Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

gestão integrada

GESTÃO INTEGRADA E ALTA TECNOLOGIA TRAZEM AGILIDADE ÀS OBRAS

Por Oswaldo Scaliotti em Novos Produtos

30 de Abril de 2019

Com uma equipe altamente especializada, apoiada em ferramentas como Realidade Virtual e BIM, a Método antecipa e agrega celeridade às entregas

A adoção de uma gestão inovadora, apoiada na aplicação de soluções técnicas, práticas eficientes e no uso de ferramentas avançadas, como Realidade Virtual, tem contribuído para garantir que as obras da Método superem as expectativas. Um exemplo é a obra de ampliação e reforma do Fortaleza Airport, executada pelo consórcio Método-Passarelli, que até abril, totaliza mais de 60% das obras físicas concluídas.

Gustavo Aguiar, diretor Técnico da Método, uma das empresas mais destacadas e reconhecidas do setor de engenharia e construção do Brasil, conta que, entre as soluções técnicas adotadas na Reforma e Ampliação do Fortaleza Airport, optou-se, por exemplo, pela substituição de estruturas de concreto por metálicas, uma solução industrializada mais rápida de se executar. A atuação de uma equipe multidisciplinar altamente especializada, por sua vez, tem permitido sincronizar os prazos de entrega de materiais com a disponibilidade de mão de obra e dos equipamentos, nas várias etapas da obra, evitando atrasos e desperdícios. O time de planejamento da obra tem usado a metodologia Lean Construction para a definição do plano de ataque das frentes de trabalho.

“Trata-se de um projeto complexo e que precisa levar em conta características específicas de uma operação aeroportuária. Isso inclui coordenar a movimentação de pessoas, de equipamentos e materiais em um aeroporto em pleno funcionamento onde até a programação de pousos e decolagens é considerada”, explica Gustavo. “A utilização de ferramentas e metodologias, como o BIM (Building Information Modeling), Lean Cosntruction e a Realidade Virtual, contribuem para a integração das informações entre as diversas etapas nos permitindo realizar, de forma simultânea, a gestão de atividades que são interdependentes, ampliando a eficiência e o ritmo da obra.”

O diretor da Método acrescenta que os softwares de VR e a metodologia BIM foram fundamentais na fase de definição e validação do projeto, bem como na tomada de decisão técnica e, agora, estão sendo utilizadas para facilitar a integração dos ambientes com as estruturas existentes. “As ferramentas de gestão utilizadas neste projeto garantem o fluxo de dados, sendo possível, inclusive, que os colaboradores no campo tenham acesso a modelos digitais a partir de seus próprios smartphones”, acrescenta.

Dentre a áreas que já foram entregues pelo consórcio Método-Passarelli está a integração física das salas de embarque doméstico à área central do aeroporto.

 

Sobre a Método Potencial Engenharia

Fundada em 1973, a Método Potencial Engenharia conta com 2.700 colaboradores e, em seus 46 anos de atuação deixou um legado importante de realizações, com milhares de obras e projetos em todo o Brasil. Em 2009, adquiriu a Potencial Engenharia, especializada em Óleo & Gás e, em 2014 consolidou a união das duas empresas.

A companhia atua em diversos setores por meio de suas três divisões de negócios: Construção CivilFast Construction e Industrial, atuando em projetos de grande complexidade.

A Método conta com mais de 1.000 projetos bem-sucedidos na área de construção civil, incluindo empreendimentos corporativos, edifícios residenciais, hotéis, shoppings centers, empreendimentos logísticos, complexos de entretenimento, de educação e cultura. Na divisão Industrial, foram mais de 400 contratos bem-sucedidos nos setores de energia, Óleo & Gás, indústria de transformação, portos e infraestrutura. A divisão Fast contabilizou no último ano cerca de 1.800 obras, 1.560 projetos legais, 980 projetos de instalação, 3.800 projetos de arquitetura e 7.200 laudos técnicos.

A empresa possui uma grande expertise no segmento de saúde, tendo atuado em obras importantes como o Hospital Samaritano Paulista, Hospital Sírio Libanês e Hospital Infantil Sabará, em São Paulo, bem como o Hospital Mãe de Deus e Hospital Moinho de Ventos, no Rio Grande do Sul.

Entre os projetos icônicos e de destaque estão o Theatro Municipal de São Paulo, o Complexo Ohtake Cultural, o SESC Pompéia, o Shopping Cidade São Paulo e o Market Place; os hotéis Grand Hyatt de São Paulo e Rio de Janeiro; o hotel Unique; os edifícios corporativos Rochaverá Corporate Towers, Infinity Towers e Ventura Towers; o residencial Condominium Club Ibirapuera e o parque aquático Wet’in Wild, do qual também é sócia.

Baseada em um forte compromisso com a ética, compliance e sustentabilidade, a Método foi a primeira empresa Brasileira a participar do United States Green Building Council. É membro fundadora do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável e conta com um dos maiores portfólios de projetos certificados no País. Em 2015, foi agraciada com o Prêmio Ética nos Negócios, concedido pelo Instituto Brasileiro de Ética nos Negócios. Ao longo de sua história foi eleita cinco vezes a Melhor Empresa da Indústria da Construção no Guia Maiores e Melhores da Revista Exame, sendo na quinta vez premiada como Empresa do Ano.

Publicidade

Ibef promove minicurso sobre gestão integrada de riscos corporativos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Fevereiro de 2018

 
O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará (Ibef-Ce) promove no dia 22 de março, às 19h, no Riomar Trade Center, o minicurso “GRC Governance, Risk & Compliance – Gestão Integrada de Riscos Corporativos”, com o administrador e economista, Wilton Daher.
O evento é aberto para o público em geral e o investimento é de R$ 180 para associados do Ibef e R$ 250 para não associados.
Conforme Wilton, a gestão integrada de riscos corporativos é um assunto de extrema importância para a empresa, que promove um estudo da dimensão humana dentro da governança. “Iremos abordar os quatro pilares da governança, que são transparência, os donos do capital, prestação de contas de cada agente da governança e responsabilidade social da empresa para os grupos de interesse internos e externos. A partir disso, vamos trabalhar em cima dos riscos que as empresas sofrem em cima desses agentes, que podem ocorrer de fora para dentro e de dentro para fora da empresa, sempre levando em consideração as pessoas que fazem a empresa acontecer, seja positivamente ou negativamente”, explica.
Mestre em administração pela Universidade de Fortaleza (Unifor), há 15 anos Wilton atua em órgãos colegiados de grandes empresas nacionais listadas em bolsa e em empresas familiares de capital fechado.
Além disso, é Conselheiro de Administração e Fiscal certificado pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC). Também é autor de vários artigos sobre temas relacionados à Governança Corporativa publicados em anais de congressos, inclusive internacionais e do livro “Responsabilidade Social Corporativa: Geração de valor reputacional nas organizações internacionalizadas”.
Serviço:
Minicurso “GRC Governance, Risk & Compliance – Gestão Integrada de Riscos Corporativos”, com Wilton Daher*
Quando: 22 de março, às 19 horas
Local: Riomar Trade Center (Rua Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu)
Investimento: R$ 180 (associados Ibef) e R$ 250 (não associados)
Mais informações: (85) 3221.6531 / (85) 9 8892.7064
Publicidade

Ibef promove minicurso sobre gestão integrada de riscos corporativos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Fevereiro de 2018

 
O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará (Ibef-Ce) promove no dia 22 de março, às 19h, no Riomar Trade Center, o minicurso “GRC Governance, Risk & Compliance – Gestão Integrada de Riscos Corporativos”, com o administrador e economista, Wilton Daher.
O evento é aberto para o público em geral e o investimento é de R$ 180 para associados do Ibef e R$ 250 para não associados.
Conforme Wilton, a gestão integrada de riscos corporativos é um assunto de extrema importância para a empresa, que promove um estudo da dimensão humana dentro da governança. “Iremos abordar os quatro pilares da governança, que são transparência, os donos do capital, prestação de contas de cada agente da governança e responsabilidade social da empresa para os grupos de interesse internos e externos. A partir disso, vamos trabalhar em cima dos riscos que as empresas sofrem em cima desses agentes, que podem ocorrer de fora para dentro e de dentro para fora da empresa, sempre levando em consideração as pessoas que fazem a empresa acontecer, seja positivamente ou negativamente”, explica.
Mestre em administração pela Universidade de Fortaleza (Unifor), há 15 anos Wilton atua em órgãos colegiados de grandes empresas nacionais listadas em bolsa e em empresas familiares de capital fechado.
Além disso, é Conselheiro de Administração e Fiscal certificado pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC). Também é autor de vários artigos sobre temas relacionados à Governança Corporativa publicados em anais de congressos, inclusive internacionais e do livro “Responsabilidade Social Corporativa: Geração de valor reputacional nas organizações internacionalizadas”.
Serviço:
Minicurso “GRC Governance, Risk & Compliance – Gestão Integrada de Riscos Corporativos”, com Wilton Daher*
Quando: 22 de março, às 19 horas
Local: Riomar Trade Center (Rua Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu)
Investimento: R$ 180 (associados Ibef) e R$ 250 (não associados)
Mais informações: (85) 3221.6531 / (85) 9 8892.7064