Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Governo

Sertão Central: Governo autoriza construção de cinco galpões industriais para o setor calçadista

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

03 de julho de 2018

Cinco municípios do Sertão Central cearense serão beneficiados com galpões industriais para receber empresas do segmento calçadista e gerar emprego e renda para a população. Na manhã desta terça-feira (03), prefeitos e representantes de Madalena, Banabuiú, Pedra Branca, Boa Viagem e Piquet Carneiro assinaram um memorando de entendimento com a Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) para a viabilização das estruturas.

Foto: Gois Mendes (prefeito de Pedra Branca), Edinho Nobre (prefeito de Banabuiú), Bismarck Bezerra (prefeito de Piquet Carneiro), Nelson Martins (secretário-chefe da Casa Civil), Eduardo Neves (presidente da Adece), Aline Vieira (prefeita de Boa Viagem), Sônia Costa (prefeita de Madalena) e Cirilo Pimenta (presidente do Idace)

Representando o governador Camilo Santana, o secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins, destacou a importância do apoio do Governo do Ceará para a atração de novas indústrias aos municípios beneficiados. “São municípios que precisam muito de apoio, geração de emprego e desenvolvimento, tendo em vista que foram vítimas de seis anos de seca”. Ainda de acordo com ele, “o recurso já está aprovado pelo governador Camilo Santana e, agora, o próximo passo é encaminhar a etapa burocrática de licitações e convênios apara a instalação das empresas o mais rápido possível”, completa.

Conforme o presidente da Adece, Eduardo Neves, a conquista é fruto de um trabalho contínuo de atração de investimentos iniciado há quase um ano. “Alguns prefeitos nos acompanharam em missões, feiras e eventos no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Franca, em São Paulo, buscando empresas para se instalar no interior do Estado”, explica. De acordo ainda com o executivo, cada galpão será de mil metros quadrados e, em contrapartida, os municípios devem doar os terrenos para viabilizar a construção por parte da Adece.

Os gestores municipais presentes destacaram a necessidade de um novo olhar para os municípios, tendo em vista os prejuízos contabilizados com a falta de chuvas. De acordo com o prefeito de Piquet Carneiro, Bismarck Bezerra, o momento é histórico para a população local, considerando-se a chegada da primeira indústria para o município. Já Sônia Costa, de Madalena, parabenizou o trabalho de em prol da descentralização do desenvolvimento econômico do Estado do Ceará.

Estiveram presentes ainda os prefeitos Aline Vieira (Boa Viagem), Edinho Nobre (Banabuiú) e Góis Mendes (Pedra Branca). Participaram também da celebração das assinaturas o presidente do Instituto do Desenvolvimento Agrário do Ceará (Idace), Cirilo Pimenta; o diretor de Infraestrutura da Adece, Marco Prado; além de lideranças políticas e demais gestores municipais.

 

Publicidade

Sertão Central: Governo autoriza construção de cinco galpões industriais para o setor calçadista

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

03 de julho de 2018

Cinco municípios do Sertão Central cearense serão beneficiados com galpões industriais para receber empresas do segmento calçadista e gerar emprego e renda para a população. Na manhã desta terça-feira (03), prefeitos e representantes de Madalena, Banabuiú, Pedra Branca, Boa Viagem e Piquet Carneiro assinaram um memorando de entendimento com a Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece) para a viabilização das estruturas.

Foto: Gois Mendes (prefeito de Pedra Branca), Edinho Nobre (prefeito de Banabuiú), Bismarck Bezerra (prefeito de Piquet Carneiro), Nelson Martins (secretário-chefe da Casa Civil), Eduardo Neves (presidente da Adece), Aline Vieira (prefeita de Boa Viagem), Sônia Costa (prefeita de Madalena) e Cirilo Pimenta (presidente do Idace)

Representando o governador Camilo Santana, o secretário-chefe da Casa Civil, Nelson Martins, destacou a importância do apoio do Governo do Ceará para a atração de novas indústrias aos municípios beneficiados. “São municípios que precisam muito de apoio, geração de emprego e desenvolvimento, tendo em vista que foram vítimas de seis anos de seca”. Ainda de acordo com ele, “o recurso já está aprovado pelo governador Camilo Santana e, agora, o próximo passo é encaminhar a etapa burocrática de licitações e convênios apara a instalação das empresas o mais rápido possível”, completa.

Conforme o presidente da Adece, Eduardo Neves, a conquista é fruto de um trabalho contínuo de atração de investimentos iniciado há quase um ano. “Alguns prefeitos nos acompanharam em missões, feiras e eventos no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Franca, em São Paulo, buscando empresas para se instalar no interior do Estado”, explica. De acordo ainda com o executivo, cada galpão será de mil metros quadrados e, em contrapartida, os municípios devem doar os terrenos para viabilizar a construção por parte da Adece.

Os gestores municipais presentes destacaram a necessidade de um novo olhar para os municípios, tendo em vista os prejuízos contabilizados com a falta de chuvas. De acordo com o prefeito de Piquet Carneiro, Bismarck Bezerra, o momento é histórico para a população local, considerando-se a chegada da primeira indústria para o município. Já Sônia Costa, de Madalena, parabenizou o trabalho de em prol da descentralização do desenvolvimento econômico do Estado do Ceará.

Estiveram presentes ainda os prefeitos Aline Vieira (Boa Viagem), Edinho Nobre (Banabuiú) e Góis Mendes (Pedra Branca). Participaram também da celebração das assinaturas o presidente do Instituto do Desenvolvimento Agrário do Ceará (Idace), Cirilo Pimenta; o diretor de Infraestrutura da Adece, Marco Prado; além de lideranças políticas e demais gestores municipais.