Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Hospital Regional Unimed

Hospital Regional Unimed recebe doação de leite materno

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

23 de Maio de 2019

No último domingo, 19 de maio, foi celebrado o Dia Nacional de Doação de Leite Humano, instituído em dezembro de 2015 pela Lei nº 13.227, com o objetivo de chamar atenção para a doação, que pode salvar a vida de muitos bebês. Consciente da importância da amamentação exclusiva nos primeiros meses de vida, a Unimed Fortaleza disponibiliza um Posto de Coleta de Leite Humano, localizado no Hospital Regional Unimed (HRU) que funciona de segunda a domingo, das 07h às 18h, no 6º andar.

Com profissionais capacitados para auxiliar as mães tanto na amamentação, quanto na orientação de como ser uma doadora de leite materno, o posto tem parceria com o Banco de Leite da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac), onde este alimento é selecionado quanto a sujidades, índice bacteriológico e, por fim, pasteurizado, retornando, assim, para doação.

“Todo o leite doado é enviado à Meac para que seja pasteurizado. Após o processo, 30% do leite materno fica na Meac e 70% retorna ao HRU para alimentar os bebês internados”, explica Francineide Pereira, coordenadora de enfermagem do eixo materno infantil do HRU. O leite coletado no HRU que não é aproveitado pelas mães com filhos internados na unidade é doado ao Banco de Leite da Meac.

Importância do leite materno

Além de alimento, o leite materno previne doenças tanto para a mãe quanto para filho e ajuda no desenvolvimento da criança. A solidariedade das mães que produzem leite em excesso pode salvar a vida de bebês cujas mães não podem ou não conseguem amamentar.

De acordo com a médica neonatologista e coordenadora da UTI Neo do HRU, Dra. Rejane Brasil, para recém-nascidos de baixo peso, especialmente os bebês internados em unidades neonatais, esse alimento é um aliado essencial na melhora da sobrevida do recém-nascido prematuro. “O leite materno possui um importante papel na imunidade dos bebês, pois contém células de defesa e fatores anti-infecciosos capazes de proteger o organismo do recém-nascido”, explica Dra. Rejane.

A médica fala também que o leite materno é ainda o único que fornece nutrientes importantes para o desenvolvimento cerebral e diminui o risco de processos alérgicos relacionados à exposição de outros alimentos nos primeiros anos de vida.

Quem pode doar

A doadora deve ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar e a doar o excedente. A mulher pode doar leite materno quantas vezes puder e quiser, pois quanto mais estimulada a mama, mais leite humano é produzido.

Para o leite ser aceito no Posto de Coleta da Unimed Fortaleza é preciso que o recipiente de vidro com tampa de plástico tenha no mínimo 200 ml ou, no máximo, 220 ml de leite materno. Caso as mães doadoras não tenham o recipiente, a Unimed Fortaleza fornece o primeiro frasco para armazenamento.

Para a comodidade das mães, a Unimed Fortaleza envia um transporte para receber as doações na casa das doadoras que residem em Fortaleza. A coleta não abrange a Região Metropolitana de Fortaleza.

Preparo do frasco para guardar o leite

·         Lave um frasco com tampa de plástico, retirando o rótulo e o papel de dentro da tampa;

·         Coloque o frasco e a tampa em uma panela com água;

·         Ferva por 15 minutos, contando o tempo a partir do início da fervura;

·         Escorra sobre um pano limpo até secar;

·         Feche o frasco sem tocar com a mão na parte interna da tampa.

Higiene pessoal antes de iniciar a coleta

·         Lave as mãos e os braços até o cotovelo com água e sabão;

·         Lave as mamas apenas com água;

·         Seque as mãos e as mamas com toalha limpa.

Como retirar o leite

·         Massageie as mamas com a ponta dos dedos, fazendo movimentos circulares da parte escura (aréola) para o corpo;

·         Coloque o polegar acima da linha onde acaba a aréola, coloque o dedo indicador e médio abaixo da aréola, firme os dedos e empurre para trás em direção ao corpo;

·         Aperte o polegar contra os outros dedos até sair o leite. Pressione e solte. A manobra não deve doer. No começo o leite pode não fluir, mas depois de pressionar algumas vezes, começa a sair com mais facilidade;

·         Despreze os primeiros jatos ou gotas;

·         Abra o frasco e coloque a tampa sobre a mesa forrada com um pano limpo, com a abertura para cima;

·         Colha o leite no frasco, colocando-o debaixo da aréola;

·         Mude a posição dos dedos ao redor da aréola para esvaziar todas as áreas;

·         Alterne a mama quando o fluxo de leite diminuir e repita a massagem e o ciclo várias vezes;

·         Ordenhar adequadamente leva, mais ou menos, de 20 a 30 minutos, em cada mama, especialmente nos primeiros dias;

·         A retirada do leite pode ser feita ao mesmo tempo nas duas mamas;

·         Após terminar a coleta, feche bem o frasco.

Como conservar o leite ordenhado

·         Guarde imediatamente o frasco na geladeira, congelador ou freezer;

·         Leite cru (não pasteurizado) pode ser conservado em geladeira por até 12 horas, e, no freezer ou congelador, por até 15 dias. Se for descongelado, não pode ser congelado novamente.

 

Serviço

Posto de Coleta do Hospital Regional Unimed

Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, 4000, 6º andar – São João do Tauape, Fortaleza-Ceará.

Telefone: (85) 3277.7735

leia tudo sobre

Publicidade

Hospital Regional Unimed comemora 19 anos de serviço

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

23 de setembro de 2018

 

Referência nacional em procedimentos de alta complexidade, o Hospital Regional Unimed (HRU) é o hospital privado com o maior número de leitos do Ceará, que comemorou 19 anos de atendimento com excelência no dia 21 de setembro.

 

O HRU é um hospital acreditado pela avalição e certificação Qmentum International realizada pela Accreditation Canada International, ou seja, uma comprovação de excelência nas práticas de saúde. Essa comprovação se dá por meio de um processo avaliativo com base nas ROPs (sigla em inglês para Prática Organizacional Exigida). Desta forma, buscando, cada vez mais, melhorar a qualidade dos cuidados aos pacientes e acompanhantes, além de proporcionar um ambiente livre de riscos para todos aqueles que circulam no ambiente do hospital.

 

Para o diretor geral do hospital, Dr. Jair Cremonin, chegar à marca de 19 anos de atendimento realizado com primazia é um grande orgulho para todas as equipes que constituem o hospital. “Temos como foco a satisfação e a segurança de todos os nossos pacientes e seus familiares, além dos nossos colaboradores. Para nós, é imensamente gratificante completar 19 anos prestando atendimento de qualidade com um corpo clínico de excelência, programas inovadores, centro de imagem e laboratório de referência”, afirma o diretor.

Publicidade

Hospital Regional Unimed recebe novo equipamento de tomografia

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

29 de Maio de 2018

Garantir a melhor assistência com estrutura moderna e equipamentos de ponta é uma das prioridades do Hospital Regional Unimed (HRU). Nessa contínua busca por proporcionar a melhor assistência a seus clientes, o HRU conta com um novo aparelho de tomografia.

Para receber o novo aparelho, a sala de tomografia do Centro de Imagens do HRU foi reformada e agora o hospital passa a ser o primeiro da rede particular de Fortaleza a possuir dois espaços de tomografia, oferecendo maior comodidade aos pacientes e garantindo a excelência na qualidade de atendimento, com destaque para o uso de contraste não iônico, reduzindo os riscos de reações adversas. Os exames são realizados de segunda-feira a sábado, de 7h30 às 12h e de 13h às 18h, podendo ser marcados pessoalmente ou por telefone, no número (85) 3277-6100.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Hospital Regional Unimed sedia primeiro implante de cardiodesfibrilador subcutâneo no estado do Ceará

Por Oswaldo Scaliotti em Sem categoria

21 de Maio de 2018

A cirurgia foi realizada com sucesso e o paciente já recebeu alta hospitalar. É a tecnologia a serviço da saúde e da qualidade de vida das pessoas.

 

Chega ao Ceará uma tecnologia inovadora que pode ajudar muitas pessoas com probabilidade de serem acometidas por um mal súbito. O primeiro implante de cardiodesfibrilador subcutâneo (S-ICD), realizado no Ceará, aconteceu no último sábado (19), no Hospital Regional Unimed (HRU), em um paciente com Síndrome de Brugada, um distúrbio hereditário da eletrofisiologia cardíaca que leva a aumento do risco de síncope e morte súbita.

 

A nova tecnologia chega ao Ceará pelas mãos da equipe dos médicos cearenses, Marcelo de Paula, Tatiana Pereira e Eduardo Arraes, supervisionados pelo médico cardiologista de São Paulo, Fernando Oliva, especialista em arritmias, doutor em Ciências da Cirurgia e certificado para este tipo de implante. O procedimento cirúrgico foi realizado com sucesso e o paciente já recebeu alta hospitalar. A expectativa da equipe é que este tipo de implante possa ser realizado para ajudar outras pessoas que sofram o risco de morte súbita.

 

Segundo Fernando Oliva, a diferença deste dispositivo em relação aos outros é que toda a estimulação cardíaca é feita fora do coração. No caso de outros tipos de implante, os cabos-eletrodos chegam à área cardíaca por meio de um cateter que é posicionado dentro do órgão, através do sistema venoso. Com a nova tecnologia, pode-se evitar inúmeras complicações como lesões, inflamações, infecções e a fratura do próprio eletrodo. “Essa foi a primeira prótese da história a não precisar colocar o eletrodo dentro do coração. Então, hoje somos capazes de reverter arritmias, usando esse desfibrilador, com o eletrodo situado fora do órgão. Eu acredito fortemente que foi um passo à frente em termos de estimulação cardíaca”, explica o cardiologista.

 

A chegada do implante ao Brasil

Esse tipo de dispositivo começou a ser implantado na Europa em 2009 e o médico Fernando Oliva vem, desde então, acompanhando o uso desta tecnologia no exterior. A autorização para o Brasil chegou em 2015. Convidado pela empresa fabricante do dispositivo, a Boston Scientifc, o médico foi aos Estados Unidos participar de treinamento para trazer a tecnologia ao Brasil. Em setembro de 2016, foi implantado o primeiro S-ICD do Brasil. De lá para cá, já foram 36 procedimentos realizados no país, sendo três no Nordeste e um deles no Ceará.

Publicidade

Hospital Regional Unimed é eleito o melhor hospital do sistema Unimed Brasil

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

23 de Janeiro de 2016

274270_573344_c11v4290_web_

Referência nacional em procedimentos de alta complexidade, o Hospital Regional Unimed( HRU) é o maior hospital do Sistema Unimed Brasil e o hospital privado com o maior número de leitos do Ceará. O HRU possui Certificação Internacional em proteção e segurança do paciente e é participante de novo processo de acreditação, sendo avaliado pela empresa líder do processo de Acreditação, estando incluído em um grupo de elite de hospitais avaliados. Conta com um corpo clínico de excelência, time de resposta rápida para atendimento de urgência e emergência, além dos programas voltados para gestantes, centro de imagens e laboratório. Acaba de ser escolhido o melhor Hospital do Sistema Nacional Unimed.

Conduzido por uma gestão que tem como foco a excelência, o HRU, desde 2014, passa por um processo de melhorias internas focadas na qualidade do atendimento, na otimização dos seus processos e na excelência dos serviços oferecidos. Como resultado de um trabalho realizado com empenho e compromisso com o cliente, o HRU acaba de ser reconhecido como o melhor hospital do Sistema Unimed Brasil. A informação foi anunciada na manhã desta sexta-feira, dia 22, pelo presidente da Unimed Brasil, Dr. Eudes Aquino.

O melhor do Brasil
A escolha foi feita através de uma classificação baseada em critérios técnicos, que envolveram desde a importância da estrutura física, a qualidade do atendimento e fatores econômicos. Eudes Aquino ressaltou que, “A Unimed Brasil desenvolve, pela primeira vez, um estudo de qualificação de seus hospitais. O objetivo é estimular o crescimento qualitativo da sua rede. Neste 1º momento, foi realizada a primeira parte desse estudo, no qual o Hospital Regional Unimed foi escolhido o melhor em meio aos 114 hospitais Unimed em todo o país. O HRU destaca-se pelo conjunto que oferta, sendo um hospital de primeira linha, comprometido com a segurança do paciente e por seus serviços de alta complexidade, que exigem um time de extrema competência e compromisso a frente do atendimento oferecido. E pelo que conhecemos do hospital não houve surpresa quanto a escolha. Nossa expectativa é que o HRU mantenha esse padrão e esta classificação”.

Reconhecimento do Trabalho
Para o presidente da Unimed Fortaleza, Dr. João Borges, esse resultado ressalta o trabalho de gestão que vem sendo realizado na cooperativa. “Desde que assumimos a Unimed Fortaleza sempre olhamos para o HRU com muita atenção. No último ano, realizamos a entrega de um andar inteiro para a pediatria, mais que duplicando nosso número de leitos para a especialidade, também entregamos mais outros 30 leitos, reformarmos a emergência, além de outras ações que também foram realizadas. Porém, as melhorias não são apenas estruturais, temos um time de excelência médica que tem sido constantemente avaliado, uma direção rigorosa quanto a qualidade técnica e a constante busca em identificar onde podemos melhorar e tornar nosso atendimento sempre mais eficiente”.

Conheça melhor o Hospital Regional Unimed

Estrutura:
– 300 leitos, com previsão de aumento para 330 até março /2016.
– 61 leitos de UTI.
– Centro cardiológico completo.
– Complexo cirúrgico.
– Oncologia e Hemodinâmica.
– Centro de imagens.
– Urgência e emergência.
– Complexo Neo-obstétrico.
– UTI Neo integrada ao centro obstétrico.
– Um andar inteiro dedicado à pediatria, no qual estão disponíveis desde os serviços de internação a outros como neuropediatria, cardiologia pediátrica, realização de procedimentos cirúrgicos, oncologia, hematologia e UTI pediátrica, com apoio de diagnóstico de laboratório e de imagem. Ao todo, a pediatria conta com 50 leitos.

Dentre os procedimentos de alta complexidade realizados no HRU, destacam-se:
– cirurgias cardíacas
– cirurgias neurológicas
– transplantes de rins, córnea e médula óssea.
– troca e implante de marca-passo.
– cirurgia bariátrica.
– hemodinâmica
– radiologia intervencionista.
– oncologia.
– cirurgia intervascular
– leitos de terapia intensiva.
– tomografia.

Média mensal de atendimentos: 
– 11 mil atendimentos na emergência.
– 1.200 internações.
– 100 cirurgias.
– 185 internações obstétricas.
– 18 mil exames de imagem e cardiológicos.

Sobre a Emergência: 
Emergência 24 horas com várias especialidades, em escala presencial. São elas:
– Clinica Médica.
– Ortopedia e Traumatologia.
– Ginecologia e Obstetrícia.
– Cardiologia.
– Neurologia.
– Anestesista.
– Cirurgia geral.
– Médicos emergencistas.
* Outras especialidades atendem por sobreaviso. O HRU conta também com uma equipe multidisciplinar completa.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Hospital Regional Unimed é eleito o melhor hospital do sistema Unimed Brasil

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

23 de Janeiro de 2016

274270_573344_c11v4290_web_

Referência nacional em procedimentos de alta complexidade, o Hospital Regional Unimed( HRU) é o maior hospital do Sistema Unimed Brasil e o hospital privado com o maior número de leitos do Ceará. O HRU possui Certificação Internacional em proteção e segurança do paciente e é participante de novo processo de acreditação, sendo avaliado pela empresa líder do processo de Acreditação, estando incluído em um grupo de elite de hospitais avaliados. Conta com um corpo clínico de excelência, time de resposta rápida para atendimento de urgência e emergência, além dos programas voltados para gestantes, centro de imagens e laboratório. Acaba de ser escolhido o melhor Hospital do Sistema Nacional Unimed.

Conduzido por uma gestão que tem como foco a excelência, o HRU, desde 2014, passa por um processo de melhorias internas focadas na qualidade do atendimento, na otimização dos seus processos e na excelência dos serviços oferecidos. Como resultado de um trabalho realizado com empenho e compromisso com o cliente, o HRU acaba de ser reconhecido como o melhor hospital do Sistema Unimed Brasil. A informação foi anunciada na manhã desta sexta-feira, dia 22, pelo presidente da Unimed Brasil, Dr. Eudes Aquino.

O melhor do Brasil
A escolha foi feita através de uma classificação baseada em critérios técnicos, que envolveram desde a importância da estrutura física, a qualidade do atendimento e fatores econômicos. Eudes Aquino ressaltou que, “A Unimed Brasil desenvolve, pela primeira vez, um estudo de qualificação de seus hospitais. O objetivo é estimular o crescimento qualitativo da sua rede. Neste 1º momento, foi realizada a primeira parte desse estudo, no qual o Hospital Regional Unimed foi escolhido o melhor em meio aos 114 hospitais Unimed em todo o país. O HRU destaca-se pelo conjunto que oferta, sendo um hospital de primeira linha, comprometido com a segurança do paciente e por seus serviços de alta complexidade, que exigem um time de extrema competência e compromisso a frente do atendimento oferecido. E pelo que conhecemos do hospital não houve surpresa quanto a escolha. Nossa expectativa é que o HRU mantenha esse padrão e esta classificação”.

Reconhecimento do Trabalho
Para o presidente da Unimed Fortaleza, Dr. João Borges, esse resultado ressalta o trabalho de gestão que vem sendo realizado na cooperativa. “Desde que assumimos a Unimed Fortaleza sempre olhamos para o HRU com muita atenção. No último ano, realizamos a entrega de um andar inteiro para a pediatria, mais que duplicando nosso número de leitos para a especialidade, também entregamos mais outros 30 leitos, reformarmos a emergência, além de outras ações que também foram realizadas. Porém, as melhorias não são apenas estruturais, temos um time de excelência médica que tem sido constantemente avaliado, uma direção rigorosa quanto a qualidade técnica e a constante busca em identificar onde podemos melhorar e tornar nosso atendimento sempre mais eficiente”.

Conheça melhor o Hospital Regional Unimed

Estrutura:
– 300 leitos, com previsão de aumento para 330 até março /2016.
– 61 leitos de UTI.
– Centro cardiológico completo.
– Complexo cirúrgico.
– Oncologia e Hemodinâmica.
– Centro de imagens.
– Urgência e emergência.
– Complexo Neo-obstétrico.
– UTI Neo integrada ao centro obstétrico.
– Um andar inteiro dedicado à pediatria, no qual estão disponíveis desde os serviços de internação a outros como neuropediatria, cardiologia pediátrica, realização de procedimentos cirúrgicos, oncologia, hematologia e UTI pediátrica, com apoio de diagnóstico de laboratório e de imagem. Ao todo, a pediatria conta com 50 leitos.

Dentre os procedimentos de alta complexidade realizados no HRU, destacam-se:
– cirurgias cardíacas
– cirurgias neurológicas
– transplantes de rins, córnea e médula óssea.
– troca e implante de marca-passo.
– cirurgia bariátrica.
– hemodinâmica
– radiologia intervencionista.
– oncologia.
– cirurgia intervascular
– leitos de terapia intensiva.
– tomografia.

Média mensal de atendimentos: 
– 11 mil atendimentos na emergência.
– 1.200 internações.
– 100 cirurgias.
– 185 internações obstétricas.
– 18 mil exames de imagem e cardiológicos.

Sobre a Emergência: 
Emergência 24 horas com várias especialidades, em escala presencial. São elas:
– Clinica Médica.
– Ortopedia e Traumatologia.
– Ginecologia e Obstetrícia.
– Cardiologia.
– Neurologia.
– Anestesista.
– Cirurgia geral.
– Médicos emergencistas.
* Outras especialidades atendem por sobreaviso. O HRU conta também com uma equipe multidisciplinar completa.

  • postado por Oswaldo Scaliotti