Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

cervejas artesanais

Supermercado Guará oferece degustação de Chandon e cervejas artesanais no último fim de semana de pré-carnaval

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

21 de Fevereiro de 2019


No último fim de semana de pré-Carnaval, o Supermercado Guará oferecerá mais um momento de degustação de bebidas para clientes. Nessa sexta-feira (22), a partir das 17h, quem for à loja da Aldeota poderá provar drinks com o espumante Chandon. Já no sábado (23), às 10h, na filial do Eusébio, haverá degustação da cerveja artesanal Munich Helles.

*Degustação permitida apenas para maiores de 18 anos. Se beber, não dirija.

Publicidade

Hey Joe Food’n’Bar oferece cervejas artesanais no almoço e jantar

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

18 de Abril de 2018

Os rótulos harmonizam com entradinhas e sanduíches e apresentam linhas das grandes escolas da cervejaria mundial

 

Além da linha de Drinks Signature, daquela cerveja bem gelada, dos burgers e sanduíches deliciosos – sejam veganos, vegetarianos ou clássicos (sim, e ainda é possível trocar o pão por uma salada em qualquer que seja o seu sanduíche) – sempre há espaço para se surpreender com as opções do Hey Joe Food´N´Bar.

Que tal escolher uma noite especial para fazer uma desgustação de cervejas especiais no terraço mais descolado da cidade? Melhor ainda, curtindo um som iradíssimo. Vamos às dicas de cervejas especiais para acompanhar o sanduba da vez ou aquela entradinha.

Bierland Blonde Ale | Características:  Belgian Blonde Ale é dourada e levemente turva por não ser filtrada. O aroma traz notas frutadas e especiarias. Possui amargor médio e condimentado, final seco e suavemente alcoólico. | Teor Alcoólico: 7,4% | Harmonização Hey Joe: Ceviche Tropical, com cubos de peixe branco, cebola roxa, manga, pimentão vermelho e sumo de limão.

Bierland American IPA | Características:  inspirada nas IPAs americanas, é uma cerveja de alta fermentação, refrescante, de coloração dourada e límpida, com espuma cremosa e de longa duração. O destaque é sua intensidade aromática, proveniente dos lúpulos utilizados, que remetem a frutas como maracujá, manga e tangerina, ressaltada pelo dry hopping, que lhe confere 57 IBUs. O sabor é equilibrado, entre o amargor acentuado e um sutil maltado. Teor Alcoólico: 6,5% | Harmonização Hey Joe comVeggie Burguer: Burguer vegetariano de quinoa e soja, com caldo artesanal de vegetais enriquecido com soja e temperos frescos acompanhados de creme de ricota com sabor parmesão e pasta Hey Joe de tomate seco no pão integral de cenoura;

Leopoldina Weiss | Características:  A Leopoldina Weissbier do alemão Weißbier, que significa tanto cerveja clara como cerveja de trigo. Apresenta aromas de cravo e banana e é elaborada com malte de trigo e de cevada, a Wiessbier não é filtrada, apresentando aspecto turvo de coloração amarelo palha, sabor leve e frutado. É um estilo amplamente difundido na Alemanha, que agrada aos mais diferentes paladares. Teor Alcoólico: 5% | Harmonização Hey Joe: Camarão crocante, trio arancini de polvo; Burrata, salada de grão de bico. Trio de Arancinis, que é um bolinho preparado com arroz de risoto pode ser recheado com polvo, funghi ou gorgonzola.

Leopoldina Witbier | Características:  A Leopoldina Witbier é uma combinação leve e refrescante. É a descendente direta das cervejas medievais, armazenadas antigamente com temperos cítricos. Produzida com um delicada seleção de maltes de trigo, a Leopoldina Witbier possui um toque adocicado e cítrico, provenientes do limão siciliano e do coentro, que criam uma harmonia indiscutível. Uma bebida agradável e que proporciona combinações com diferentes pratos. Teor Alcoólico: 4,5% | Harmonização Hey Joe com sanduíche Camaron Joe:Camarões rústicos salteados no pão integral de cenoura acomodados em cama de creme de ricota cítrica e delicada geleia de pimenta. Receita inspirada em trazer para um sanduíche um dos ingredientes típicos do Nordeste, o camarão.

Almoço delícia

De segunda a sábado a casa oferece também o almoço executivo. Partindo de R$ 18 (Salada Hey Joe ou a Salada Grão de Bico) e com opções que podem ir do clássico ao light, da massa ao veggie, o Hey Joe Food’n’Bar agora abre também para o almoço. São nada menos que 17 opções de pratos diferentes, distribuídos em um cardápio servido de 11h30 às 14h30. E com a carta de cervejas também disponíveis para deixar seu almoço ainda mais feliz.

Agora que você já sabe, pode agendar com o crush ou com os amigos e as amigas, que o Hey Joe oferece uma lista considerável de cervejas especiais para deixar tanto seu almoço com os colegas, quanto aquela noite esepcial ainda mais deliciosa. E na temperatura certa.

Serviço 

 

Hey Joe Food’n’Bar

Rua Norvinda Pires, 32 – Aldeota

Fone: (85) 3121-3815

Almoço de segunda a sábado (11h30 às 14h30)

Food’n’Bar todos os dias (a partir das 18h)

DJs às terças e quartas (couvert R$3)

Bandas de quinta a domingo (couvert R$5)

Reservas: www.heyjoefoodnbar.com.br

Publicidade

​ANO NOVO: OPORTUNIDADES PARA EMPREENDER E TRABALHAR COM CERVEJAS ARTESANAIS EM 2018

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

17 de dezembro de 2017

O mercado de cervejas artesanais está mais aquecido do que nunca e traz boas oportunidades de investimento e trabalho

Você sonha em tornar-se um empreendedor ou mudar de área em 2018 e procura por ideias de negócios? O mercado brasileiro de cerveja artesanal está mais aquecido do que nunca e vem chamando a atenção por seu enorme crescimento, mesmo em meio a instabilidades econômicas e políticas.

“Um levantamento recente feito pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, órgão regulamentador da indústria cervejeira no Brasil, aponta que já passamos de 600 cervejarias no Brasil, sendo a maioria microcervejarias, produzindo mais de 7.500 cervejas diferentes”, pontua Pedro Paranhos, sommelier de cervejas e gerente de marketing da rede de lojas Mestre-Cervejeiro.com. Uma lista com os dados atualizados sobre o mercado cervejeiro brasileiro está disponível no link: http://www.mestre-cervejeiro.com/dados-de-mercado-de-cervejas-artesanais/

Confira abaixo ideias para investir e trabalhar com cervejas em 2018:

​Franquias:

Gerenciar um bar ou loja de cervejas artesanais pode trazer grandes recompensas, mas é um trabalho desafiador que exige dedicação e conhecimento. Uma boa alternativa para quem quer empreender no mercado cervejeiro é investir em uma franquia, como a rede de lojas Mestre-Cervejeiro.com, hoje a maior do seu segmento no país, tanto em quantidade de lojas quanto em variedade de produtos. O sistema de franquias Mestre-Cervejeiro.com oferece suporte completo às lojas franqueadas, com know-how de 13 anos e uma marca estabelecida no mercado de cervejas artesanais.

“Investir em uma franquia é como pegar um atalho que aumenta (e muito) as suas chances de sucesso. Esse modelo de negócios é indicado para pessoas com experiência em vendas, que gostam de atender o público final e têm disposição para trabalhar fora do horário comercial, inclusive em fins de semana e feriados. Caso seja o operador do negócio, é importante ter conhecimentos sobre cervejas artesanais, o que oferecemos nos treinamentos iniciais”, pontua Mário Meurer, gerente de operações de franquias da rede.

Para saber mais detalhes sobre o sistema de franquias Mestre-Cervejeiro.com, basta acessar http://www.mestre-cervejeiro.com/franquias/.

Sommelier de cervejas:

O Sommelier de Cervejas pode atuar como funcionário em quase qualquer empresa do setor cervejeiro: cervejarias, lojas, bares, restaurantes, importadoras, distribuidoras etc. Normalmente tem como responsabilidades montar cartas de cerveja, atender o público, conduzir treinamentos, orientar os clientes sobre os produtos e fazer gestão da qualidade. Muitos sommeliers trabalham como autônomos, promovendo jantares harmonizados, palestras e treinamentos, além de consultorias para cervejarias, bares e restaurantes. Indicado para: Quem gosta de educar e atender os consumidores e tem afinidade por gastronomia em geral. É preciso disposição para trabalhar fora do horário comercial, inclusive em fins de semana e feriados.

Cervejeiro profissional

Transformar seu hobby em profissão: este é um caminho almejado por muitos cervejeiros caseiros. É possível ser funcionário de uma cervejaria já existente, normalmente começando como Assistente de Produção ou Cervejeiro Assistente, até chegar ao cargo de Cervejeiro Chefe (Head Brewer, em inglês) ou Mestre Cervejeiro (Brewmaster, em inglês). Alguns cervejeiros profissionais também seguem em carreiras solo, normalmente após acumular algumas décadas de experiência, atuando como consultores para outras cervejarias. Indicado para: Pessoas com afinidade por assuntos técnicos – especialmente química, botânica, microbiologia e gestão aplicada à indústria. Disposição pra acordar bem cedo e disciplina para seguir padrões rigorosos de higiene e processos.

Importadora de Cervejas Artesanais

Apesar de termos excelentes cervejas nacionais, há grande demanda por produtos importados. Muitas das grandes cervejarias estrangeiras já têm importação regular ao Brasil, mas existem centenas de excelentes produtores interessados em entrar no nosso mercado só esperando para serem descobertos. Mas como você já deve saber, o Brasil é um dos campeões mundiais em burocracia e em poucas áreas isso fica tão claro como no comércio exterior. Além da tributação pesada, as importadoras enfrentam grandes desafios estruturais do nosso país como logística, câmbio desfavorável, morosidade dos órgãos públicos e por aí vai. Some-se a isso o fato da cerveja ser um produto bastante sensível e você perceberá que gerir uma importadora não é nada fácil. Mesmo com todos estes desafios, ainda há muito potencial para importadoras de cervejas artesanais prosperarem trazendo novos rótulos ao Brasil. Basta acompanhar as notícias do mercado para constatar que o interesse por novidades é enorme. Indicado para: Pessoas com experiência em comércio exterior e afinidade por vendas, contabilidade, processos administrativos e burocracia. Aqui paciência e determinação são virtudes imprescindíveis!

Distribuidora de Cervejas Artesanais

As distribuidoras compartilham muitas semelhanças com as importadoras. A grande diferença é que a distribuidora tem como foco fazer a ponte entre o produtor (no caso de produtos nacionais) ou importadora (no caso de produtos importados) e os pontos de venda direta ao consumidor. Os desafios também são similares aos enfrentados por importadoras, especialmente quanto à logística e tributação brasileiras. Por isso muitas distribuidoras focam em uma região ou estado específico, o que facilita a gestão e valoriza os produtores locais. Indicado para: Pessoas com experiência em vendas e com afinidade por administração, contabilidade e relacionamento com clientes.

Veja qual delas combina mais com você. Um brinde ao seu sucesso!

Publicidade

​ANO NOVO: OPORTUNIDADES PARA EMPREENDER E TRABALHAR COM CERVEJAS ARTESANAIS EM 2018

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

17 de dezembro de 2017

O mercado de cervejas artesanais está mais aquecido do que nunca e traz boas oportunidades de investimento e trabalho

Você sonha em tornar-se um empreendedor ou mudar de área em 2018 e procura por ideias de negócios? O mercado brasileiro de cerveja artesanal está mais aquecido do que nunca e vem chamando a atenção por seu enorme crescimento, mesmo em meio a instabilidades econômicas e políticas.

“Um levantamento recente feito pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, órgão regulamentador da indústria cervejeira no Brasil, aponta que já passamos de 600 cervejarias no Brasil, sendo a maioria microcervejarias, produzindo mais de 7.500 cervejas diferentes”, pontua Pedro Paranhos, sommelier de cervejas e gerente de marketing da rede de lojas Mestre-Cervejeiro.com. Uma lista com os dados atualizados sobre o mercado cervejeiro brasileiro está disponível no link: http://www.mestre-cervejeiro.com/dados-de-mercado-de-cervejas-artesanais/

Confira abaixo ideias para investir e trabalhar com cervejas em 2018:

​Franquias:

Gerenciar um bar ou loja de cervejas artesanais pode trazer grandes recompensas, mas é um trabalho desafiador que exige dedicação e conhecimento. Uma boa alternativa para quem quer empreender no mercado cervejeiro é investir em uma franquia, como a rede de lojas Mestre-Cervejeiro.com, hoje a maior do seu segmento no país, tanto em quantidade de lojas quanto em variedade de produtos. O sistema de franquias Mestre-Cervejeiro.com oferece suporte completo às lojas franqueadas, com know-how de 13 anos e uma marca estabelecida no mercado de cervejas artesanais.

“Investir em uma franquia é como pegar um atalho que aumenta (e muito) as suas chances de sucesso. Esse modelo de negócios é indicado para pessoas com experiência em vendas, que gostam de atender o público final e têm disposição para trabalhar fora do horário comercial, inclusive em fins de semana e feriados. Caso seja o operador do negócio, é importante ter conhecimentos sobre cervejas artesanais, o que oferecemos nos treinamentos iniciais”, pontua Mário Meurer, gerente de operações de franquias da rede.

Para saber mais detalhes sobre o sistema de franquias Mestre-Cervejeiro.com, basta acessar http://www.mestre-cervejeiro.com/franquias/.

Sommelier de cervejas:

O Sommelier de Cervejas pode atuar como funcionário em quase qualquer empresa do setor cervejeiro: cervejarias, lojas, bares, restaurantes, importadoras, distribuidoras etc. Normalmente tem como responsabilidades montar cartas de cerveja, atender o público, conduzir treinamentos, orientar os clientes sobre os produtos e fazer gestão da qualidade. Muitos sommeliers trabalham como autônomos, promovendo jantares harmonizados, palestras e treinamentos, além de consultorias para cervejarias, bares e restaurantes. Indicado para: Quem gosta de educar e atender os consumidores e tem afinidade por gastronomia em geral. É preciso disposição para trabalhar fora do horário comercial, inclusive em fins de semana e feriados.

Cervejeiro profissional

Transformar seu hobby em profissão: este é um caminho almejado por muitos cervejeiros caseiros. É possível ser funcionário de uma cervejaria já existente, normalmente começando como Assistente de Produção ou Cervejeiro Assistente, até chegar ao cargo de Cervejeiro Chefe (Head Brewer, em inglês) ou Mestre Cervejeiro (Brewmaster, em inglês). Alguns cervejeiros profissionais também seguem em carreiras solo, normalmente após acumular algumas décadas de experiência, atuando como consultores para outras cervejarias. Indicado para: Pessoas com afinidade por assuntos técnicos – especialmente química, botânica, microbiologia e gestão aplicada à indústria. Disposição pra acordar bem cedo e disciplina para seguir padrões rigorosos de higiene e processos.

Importadora de Cervejas Artesanais

Apesar de termos excelentes cervejas nacionais, há grande demanda por produtos importados. Muitas das grandes cervejarias estrangeiras já têm importação regular ao Brasil, mas existem centenas de excelentes produtores interessados em entrar no nosso mercado só esperando para serem descobertos. Mas como você já deve saber, o Brasil é um dos campeões mundiais em burocracia e em poucas áreas isso fica tão claro como no comércio exterior. Além da tributação pesada, as importadoras enfrentam grandes desafios estruturais do nosso país como logística, câmbio desfavorável, morosidade dos órgãos públicos e por aí vai. Some-se a isso o fato da cerveja ser um produto bastante sensível e você perceberá que gerir uma importadora não é nada fácil. Mesmo com todos estes desafios, ainda há muito potencial para importadoras de cervejas artesanais prosperarem trazendo novos rótulos ao Brasil. Basta acompanhar as notícias do mercado para constatar que o interesse por novidades é enorme. Indicado para: Pessoas com experiência em comércio exterior e afinidade por vendas, contabilidade, processos administrativos e burocracia. Aqui paciência e determinação são virtudes imprescindíveis!

Distribuidora de Cervejas Artesanais

As distribuidoras compartilham muitas semelhanças com as importadoras. A grande diferença é que a distribuidora tem como foco fazer a ponte entre o produtor (no caso de produtos nacionais) ou importadora (no caso de produtos importados) e os pontos de venda direta ao consumidor. Os desafios também são similares aos enfrentados por importadoras, especialmente quanto à logística e tributação brasileiras. Por isso muitas distribuidoras focam em uma região ou estado específico, o que facilita a gestão e valoriza os produtores locais. Indicado para: Pessoas com experiência em vendas e com afinidade por administração, contabilidade e relacionamento com clientes.

Veja qual delas combina mais com você. Um brinde ao seu sucesso!