Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

encerramento

SENDI 2018 se encerra com premiação de vencedores de competições e proposição de medidas para o setor elétrico nos próximos anos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de novembro de 2018

O XXIII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica (SENDI) foi encerrado nesta sexta (23), em Fortaleza. Na ocasião, foram entregues as premiações do Rodeio Nacional de Eletricistas – Melhores Práticas e dos trabalhos técnicos. Ainda na cerimônia, a Enel Distribuição Ceará, coordenadora da edição 2018, passou simbolicamente o bastão para a EDP Espírito Santo, que estará à frente da próxima edição em conjunto com a Associação Brasileira de Distribuição de Energia Elétrica (Abradee). Também no encerramento, Nelson Leite, presidente da associação, leu a Carta de Fortaleza, um protocolo de intenções do setor para os próximos anos.

“Dedicamos dois anos para organizar essa edição do SENDI da melhor forma possível. Hoje, finalizando o evento, posso dizer que os resultados alcançados superaram as melhores expectativas. Agradeço a todas as 120 pessoas envolvidas diretamente no seminário”, destacou o presidente da Enel Distribuição Ceará, Roberto Zanchi.

Na Carta de Fortaleza, a  ABRADEE, em nome de suas associadas, propõe iniciativas e medidas para enfrentar os desafios do segmento de distribuição. Tais ações se dão nas áreas de “Segurança jurídica e institucional”, “Racionalidade dos Subsídios Tarifários e da Tributação”, “Modernização do Marco Legal do Setor Elétrico Brasileiro”e “Estímulos aos investimentos em melhoria da qualidade e à inovação”. O documento será entregue ao presidente eleito Jair Bolsonaro, ao Ministério de Minas de Energia e à Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Já na premiação do Rodeio Nacional de Eletricistas – Melhores Práticas, a vitória ficou com a equipe Celesc 2, seguida da Enel Sul, em segundo, e Cemig, em terceiro. A Celesc 2 também venceu a premiação “Melhores Práticas”, enquanto a Copel foi eleita a melhor em “Ambientes de Rede”. A disputa ocorreu no formato “indoor” pela primeira vez e pôs em prática destreza, habilidade e controle total das normas de segurança e apresentação de práticas do sistema elétrico.

O Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica (SENDI) acontece há cada dois anos e foi realizado primeira vez em Fortaleza. O evento é o maior fórum de discussões do setor elétrico brasileiro e tem como intuito promover a troca de experiências entre as empresas distribuidoras de energia elétrica, fomentando ideias para o desenvolvimento da qualidade dos serviços prestados.

Sobre a Enel Distribuição Ceará

Com cerca de 4,1 milhões de clientes e responsável por 142 mil quilômetros de linha de distribuição, a Enel Distribuição Ceará é a maior empresa do estado e é referência em qualidade do serviço no país. Já foi eleita seis vezes a Melhor Distribuidora de energia do país e dez vezes a Melhor da Região Nordeste, por meio do Prêmio Abradee. Além disso, é destaque anualmente no ranking de qualidade do serviço da Agência Nacional de Energia Elétrica.

A companhia é a empresa que mais tem investido em cultura no Ceará. Nos últimos dez anos, foram investidos cerca de R$ 115,5 milhões em 463 projetos realizados por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (Mecenas), Lei Rouanet e Fundo Estadual da Cultura (FEC). A empresa é referência também na categoria Responsabilidade Social do Prêmio Abradee, já tendo recebido oito vezes o prêmio de melhor distribuidora nesta categoria.

Em 2016, a Enel Distribuição Ceará passou por um processo de mudança de marca, que anteriormente se chamava Coelce. Esse processo foi resultado de um reposicionamento estratégico global do Grupo Enel, centrado no conceito Open Power. A companhia mantém sua essência como empresa de energia (Power) e, ao mesmo tempo, utiliza a escala e relevância globais alcançadas pelo grupo em mais de 6 décadas no mercado para entregar a todos os seus stakeholders uma empresa aberta a novas soluções, parceiros e tecnologias.

A Enel Brasil atua no mercado de energia brasileiro nos segmentos de distribuição, geração, transmissão, comercialização e soluções de energia. A companhia possui atualmente 17 milhões de clientes no Rio de Janeiro, Ceará, Goiás e São Paulo e é a maior empresa de energia no país. Em geração renovável, a Enel é líder em geração eólica e solar no Brasil, por meio da Enel Green Power. O Grupo Enel também opera no Brasil a usina termelétrica Enel Geração Fortaleza (CE), a transmissora Enel Cien (RS) e uma empresa de soluções energéticas no mercado não regulado, a Enel X.

Sobre a ABRADEE

Com 42 anos de história, a Abradee reúne 47 concessionárias de distribuição de energia elétrica – estatais e privadas – atuantes em todas as regiões do País e que, juntas,  são responsáveis pelo atendimento de 99,6% dos consumidores brasileiros.

Sediada em Brasília, a Abradee presta serviços de apoio às suas associadas nas áreas técnica, comercial, econômico-financeira e institucional. Cabe ainda à Associação promover cursos e seminários e editar publicações técnicas, bem como trocar informações com entidades nacionais e internacionais visando ao desenvolvimento e à capacitação de suas Associadas com ênfase na defesa dos interesses do setor de distribuição de energia elétrica.

A Abradee tem como bandeira contribuir para o desenvolvimento do País por meio de um setor de distribuição de energia elétrica sustentável e eficiente, com oferta de serviços de qualidade reconhecida pelos clientes. A visão é a de agregar valor para as empresas distribuidoras, para os clientes e para o país, constituindo-se num agente efetivo de desenvolvimento do setor elétrico.

Publicidade

Festfilmes se encerra neste sábado no Cariri, com os filmes “O Pau da Bandeira” e “Padre Cícero: Os Milagres de Juazeiro”

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

03 de novembro de 2018

O 3o. Festfilmes, Festival do Audiovisual Luso Afro Brasileiro encerra neste sábado, 3/11, sua programação no Cariri, com programação de 9h30 às 22h, sempre com entrada franca, garantindo acesso da população a filmes de 24 estados brasileiros e de países como Portugal e Moçambique.

Será o encerramento de uma semana muito intensa, em que centenas de crianças e jovens, de vários municípios do Cariri, puderam realizar o sonho de ir ao cinema pela primeira vez, em caravanas organizadas pelo Festfilmes. Os sorrisos, a alegria, a emoção, a curiosidade, a expectativa estavam no rosto de cada criança e jovem que conferiu as sessões da Mostra Animada, de quarta a sexta de manhã, com sequência neste sábado, 9h30. O mesmo aconteceu com jovens e adultos nas sessões da tarde e da noite, com destaque para a abertura do festival na terça-feira, com a presença do consagrado diretor Halder Gomes e a exibição de seu filme “Cine Holliúdy”.

Neste sábado, 3/11, a programação continua de 9h30 até 22h, tendo como destaques a exibição de dois filmes intimamente relacionados ao Cariri: às 13h o público vai assistir a “O Pau da Bandeira”, de Pedro Wenceslau, documentário sobre a tradicional Festa de Santo Antônio de Barbalha, um dos mais impressionantes encontros populares do Brasil, entre o sagrado e o profano.

Já às 19h30 deste sábado acontece a solenidade de encerramento do festival no Cariri, com a premiação dos filmes vencedores da Mostra Iracema (dedicada a filmes de realizadores cearenses ou residentes no Estado), fechando com a exibição do filme “Padre Cícero: Os Milagres de Juazeiro”, de Helder Martins, lançado em 1975. O filme mostra a primeira metade da vida e da obra religiosa de Cícero Romão Batista, padre que exerceu suas funções às margens das diretrizes da Igreja Católica, tornando-se um personagem político influente e um líder religioso fervorosamente adorado por milhões de fiéis até os dias de hoje.

“O Festfilmes tem entre seus objetivos a democratização do acesso ao cinema, como temos visto em muitas sessões nesta semana, ao longo da programação do festival no Cariri. Foram muitos os momentos de emoção, com os estudantes de tantas cidades do Cariri, além de muita gente do público em geral que teve a primeira oportunidade de entrar em um cinema”, ressalta Duarte Dias, cineasta, diretor do festival, curador do Cineteatro São Luiz, em Fortaleza, e coordenador de política audiovisual da Secretaria da Cultura do Estado.

“Outro momento muito marcante sem dúvida será a exibição de ‘O Pau da Bandeira’ e de ‘Padre Cícero: Os Milagres de Juazeiro’, neste sábado que encerra o festival no Cariri. Tudo com entrada franca. Todos estão convidados”, complementa Duarte Dias.

Festival da pluralidade

Duarte Dias ressalta que o festival exibe 92 filmes, seguindo até sábado, 3/11, no Cariri, e depois continuando nas cidades de Redenção, Baturité e Fortaleza, até 21/11.

Cinema de graça o dia todo

A partir das 9h30 até perto de 22h, a população do Cariri está tendo acesso às sessões de cinema do Festfilmes, sempre com entrada franca.

Confira a programação completa, incluindo horários e sinopses dos filmes, no site www.festfilmes.com.br.

Mostras competitivas e paralelas

A terceira edição do FestFilmes é composta por 8 mostras de cinema, sendo 3 mostras competitivas e 5 mostras paralelas.  As mostras competitivas são a Mostra Iracema, exclusiva para os realizadores cearenses ou residentes no Estado; a Mostra Nascente, que tem caráter nacional e exibe filmes de estreia de realizadores naturais ou residentes em qualquer município brasileiro; e a Mostra Atlântica, voltada para filmes de curta-metragem de realizadores naturais ou residentes em qualquer um dos países que compõem a CPLP: Angola, Brasil,Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, Timor Leste e São Tomé e Príncipe.

As mostras paralelas, por sua vez, dividem-se entre a Mostra Animada, voltada para o público infantojuvenil; a Mostra CPLP, composta por filmes que retratam aspectos históricos e culturais das nações da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP); a Mostra Retrospecto, com obras que se destacaram nas edições anteriores do festival; a Mostra Verde, com filmes com temática socioambiental, e a Mostra dos Festivais, que exibe filmes oriundos de festivais de cinema atuantes no âmbito da CPLP, desta feita destacando o Festival de Cinema de Jericoacoara – Jeri Digital, cuja sexta edição aconteceu em 2017.

Publicidade

28° Cine Ceará termina neste sábado (11) com premiação e exibição do primeiro episódio da série inédita Cine Holliúdy

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

10 de agosto de 2018

 

Exibições, debates e cursos marcam a programação do Festival. Acesso gratuito.

Depois de uma intensa programação em espaços diversos de Fortaleza, termina neste sábado, 11, o 28º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema, que foi aberto no sábado anterior. A solenidade de encerramento será a partir das 19h30, no Cineteatro São Luiz, com premiação aos vencedores das mostras competitivas, homenagem ao diretor do Canal Brasil, Paulo Mendonça, e aos 10 anos de criação do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará.

 

Após a cerimônia de encerramento, acontece no sábado a exibição do primeiro episódio da série de tv “Cine Holliúdy: Francisgleydisson encara novos desafios”, de Halder Gomes, Patrícia Pedrosa e Renata Porto D’Ave, que será lançada pela TV Globo em data a ser confirmada. Os ingressos são gratuitos e serão distribuídos na bilheteria no sábado a partir das 19 horas.

Após a cerimônia de encerramento, acontece no sábado a exibição do primeiro episódio da série de tv “Cine Holliúdy: Francisgleydisson encara novos desafios”, de Halder Gomes, Patrícia Pedrosa e Renata Porto D’Ave, que será lançada pela TV Globo em data a ser confirmada. Os ingressos são gratuitos e serão distribuídos na bilheteria no sábado a partir das 19 horas.

LANÇAMENTO DE LIVRO

 

No sábado pela manhã será o último bate-papo desta edição com os realizadores dos filmes da mostra competitiva exibidos na noite de sexta-feira, a partir das 10h, na sala de debates no mezanino do Hotel Oásis Atlântico. No local, às 11h, o jornalista e realizador audiovisual Emerson Maranhão apresenta o livro Cinema Falado(Editora Dummar), lançado em junho deste ano. A obra reúne entrevistas inéditas com 12 cineastas cearenses, entre eles, Karim Aïnouz (diretor de O Céu de Suely e Praia do Futuro), Halder Gomes (Cine Holiúdy e O Shaolin do Sertão), Glauber Filho (As mães de Chico Xavier) e Petrus Cariry (Clarisse ou alguma coisa sobre nós dois e O Barco). O livro tem apresentação da jornalista e escritora Maria do Rosário Caetano, uma das principais pesquisadoras do cinema latino-americano.

 

FILMES DO 28º CINE CEARÁ

 

Mais de 100 curtas e longas compõem a programação do 28º Cine Ceará, com exibições no Cineteatro São Luiz, Caixa Cultural Fortaleza, Cinema do Dragão e em telão na Praça do Ferreira. Os filmes foram distribuídos nas mostras: Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem, Competitiva Brasileira de Curta-metragem, Olhar do Ceará, Mostras O Primeiro Filme a Gente Nunca Esquece, Melhor Idade, Acessibilidade, Cada Gota Conta, Cinema na Praça, Exibições Especiais e, antes da abertura oficial, aconteceram as mostras Os Trapalhões e Cinema Peruano.

Além das exibições, as ações formativas atraíram um grande número de gestores, profissionais e estudantes de audiovisual, que participaram dos cursos, debates e do Seminário Descentralização da Produção Audiovisual no Centro-Oeste, Norte e Nordeste – Conne.

 

SEXTA-FEIRA: últimas exibições das mostras competitivas

 

Nesta sexta-feira, no Cineteatro São Luiz, o público poderá conferir os últimos filmes das mostras competitivas de curta e longa-metragem. Serão exibidos 3 curtas: “Só Por Hoje” (de Sabrina Garcia, do Rio de Janeiro), “Capitais” (dos cearenses Kamilla Medeiros e Arthur Gadelha) e “A escolha de Isaac” (de Sergio GAG, de São Paulo). Na competitiva de longa será a  estreia nacional de “Diamantino”, uma co-produção Brasil, Portugal, França, com direção de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt.

 

SEXTA e SÁBADO na PRAÇA DO FERREIRA: cinema e shows

 

Na Praça do Ferreira tem cinema e shows nas duas últimas noites do Cine Ceará. O filme de sexta-feira é “O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão”, com início às 19h30. E depois das 22h30, show do grupo Os Muringa. No sábado o filme da mostra Cinema na Praça é “Os Trapalhões e o Mágico de Oróz” e no palco dos shows, na noite de encerramento, a atração é a banda Os Transacionais.

 

SÁBADO: Anúncio dos vencedores

 

Oito filmes disputam o Troféu Mucuripe em diversas categorias na Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem. Além de “Diamantino”, que será exibido na sexta-feira, estão na disputa os filmes: “O Barco” (Petrus Cariry. Ficção. 72’. Brasil. 2018. 14 anos), “Cabras de Merda” / Cabros de mierda (Gonzalo Justiniano. Ficção. 95’. Chile. 2017. 13 anos), “Petra” (Jaime Rosales. Ficção. 107’. Espanha. 2018. 16 anos), “Eduardo Galeano Vagamundo” (Felipe Nepomuceno. Documentário. 72’. Brasil. 2018), “Amália, a secretária” / Amalia, la secretaria (Andrés Burgos. Ficção. 103’. Colômbia. 2017. Livre), “Anjos de Ipanema” (Conceição Senna. Documentário. 90’. Brasil. 2018. Livre) e “Senhorita Maria, a saia da montanha” / Señorita María, la falda de la montaña (Rubén Mendoza. Documentário. 90’. Colômbia. 2017. 12 anos).

 

A Competitiva Brasileira de Curta-metragem tem 13 filmes na disputa dos prêmios: “A Ponte” (Rafael Câmara. Ficção. 15’. São Paulo. 2017), “Plantae” (Guilherme Gehr. Ficção. 10’. Rio de Janeiro. 2017), “A Menina Banda” (Breno César. Ficção. 25′. Pernambuco. 2018), “Maria Cachoeira” (Pedro Carcereri. Ficção. 11’. Minas Gerais. 2017), “O Evangelho Segundo Tauba e Primal” (Marcia Deretti e Marcio Junior. Ficção.  12’’. Goiás. 2018), “Eu sou o Super-Homem” (Rodrigo Batista. Ficção. 19’. São Paulo. 2017), “Nomes que importam” (Angela Donini e Muriel Alves. Documentário. 15’. Rio de Janeiro. 2018), “O Vestido de Myriam” (Lucas H. Rossi. Ficção. 15’. Rio de Janeiro. 2017), “Nova Iorque” (Leo Tabosa. Ficção. 24’. Pernambuco. 2017), “A Canção de Alice” (Bárbara Cariry. Ficção. 15’. Ceará. 2018), “Só Por Hoje” (Sabrina Garcia. Ficção. 19’. Rio de Janeiro. 2017), “Capitais” (Kamilla Medeiros e Arthur Gadelha. Ficção. 11’. Ceará. 2018) e “A escolha de Isaac” (Sergio GAG. Ficção. 24’. São Paulo. 2018).

PRÊMIOS: Competitivas e Olhar do Ceará

Os vencedores das duas mostras competitivas serão agraciados com o Troféu Mucuripe. Os longas serão premiados nas categorias Melhor Filme, Direção, Fotografia, Montagem, Roteiro, Som, Trilha Sonora Original, Direção de Arte, Ator e Atriz. O Melhor Longa-metragem também ganha prêmio no valor em moeda brasileira equivalente a dez mil dólaresConcorrem ao Troféu Mucuripe na competitiva de curtas os eleitos pelo júri nas categorias de Melhor Curta-metragem, Direção, Roteiro e Produção Cearense. A Mostra Olhar do Ceará, da qual participam 24 curtas cearenses, também dará o Troféu Mucuripe ao Melhor Curta-metragem.

Outros prêmios especiais também serão concedidos: Prêmio Olhar Universitário (Troféu Mucuripe ao Melhor Curta-metragem e Melhor Longa-metragem escolhidos pelo Júri Olhar Universitário), Prêmio Aquisição Canal Brasil (R$ 15 mil ao Melhor Filme da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-metragem escolhido por júri formado pelo Canal Brasil), Prêmio Unifor de Audiovisual (R$ 5 mil ao Melhor Curta-metragem da Mostra Olhar do Ceará), Troféu Samburá (Oferecido pela Fundação Demócrito Rocha – Jornal O Povo ao melhor Curta-metragem e ao Melhor Diretor da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-metragem).

E mais: Prêmio Cia Rio (R$ 27 mil em locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria da empresa Naymar ao Melhor Curta-metragem Brasileiro escolhido pelo Júri Oficial), Prêmio Mistika (R$ 14 mil em serviços de conformação, correção de cor, finalização, aplicação de letreiros, masterização de DCP e arquivos digitais ao Melhor Filme da Mostra Olhar do Ceará e R$ 14 mil ao Melhor Filme da Mostra Competitiva Brasileira de Curta-metragem), Prêmio Cineboutique (R$ 20 mil em serviços de locação de equipamentos de câmera, iluminação, maquinaria, produção e acessórios ao Melhor Filme da Mostra Olhar do Ceará escolhido pelo Júri Universitário) e Prêmio Cada Gota Conta (R$ 3 mil ao vencedor da Mostra Cada Gota Conta, promovida pelo 28º Cine Ceará em parceria com a Companhia de Gestão de Recursos Hídricos.  O vencedor deste prêmio será escolhido pelo Júri Olhar Universitário).

O 28º Cine Ceará é uma promoção da Universidade Federal do Ceará (UFC), através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura (Lei Estadual Nº 13.811), do Ministério da Cultura, via Secretaria do Audiovisual, da Agência Nacional do Cinema (Ancine), do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e Prefeitura Municipal de Fortaleza, através da Secultfor. A realização é da Associação Cultural Cine Ceará e Bucanero Filmes. Patrocínio: SP Combustíveis, M. Dias Branco, Banco do Nordeste, Café Santa Clara e Indaiá. Agradecimentos: Enel e Oi.

 

SERVIÇO

28° Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema – Até 11 de agosto de 2018 em Fortaleza. Cineteatro São Luiz (Praça do Ferreira, s/n – Centro); Cinema do Dragão (R. Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema); Hotel Oásis Atlântico (Av. Beira Mar, 2500 – Meireles), Acesso gratuito mediante ingressos com distribuição no local. Distribuição de ingressos na bilheteria – Cinema do Dragão: a partir das 14h; Cineteatro São Luiz: Uma hora antes do início da sessão; Encerramento: Dia 11 apartir das 19h, na bilheteria do Cineteatro São Luiz. Informações: www.cineceara.com. Email: contatos@cineceara.com. Tel: (85)3055-3465. Grátis.

Diamantino

Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt. Ficção. 92 min. Brasil, Portugal, França. 2018 (Première Nacional)

https://www.youtube.com/watch?v=id1CwWogrXI

Publicidade

Encerramento do 13º Congresso Brasileiro de Estratégias Eleitorais e Marketing Político terá várias atividades neste sábado (19/05)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Maio de 2018

O 13º Congresso Brasileiro de Estratégias Eleitorais e Marketing Político, iniciado nesta sexta-feira (18/05), terá uma ampla programação neste sábado (19/05), quando será encerrado, no Centro de Eventos do Ceará. A programação de hoje tem início com um painel em que diretores e sócios da Associação Brasileira de Consultores Políticos (ABCOP) tratarão de aspectos variados sobre as eleições. A partir das 9 horas, os consultores Vinícius Nagem (PR), Rodrigo Mendes Ribeiro (MG), Tadeu Comerlatto (SC), Lucas Salles (PB), Roberval Souza (PE), Alexandre Bandeira (DF), Demethrius Lucena (PA), Juliano Sebastian (RJ) e Mônica Nabhan (MS) trarão visões complementares sobre as questões prioritárias do processo eleitoral de 2018.

Ainda pela manhã, será lançado o E-book “Novas Estratégias Eleitorais para Um Novo Ambiente Político”, cujo acesso ficará disponível de forma online na sequência. O produto contará com textos de diretores e sócios da ABCOP. O e-book é composto por 17 artigos assinados por consultores políticos de diversas formações e atuações, oriundos de 12 estados espalhados pelas cinco regiões do país. Os autores fornecem visões diferentes e complementares abordando técnicas, ferramentas, estratégias e estudos de caso que fornecerão ao leitor um bom número de informações e conhecimentos a serem aplicados nas eleições de 2018, bem como nas seguintes.

Às 13h30min, a juíza Kamile Castro tratará de Direito Eleitoral, com foco nas alterações que terão repercussão nas eleições de 2018. O evento será encerrado com o compositor de jingles Lázaro do Piauí, que fará um pocket show e tratará do tema “Jingles para conquistar votos” a partir das 14h30min. Em 2006, ele se tornou célebre por ter composto o jingle “Deixa o homem trabalhar”, utilizado na campanha de reeleição do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Como foi o primeiro dia de atividades

O primeiro dia do evento, que ocorre na capital cearense pela terceira vez, após ter sido realizado em 2010 e 2012, foi bastante intenso. O congresso trouxe ao público local a oportunidade de participar de discussões sobre campanhas eleitorais com a presença de especialistas de renome nacional e internacional, que expuseram técnicas, conceitos e experiências, promovendo o intercâmbio com profissionais de todo o país.

Na sexta-feira, o congresso teve sete palestras, em que foram tratados temas variados relacionados ao processo eleitoral. As exposições ficaram a cargo dos consultores políticos Aurízio Freitas, Gabriel Rossi, Celso Matsuda, Luís Henrique Romagnolli, Caio Manhanelli, Carlos Manhanelli e Rubens Figueiredo. No encerramento das atividades do primeiro dia do Congresso, a ABCOP fez uma homenagem ao consultor político Rubens Figueiredo por sua contribuição para a área de marketing político no Brasil.

Sobre o Congresso

O evento é promovido pela empresas Manhanelli Associados e Marketing Político e Companhia/MP&Cia, com apoio institucional da ABCOP. O congresso discute temas como renovação política, uso da Internet nas campanhas eleitorais, novas técnicas de comunicação e de mobilização eleitoral e campanha permanente dentre outros. O congresso reúne profissionais de marketing e comunicação, pré-candidatos que às eleições 2018, representantes de partidos políticos, assessores políticos, imprensa em geral, estudantes universitários de áreas afins e movimentos sociais.

Confira a programação do evento:

DIA 19/05

9:00 às 12:00 PAINEL DIRETORES DA ABCOP

1. “Redes sociais – estratégias de mobilização e atuação para um novo ambiente político”, VINICIUS NAGEM (PR)
2. “Um novo marketing para uma nova política”, RODRIGO MENDES RIBEIRO (MG)
3. “Um novo jeito de fazer política: o que está acontecendo na cabeça dos eleitores”, TADEU COMERLATTO (SC)
4. “MET: Marketing Eleitoral Transparente para um novo Brasil”, LUCAS SALLES (PB)
5. “Mar revolto nas eleições de 2018”, ROBERVAL SOUZA (PE)
6. “A crise política e os impactos na democracia e no mercado da consultoria política do Brasil”, ALEXANDRE BANDEIRA (DF)
7. “3 Estratégias para conquista de votos durante o mandato”, DEMETHRIUS LUCENA (PA)
8. “Marketing e Comunicação política online e offline”, JULIANO SEBASTIAN (RJ)
9. “Marketing Político: os componentes digitais e não digitais. Quais os mais importantes?”, MÔNICA NABHAN (MS)

12:00 às 13:30 almoço

13:30 às 14:30 Dra. KAMILE CASTRO: Direito Eleitoral.

14:30 às 15:30 LÁZARO DO PIAUÍ: Jingles para conquistar votos e pocket show

Serviço:

13º Congresso Brasileiro de Estratégias Eleitorais e Marketing Político
Data: 19 de maio.
Local: Centro de Eventos do Ceará – Av. Washington Soares, 999 – Fortaleza/CE.
Site: www.estrategiaseleitorais.com.br

Publicidade

Encerramento do Programa Scale Up Endeavor 2017 terá palestras de Caique Pegurier e Valdelírio Soares

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

10 de novembro de 2017

 

Evento também marca o início das atividades da Semana Global do Empreendedorismo, que ocorre de 13 a 19 de novembro

 

A edição 2017 do Programa Scale Up da ONG Endeavor será encerrada nesta sexta (10). Esse ano, a organização selecionou e capacitou 15 empresas locais dentre as 200 empresas escolhidas no país. O encerramento terá palestras de Caique Pegurier (CEO da Wide) e Valdelírio Soares (fundador e ex-CEO da Microsol, atualmente CEO da empresa de turismo A+ – Itália). O evento, exclusivo para convidados, ocorre na sala VIP da Fiec (Av. Barão de Studart, 1980 – Aldeota) e reunirá as Scale Ups, empreendedores Endeavor, mentores e embaixadores.

As Scale Ups integram o grupo de empresas de alto crescimento (EACs), que são responsáveis por quase metade dos novos postos de trabalho, segundo o IBGE. Uma Scale-up pode ser definida como uma EAC que baseia seu crescimento acelerado na escalabilidade do seu modelo de negócios.

O encerramento do programa Scale Up coloca novamente em pauta o empreendedor e abre alas para a Semana Global do Empreendedorismo (SGE) 2017 será celebrada em todo o mundo na semana de 13 a 19 de novembro. A SGE é um movimento global que acredita na causa do empreendedorismo como motor para o desenvolvimento econômico social, e que busca promover melhorias no ambiente empreendedor brasileiro.

A programação completa está disponível no site: www.empreendedorismo.org.br. Os interessados em participar das atividades como público podem buscá-las de acordo com cidade/estado e temas de interesse. A cada dia novas atividades são adicionadas pelos parceiros do movimento. A maioria dos eventos é gratuita e aberta ao público, porém algumas necessitam inscrição prévia, que devem ser feitas no link indicado pelo parceiro. Alguns eventos também serão transmitidos online. Novidades sobre a SGE também podem ser acompanhadas pelas redes sociais – facebook/youtube.

As atividades da Semana Global do Empreendedorismo são oferecidas por pessoas e organizações, que por acreditarem na causa se unem ao movimento, criando um ou mais eventos sobre alguma das vertentes do tema empreendedor, conectando, capacitando e inspirando o público para que eles transformem ideias em iniciativas de sucesso. Depois de criar as atividades, todas gratuitas ou com preços acessíveis, o parceiro cadastra seu evento no site da SGE, que em novembro funciona como uma grande agenda, reunindo diversas oportunidades para o atual e futuro empreendedor, que vão desde workshops e palestras, até feiras e desafios.

A Semana Global do Empreendedorismo é organizada pela Rede Global do Empreendedorismo. Ela é formada por nove organizações do ecossistema empreendedor: Aliança Empreendedora, Anjos do Brasil, Anprotec, Artemisia, Brasil Junior, CONAJE, Endeavor, Junior Achievement e SEBRAE. A RGE é responsável por coordenar, gerir e mobilizar parceiros para levar a semana para o maior número de pessoas no Brasil.

Sobre a Endeavor

A Endeavor é uma organização global e sem fins lucrativos que existe para multiplicar o número de empreendedores de alto impacto e criar um ambiente de negócios melhor para o Brasil. Para isto, seleciona e apoia empreendedores inovadores, que sonham grande e transformam os setores em que atuam; compartilha suas histórias e aprendizados; e promove estudos para direcionar o ecossistema empreendedor brasileiro. Mais informações: https://endeavor.org.br/

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Encerramento do Programa Scale Up Endeavor 2017 terá palestras de Caique Pegurier e Valdelírio Soares

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

09 de novembro de 2017

 

Evento também marca o início das atividades da Semana Global do Empreendedorismo, que ocorre de 13 a 19 de novembro

 

A edição 2017 do Programa Scale Up da ONG Endeavor será encerrada nesta sexta (10). Esse ano, a organização selecionou e capacitou 15 empresas locais dentre as 200 empresas escolhidas no país. O encerramento terá palestras de Caique Pegurier (CEO da Wide) e Valdelírio Soares (fundador e ex-CEO da Microsol, atualmente CEO da empresa de turismo A+ – Itália). O evento, exclusivo para convidados, ocorre na sala VIP da Fiec (Av. Barão de Studart, 1980 – Aldeota) e reunirá as Scale Ups, empreendedores Endeavor, mentores e embaixadores.

Participaram do programa: Catarina Mina, CENEGED, Cheppitos, Delfos, Dogville, E-novar, Fenix Solar, Grupo Geppos, Happy Code, Jolie, Masterfocus, Morphus, Pathfind, Trevo Gelateria e Trixlog.

As Scale Ups integram o grupo de empresas de alto crescimento (EACs), que são responsáveis por quase metade dos novos postos de trabalho, segundo o IBGE. Uma Scale-up pode ser definida como uma EAC que baseia seu crescimento acelerado na escalabilidade do seu modelo de negócios.

O encerramento do programa Scale Up coloca novamente em pauta o empreendedor e abre alas para a Semana Global do Empreendedorismo (SGE) 2017 será celebrada em todo o mundo na semana de 13 a 19 de novembro. A SGE é um movimento global que acredita na causa do empreendedorismo como motor para o desenvolvimento econômico social, e que busca promover melhorias no ambiente empreendedor brasileiro.

A programação completa está disponível no site: www.empreendedorismo.org.br. Os interessados em participar das atividades como público podem buscá-las de acordo com cidade/estado e temas de interesse. A cada dia novas atividades são adicionadas pelos parceiros do movimento. A maioria dos eventos é gratuita e aberta ao público, porém algumas necessitam inscrição prévia, que devem ser feitas no link indicado pelo parceiro. Alguns eventos também serão transmitidos online. Novidades sobre a SGE também podem ser acompanhadas pelas redes sociais – facebook/youtube.

As atividades da Semana Global do Empreendedorismo são oferecidas por pessoas e organizações, que por acreditarem na causa se unem ao movimento, criando um ou mais eventos sobre alguma das vertentes do tema empreendedor, conectando, capacitando e inspirando o público para que eles transformem ideias em iniciativas de sucesso. Depois de criar as atividades, todas gratuitas ou com preços acessíveis, o parceiro cadastra seu evento no site da SGE, que em novembro funciona como uma grande agenda, reunindo diversas oportunidades para o atual e futuro empreendedor, que vão desde workshops e palestras, até feiras e desafios.

A Semana Global do Empreendedorismo é organizada pela Rede Global do Empreendedorismo. Ela é formada por nove organizações do ecossistema empreendedor: Aliança Empreendedora, Anjos do Brasil, Anprotec, Artemisia, Brasil Junior, CONAJE, Endeavor, Junior Achievement e SEBRAE. A RGE é responsável por coordenar, gerir e mobilizar parceiros para levar a semana para o maior número de pessoas no Brasil.

Sobre a Endeavor

A Endeavor é uma organização global e sem fins lucrativos que existe para multiplicar o número de empreendedores de alto impacto e criar um ambiente de negócios melhor para o Brasil. Para isto, seleciona e apoia empreendedores inovadores, que sonham grande e transformam os setores em que atuam; compartilha suas histórias e aprendizados; e promove estudos para direcionar o ecossistema empreendedor brasileiro. Mais informações: https://endeavor.org.br/

Publicidade

Encerramento do Programa Scale Up Endeavor 2017 terá palestras de Caique Pegurier e Valdelírio Soares

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

09 de novembro de 2017

 

Evento também marca o início das atividades da Semana Global do Empreendedorismo, que ocorre de 13 a 19 de novembro

 

A edição 2017 do Programa Scale Up da ONG Endeavor será encerrada nesta sexta (10). Esse ano, a organização selecionou e capacitou 15 empresas locais dentre as 200 empresas escolhidas no país. O encerramento terá palestras de Caique Pegurier (CEO da Wide) e Valdelírio Soares (fundador e ex-CEO da Microsol, atualmente CEO da empresa de turismo A+ – Itália). O evento, exclusivo para convidados, ocorre na sala VIP da Fiec (Av. Barão de Studart, 1980 – Aldeota) e reunirá as Scale Ups, empreendedores Endeavor, mentores e embaixadores.

Participaram do programa: Catarina Mina, CENEGED, Cheppitos, Delfos, Dogville, E-novar, Fenix Solar, Grupo Geppos, Happy Code, Jolie, Masterfocus, Morphus, Pathfind, Trevo Gelateria e Trixlog.

As Scale Ups integram o grupo de empresas de alto crescimento (EACs), que são responsáveis por quase metade dos novos postos de trabalho, segundo o IBGE. Uma Scale-up pode ser definida como uma EAC que baseia seu crescimento acelerado na escalabilidade do seu modelo de negócios.

O encerramento do programa Scale Up coloca novamente em pauta o empreendedor e abre alas para a Semana Global do Empreendedorismo (SGE) 2017 será celebrada em todo o mundo na semana de 13 a 19 de novembro. A SGE é um movimento global que acredita na causa do empreendedorismo como motor para o desenvolvimento econômico social, e que busca promover melhorias no ambiente empreendedor brasileiro.

A programação completa está disponível no site: www.empreendedorismo.org.br. Os interessados em participar das atividades como público podem buscá-las de acordo com cidade/estado e temas de interesse. A cada dia novas atividades são adicionadas pelos parceiros do movimento. A maioria dos eventos é gratuita e aberta ao público, porém algumas necessitam inscrição prévia, que devem ser feitas no link indicado pelo parceiro. Alguns eventos também serão transmitidos online. Novidades sobre a SGE também podem ser acompanhadas pelas redes sociais – facebook/youtube.

As atividades da Semana Global do Empreendedorismo são oferecidas por pessoas e organizações, que por acreditarem na causa se unem ao movimento, criando um ou mais eventos sobre alguma das vertentes do tema empreendedor, conectando, capacitando e inspirando o público para que eles transformem ideias em iniciativas de sucesso. Depois de criar as atividades, todas gratuitas ou com preços acessíveis, o parceiro cadastra seu evento no site da SGE, que em novembro funciona como uma grande agenda, reunindo diversas oportunidades para o atual e futuro empreendedor, que vão desde workshops e palestras, até feiras e desafios.

A Semana Global do Empreendedorismo é organizada pela Rede Global do Empreendedorismo. Ela é formada por nove organizações do ecossistema empreendedor: Aliança Empreendedora, Anjos do Brasil, Anprotec, Artemisia, Brasil Junior, CONAJE, Endeavor, Junior Achievement e SEBRAE. A RGE é responsável por coordenar, gerir e mobilizar parceiros para levar a semana para o maior número de pessoas no Brasil.

Sobre a Endeavor

A Endeavor é uma organização global e sem fins lucrativos que existe para multiplicar o número de empreendedores de alto impacto e criar um ambiente de negócios melhor para o Brasil. Para isto, seleciona e apoia empreendedores inovadores, que sonham grande e transformam os setores em que atuam; compartilha suas histórias e aprendizados; e promove estudos para direcionar o ecossistema empreendedor brasileiro. Mais informações: https://endeavor.org.br/