Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Governo do Estado

Senac lança Programa Transformar em parceria com Governo do Estado

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de setembro de 2018

No total, 16 centros socioeducativos nas cidades de Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte e Iguatu contarão com cursos de qualificação para os jovens

 

A inclusão profissional possibilita não só conhecimento, mas também motivação, autoconfiança e senso de responsabilidade. Fazer um curso de capacitação pode abrir caminhos para o jovem que necessita desenvolver habilidades e encontrar alternativas de trabalho. Com o objetivo de qualificar e preparar jovens em cumprimento de medidas socioeducativas, nas unidades do Ceará, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac/CE) firma na quinta-feira (13/09), às 09h, parceria com o Governo do Estado do Ceará, para execução do Programa Transformar, no Cuca Mondubim.

Com previsão de início em agosto, de acordo com o diretor regional do Senac Ceará, Rodrigo Leite, o programa contribui para a inserção dos adolescentes no mercado, possibilitando perspectivas de cidadania. “O Senac vai realizar o acompanhamento técnico e pedagógico, mostrando a esses jovens que eles têm potencial e que podem assumir o protagonismo de suas vidas, transformando aprendizado em oportunidades”, explica.

O programa educacional, realizado através da Superintendência Estadual de Atendimento Socioeducativo (SEAS), terá duração de 12 meses e disponibilizará mais de 1.000 vagas para jovens de 16 a 18 anos, divididas em cursos de formação inicial e continuada, de curta duração e da programação aberta a fim de atender as necessidades de 16 centros socioeducativos nas cidades de Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte e Iguatu.
Empreendedorismo

Durante os cursos, todos alunos receberão orientações de organização pessoal e profissional que envolvem elaboração de currículo, relacionamento interpessoal, estratégias de negócios e de como se portar em entrevistas. Voltados para o empreendedorismo e a inserção dos jovens no mercado, serão ofertados cursos nas áreas de beleza, gastronomia, moda e informática. Entre eles: operador de computador; manutenção de notebook; barbeiro; corte de cabelo masculino; cabelereiro assistente; modelista; pedicure; unhas artísticas; salgadeiro; bolos, pães e pizza; eletricidade básica; e serviço hidráulico básico.

Sobre o Senac

Com a missão de educar para o trabalho em atividades do comércio de Bens, Serviços e Turismo, o SENAC é considerado a maior escola de educação profissional do Brasil. No Ceará, mais de 60 mil profissionais são qualificados por ano, em mais de 800 (oitocentos) opções de Cursos de Capacitação, Aperfeiçoamento e Técnicos, em segmentos como Gestão, Comércio, Saúde, Beleza, Moda, Artes, Design, Turismo, Hotelaria, Gastronomia, Conservação e Zeladoria, Informática, Idiomas, entre outros.

Com metodologia de ensino de referência, o SENAC organiza toda oferta de ações educacionais com foco em competências gerais e específicas, incluindo temas que contribuíram para o exercício de ética e cidadania, privilegiando a articulação entre teoria e prática, por meio de estratégias pedagógicas que buscam assegurar o saber, o saber fazer e o saber ser.

Sobre os 70 anos do Sistema Fecomércio

Após o período da Segunda Guerra o Brasil passou por grandes desafios. O Estado não conseguia atender à crescente demanda por serviços sociais, nem acompanhar o novo contexto do mercado de trabalho. Deste modo, em maio de 1945, representantes empresariais da indústria, comércio e agricultura, realizam em Teresópolis, a primeira Conferência das Classes Produtoras (CONCLAP). Nesse encontro elaboram uma proposta ousada de custeio dos serviços sociais e da educação profissional para os trabalhadores com recursos das classes patronais. A Carta da Paz Social foi o documento que formalizou as diretrizes para o desenvolvimento econômico com justiça social. Nascia assim, a partir da iniciativa do empresariado, o Sistema S, o maior Sistema de desenvolvimento social do mundo.

No Ceará, em 16 de março de 1948, o empresário Clóvis Arrais Maia fundou a Federação do Comércio com a finalidade de unir lideranças do setor para colaborarem com a educação profissional e a qualidade de vida dos trabalhadores. No mesmo ano, a Fecomércio implanta o Sesc e o Senac instituições mantidas pelos empresários do comércio que ofertam serviços sociais e educam para o comércio de bens, serviços e turismo.
Informações:

(85) 32705400

Publicidade

XI Encontro Mestres do Mundo do Ceará reuniu mais de 50 Tesouros Vivos da cultura popular

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

05 de dezembro de 2017

 

A XI edição do Encontro Mestres do Mundo do Ceará, evento promovido pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), foi realizada em Limoeiro do Norte, de 29 de novembro a 02 de dezembro. No total, 56 mestres e mestras, bem como integrantes dos seus grupos de cultura popular, participaram das rodas de saberes e das apresentações ao público. Mais de  8.000 (oito mil) pessoas circularam pelo “Território das Delicadezas” durante os quatro dias, de acordo com a organização do Encontro.

O território foi uma das novidades dessa edição, que ocupou novos locais, como a Praça Maestro Odílio Silva (conhecida como Praça da Rodoviária), onde foi instalada a Arena dos Mestres para as apresentações artísticas, e a Feira e Mostra Gastronômica de Artesania Familiar; integrados ao Espaço de Saberes Múltiplos, que funcionou na Escola Normal e na Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos (FAFIDAM/UECE) que receberam as Rodas de Saberes, oficinas, seminário e demais integrações entre os Mestres e o diversificado público presente.

Esse ano, mestres e mestras do Ceará receberam das mãos do secretário de Cultura do Estado, Fabiano dos Santos Piúba, e da secretária adjunta, Suzete Nunes, o certificado do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. O mais importante prêmio do Brasil em patrimônio cultural foi conferido à Secult pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 2017, em reconhecimento pela iniciativa cearense na realização do Encontro Mestres do Mundo, por comunicar, interpretar, divulgar, difundir e educar sobre o Patrimônio Cultural, material e/ou imaterial, às atuais gerações. A celebração dessa premiação foi festejada também no XI Encontro com a entrega da carteira de identidade cultural aos Mestres e Mestras.

Ainda dentro dos festejos no Encontro, foi anunciado com vibração pelo secretário titular da Secult, Fabiano dos Santos, que até fevereiro de 2018 novas titulações de Mestres e Mestras, Grupos e Coletividades ampliarão os raios de atuação dessas personalidades, que na sobrevivência de seu cotidiano, desenvolvem técnicas, ofícios, brincadeiras, rezas e alimentos, garantindo a tradição e a memória de seus ancestrais com projeções para o futuro. Apesar de concordar que o número de Mestres da Cultura Popular cearense ainda não seja o ideal para apoios do Estado, a iniciativa já é uma vitória pelo aumento contínuo dessas titulações de Mestres, desde o lançamento da honraria em 2003, que atingem às metas do Plano Estadual de Cultura.

“Esse foi o melhor de todos os anos. Fomos muito bem recebidos, com a maior delicadeza. Foi uma realização muito importante desse povo de Limoeiro. Uma festa tão bonita como essa feita por gente tão unida e alegre!”, disse Mestre Aldenir, que veio do Cariri ao XI Encontro.Mestra Mazé, da Cultura Junina, concorda: “Gostei demais dessa edição, da organização e da energia das pessoas. Assim você vê os mestres cada vez mais animados”.

Segundo Alênio Carlos, coordenador de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural da Secult, “foi uma oportunidade única para cada um de nós, vivermos e experimentarmos as raízes do mundo inteiro, através dos mestres e mestras da cultura, que vindo de seus territórios, trazem a potência e alegria das expressões culturais tradicionais. O encontro foi uma imersão profunda nesse Brasil, africano, indígena, cigano, mestiço, plural, híbrido, multicultural, sendo a diversidade cultural a nossa maior riqueza”.

O Encontro Mestres do Mundo está consolidado no calendário da cultura no Ceará como uma ação de democratização do acesso aos bens e serviços culturais que vem atender à necessidade de criar espaços para a transmissão de saberes prevista na Lei Estadual nº 13.842, que instituiu o programa Tesouros Vivos do Ceará. Desde 2003, foram diplomados 79 Mestres da Cultura, 09 grupos e 01 coletividade, reconhecidos como detentores dos saberes da cultura popular tradicional, patrimônio imaterial do Estado do Ceará.

 

Trocas de Saberes pelos Encantados e Municípios do “Terra Mãe”

Nessa edição, com produção do Instituto Assum Preto de Arte, Cultura, Cidadania e Meio Ambiente, instituição selecionada por meio de edital lançado pela Secult, durante os quatro dias do Encontro foram realizadas oficinas com o mote “Saber dos Encantados”, ministradas por Mestres e Mestras ou componentes de seus grupos. Também aconteceram aulas espetáculos e oficinas itinerantes e atividades formativasem outras cidades, contemplando as cidades de Tabuleiro do Norte, Quixeré, Russas, Alto Santo e Morada Nova, nas extensões por esses municípios, nomeadas de “Terra Mãe”.

Já nas Rodas de Trocas, os Tesouros Vivos compartilharam saberes entre si e a comunidade, tendo como fio condutor da vivência o tema “Corpo, Sons, Mãos, Oralidade e Sagrado”, e participações de outros mestres de várias regiões do Brasil. Tendo em vista o fortalecimento das políticas de patrimônio, também foi realizado o FAFIDAM, o Seminário Interdisciplinar de Patrimônio Imaterial, com o tema “Além da Carta de Fortaleza – uma trajetória de desafios avanços, reafirmações e novas proposições para o patrimônio imaterial cearense”.

Gastronomia e Artesania

Esse ano, os moradores e visitantes de Limoeiro do Norte também foram atraídos ao “Território das Delicadezas” para reconhecerem a produção artesanal dos Mestres e Mestras da cultura e de parceiros produtores na Feira e Mostra Gastronômica de Artesania Familiar. Enquanto Mestra Branquinha apresentava suas criações em barro, e o Mestre Pedro, balaieiro com orgulho, encantou a todos com acessórios e utilidades para casa, Mestre Espedito Seleiro mostrou como a cultura popular dialoga com a moda e o design. No total, 16expositores tiveram oportunidade de comercializar suas produções na feira.

Já a culinária regional foi muito bem representada por produtores locais, que comercializaram desde pratos típicos – como panelada, figada e buchada – até broas; tapiocas de forno; bolos de milho, batata doce e macaxeira; além de doces de caju e o tradicional “quebra queixo”.

 

Homenagens

A noite de sexta-feira (01/12) foi marcada por muita emoção. Em reconhecimento pela atuação e dedicação na construção de uma política de valorização dos Tesouros Vivos da cultura popular do Ceará, receberam homenagens da organização do XI Encontro Mestres do Mundo, a ex-secretária de cultura do Estado, Cláudia Leitão; a produtora cultural Catarina Quintela; o teatrólogo Oswald Barroso; e a fundadora do Grupo Mira Ira – Folclore do Instituto Federal do Ceará (IFCE), Lourdes Macena; em reconhecimento pelo envolvimento e colaboração junto aos mestres do mundo. 

 

Música e cultura

Dentre as apresentações artísticas das mais diversas manifestações da cultura popular, principalmente do Ceará, o encontro trouxe grupos de outras regiões do país e do mundo, como o grupo de Candombe, Comparsa Cenceribó (Uruguai) – declarado Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco); e os representantes da Comunidade Negra dos Arturos (Minas Gerais) – a primeira comunidade negra do Brasil a ser reconhecida como Patrimônio Cultural.

“Somos o único grupo afro da América Latina a tocar Candombe, e viemos fazer uma mostra desse ritmo para compartilhar com o público e, especialmente, com os Mestres e Mestras da Cultura Popular. Esse é um momento de aprendizados, trocas e misturas sonoras. Apesar de sermos um grupo que é mais de percussão, integrado à dança e à estética própria, adoramos as combinações da nossa musicalidade com as de outros grupos”, declarou Marcelo Fernandez, do grupo uruguaio Candombe, Comparsa Cenceribó, que teve a oportunidade de conhecer melhor a musicalidade da Banda Fulô da Aurora, do Cariri (CE).

Outra novidade nessa edição foram as atrações infanto-juvenis, que abriam a programação, com objetivo de disseminar a cultura popular junto às futuras gerações. A Arena dos Mestres também foi palco de apresentações musicais representativas da cultura popular, como a do cantor e poeta Mário Lúcio (Cabo Verde), dos grupos cearenses Fulô da Aurora e Dona Zefinha, além da cantora de cirandas Lia de Itamaracá (Pernambuco), que encerrou o encontro, na noite de sábado (02), após a apresentação que deu voz a todos os Mestres e Mestras do Ceará que compareceram esse ano.

Publicidade

FIEC, Governo do Estado e Fecomércio realizam seminário sobre incentivos fiscais

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

21 de novembro de 2017

Na próxima segunda-feira (27), às 18h30, a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), a Federação de Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Ceará (Fecomércio) e o Governo do Estado do Ceará promovem seminário para discutir incentivos fiscais com empresas cearenses.

Por meio dessa política econômica, o poder público abre mão de uma parte dos recursos que receberia com o Imposto de Renda das empresas, para fomentar a execução de iniciativas sociais, culturais, educacionais, de saúde e esportivas. A destinação é feita pela própria empresa, que pode escolher os projetos e causas que desejar investir e potencializar.

Com o seminário, o Governo do Ceará pretende estimular o investimento em projetos localizados em território cearense, uma vez que muitas deduções de IR são destinadas a projetos em outros Estados. A ação é liderada pelo Conselho Temático de Responsabilidade Social da FIEC (CORES), que na ocasião lançará a cartilha “Incentivos Fiscais – Agregue valor à sua empesa e contribua com o desenvolvimento social”, formulada em parceria com a Fundação Beto Studart.

O evento é destinado exclusivamente a empresas com tributação do Imposto de Renda no Lucro Real e para empresas com ICMS tributado sem Substituição Tributária. Em pauta, estarão o Ato  Normativo CEDIN 01/2016 que obriga as empresas com Fundo de Desenvolvimento Industrial (FDI) a aplicarem recursos em projetos no território do Estado do Ceará que sejam contemplados pelas leis de incentivo, sob pena de revogação do benefício concedido pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Industrial – Cedin. Nesse horizonte, enquadram-se a Lei Rouanet, Lei do Esporte, Lei da Criança e do Adolescente, Lei do Idoso, Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (PRONAS/PCD) e Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (PRONON). Também será discutida a Lei Estadual de Incentivo à Cultura, Lei do Mecenato, que permite a dedução de 2% do ICMS das empresas investidoras.

Participam do seminário o Secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), César Ribeiro, que falará do Ato Normativo CEDIN 01/2016; o auditor de Fiscalização da Receita Federal, Wilmar Teixeira, que esclarecerá os empresários sobre a dedução fiscal destinada aos projetos; o Secretário de Cultura do Estado do Ceará, Fabiano Piúba, que abordará a Lei Estadual de Incentivo à Cultura; e o Secretário da Fazenda do Estado do Ceará, Mauro Filho, que tirará dúvidas técnicas sobre a dedução do ICMS.


Serviço:
Incentivos Fiscais – Estado e empresas investindo no desenvolvimento social e cultural do Ceará
Data:  27 de novembro
Horário: às 18h30
Local: FIEC (Av. Barão de Studart, 1980)

Publicidade

Vicente Pinzón e Antônio Bezerra celebram o Dia das Crianças no último final de semana de outubro

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de outubro de 2017

A ação é promovida por meio da parceria da Prefeitura de Fortaleza com o Governo do Ceará

A programação conta com brincadeiras, apresentações artísticas, circenses, palhaços, dança, teatro e contação de histórias, entre outros

 

No último fim de semana do mês das crianças, mais dois bairros de Fortaleza receberão o “Arte na Praça – edição especial do mês das crianças”. O Vicente Pinzón (Regional II) será contemplado com a ação no sábado (28/10) e o Antônio Bezerra (Regional III) no domingo (29/10). O evento aconteceu no decorrer do mês de outubro nas praças amiga da criança e passou pelos bairros Passaré, Barra do Ceará, Grande Bom Jardim, Conjunto Ceará, Pan-Americano, Conjunto Palmeiras e no Vila Velha.

 

A iniciativa faz parte do Programa Mais Infância Ceará, idealizado pela primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, em parceria com o Programa Fortaleza, Amiga da Criança, coordenado pela primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra. O objetivo é fortalecer o vínculo familiar, comunitário e auxiliar no desenvolvimento das crianças cearenses, além de promover arte, cultura e lazer.

A programação conta com apresentações artísticas, circenses, palhaços, dança, teatro, contação de histórias, brincadeiras, jogos, pintura em tela, além de serviços como corte de cabelo, pintura de unhas, aferição de pressão, emissão de documentos, entre outros. Os pequenos também aproveitarão as oficinas de desenho, karatê, capoeira, de gesso, pintura de rosto e EVA, além de informações para o combate ao mosquito Aedes Aegypti.

A programação tem o apoio e execução do Governo do Ceará, por meio da Casa Civil, Gabinete da Primeira-Dama do Estado, Polícia Militar do Ceará, Corpo de Bombeiros, Departamento Estadual de Trânsito do Ceará, Secretaria da Cultura (Secult), Secretaria da Saúde (Sesa), Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus); e da Prefeitura de Fortaleza, por meio do Gabinete da Primeira-Dama do Município, Secretarias Regionais, Guarda Municipal, Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS).

 

Arte na Praça – edição especial do mês das crianças

Data: sábado (28/10)
Horário: 16h às 19h
Local: Praça da Conquista (Rua Lima Barreto com Brisa do Mar, Conjunto São Pedro – Vicente Pinzón)

Data: domingo (29/10)
Horário: 16h às 19h
Local: Praça Joaquim Nogueira (Rua Padre Perdigão Sampaio, s/n – Antônio Bezerra)

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Fecomércio denuncia Governo do Estado por descumprir contratos com empresas de locação de mão-de-obra

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

17 de outubro de 2017

Montante da dívida ultrapassa 35 milhões de reais e prejudica em torno de 20 mil trabalhadores

 

 

A Fecomércio (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Ceará) apresenta nesta terça-feira, dia 17, denúncia, junto ao Tribunal de Contas, contra o Governo do Estado e as autarquias estaduais e empresas públicas, porque várias empresas representadas pelo Sindicato de Segurança Privada do Estado do Ceará (SINDESP) e pelo Sindicato de Asseio e Conservação do Estado do Ceará (SEACEC), que prestam serviços ao Governo, disponibilizando mão-de-obra terceirizada para as diversas entidades Governamentais, vêm tendo descumprido sistematicamente seus contratos. Contratos administrativos, regularmente firmados entre as partes, e que cumprem as regras previstas na Lei 8.666/93.

 

As cláusulas que preveem os termos de reajuste do preço pactuado nos contratos, incluem o reajuste salarial dos empregados terceirizados e devem obedecer ao que for determinado na Convenção Coletiva de Trabalho de cada categoria respectiva. Nesse caso, os Sindicatos alegam que a Convenção Coletiva de Trabalho de 2017, trouxe reajuste salarial das categoriais por eles representadas de 6,58%, sobre o piso salarial do ano de 2016, e que após a inclusão dos encargos sociais ultrapassa o percentual de 7% (sete por cento).

 

“Apesar de haver previsão contratual expressa acerca do repasse dos contratantes, quanto ao reajuste salarial dos funcionários, isso não vem sendo respeitado, infringindo os termos das Convenções Coletivas vigentes e dos contratos estabelecidos”, declara Luiz Gastão Bittencourt, presidente da Fecomércio. “Esse cenário agrava, e muito, a situação econômica das empresas já que o reajuste previsto nas Convenções Coletivas não pode ser descumprido. Então, essa diferença está sendo arcada por cada empresa contratada, trazendo desequilíbrio contratual e prejuízo, em última análise, para toda a sociedade cearense”, afirma Gastão.

 Aviso de Pauta

A Fecomércio irá esclarecer melhor os fatos e informar dados e desdobramentos da ação durante coletiva à imprensa

nesta terça-feira, dia 17, às 14h, na Sede da Fecomércio.

Endereço Fecomércio:

Rua Pereira Filgueiras, 1070

Piso L

Horário: 14 horas

Publicidade

Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza realizam programação especial para comemorar mês das crianças

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

05 de outubro de 2017

 

Atividades terão início a partir deste sábado e durarão todo o mês de outubro

 

Com o objetivo de proporcionar atividades lúdicas para o público infantil, o Governo do Estado do Ceará e a Prefeitura de Fortaleza realizam uma programação especial em outubro, para comemorar o mês das crianças. As atividades começam neste final de semana, com atividades gratuitas para crianças e suas famílias em nove praças de bairros da capital cearense.

 

O projeto faz parte do programa Arte na Praça, uma iniciativa da Primeira-dama do Estado do Ceará, Onélia Leite Santana, em parceria com o projeto Fortaleza Amiga da Criança, coordenado pela Primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra.

 

No sábado (07/10) e domingo (08/10), os moradores dos bairros Passaré e Barra do Ceará vão curtir as oficinais, brincadeiras recreativas, brinquedos e as apresentações artísticas que subirão ao palco para divertir a criançada, a partir das 4 da tarde.

 

O objetivo dessa ação é fortalecer o vínculo familiar, comunitário e auxiliar no desenvolvimento das crianças cearenses, além de promover arte, cultura e lazer. Além das brincadeiras para garotada, a organização do evento vai ofertar uma série de serviços ao público, como emissão de cédula de identidade.

 

O projeto Arte na Praça, que acontece nas praças amiga da criança, será ofertado ainda, neste mês de outubro, para as famílias dos bairros Bom Jardim, Conjunto Ceará, Conjunto Palmeiras, Vila Velha, Panamericano, Vicente Pinzón e Antônio Bezerra, em Fortaleza.

 

Serviço:

Arte na Praça – edição especial do mês de outubro

 

Fortaleza

Quando: sábado (7)
Horário: 16h às 19h
Local: Praça Farias Brito
Endereço: Rua Cinco com rua Nove, bairro Passaré

 

Quando: domingo (8)
Horário: 16h às 19h
Local: Praça Hermes Pereira
Endereço: Rua Um com Rua Quatro, bairro Barra do Ceará

Confira programação do mês das crianças

DATA PRAÇA ENDEREÇO HORÁRIO DIA
07/10 Praça Farias Brito

(Regional VI)

Rua 5 com Rua 9, Rua 6 e Rua 10

– Passaré

16:00 às 19:00 Sábado
08/10 Praça Hermes Pereira (Regional I) Rua 01 com rua 04 – Barra do

Ceará

16:00 às 19:00 Domingo
12/10 Praça do Santa Cecília (Regional V) Av. Coronel Vírgilio Nogueira com

Rua Coronel João Corrêia – Bom Jardim

08:00 às 13:00 Quinta-feira
14/10 Praça UV8 (Regional V) Rua das Pedrinhas, entre Ruas 828 e 834 – Conjunto Ceará 3º etapa 16:00 às 19:00 Sábado
15/10 Praça Mauá (Regional IV) Rua Paraná com rua Guanabara – Panamericano 16:00 às 19:00 Domingo
21/10 Praça Conjunto Sítio São João (Regional VI) Rua Verde e Trinta e Oito x Rua

Verde Cinco x Rua Verde Sete –

Conjunto Palmeiras

16:00 às 19:00 Sábado
22/10 Praça Conjunto dos Bancários (Regional I) Rua 22 com Rua 42

– Vila Velha

16:00 às 19:00 Domingo
28/10 Praça da Conquista do

Conjunto São Pedro

(Regional II)

Cruzamento das Ruas Lima Barreto e Brisa do Mar – Vicente Pinzón 16:00 às 19:00 Sábado
29/10 Praça Ipiranga

(Regional III)

Rua Major Celestino esquina com Rua Pedro Melo
Antônio Bezerra
16:00 às 19:00 Domingo
Publicidade

Ceará ganhará a mais moderna fábrica de grupo Raymundo da Fonte, controlador da Brilux

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

06 de junho de 2017

 
O crescimento do setor químico no Ceará ganhará mais força nos próximos anos. Depois de anunciar a liberação de recursos para criação de Polo Químico Industrial em Guaiúba, o Estado se prepara para receber uma das maiores indústrias do País no segmento no município de Horizonte. Com 70 anos no mercado, a Brilux detém marcas líderes no mercado e pretende ampliar mais ainda sua posição de liderança nas regiões Norte e Nordeste.
 
“A vinda do empreendimento para o território cearense é fruto de um trabalho árduo realizado pela Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece). Em tempos de crise financeira no Brasil, atrair uma indústria desse porte é uma grande conquista para o Estado, que será privilegiado com mais de 300 empregos diretos e 1.000 indiretos. Visitei a planta fabril da empresa em Pernambuco e fiquei encantada com o que vi de perto. O Ceará terá muito a ganhar com esse investimento”, comemora a presidente da Agência, Nicolle Barbosa.
 
Aproximadamente R$ 56 milhões devem ser investidos pelo grupo com a instalação da nova fábrica. Além do parque fabril, a estrutura contemplará um centro logístico responsável por movimentar produtos fabricados nas plantas do Ceará e de Pernambuco.
 
“Escolhemos o Ceará pela localização estratégica que nos permite alcançar importantes mercados e reduzir o nosso custo logístico, além dos incentivos fiscais que o Estado oferece”, comenta o Superintendente do grupo, Hisbello de Andrade Lima Neto. De acordo com ele, a planta será a mais moderna do grupo e tem previsão de operar no final do próximo ano.
 
Na planta cearense, a empresa prevê a produção de água sanitária, amaciante e lava-louça com expectativa de comercializar 3,9 milhões de caixas por ano.
 
Líder de mercado
 
A Brilux é parte do Grupo Raymundo da Fonte, uma empresa brasileira fabricante de produtos de limpeza doméstica, higiene pessoal, condimentos e inseticidas desde 1946. Atualmente, o grupo conta com quatro plantas industriais situadas em Pernambuco, Pará, Bahia e Rio de Janeiro, além de um centro de distribuição no Ceará, responsável por atingir 95% dos pontos de venda no Norte e Nordeste. 
 
Dentre os 350 produtos existentes no portfólio, a empresa detém, entre as líderes de mercado, as marcas Brilux, Even, Sonho, além do vinagre Minhoto. São aproximadamente 300 milhões de litros de água sanitária, 270 milhões de litros de sabonetes, 60 milhões de litros de vinagre.
 
Com mais de 6 mil clientes ativos, o grupo gera atualmente mais de 2.500 empregos diretos e mais de 500 profissionais de vendas.
 
Polo Industrial Químico
 
Em fevereiro deste ano, o Governo do Estado do Ceará anunciou a concretização do Polo Químico de Guaiúba. O empreendimento contará com investimentos em infraestrutura oriundos da Adece e da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) no valor de R$ 10,8 milhões. Um total de 27 empresas está previsto para se instalar no local gerando cerca de dois mil empregos diretos na cidade.
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Leituristas da Enel Distribuição Ceará ajudarão Governo do Estado a monitorar focos do Aedes aegypti

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de junho de 2017

437 leituristas da distribuidora de energia darão apoio ao combate ao mosquito

 

A Enel Distribuição Ceará e Secretaria da Saúde (Sesa) assinaram um acordo de cooperação para reforçar o combate ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika através do trabalho dos 437 leituristas de medidores residenciais em todos os municípios do Estado. A partir da sexta-feira (02), os leituristas passarão a identificar imóveis fechados ou abandonados, possíveis focos de proliferação do Aedes aegypti e casos de arboviroses entre os moradores das ruas que percorrem diariamente.

Durante a visita domiciliar, os leituristas perguntarão aos moradores sobre a ocorrência de casos de dengue, chikungunya e zika na vizinhança, o que também pode ser indicativo da existência de criadouros do Aedes aegypti. A cada dois dias, um relatório com as informações dos leituristas será repassado pela distribuidora de energia para o Núcleo de Controle de Vetores da Sesa (NUVET), que fará análise e acionará as prefeituras para as providências.

 

Para a realização desse serviço, os leituristas da Enel estão sendo treinados durante esta semana pelo NUVET, para a identificação de potenciais focos de proliferação do mosquito. Cada leiturista visita em média 390 unidades consumidoras, fazendo a leitura dos medidores de energia. Isso significa que, diariamente, pelo menos 170 mil unidades consumidoras dos municípios cearenses serão monitoradas para identificação da presença do mosquito transmissor. Constatados focos do mosquito, as prefeituras acionarão seus agentes de endemias para as ações de controle.

 

“Como empresa responsável socialmente, sentimos a necessidade de auxiliar da melhor forma possível o poder público no combate ao mosquito. Sabemos que essa luta é de toda a sociedade e colocamos à disposição todos os nossos leituristas para o trabalho. Por meio deles, temos acesso a praticamente toda a população do Ceará e poderemos ser mais um braço no combate às doenças”, explica Ronaldo Freire, responsável pela Área de Governo da Enel Distribuição Ceará.

 

Além da ação com os leituristas, a Sesa realizou este ano 33 visitas técnicas de apoio aos municípios, com fornecimento de material de apoio aos agentes de controles de endemias municipais, distribuição de dez mil rolos de telas para depósitos de água e pulverização espacial UBV (fumacê). O cenário de cada município é avaliado e, a depender do caso, pode contar com visitas técnicas da equipe da Sesa e monitoramento do plano de ação para o combate ao mosquito. Um total de 130 municípios cearenses recebeu cartas de alerta da Secretaria sobre risco de epidemia em relação às arboviroses, dos quais 86 (66,1%) encaminharam plano emergencial para combate ao mosquito.

 

Cuidados com o Aedes aegypti

 

A maioria dos focos do Aedes aegypti é encontrada dentro de casa. É preciso manter os quintais sempre limpos, recolher, eliminar ou guardar longe da chuva todo objeto que possa acumular água, como pneus velhos, latas, recipientes plásticos, tampas de garrafas, copos descartáveis e até cascas de ovos. O lixo doméstico deve ser acondicionado em sacos plásticos e descartado adequadamente, em depósitos fechados.

 

Uma outra opção de descarte é o Ecoenel, programa de sustentabilidade da companhia que troca resíduos sólidos por bônus na conta de energia. Qualquer cliente da Enel pode procurar um dos postos de atendimento no estado para promover a destinação correta do lixo reciclável, além de contribuir ainda com o meio ambiente.

 

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado no dia 26 de maio, o Ceará confirmou, até a semana epidemiológica 21, 9.047 casos de dengue, com 3 óbitos, 31.482 casos de chikungunya, com 14 óbitos, e 144 casos de zika.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti

 

Publicidade

Governo do Estado assina termo de cooperação com o Banco do Brasil

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

19 de Abril de 2017

O Governo do Estado assina, nesta quinta-feira (20/04), às 14h30min, termo de Cooperação Técnica com o Banco do Brasil, com participação da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC). O objetivo é a cooperação do Banco do Brasil para que atue como agente financeiro preferencial, visando financiar investimentos de empresas amparadas pelos programas de incentivo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e suas vinculadas em todo Estado.

A cooperação beneficia empresas que recebem incentivos por meio da SDE que irão se instalar ou ampliar instalações, independente do seu setor de atuação. Atualmente, cerca de 420 empresas são atendidas pelos programas de incentivo da SDE e vinculadas.

Com o termo, o Banco do Brasil dará prioridade nas propostas na esteira de análise de apurações de crédito, buscando dar maior agilidade no atendimento ao cliente indicado pela SDE. Desta forma, destravará as restrições de crédito por segmento econômico e analisará as propostas de financiamento por empresa.

O Governo do Estado, através da SDE, vai selecionar e indicar empresas com perfil para apresentar propostas de investimento, visando proporcionar maior agilidade no atendimento do pleito. Já a FIEC vai realizar a divulgação do termo e mobilização das empresas, por meio de seus sindicatos filiados, para o estímulo e apoio de atividades exportadoras dos diversos setores industriais do Estado.

 

SERVIÇO: Assinatura de Termo de Cooperação Técnica entre Governo do Estado e Banco do Brasil, com participação da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC)

Data: 20/04/2017 (quinta-feira)

Horário: 14h30min

Local: Palácio da Abolição. Acesso pela Rua Silva Paulet, 400.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Estudo apresenta perfil e características do trabalho doméstico na RMF

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

18 de Abril de 2017

 

Data: 19 de abril (quarta-feira)

Horário: 9 horas

Local: IDT – Av. da Universidade, 2596 – Benfica

 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), o SINE/CE, o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE) apresentam a pesquisa “O Emprego Doméstico na Região Metropolitana de Fortaleza”.

 

O estudo faz alusão ao Dia da Empregada Doméstica, comemorado em 27 de abril, e demonstra o perfil e a realidade do trabalho doméstico na região, após as alterações na legislação, da criação do Simples Doméstico e dos impactos da crise econômica no mercado de trabalho no ano de 2016, revelando as formas de contratação dessas profissionais, a duração da jornada de trabalho, o padrão de remuneração e a proteção previdenciária, dentre outras informações.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Estudo apresenta perfil e características do trabalho doméstico na RMF

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

18 de Abril de 2017

 

Data: 19 de abril (quarta-feira)

Horário: 9 horas

Local: IDT – Av. da Universidade, 2596 – Benfica

 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) e do Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT), o SINE/CE, o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE) apresentam a pesquisa “O Emprego Doméstico na Região Metropolitana de Fortaleza”.

 

O estudo faz alusão ao Dia da Empregada Doméstica, comemorado em 27 de abril, e demonstra o perfil e a realidade do trabalho doméstico na região, após as alterações na legislação, da criação do Simples Doméstico e dos impactos da crise econômica no mercado de trabalho no ano de 2016, revelando as formas de contratação dessas profissionais, a duração da jornada de trabalho, o padrão de remuneração e a proteção previdenciária, dentre outras informações.

  • postado por Oswaldo Scaliotti