Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

CIEE

CIEE se lança no agronegócio

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

10 de Maio de 2019

O Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE deu início às primeiras turmas de aprendizes do arco Agronegócio e Mecanização. Os 16 jovens já iniciaram suas atividades dentro das corporações, entre elas, na Ester Agroindustrial, em Cosmópolis (SP). A ação é uma resposta da instituição às empresas parceiras que têm solicitado a capacitação de mão-de-obra para o setor da economia que representa 32% da balança comercial do país.

Os novos cursos têm como objetivo dar oportunidade para jovens entre 18 e 24 anos incompletos. A previsão é que em 2020 o arco tenha cinco mil jovens em capacitação e figure entre os três principais programas de aprendizagem da instituição, ficando atrás apenas do Administrativo e Comércio e Varejo, que contam hoje com 54 mil e 13 mil jovens, respectivamente.

CIEE 55 anos – Transformando vidas, construindo futuros

Desde sua fundação, há 55 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Atualmente, administra o estágio de mais de 200 mil estudantes e a aprendizagem de mais de 100 mil adolescentes e jovens. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações prioritárias.

Acompanhe o CIEE pelas mídias sociais: Facebook,Instagram, Twitter, YouTube e Linkedin. www.ciee.org.br

5 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O CIEE

1 – É uma entidade de assistência social, de caráter filantrópico, sem fins lucrativos e não tem qualquer vinculação com os governos, Sistema S (Sesi, Sesc, Senai) ou entidades de classe.

2 – Promove o acesso e a integração ao mundo do trabalho a adolescentes e jovens por meio da oferta de programas de estágio e aprendizagem.

3 – É uma entidade qualificada para ministrar os encontros de capacitação socioprofissional a aprendizes.

4 – É mantida por contribuições de empresas e órgãos públicos parceiros nos programas ofertados. Nada é cobrado dos jovens e adolescentes beneficiados.

5 – É dirigido com um conselho composto por educadores, profissionais liberais e empresários, todos voluntários.

Publicidade

CIEE celebra Dia Internacional do Jovem Trabalhador

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de Abril de 2019

 

Data é comemorada hoje, 24 de abril, e ressalta a importância dos jovens profissionais para o mundo do trabalho

O Dia Internacional do Jovem Trabalhador é comemorado mundialmente hoje, 24 de abril. A data ressalta a importância dos jovens profissionais para o mundo do trabalho e incentiva as empresas a contratarem esses trabalhadores que ainda não possuem experiências profissionais, mas podem contribuir com novas ideias e com o crescimento dos negócios.

Lei da Aprendizagem n° 10.097/2000 determina que 5% a 15% das vagas das empresas de médio e grande porte devem ser direcionadas para jovens com idade entre 14 e 24 anos incompletos,  os aprendizes. Esses estudantes podem estar cursando o ensino Fundamental, Médio, Técnico ou formado. O contrato de trabalho pode durar até dois anos e, nesse período, o jovem é capacitado tanto por uma instituição formadora, caso do Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE, como dentro da própria empresa.

Se por um lado a lei abre portas para esses jovens, por outro, possibilita às empresas a chance de capacitá-los, formando profissionais com perfis e características gerais ou específicas de cada organização.

Em viagem a Manaus/AM, Humberto Casagrande, superintendente geral do CIEE, comprovou a importância de proporcionar oportunidades e abrir portas para esses jovens, conhecendo um pouco da história da jovem aprendiz Ana Beatriz Tavares, de apenas 15 anos, que atua há 3 meses na área de RH da empresa Inventus Power e vem se destacando por sua postura proativa e talento.

A jovem soube da vaga através de sua mãe, que trabalha na mesma empresa, e viu nessa oportunidade a chance de se inserir no mundo do trabalho e buscar novos conhecimentos. Para Ana Beatriz, a experiência na área de Recursos Humanos trouxe um novo olhar sobre seu futuro e despertou nela o interesse pela área da administração, a qual pretende seguir depois que concluir o ensino médio.

“Meu objetivo é aprender e me capacitar cada dia mais. Hoje tenho responsabilidades que não tinha antes e quero ser cada dia melhor no que eu faço e me empenhar para fazer o melhor que puder, contribuindo para meu crescimento pessoal e ajudando também no crescimento da empresa que trabalho”, afirma Beatriz.

Segundo os dados de empregabilidade do primeiro trimestre de 2019, captados pelo CIEE, o número de vagas para estagiários e aprendizes no País cresceu de 107.881 no primeiro trimestre do ano passado para 120.796 no mesmo período deste ano, uma alta de 12%. Dentre o perfil destes jovens, destaca-se a predominância de estudantes do sexo feminino como maioria no mercado, respondendo por 65% das vagas ocupadas de estágio e 52,7% dentre aprendizes contratados.

Para mais informações sobre a lei do jovem trabalhador/aprendiz, consulte o Manual da Aprendizagem do MTE. O Manual reúne toda legislação que regulamenta a implementação da Lei da Aprendizagem. Link de acesso: http://trabalho.gov.br/mais-informacoes/2015-08-18-14-20-23 .

CIEE 55 anos – Transformando vidas, construindo futuros

Desde sua fundação, há 55 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Atualmente, administra o estágio de mais de  200 mil estudantes e a aprendizagem de mais de 100 mil adolescentes e jovens. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações prioritárias.

Acompanhe o CIEE pelas mídias sociais: Facebook,Instagram, Twitter, YouTube e Linkedin. www.ciee.org.br

5 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O CIEE

1 – É uma entidade de assistência social, de caráter filantrópico, sem fins lucrativos e não tem qualquer vinculação com os governos, Sistema S (Sesi, Sesc, Senai) ou entidades de classe.

 

2 – Promove o acesso e a integração ao mundo do trabalho a adolescentes e jovens por meio da oferta de programas de estágio e aprendizagem.

 

3 – É uma entidade qualificada para ministrar os encontros de capacitação socioprofissional a aprendizes.

 

4 – É mantida por contribuições de empresas e órgãos públicos parceiros nos programas ofertados. Nada é cobrado dos jovens e adolescentes beneficiados.

 

5 – É dirigido com um conselho composto por educadores, profissionais liberais e empresários, todos voluntários.

 

Publicidade

CIEE registra 120.796 novas vagas de estágio e aprendizagem no primeiro trimestre

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de Abril de 2019

O número representa um crescimento de 12% em relação ao mesmo período de 2018

O Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE divulgou nesta terça (16) o levantamento de empregabilidade para aprendizes e estagiários do primeiro trimestre de 2019. O número de vagas para estagiários e aprendizes no país cresceu de 107.881 no primeiro trimestre do ano passado para 120.796 no mesmo período deste ano, uma alta de 12%. “Nós somos a ponte entre os jovens e dependemos de acordos com empresas privadas e públicas para disponibilizar mais vagas” esclarece Marcelo Gallo, superintendente nacional de operações do CIEE.

O estudo também indica as média de estagiários por empresa nas diferentes regiões do País. No Centro Oeste e no Distrito Federal a média é de 3,06 contra 3,84 na Grande São Paulo; 3,24 no Nordeste; 3,67 no Norte; 3,71 no leste do interior paulista; e 3,38 no oeste do interior paulista.

O tempo médio que cada jovem permanece em um mesmo estágio varia entre 6,7 meses na região Centro-Oeste a 7,9 meses na Grande São Paulo, com a máxima permanência, de 9,9 meses, registrada no Nordeste.

Dentre o perfil destes jovens, destaca-se a predominância de estudantes do sexo feminino como maioria no mercado, respondendo por 65% das vagas ocupadas de estágio e 52.7% dentre aprendizes contratados.

Expo CIEE 2019

Para os jovens que buscam ingressar no programa de estágio ou de aprendizagem, uma grande chance é visitar a 22ª edição da Expo CIEE, em São Paulo, que oferecerá 9 mil vagas de estágio e aprendizagem na capital e região metropolitana.

O evento é gratuito e acontece entre nos dias 23, 24 e 25 de maio, na Bienal do Parque Ibirapuera. As inscrições podem ser feitas em: http://www.expociee.com.br/.

CIEE 55 anos – Transformando vidas, construindo futuros

Desde sua fundação, há 55 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Atualmente, administra o estágio de mais de 200 mil estudantes e a aprendizagem com mais de 100 mil adolescentes e jovens. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações prioritárias. Acompanhe o CIEE pelas mídias sociais:Facebook,Instagram,Twitter,YouTube eLinkedin.

www.ciee.org.br

5 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O CIEE

1 – É uma entidade de assistência social, de caráter filantrópico, sem fins lucrativos e não tem qualquer vinculação com os governos, Sistema S (Sesi, Sesc, Senai) ou entidades de classe.

2 – Promove o acesso e a integração ao mundo do trabalho a adolescentes e jovens por meio da oferta de programas de estágio e aprendizagem.

3 – É uma entidade qualificada para ministrar os encontros de capacitação socioprofissional a aprendizes.

4 – É mantida por contribuições de empresas e órgãos públicos parceiros nos programas ofertados. Nada é cobrado dos jovens e adolescentes beneficiados.

5 – É dirigido com um conselho composto por educadores, profissionais liberais e empresários, todos voluntários.

Publicidade

Pesquisa aponta que 43% dos aprendizes formados pelo CIEE estão cursando o ensino superior

Por Oswaldo Scaliotti em Análise

13 de Março de 2019

Segundo levantamento em parceria com o Instituto Datafolha, maioria dos jovens passa a receber de 1 a 2 salários mínimos por mês após concluir o programa

Alcançar o ensino superior e consolidar uma carreira profissional. Essas são as principais expectativas dos egressos do programa de aprendizagem do CIEE, segundo apontou pesquisa encomendada ao Instituto de pesquisa Datafolha. Foram entrevistados 1,8 mil jovens que concluíram o Programa Aprendiz Legal entre 2016 e 2017. Ainda de acordo com o levantamento, 43% estão cursando o ensino superior, média superior à nacional.

“Os números mostram que os aprendizes entendem que quanto mais qualificação, maiores são chances de conseguir uma profissão. Além de ser uma importante ferramenta no combate à evasão escolar, a aprendizagem oferece perspectivas futuras a esses jovens, que geralmente são oriundos de camadas sociais mais vulneráveis”, explicou o superintendente Nacional de Operações do CIEE, Marcelo Gallo.

Para 53% dos jovens, o crescimento profissional foi citado como grande benefício ao término do programa. Na avaliação dos egressos, a principal mudança após concluir a aprendizagem também incluiu o crescimento pessoal (36%) e o acúmulo de mais experiência para o mundo do trabalho (27%).

De acordo com o superintendente Geral do CIEE, Humberto Casagrande, esse tipo de formação profissional também traz vantagens para as empresas, do ponto de vista dos Recursos Humanos.

“Como forma de recrutamento, o programa de aprendizagem tem foco na formação de novos profissionais de acordo com a cultura organizacional de cada empresa. Ao mesmo tempo, traz juventude e um novo olhar para as empresas”, concluiu Humberto Casagrande.

CIEE 55 anos – Transformando vidas, construindo futuros

Desde sua fundação, há 55 anos, o CIEE se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente com a aprendizagem. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações prioritárias.

Acompanhe o CIEE pelas mídias sociais: Facebook,Instagram, Twitter, YouTube e Linkedin. www.ciee.org.br

5 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O CIEE

1 – É uma entidade de assistência social, de caráter filantrópico, sem fins lucrativos e não tem qualquer vinculação com os governos, Sistema S (Sesi, Sesc, Senai) ou entidades de classe.

2 – Promove o acesso e a integração ao mundo do trabalho a adolescentes e jovens por meio da oferta de programas de estágio e aprendizagem.

3 – É uma entidade qualificada para ministrar os encontros de capacitação socioprofissional a aprendizes.

4 – É mantida por contribuições de empresas e órgãos públicos parceiros nos programas ofertados. Nada é cobrado dos jovens e adolescentes beneficiados.

5 – É dirigido com um conselho composto por educadores, profissionais liberais e empresários, todos voluntários.

Publicidade

AD2M passa a responder pela Assessoria de Comunicação do CIEE no NO e NE

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

08 de Março de 2019

A AD2M Engenharia de Comunicação passa a responder agora, nas regiões Norte e Nordeste, pela Assessoria de Comunicação do CIEE | Centro de Integração Empresa-Escola, instituição com mais de 55 anos de existência, reconhecida como entidade de assistência social que, por meio de diversos programas, dentre eles o de aprendizagem e o estágio de estudantes, possibilita aos adolescentes e jovens uma formação integral, ingressando-os ao mundo do trabalho. A agência atuará em parceria com a Gerência de Comunicação do CIEE, coordenada pela gerente Tânia Moura.

Publicidade

1ª Feira do Estudante EXPO CIEE Ceará será apresentada na terça (24) em café da manhã no Hotel Gran Marquise

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

18 de Abril de 2018

 

O evento será realizado em Fortaleza nos dias 29 e 30 de novembro no Centro de Eventos e irá trazer palestras e um espaço para unir estudantes e mercado de trabalho

 

Oferecer oportunidades de capacitação e inclusão profissional, auxiliando na formação de jovens pela complementação prática do aprendizado escolar ao aproximá-los de quem está no dia-a-dia do mercado de trabalho. É com esse objetivo que o CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) irá realizar pela primeira vez no Ceará a Feira do Estudante – Expo CIEE. Para apresentar oficialmente o evento, que irá oferecer duas mil vagas de estágio e aprendizagem em um espaço com mais de 40 expositores e com uma programação de 30 palestras, o CIEE reunirá convidados, patrocinadores, parceiros e a imprensa cearense em um café da manhã a ser realizado às 9 horas da terça-feira, dia 24 de abril, no Hotel Gran Marquise.

 

O encontro marca a abertura da 1ª Feira do Estudante – Expo CIEE Ceará 2018 para empresas, instituições de ensino e órgãos públicos interessados em entrar em contato com um público esperado em 15 mil visitantes. A Expo CIEE será realizada nos dias 29 e 30 de novembro, no Centro de Eventos do Ceará, com acesso gratuito. A feira coloca estudantes dos ensinos médio, técnico e superior em contato com especialistas em carreira, com empresas que oferecem modernos programas de estágio e de aprendizagem, e com instituições de ensino que mostram as últimas novidades na área acadêmica. Tanto para auxiliá-los na atualização de conhecimentos, quanto na inserção no mercado de trabalho e na escolha de carreira. O evento foi realizado recentemente em Goiânia (GO) e será promovido em São Paulo (SP), em sua 21ª edição, no mês de maio.

 

“A escolha do Ceará como primeiro do Nordeste a receber a Expo CIEE se deu pela relevância econômica do Estado no cenário nacional, por ser um grande polo econômico e turístico, além de ser notoriamente um grande centro universitário, conhecida como uma das capitais mais importantes no quesito educação em nosso país”, explica Ricardo Melantonio, superintendente institucional, jurídico e de compliance do CIEE. A Feira do Estudante – Expo CIEE é promovida desde 1997 em São Paulo (SP) e, na edição de 2017 atraiu mais de 57 mil visitantes.

 

Para participar do lançamento é preciso confirmar a presença pelo telefone (11) 3040.7444, ou através do e-mail atendimentofeiradoestudante@ciee.org.br.

 

Sobre o CIEE

Desde sua fundação, há 53 anos, o CIEE encaminha estudantes para programas de estágio e de aprendizagem em empresas e órgãos públicos parceiros. A marca confirma o crescente reconhecimento da eficácia do estágio e da aprendizagem em duas importantes frentes: como capacitação prática dos jovens para o mercado de trabalho e como fonte de recrutamento de novos talentos. O CIEE também desenvolve uma série de ações gratuitas como: Orientação Jurídica à População (Projur), além de Ciclos de Palestras, Concursos Literários – que estimulam a escrita e a leitura -, Feira do Estudante – Expo CIEE, entre outros.

 

* Café da Manhã de Lançamento da 1ª Feira do Estudante – Expo CIEE Ceará

Data: 24 de abril (terça-feira)

Horário: 9 horas

Local: Hotel Gran Marquise – Av. Beira Mar, 3980 – Mucuripe, Fortaleza.

Evento para Convidados – Informações (11) 3040.7444 ou atendimentofeiradoestudante@ciee.org.br

 

 

leia tudo sobre

Publicidade

ABRH na Praça 2015 – ​Um dia de serviços gratuitos à sociedade

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

11 de novembro de 2015

Data: 12/11/2015

Horário: 8h às 17h

Local: Praça do Ferreira/Centro Cultural Banco do Nordeste

No Ceará, a iniciativa de maior impacto social da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) no país, terá a sua 9ª edição realizada no dia 12 novembro de 2015, em Fortaleza, na Praça do Ferreira e no Centro Cultural Banco do Nordeste. O ABRH na Praça deste ano traz como tema “Recursos Humanos para um Brasil forte! Talento, Inovação e Trabalho” e oportunizará uma série de serviços gratuitos à população.

No local, todos os interessados poderão obter diversas informações e serviços, dentre elas: emissão de Carteira de Trabalho, cadastro e encaminhamento para o mercado de trabalho, banco de estágios, orientação de carreira, marketing pessoal e profissional, orientação para o primeiro emprego e até mesmo massoterapia, dentre outras atividades oferecidas gratuitamente ao público.

O objetivo do evento é desenvolver profissionalmente a sociedade através de serviços relacionados à saúde e segurança do trabalhador, qualificação para o mercado de trabalho, fomento à inovação e gerenciamento de carreira, e para facilitar o acesso aos serviços, eles serão divididos em Tendas Temáticas, cujos temas são: “Mercado de Trabalho”, “Empreendedorismo e Inovação” e “Saúde e Segurança do Trabalhador”. Haverá ainda uma Feira de Economia Solidária e uma palestra com o tema “Como inovar no seu estágio?”, que acontecerá das 8h30 às 10h, no Centro Cultural Banco do Nordeste.

Para a realização do evento deste ano, a ABRH-Ceará conta com o apoio de profissionais de Recursos Humanos voluntários e organizações parceiras, como SINE/IDT, CIEE, IEL, SENAI, SENAC, FAMETRO, SEBRAE, CEMPRE, Studart RH, Vita RH, Odontoart e Óticas Diniz. Evento semelhante será realizado no dia 13 de novembro, no Crato, na Praça da Sé.

Sobre o ABRH na Praça

O ABRH na Praça nasceu em 2005, no Rio de Janeiro, e dois anos depois foi integrado ao elenco de projetos da associação, passando a ser promovido em parceria com as ABRHs estaduais nas diferentes regiões brasileiras. Em 2014, o ABRH na Praça mobilizou 14 seccionais e 1.150 voluntários. Cerca de 74 mil pessoas circularam pelos locais onde o evento aconteceu.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

ABRH na Praça 2015 – ​Um dia de serviços gratuitos à sociedade

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

11 de novembro de 2015

Data: 12/11/2015

Horário: 8h às 17h

Local: Praça do Ferreira/Centro Cultural Banco do Nordeste

No Ceará, a iniciativa de maior impacto social da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) no país, terá a sua 9ª edição realizada no dia 12 novembro de 2015, em Fortaleza, na Praça do Ferreira e no Centro Cultural Banco do Nordeste. O ABRH na Praça deste ano traz como tema “Recursos Humanos para um Brasil forte! Talento, Inovação e Trabalho” e oportunizará uma série de serviços gratuitos à população.

No local, todos os interessados poderão obter diversas informações e serviços, dentre elas: emissão de Carteira de Trabalho, cadastro e encaminhamento para o mercado de trabalho, banco de estágios, orientação de carreira, marketing pessoal e profissional, orientação para o primeiro emprego e até mesmo massoterapia, dentre outras atividades oferecidas gratuitamente ao público.

O objetivo do evento é desenvolver profissionalmente a sociedade através de serviços relacionados à saúde e segurança do trabalhador, qualificação para o mercado de trabalho, fomento à inovação e gerenciamento de carreira, e para facilitar o acesso aos serviços, eles serão divididos em Tendas Temáticas, cujos temas são: “Mercado de Trabalho”, “Empreendedorismo e Inovação” e “Saúde e Segurança do Trabalhador”. Haverá ainda uma Feira de Economia Solidária e uma palestra com o tema “Como inovar no seu estágio?”, que acontecerá das 8h30 às 10h, no Centro Cultural Banco do Nordeste.

Para a realização do evento deste ano, a ABRH-Ceará conta com o apoio de profissionais de Recursos Humanos voluntários e organizações parceiras, como SINE/IDT, CIEE, IEL, SENAI, SENAC, FAMETRO, SEBRAE, CEMPRE, Studart RH, Vita RH, Odontoart e Óticas Diniz. Evento semelhante será realizado no dia 13 de novembro, no Crato, na Praça da Sé.

Sobre o ABRH na Praça

O ABRH na Praça nasceu em 2005, no Rio de Janeiro, e dois anos depois foi integrado ao elenco de projetos da associação, passando a ser promovido em parceria com as ABRHs estaduais nas diferentes regiões brasileiras. Em 2014, o ABRH na Praça mobilizou 14 seccionais e 1.150 voluntários. Cerca de 74 mil pessoas circularam pelos locais onde o evento aconteceu.

  • postado por Oswaldo Scaliotti