Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

estratégia

Reutilização de água: estratégia para a preservação e economia

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

22 de Março de 2019

MRV já vem implantando em suas obras sistemas para o reaproveitamento e coleta de água.

O alerta foi dado! Cerca de 40% da população mundial viverá em 2050 em áreas de grave estresse hídrico (quando a demanda por água é maior do que a sua disponibilidade e capacidade de renovação). Isso porque, nos próximos 30 anos a demanda mundial, segundo Relatório Mundial das Nações Unidas, deverá aumentar em 55%. Na comemoração do Dia Mundial da Água (22/3), fica a questão: o que você vem fazendo para diminuir o consumo e o desperdício desse líquido tão precioso para a vida?

Empresas como a MRV, por exemplo, vem utilizando sistemas de reaproveitamento de água. O reuso vem sendo apontado por instituições especializadas como uma estratégia para driblar a falta de água. Tanto que, de acordo com dados do relatório Conjuntura dos Recursos Hídricos no Brasil 2018, produzido pela Agência Nacional de Águas (ANA), a meta proposta para até 2030 é que o Brasil faça o reuso não potável direto de 13 m³/s, o que representaria 4% do total de água reutilizada no mundo.

O reaproveitamento já acontece na MRV em diversas frentes, como no canteiro de obras e nos condomínios. Em uma delas, por exemplo, a água é coletada através das coberturas dos edifícios e/ou edificações da área comum do empreendimento e direcionada para pontos de utilização, como bacia sanitária da guarita e torneiras de jardim. Nos apartamentos também são utilizados produtos economizadores, como redutores e arejadores nas torneiras e bacia sanitária dual flush de 3 e 6 litros. A água coletada das coberturas dos barracões de obra é utilizada na limpeza do canteiro. Já água usada na lavagem da betoneira da obra (equipamento para misturar materiais da construção civil) e da bica do caminhão da concreteira é reutilizada após passar por um processo de decantação.

“Acreditamos e investimos em iniciativas que respeitam o meio ambiente, tanto que em todas nossas obras são instalados sistemas que possibilitam o reaproveitamento de água durante as atividades. Tais medidas são definidas nos nossos Selos de Sustentabilidade (Selo MRV+Verde e Selo Obra Verde MRV), que são mensalmente monitorados pelo setor de Meio Ambiente da empresa e, anualmente, por auditoria externa de órgão independente. Com essas ações todos saem ganhando, pois, além de contribuir para a preservação dessa fonte, também traz uma economia para a empresa e para os clientes”, conta o gestor executivo de Segurança, Saúde e Meio Ambiente (SSMA) da MRV, José Luiz Esteves da Fonseca.

Além do reuso de água nos canteiros de obras, também está nas diretrizes de responsabilidade social e ambiental da MRV a preservação das áreas verdes nativas existentes no entorno de seus empreendimentos e a implantação de ambientes mais arborizados. Com isso, nos últimos oito anos mais de 1 milhão de árvores foram plantadas pela construtora.

Panorama dos recursos hídricos no mundo

· 97,5% da água existente no mundo é salgada, não sendo adequada para o uso direto e para a irrigação;

· 69% da água doce é de difícil acesso, pois está concentrada nas geleiras;

· 16,7% da população brasileira não tem acesso a rede de abastecimento de água potável;

· 40% da água que é produzida na estação de tratamento não chega as torneiras dos consumidores devido a falhas no sistema de distribuição de água;

· praticamente 80% do esgoto produzido pela população retornam à natureza sem passar por nenhum tratamento visando seu reaproveitamento.

A MRV

Fundada em outubro de 1979, em Belo Horizonte, a MRV é líder nacional no mercado de imóveis econômicos e a primeira construtora da América Latina a oferecer energia fotovoltaica para seu segmento de atuação. Presente em mais de 150 cidades de 22 Estados e no Distrito Federal, a companhia tem como compromisso contribuir para o desenvolvimento e transformação social investindo nas comunidades onde atua, melhorando a qualidade de vida de seus habitantes. Somente nos últimos três anos, investiu mais de R$ 770 milhões em obras de infraestrutura, com a construção de parques, praças, escolas, creches, Unidades Básicas de Saúde, Estações de Tratamento de Esgoto, obras viárias, entre outros.

Publicidade

Tecnologia é estratégia para lojistas garantirem vendas no Natal

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

30 de novembro de 2017

 

 

Otimizar o sistema é um passo importante para empreendedores de pequeno e médio porte se prepararem para a data

 

O Natal está chegando e a expectativa para o aumento nas vendas é geral. O setor varejista prevê, para essa época, o melhor desempenho em quatro anos. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o Natal de 2017 terá um aumento de 4,3% no consumo. O lojista que quer se preparar para a data precisa treinar bem os funcionários, ter bons estoques e reforçar a atenção com um conhecido que trabalha o ano todo: o sistema.

 

Daniel Bastos, diretor da Viper IT, empresa de tecnologia cearense, afirma que é ideal planejar a infraestrutura tecnológica para não ter problema na hora de efetuar a venda: “É essencial estudar como serão as vendas no período natalino para compreender quais as necessidades do sistema, evitando sobrecargas que podem ocasionar prejuízos como impossibilidade de gerar notas fiscais, atrasos nos pedidos e até problemas para aceitar cartões”, explica.

Segundo o consultor financeiro, Marcos Sá, uma boa técnica para garantir as vendas é fidelizar o cliente e a tecnologia pode ser aliada nesta situação: “Prestar um atendimento rápido e eficaz é uma ótima maneira de efetuar vendas e agradar o cliente, se o estabelecimento tem um sistema lento, que trava constantemente, ou apresenta alguma dificuldade para aceitar um pagamento, por exemplo, isso pode prejudicar o negócio”.

 

Para quem trabalha com vendas online, a atenção deve ser redobrada, já que o único contato com o cliente é por meio da tecnologia: “Ter um servidor capacitado para o aumento de vendas e um sistema de recuperação de desastres na nuvem é imprescindível para quem trabalha com e-commerce. Além disso, um bom suporte de tecnologia, um antivírus e sistemas alternativos de energia são medidas preventivas que todos os empreendedores devem ativar para garantirem boas vendas no Natal”, comenta Daniel Bastos.

Sobre a Viper IT Solutions

 

A Viper IT é uma empresa brasileira de tecnologia, especializada em serviços e soluções de infraestrutura de TI sob medida de acordo com a necessidade do cliente. Com sede em Fortaleza, a Viper está no mercado desde 2007, e tem como lema oferecer soluções inteligentes para empresas competitivas. Entre os serviços gerenciados e as soluções oferecidas pela empresa estão Gestão de Backup e Antivírus, Virtualização de Datacenter, Segurança das Informações, Licenciamento de Softwares e Soluções de Suporte Técnico, por exemplo.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Tecnologia é estratégia para lojistas garantirem vendas no Natal

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

30 de novembro de 2017

 

 

Otimizar o sistema é um passo importante para empreendedores de pequeno e médio porte se prepararem para a data

 

O Natal está chegando e a expectativa para o aumento nas vendas é geral. O setor varejista prevê, para essa época, o melhor desempenho em quatro anos. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o Natal de 2017 terá um aumento de 4,3% no consumo. O lojista que quer se preparar para a data precisa treinar bem os funcionários, ter bons estoques e reforçar a atenção com um conhecido que trabalha o ano todo: o sistema.

 

Daniel Bastos, diretor da Viper IT, empresa de tecnologia cearense, afirma que é ideal planejar a infraestrutura tecnológica para não ter problema na hora de efetuar a venda: “É essencial estudar como serão as vendas no período natalino para compreender quais as necessidades do sistema, evitando sobrecargas que podem ocasionar prejuízos como impossibilidade de gerar notas fiscais, atrasos nos pedidos e até problemas para aceitar cartões”, explica.

Segundo o consultor financeiro, Marcos Sá, uma boa técnica para garantir as vendas é fidelizar o cliente e a tecnologia pode ser aliada nesta situação: “Prestar um atendimento rápido e eficaz é uma ótima maneira de efetuar vendas e agradar o cliente, se o estabelecimento tem um sistema lento, que trava constantemente, ou apresenta alguma dificuldade para aceitar um pagamento, por exemplo, isso pode prejudicar o negócio”.

 

Para quem trabalha com vendas online, a atenção deve ser redobrada, já que o único contato com o cliente é por meio da tecnologia: “Ter um servidor capacitado para o aumento de vendas e um sistema de recuperação de desastres na nuvem é imprescindível para quem trabalha com e-commerce. Além disso, um bom suporte de tecnologia, um antivírus e sistemas alternativos de energia são medidas preventivas que todos os empreendedores devem ativar para garantirem boas vendas no Natal”, comenta Daniel Bastos.

Sobre a Viper IT Solutions

 

A Viper IT é uma empresa brasileira de tecnologia, especializada em serviços e soluções de infraestrutura de TI sob medida de acordo com a necessidade do cliente. Com sede em Fortaleza, a Viper está no mercado desde 2007, e tem como lema oferecer soluções inteligentes para empresas competitivas. Entre os serviços gerenciados e as soluções oferecidas pela empresa estão Gestão de Backup e Antivírus, Virtualização de Datacenter, Segurança das Informações, Licenciamento de Softwares e Soluções de Suporte Técnico, por exemplo.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti