Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

CNDL

Honório Pinheiro participa de reunião da Firae na Itália

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

06 de outubro de 2017

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e diretor do Pinheiro Supermercado, Honório Pinheiro, participa, nesta sexta-feira (5), na Itália, de encontro da Firae, organização que agrega 40 entidades de 24 países para discutir os principais temas do varejo no mundo. O Superintendente da CNDL, Everton Corrêa, acompanha o presidente da entidade no importante evento. De lá, Honório Pinheiro segue para Colônia, na Alemanha, onde marca presença na Anuga, maior vitrine de produtos alimentícios do mundo, para conhecer as tendências de mercado, gerar novos negócios e ampliar o networking. O empresário e líder classista retorna para o Brasil na terça-feira (10).

Publicidade

UNECS e Governo Federal assinam Plano Progredir nesta quarta-feira (26)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

26 de setembro de 2017

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e coordenador da União Nacional das Entidades do Comércio e Serviços (UNECS), Honório Pinheiro, assinou hoje (26), no Palácio do Planalto, um protocolo de intenções com o Governo Federal, o Plano Progredir. As sete entidades que formam a UNECS serão parceiras no projeto que prioriza a geração de empregos para famílias de baixa renda.

 

O evento contou também com a presença do presidente da República, Michel Temer, do ministro do Desenvolvimento Social (MDS), Osmar Terra, do ministro interino do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Jorge de Lima, e do presidente do Banco do Nordeste, Marcos Costa Holanda.

 

Sobre o Plano Progredir

 

O Plano progredir tem a meta de capacitar e emancipar financeiramente famílias beneficiárias do Bolsa Família e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais. A expectativa do Ministério do Desenvolvimento Social é emancipar até um milhão de famílias nos próximos dois anos. A iniciativa tem ações de capacitação, incentivo ao empreendedorismo e acesso ao mercado de trabalho e vai disponibilizar R$ 3 bilhões por ano em linha de microcrédito para o público-alvo investir em pequenos negócios.

 

A ideia é que, com o tempo, os beneficiários possam ter meios de garantir ganhos e não dependam mais dos programas de transferência de renda e do Bolsa Família. O ministro do MDS, Osmar Terra, disse que o Progredir busca avançar para a inclusão produtiva.

 

O Progredir funcionará de forma articulada entre parceiros públicos e privados.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

CNDL e UNECS apoiam decreto que autoriza funcionamento de supermercados aos domingos e feriados

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de agosto de 2017

Nova legislação garantirá aos empresários amparo jurídico para ampliar suas atividades

Os supermercados agora têm permissão legal para funcionar também aos domingos e feriados. Nesta quarta-feira (16), o presidente da República, Michel Temer, assinou um decreto que confere aos supermercados a condição de “atividade essencial”, assim como as farmácias, restaurantes, comércio varejista, serviços de transporte e estabelecimentos de ensino, por exemplo.

“A abertura dos supermercados aos domingos e feriados também é contemplada pela modernização trabalhista, possibilitando as novas modalidades de contratação. Mas essa mudança não favorece só supermercadistas e trabalhadores, ela é boa também para o brasileiro que vai poder fazer suas compras nesses dias”, ressaltou Temer.

Segundo o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e coordenador da União Nacional das Entidades de Comércio e Serviços (UNECS), Honório Pinheiro, que também é diretor presidente do Pinheiro Supermercado, o empresário terá a liberdade de abrir suas lojas aos domingos e a mudança tem ainda o potencial de gerar novos postos de trabalho.

“É uma medida que traz importantes avanços. Primeiro por que melhora a eficiência, reduzindo custos de transação e custos de negociação com corpo de funcionários e colaboradores.  Segundo, por que reduz riscos legais e trabalhistas simplificando a mobilização da mão de obra nos fins de semana e feriados” avaliou Pinheiro.

O presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), João Sanzovo, destacou que o reconhecimento do setor como atividade essencial é uma demanda antiga. “Esse setor sempre foi essencial, desde sua origem com mercados e armazéns, com a venda secos molhados. Desde então, os supermercados passaram por várias transformações, mas a legislação não acompanhava essa evolução”, relembrou Sanzovo.

Para o setor varejista a mudança representa um ganho jurídico para supermercadistas já que os funcionários poderão trabalhar aos domingos e feriados, em concordância com a modernização trabalhista.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Presidente da CNDL, Honório Pinheiro, reúne-se com ministro Eliseu Padilha para discutir a modernização trabalhista

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de agosto de 2017

 

Nesta segunda-feira (31), o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Pinheiro Supermercado e coordenador da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS), Honório Pinheiro, se reuniu com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, no Palácio do Planalto. Ao lado do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, do secretário executivo do MDIC, Marcos Jorge de Lima, do deputado federal, Rogério Marinho, e lideranças de outras 11 entidades representativas, discutiram a importância da modernização trabalhista para o crescimento do Brasil.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Comércio pode cobrar preços diferentes de acordo com meio de pagamento

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

26 de junho de 2017

Conquista de 10 anos do setor de comércio e serviços foi sancionada nesta segunda-feira pelo governo federal

A diferenciação de preços de acordo com os meios de pagamento utilizados para adquirir produtos ou serviços agora tem força de lei. Foi sancionada hoje (26) pelo presidente da República, Michel Temer, a Medida Provisória 764, que trata da diferenciação de preços de bens de serviços oferecidos ao público, em função do prazo ou do instrumento de pagamento utilizado.
Durante o evento realizado no Palácio do Planalto, com a participação dos ministros da Fazenda Henrique Meirelles, do Planejamento, Dyogo Oliveira, e do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, o presidente da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro destacou, em discurso, a importância da regulamentação da medida para o setor de comércio de serviços.

“Há 10 anos o setor de comércio e serviços iniciou esse desafio. Por isso, a sanção desta Lei chega em boa hora, pois incentiva a concorrência e cria benefícios para o mercado consumidor”, ressaltou Honório Pinheiro.

O setor de comércio terá a segurança jurídica para estipular uma política de diferenciação considerando as taxas administrativas cobradas pelas administradoras dos cartões de crédito. Em vigor desde dezembro do ano passado, como Medida Provisória 764, a lei beneficia também os consumidores que poderão obter melhores preços no pagamento à vista.

O presidente da república, Michel Temer, destacou o amplo caráter da medida. “Há três dimensões que ilustram o alcance dessa MP: além de promover justiça social garante transparência e protege o consumidor. A medida é mais um passo de um país mais moderno”, afirmou.

Para o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles a sanção significa um avanço na modernização do sistema de pagamentos e do sistema financeiro. “Após a pior recessão da história do país, são de extrema importância políticas que visam a redução dos entraves econômicos para que possamos ter uma retomada do crescimento estável e duradoura”, ressaltou Meirelles.  “A diferenciação de preços é uma iniciativa básica para melhorar a aferição do valor econômico do produto ou do serviço”, concluiu o ministro.

Participaram da solenidade de sanção da Lei parlamentares, ministros, empresários e presidentes das FCDLs e CDLs de todo país.

Efeitos da MP 764

Após o evento, o superintendente da CNDL, Éverton Correia, participou de coletiva de imprensa, no Palácio do Planalto, ao lado de representantes do Banco Central e do Ministério da Fazenda. Na ocasião, Correia apresentou aos jornalistas presentes os números da recente pesquisa realizada pela CNDL e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) para aferir a percepção de consumidores de micro e pequenos empresário sobre a regulamentação de descontos para compras à vista ou em dinheiro.

O estudo apontou que após quase seis meses em vigor, os efeitos da medida já puderam ser notados por 31% dos micro e pequenos empresários dos ramos do comércio e serviços. Segundo eles, houve um aumento nos pagamentos realizados à vista desde que a medida começou a valer.

“De acordo com a pesquisa é possível concluir que o consumidor já percebe uma postura diferenciada dos lojistas em relação a diferenciação de preços. A medida traz avanços microeconômicos ao aumentar a concorrência e melhorar o poder de barganha do consumidor. Também diminui riscos jurídicos para os lojistas”, pontuou o superintendente da CNDL.

A pesquisa mostrou ainda 23% dos varejistas entrevistados disseram ter notado benefícios práticos da nova medida, como o aumento das vendas em dinheiro (17%), queda da inadimplência (4%) e diminuição nos pagamentos das taxas das máquinas de cartão (3%). A nova lei é avaliada positivamente por 77% dos varejistas.

Quanto aos consumidores, o levantamento mostra que 38% já notaram que as empresas estão oferecendo mais descontos diferenciados para pagamentos realizados à vista na comparação com o mesmo período do ano passado, especialmente para pagamento em dinheiro (27%).

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Honório Pinheiro destaca o atual cenário do varejo brasileiro em Convenção Lojista

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

08 de junho de 2017

Honório Pinheiro, presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Pinheiro Supermercado, esteve em Natal nesta quinta (08), para a abertura da 18ª Convenção do Comércio e Serviços do Rio Grande do Norte, onde teve oportunidade de participar do painel “Novos Tempos, novas atitudes”, abordando o cenário político e econômico brasileiro. Durante a apresentação, Pinheiro ressaltou o potencial do estado potiguar: “O Rio Grande do Norte tem grande vocação para o varejo e para o turismo, mas muito mais do que isso, tem a garra e a força de um povo que quer, sem dúvida alguma, novos tempos e novas atitudes”, comentou o presidente.

Honório Pinheiro comentou ainda sobre o atual cenário do varejo brasileiro: “Nós somos uma Confederação de livre adesão e hoje temos 450 mil empresas ligadas à CNDL. Todos os estados tem uma Federação e temos uma Câmara de Dirigentes Lojistas em mais de dois mil municípios brasileiros. Hoje, 96% do varejo brasileiro é classificado como ‘simples’. Nós não podemos mais perder tempo com individualidades e temos que assumir o protagonismo da classe que produz”.

Publicidade

CNDL, presidida por Honório Pinheiro, assume comando da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

31 de Maio de 2017

 

Nesta terça-feira (30), o coordenador da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS), Fernando Yamada, presidente da Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS) passou o comando da União para o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o cearense Honório Pinheiro. As sete entidades que compõem a UNECS continuarão trabalhando juntas para contribuir com os interesses do setor de comércio e serviços. O encontro contou com a presença de Rogério Marinho, deputado federal e presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Comércio, Serviços e Empreendedorismo.

 

O encontro, realizado na sede do Instituto UNECS, teve como objetivo analisar o atual momento político brasileiro e discutir e planejar as próximas ações da entidade. Foram discutidos assuntos como as reformas trabalhista, previdenciária e tributária; melhor regulamentação dos meios de pagamento; enxugamento da máquina pública e desburocratização do Estado; entre outros.

 

UNECS

 

Criada em 2014, a UNECS é formada por sete das maiores instituições brasileiras representativas da área do comércio e serviços: Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Associação Brasileira de Supermercados (Abras) e Confederação Nacional de Dirigentes e Lojistas (CNDL).

  • postado por Oswaldo Scaliotti

Publicidade

Honório Pinheiro participa de audiências públicas em Brasília

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

09 de Maio de 2017

Uma das principais estratégias utilizadas pelo presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Honório Pinheiro, em sua gestão à frente da entidade tem sido buscar articulações e estar presente em discussões para levar as pautas e necessidades para o desenvolvimento do varejo. Nesta terça-feira (9), Honório participou, no Senado Federal, de duas audiências públicas na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). A primeira tratou das funcionalidades do Sistema Tributário Nacional na união, estados e municípios. E a segunda audiência debateu os impactos do Simples Nacional sob a geração de empregos, redução da informalidade na atividade econômica e o incentivo ao empreendedorismo e à inovação, algumas das principais demandas de Honório Pinheiro junto à CNDL. No destaque, ao lado dos senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE) e José Pimentel (PT-CE).

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti

 

Publicidade

Honório Pinheiro participa de Missão no Vale do Silício com representantes do Sistema CNDL

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

26 de Abril de 2017

 

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Pinheiro Supermercado, Honório Pinheiro, está na Califórnia (EUA) com representantes do Sistema CNDL para conhecer algumas das empresas mais inovadoras do mundo e conceituadas universidades da região. O grupo já visitou a Plug And Play Tech Center, referência mundial em inovação e atrair empreendedores, investidores e grandes corporações de todo o mundo; a gigante Flex, parceira da Nasa nas expedições a Marte; além da Beam Technologies, referência em disrupção no varejo.

O diretor Comercial e de Marketing do Pinheiro Supermercado, Alexandre Pinheiro, também acompanha a missão e confere de perto as principais tendências que vão guiar as relações de mercado nos próximos anos, aproveitando para identificar oportunidades, conhecer lugares e pessoas inspiradoras e prospectar novos negócios e parcerias para a rede de supermercados e serviços cearense.

O retorno do grupo à Fortaleza está previsto para sábado (29).

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Honório Pinheiro reúne-se com líderes da UNECS para discutir reformas

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

15 de Março de 2017

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Pinheiro Supermercado, Honório Pinheiro, reuniu-se, nesta quarta-feira (15), em Brasília, com a Frente Parlamentar de Comércio, Serviços e Empreendedorismo para discutir as reformas trabalhista e previdenciária. Honório estava acompanhado dos outros seis presidentes que compõem a UNECS – União Nacional de Entidades do Comércio, Serviços e Empreendedorismo. Na oportunidade, também foi assinado o documento oficial para a criação do Instituto UNECS, com objetivo de defender e destravar o setor de comércio e serviços.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Honório Pinheiro reúne-se com líderes da UNECS para discutir reformas

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

15 de Março de 2017

O presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Pinheiro Supermercado, Honório Pinheiro, reuniu-se, nesta quarta-feira (15), em Brasília, com a Frente Parlamentar de Comércio, Serviços e Empreendedorismo para discutir as reformas trabalhista e previdenciária. Honório estava acompanhado dos outros seis presidentes que compõem a UNECS – União Nacional de Entidades do Comércio, Serviços e Empreendedorismo. Na oportunidade, também foi assinado o documento oficial para a criação do Instituto UNECS, com objetivo de defender e destravar o setor de comércio e serviços.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti