, Revista Olho de Peixe, Aldeota, dentre outras.

 

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação do Estado (Seduc) e às Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

 

Serviço:

Curso de Fotografia Básica

Dias: 17 e 18 de fevereiro; 03 e 04 de março

Horários: sempre de 13h às 17h

Local de realização dos exercícios e concentração para aula de campo: MFF

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Inscrições: R$150,00 (presenciais, no Museu)

Mais informações: (85) 3017-3661

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) traz o espetáculo “A Mulher Mais Forte do Mundo”

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

16 de Janeiro de 2018

 

Dentro do universo circense, o enredo busca recriar o show dos chamados super-humanos

 

Neste domingo (21), o público do MFF terá a oportunidade de reviver um dos clássicos apresentados no século XX nas tradicionais lonas circenses: o homem mais forte do mundo! Entretanto, tratamos aqui de algo ainda mais impressionante para a época, a mulher mais forte do mundo não somente existiu como fez sucesso em grandes circos. Isto sem falar que a arte clownesca aborda uma série de linguagens além da palavra, como a expressão corporal, o olhar, os sentimentos e as sensações. Ou seja, um espetáculo que promete sensibilizar toda a família.

Quem apresenta o número é a atriz, bailarina e palhaça Sâmia Bittencourt.  “Sandwína, A mulher mais forte do mundo”, foi uma figura muito importante para o circo e principalmente para as mulheres que fazem parte da realidade circense. Uma mulher que diante do machismo evidente durante a época de 1890 e 1900, desafiou homens fortes e os venceu.

Sobre Sâmia Bittencourt

Graduada no Curso Superior em Artes Cênicas-CEFET-CE, já atuou em mais de 20 espetáculos e desde 1993 tem seu trabalho artístico voltado para a pesquisa do corpo em cena com bases na Cultura Popular e na Antropologia Teatral. Foi responsável pelo trabalho corporal da Companhia de Brincantes Boca Rica (1995), com direção de Oswald Barroso, durante dez anos, atuando como atriz em diferentes espetáculos. Há vinte anos faz parte da Companhia da Arte Andanças- dirigida por Andréa Bardawil, onde é intérprete-criadora nos processos de pesquisa coreográfica. Já ganhou quatro prêmios com sua palhaça Nada no espetáculo Nada, Nenhum e Ninguém (1997). Atualmente, dirige a Companhia CLE- Circo Lúdico Experimental, com pesquisa na acrobacia cênica e na palhaçaria.

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação do Estado (Seduc) e às Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

Serviço:

A Mulher Mais Forte do Mundo: Domingo, 21 de janeiro

Local de realização: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Horário: 14h

Duração do espetáculo: 45 min

Faixa etária: Livre

Inscrições: Gratuitas, pelo site sympla.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661

 

Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) realiza mais uma Oficina Educativa para Pais e Filhos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

11 de Janeiro de 2018

Oficina educativa para pais e filhos, no MFF

Quem não pôde comparecer às edições realizadas no último fim de semana, vai contar com uma edição extra neste sábado (13)

Quem ficou sabendo das duas edições da Oficina Educativa para Pais e Filhos e não pôde comparecer? Eis que criamos outra oportunidade pra quem levou falta. O período é de férias e o ideal é conseguir programar atividades que interessem a toda a família, não é mesmo? Por isso, o MFF irá proporcionar mais um mergulho no mundo da fotografia reunindo duas gerações. Neste dia 13 de janeiro acontecerá outra edição de uma grande oficina, feita através de colagens e intervenções em reproduções das obras expostas, envolvendo pais, mães e filhos.

A programação é gratuita, basta se inscrever pelo sympla.com.br e fazer arte com os pequenos. É diversão, conhecimento e integração em família em um programa só!

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação do Estado (Seduc) e às Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

Serviço:

Oficina Educativa para Pais e Filhos

Data: 13 de janeiro

Horário: 14h às 16h

Vagas: 80

Inscrições: Gratuitas, pelo site sympla.com.br

Faixa etária: 6 a 12 anos

Local: Museu da Fotografia Fortaleza
Endereço: Rua Frederico Borges, 545 | Varjota | Fortaleza – CE

Mais informações: (85) 3017-3661

Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) realiza Oficina Educativa para Pais e Filhos

Por Oswaldo Scaliotti em Qualificação

03 de Janeiro de 2018

A atividade terá duas edições, realizadas nos próximos sábado e domingo (6 e 7), e as inscrições estão abertas

Como estamos em período de férias, o ideal é conseguir programar atividades que interessem a toda a família, não é mesmo? No MFF será possível dar um mergulho no mundo da fotografia reunindo duas gerações. Nestes dias 6 e 7 de janeiro acontecerá uma grande oficina, feita através de colagens e intervenções em reproduções das obras expostas, envolvendo pais, mães e filhos.

A programação é gratuita, basta escolher uma das datas, se inscrever pelo sympla.com.br e fazer arte com os pequenos. É diversão, conhecimento e integração em família em um programa só!

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação do Estado (Seduc) e às Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

 

Serviço:

Oficina Educativa para Pais e Filhos

Data: 6 e 7 de dezembro (sábado e domingo)

Horário: 14h às 16h

Vagas: 30 inscrições por dia

Inscrições: Gratuitas, pelo site sympla.com.br

Faixa etária: 6 a 12 anos

Local: Museu da Fotografia Fortaleza
Endereço: Rua Frederico Borges, 545 | Varjota | Fortaleza – CE

Publicidade

O fotógrafo André Liohn realiza workshop de imersão fotográfica neste domingo, no MFF

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

15 de dezembro de 2017

 

Em 2011, André Liohn venceu o Robert Capa Gold Medal, um dos mais prestigiados prêmios de fotografia do mundo

 

André Liohn, um dos maiores fotógrafos de conflitos armados do mundo, vai ministrar um workshop de imersão fotográfica neste domingo (17), no Museu da Fotografia Fortaleza (MFF). Ele tem obras expostas na mostra “Na Linha de Frente” e, durante o encontro, além de analisar os trabalhos trazidos pelos participantes, realizará uma reflexão livre de preconceitos, além do estímulo a pensarem sobre suas metas, o que pretendem atingir com a fotografia e como concretizar esse objetivo mesmo com as inseguranças, o cansaço do trabalho de campo e o medo de errar. Será um dia repleto de conhecimento, dicas e trocas.

 

O eixo básico do encontro é focado na importância do desenvolvimento de uma linguagem única e pessoal, refletir a fotografia, questionar conceitos ortodoxos do ato de fotografar e se auto desafiar. De acordo com André Liohn, “seja qual for o contexto da pauta, as experiências pessoais criam histórias reais de vida e influenciam o resultado do trabalho, e isso será sempre objeto de discussão.”

 

Em abril de 2016, André Liohn lançou, ao lado do jornalista Diogo Schelp, o livro Correspondente de Guerra: Os Perigos da Profissão que se Tornou Alvo de Terroristas e Exércitos. O obra traz um caderno de fotos de André Liohn e aborda como os conflitos atuais são perigosos aos jornalistas. A cobertura da rebelião da Primavera Árabe rendeu ao fotógrafo o Robert Capa Gold Medal, um dos mais prestigiados prêmios de fotografia do mundo. O resultado foi alcançado através de um acervo de 12 fotos tiradas em Misrata, que ficou dois meses sitiada por tropas do ditador Muammar Kadhafi, entre março e abril de 2011.

 

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult) e de Educação do Estado (Seduc) e às Secretarias Municipais da Educação (SME) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

 

Serviço:

Workshop imersão fotográfica com André Liohn

Data: 17 de dezembro (domingo)

Horário: 8h às 12h e 13h às 17h (pausa para almoço)

Local: Museu da Fotografia Fortaleza
Endereço: Rua Frederico Borges, 545 | Varjota | Fortaleza – CE

Inscrições: R$200,00 (pagamento somente em dinheiro, na recepção do Museu)

*Alunos recebem certificado ao final do curso.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Oficina de fotografia digital básica neste final de semana no Museu

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

26 de setembro de 2017

Capacitação ocorre neste sábado (30) e domingo (1º de outubro)

 

O Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) recebe inscrições para oficina de fotografia básica que será realizada durante o próximo final de semana no equipamento. Com orientação de Thiago Braga, professor e fotógrafo membro da Travessa da Imagem, a capacitação é direcionada para todos os interessados em fotografar melhor, não havendo pré-requisitos.Com metodologia teórica e prática, os participantes aprenderão de forma dinâmica técnicas de aperfeiçoamento fotográfico.

 

No sábado, os alunos conhecerão os tipos de câmeras digitais, dicas para o manuseio adequado dos equipamentos, funcionalidades como ISO, Diafragma, Obturador e uma breve introdução à manipulação de imagens.  Já no segundo dia, o curso contará com fotopasseio para aplicação dos conhecimentos.

 

As inscrições podem ser feitas presencialmente no recepção do Museu (Rua Frederico Borges, 545 – Aldeota) ou por meio de pré-inscrição pelo email: educacao@museudafotografia.com.br. O valor do investimento é de R$ 100,00.

 

Sobre Thiago Braga – É professor e fotógrafo, formado em filosofia pela UECE e mestre em comunicação pela UFC, onde desenvolveu pesquisas sobre estética fotográfica e filosofia da fotografia. Diretor de pesquisa e intercâmbio do Ifoto, lecionou no Porto Iracema das Artes e, atualmente, trabalha na Travessa da Imagem.

 
Museu da Fotografia Fortaleza

Inaugurado em março deste ano, o Museu da Fotografia Fortaleza é o mais novo equipamento cultural da cidade, que reúne dois séculos de fotografia de um dos mais ricos acervos fotográficos do país, a Coleção Paula e Silvio Frota. Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu vem realizando uma série de ações que visam a divulgação de novos talentos, a promoção da fotografia contemporânea e oficinas e workshops para artistas, estudantes e educadores além de cursos e visitas guiadas.

 

Serviço:

Data: 30 de setembro e 01º de Outubro (Sábado e Domingo)

Hora: 14h às 17h

Local de realização: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Valor: R$100,00

Inscrições: Na recepção do Museu

Mais informações: (85) 3017-3661/ Pré-inscrição: 
educacao@museudafotografia.com.br.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza sedia lançamento da revista Dasart Living

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de agosto de 2017

O Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) sediará nesta quinta-feira (31), a partir das 19h30, o lançamento da segunda edição da revista Dasart Living. A publicação, que leva a assinatura da Dasart Incorporações, traz como destaque na nova edição, 4 nomes de sucesso e prestígio da arquitetura cearense: Marcos Novais, Susana Clark, Valter Costa Lima e Rodrigo Maia. Com a editoria das Revistas O Povo, o exemplar traz ainda, uma matéria com o estilista Lino Villaventura, editorial com peças exclusivas de Tânia Joias, conteúdo de arte, viagem, gastronomia e lançamento imobiliário da incorporadora. O coquetel de lançamento para convidados terá como atrações musicais o Dj Thiago Camargo e a Sótão Band.

 

Sobre o Museu

Inaugurado em março deste ano, o MFF apresenta uma série rica de fotos históricas, fotorreportagens, arquivos fotográficos, cineclubismo, retratos, paisagens, crônicas visuais. As fotos da coleção Paula e Silvio Frota abordam de uma maneira ampla as múltiplas possibilidades de estudo, apresentação e interpretação da coleção como um todo, um valioso patrimônio que está sendo disponibilizado para os mais diversos públicos de Fortaleza, do Brasil e do mundo.

Sobre Dasart Living

Criada com o desejo de unir o produto moradia com os conceitos de estilo, identidade e morar bem, a Dasart Living reúne todos os elementos que a incorporadora acredita e concretiza através de seus empreendimentos.

A publicação busca acima de tudo, refletir o estilo de vida e o padrão de morar com qualidade e identidade, defendendo a singularidade de cada pessoa em todos os seus aspectos. Por isso, ela abrange também as áreas de moda, gastronomia, viagem, comportamento e beleza, que permitem transmitir a personalidade de cada indivíduo.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Museu da Fotografia recebe evento sobre Fotobiografia

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

26 de julho de 2017

Encerrando o mês de férias com atividades voltadas para os admiradores o universo da fotografia, o Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) recebe no último sábado de julho, dia 29, evento sobre o tema Fotobiografia. A realização é o Instituto de Fotografia (Ifoto) e o momento será conduzido pela fotógrafa cearense Paula Geórgia Fernandes. As inscrições são gratuitas e já podem ser realizadas na recepção do Museu (Rua Frederico Borges, 545 – Varjota).

 

O evento apresentará um panorama da fotografia nordestina através da Fotobiografia, obra na qual um(a) fotógrafo(a), artista, estudante, pesquisador(a) ou curador(a) de fotografia apresenta o trabalho de outro fotógrafo(a), comentando à respeito do trabalho do artista em evidência, bem como a trajetória e os processos de criação e edição.

Perfil Paula Geórgia Fernandes

Cearense, graduada em arquitetura e urbanismo pela UFRN em 2006, fotógrafa autodidata. Membro da Rede Brasileira de Produtores Culturais em Fotografia no Brasil. Desde 2009, atua como produtora cultural no segmento das Artes Visuais – Fotografia e já fez parte do Conselho Nacional de Politicas Culturais – CNPC, no segmento das Artes Visuais. Participou de Exposições coletivas no RS; RJ, RN e Caracas, Venezuela. Seu trabalho “Ser-tão Seridó”, foi selecionado para a Mostra de Portfólios no Festival de Fotografia, GuatePhoto 2012, Guatemala; em 2013, esteve em exposição individual na Pinacoteca do Estado do RN e no FestFotoPoa 2013/2014 e no Festival de Fotografia do Sertão, na Bahia em 2014. Em 2015, realizou a exposição “Cor de Rosa Choque” sobre o tradicional desfile do Bloco das Kengas no Carnaval de Natal, na Pinacoteca do RN e lançou o livro “Registo da Arte Circense no RN” com fotografias de seu ensaio sobre o Circo no RN. Em 2016, realizou as exposições “Memórias de Um PorVir”, e “#NatalComoEuTeAmo”, ambos no RN e a produção do fotolivro “Iracema”, previsto para publicação em 2018. Em 2017, em Porto Alegre (RS) no FesFotoPOA, participou do festival com a exposição “Memórias de Um PorVir” e, no RN, coordenou o “Encontro Sertões” do Movimento Alumiar de Fotografia. Atualmente, se dedica a um trabalho autoral na fotografia.

 

Museu da Fotografia Fortaleza

Inaugurado em março deste ano, o Museu da Fotografia Fortaleza é o mais novo equipamento cultural da cidade, que reúne dois séculos de fotografia de um dos mais ricos acervos fotográficos do país, a Coleção Paula e Silvio Frota. Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu vem realizando uma série de ações que visam a divulgação de novos talentos, a promoção da fotografia contemporânea e oficinas e workshops para artistas, estudantes e educadores além de cursos e visitas guiadas.

 

Serviço:

Palestra sobre Fotobiografia

Data: 29 de julho, Sábado

Hora: 14h

Local de realização: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Inscrições: Gratuitas na recepção do Museu

Mais informações: (85) 3017-3661/ 

Pré-inscrição: educacao@museudafotografia.com.br.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Museu da Fotografia recebe evento sobre Fotobiografia

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

26 de julho de 2017

Encerrando o mês de férias com atividades voltadas para os admiradores o universo da fotografia, o Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) recebe no último sábado de julho, dia 29, evento sobre o tema Fotobiografia. A realização é o Instituto de Fotografia (Ifoto) e o momento será conduzido pela fotógrafa cearense Paula Geórgia Fernandes. As inscrições são gratuitas e já podem ser realizadas na recepção do Museu (Rua Frederico Borges, 545 – Varjota).

 

O evento apresentará um panorama da fotografia nordestina através da Fotobiografia, obra na qual um(a) fotógrafo(a), artista, estudante, pesquisador(a) ou curador(a) de fotografia apresenta o trabalho de outro fotógrafo(a), comentando à respeito do trabalho do artista em evidência, bem como a trajetória e os processos de criação e edição.

Perfil Paula Geórgia Fernandes

Cearense, graduada em arquitetura e urbanismo pela UFRN em 2006, fotógrafa autodidata. Membro da Rede Brasileira de Produtores Culturais em Fotografia no Brasil. Desde 2009, atua como produtora cultural no segmento das Artes Visuais – Fotografia e já fez parte do Conselho Nacional de Politicas Culturais – CNPC, no segmento das Artes Visuais. Participou de Exposições coletivas no RS; RJ, RN e Caracas, Venezuela. Seu trabalho “Ser-tão Seridó”, foi selecionado para a Mostra de Portfólios no Festival de Fotografia, GuatePhoto 2012, Guatemala; em 2013, esteve em exposição individual na Pinacoteca do Estado do RN e no FestFotoPoa 2013/2014 e no Festival de Fotografia do Sertão, na Bahia em 2014. Em 2015, realizou a exposição “Cor de Rosa Choque” sobre o tradicional desfile do Bloco das Kengas no Carnaval de Natal, na Pinacoteca do RN e lançou o livro “Registo da Arte Circense no RN” com fotografias de seu ensaio sobre o Circo no RN. Em 2016, realizou as exposições “Memórias de Um PorVir”, e “#NatalComoEuTeAmo”, ambos no RN e a produção do fotolivro “Iracema”, previsto para publicação em 2018. Em 2017, em Porto Alegre (RS) no FesFotoPOA, participou do festival com a exposição “Memórias de Um PorVir” e, no RN, coordenou o “Encontro Sertões” do Movimento Alumiar de Fotografia. Atualmente, se dedica a um trabalho autoral na fotografia.

 

Museu da Fotografia Fortaleza

Inaugurado em março deste ano, o Museu da Fotografia Fortaleza é o mais novo equipamento cultural da cidade, que reúne dois séculos de fotografia de um dos mais ricos acervos fotográficos do país, a Coleção Paula e Silvio Frota. Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu vem realizando uma série de ações que visam a divulgação de novos talentos, a promoção da fotografia contemporânea e oficinas e workshops para artistas, estudantes e educadores além de cursos e visitas guiadas.

 

Serviço:

Palestra sobre Fotobiografia

Data: 29 de julho, Sábado

Hora: 14h

Local de realização: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Inscrições: Gratuitas na recepção do Museu

Mais informações: (85) 3017-3661/ 

Pré-inscrição: educacao@museudafotografia.com.br.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti