Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Centenário

Correios lança selo e carimbo alusivos aos 100 anos do Fortaleza Esporte Clube

Por Oswaldo Scaliotti em Novos Produtos

30 de Janeiro de 2019

Peças filatélicas irão divulgar e eternizar as comemorações do centenário tricolor

Os Correios lançam nessa quinta-feira (31) o carimbo comemorativo e o selo personalizado alusivos ao centenário do Fortaleza Esporte Clube. A solenidade, para convidados, será às 19 horas, na sede da Academia Cearense de Letras, no Centro da cidade.

O carimbo será usado por 30 dias nas correspondências postadas na agência Central dos Correios, divulgando a data histórica; em seguida, a peça irá compor o acervo do Museu Nacional dos Correios, em Brasília. Os selos foram impressos numa tiragem de 1.212 exemplares e podem ser adquiridos nas lojas oficiais do time tricolor.

Saiba mais

O carimbo comemorativo possui tempo determinado de utilização e destina-se a difundir o trabalho de relevantes instituições e personalidades, bem como assinalar um acontecimento, destacando motivo, legenda, marca, data e local de emissão.

Já o selo personalizado é uma modalidade de emissão de selos postais, solicitada e paga pelo cliente, a partir de imagens de seu interesse.

Publicidade

Investe CE conferiu “Meu Tricolor de Aço”, o filme que conta a história dos 100 anos do Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

05 de dezembro de 2018

Ex-dirigentes, funcionários, atletas, jornalistas e torcedores participaram da curadoria do longa sobre o tricolor do Pici

No dia 6 de dezembro, nos cinemas de todo o estado do Ceará, estará em cartaz o filme Meu Tricolor de Aço, que conta a história dos 100 anos do Fortaleza Esporte Clube. O longa, de 71 minutos de duração, fala da trajetória de um dos clubes mais tradicionais do futebol brasileiro.

Ele tem a direção dos renomados Glauber Filho, Valdo Siqueira e Tibico Brasil e é produzido e distribuído pela Estação Luz Filmes e Co-produzido pela Black Jack Films.

Em sua produção foram ouvidos ex-dirigentes, funcionários, atletas, jornalistas e, principalmente, torcedores.

A História
No dia 18 de outubro de 1918, nascia a paixão de milhões de cearenses. Essa é a data de fundação do Fortaleza Esporte Clube. Como é de costume em importantes momentos da história, versões diferentes sobre os fatos são construídas. E na história do time não foi diferente.

No filme, através de estudos aprofundados e dezenas de entrevistas, foi construído um roteiro que conta em detalhes essa história. Para melhor entender essa trajetória, é preciso voltar ao ano de 1912, quando foi fundado o Stella Foot-Ball Club, um dos primeiros clubes de futebol cearense. E, através do fechamento deste clubes, integrantes dele fundaram o Fortaleza Esporte Clube, tendo como seu primeiro presidente, o comerciante e desportista, Alcides Santos. Este, hoje, dá nome ao estádio do clube.

Segundo os diretores, o filme também é um registro histórico e patrimônio cultural do estado e da vida de milhares de cearenses, principalmente por estar sendo lançando no ano em que o clube completa 100 anos e garante a volta para a elite do futebol brasileiro.

A construção histórica do filme também será composta de imagens de arquivos audiovisuais, fotografias e matérias jornalísticas.

Sinopse – MEU TRICOLOR DE AÇO

O projeto Tricolor de Aço tem como objetivo a realização de um documentário longa metragem sobre o time do Fortaleza. Sabe-se que o futebol é uma representação cultural do brasileiro, que constitui-se como patrimônios identitários nas diversas regiões do País. No caso específico, o Fortaleza ocupa o imaginário e a paixão do Cearense. Narrativas de vida e de futebol fazem em parte a História do Ceará.

No dia 18 de outubro de 1918, nascia a paixão de milhões de cearenses. Essa é a data de fundação do Fortaleza Esporte Clube. Como é de costume em todos os grandes acontecimentos, várias versões existem e percorrem os livros e jornais sobre como surgiu esse time, que se transformaria na maior paixão esportiva do estado do Ceará.

Na versão mais provável, o Fortaleza surgiu a partir de membros do Stella Foot-Ball Club, um dos primeiros clubes de futebol cearense, fundado em 1912. Após o fechamento de suas atividades, alguns de seus integrantes fundaram o Fortaleza, tendo como seu primeiro presidente, o comerciante e desportista cearense, Alcides Santos.

Assim, esse documentário é um registro histórico e patrimonial cultural de um time, de uma cidade, Estado e vida. Principalmente que em 2018 comemoramos o centenário do Tricolor de Aço.

Para contar esta história gloriosa, o documentário traz depoimentos com especialistas, historiadores, torcedores e jogadores – a construção histórica será também composta de imagens de arquivo de audiovisuais, fotografias e matérias jornalísticas.

O Documentário Tricolor de Aço terá o tempo de 72 min e finalizado em 2,5K.

Ficha Técnica
Produção e Distribuição: … Estação Luz Filmes
Co-produção: ……………….. Black Jack Filmes
Trilha Sonora: ………………… Edinho Gomes e Valdo Siqueira
Direção de Fotografia: ……. Tibico Brasil
Montagem: ……………………. Rui Ferreira e Valdo Siqueira
Direção de Produção: ……… Thell Maia e Júnior Mendes
Som Direto: …………………… Paulo Ribeiro e Lucas Inocêncio
Roteiro: …………………………. Glauber Filho
Produtor: ………………………. Luís Eduardo Girão
Co-produtor: …………………. Júnior Mendes
Produtor Executivo: ………… Sidney Girão
Direção: ………………………… Glauber Filho, Tibico Brasil e Valdo Siqueira

SERVIÇO
Exibição do filme “Meu Tricolor de Aço”
Data: A partir do dia 06/12/2018
Local: Em pelo menos 10 cidades do Ceará e 01 cidade em São Paulo

Publicidade

Brejo Santo festeja Centenário do Professor José Teles, “O Pai da Educação” do Município

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

10 de julho de 2018

O Município de Brejo Santo comemora, neste ano de 2018, o Centenário (in memorian) do Professor José Teles de Carvalho, reverenciado educador, considerado o “Pai da Educação” do Município e um dos nomes mais respeitados do ensino no Ceará. O Colégio Padre Viana, escola particular criada pelo saudoso Professor José Teles, está fazendo homenagens ao grande mestre, durante os eventos culturais e artísticos da escola, hoje administrada por Napoleão Teles, neto do fundador.

O grande evento de celebração em homenagem aos 100 anos (in memorian) do Professor José Teles será realizado em grande encontro entre familiares e amigos, no dia 15 de setembro de 2018, a partir das 19 horas, no Brejo Santo União Clube, com festa dançante. Em outro momento, no Cineteatro do Município, será realizada uma peça teatral e apresentações artísticas que remetem à memória do grande educador. Haverá ainda o lançamento do livro “Centenário do Professor José Teles de Carvalho, o pai da educação de Brejo Santo” de autoria de sua neta, a escritora Fátima Teles. A publicação conta ainda com a colaboração dos demais netos do Professor, dentre eles a Jornalista Giovana Teles.

Biografia –  Professor José Teles, como gostava de ser chamado, nasceu no dia 15 de setembro de 1918, no Sítio Garanhuns, no município de Brejo Santo. Em 19 de Maio de 1939, em Canindé, casou-se com Maria Dolores Lopes, tendo seis filhos: Maria Neide Araújo Teles, João Lopes Teles, Francisco Giovani Lopes Teles, Cleide Lopes Teles (in memorian), Francisco Lopes Teles e Maria Aurileide Teles Figueiredo. Professor José Teles tem 23 netos, 27 bisnetos e oito tataranetos. “Estamos realizando o resgate da história humilde e difícil daquele que fora, que é e sempre vai ser o porta voz da educação em Brejo Santo. Educação esta que não tinha cor, raça, sexo, idade e nem origem financeira, mas apenas a formação educacional daqueles que hoje sabem a importância do Professor José Teles de Carvalho em suas vidas”, rememora Miquéias José Teles Figueiredo, procurador no Estado de Rondônia e neto do professor.

Publicidade

Brejo Santo festeja Centenário do Professor José Teles, “O Pai da Educação” do Município

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

10 de julho de 2018

O Município de Brejo Santo comemora, neste ano de 2018, o Centenário (in memorian) do Professor José Teles de Carvalho, reverenciado educador, considerado o “Pai da Educação” do Município e um dos nomes mais respeitados do ensino no Ceará. O Colégio Padre Viana, escola particular criada pelo saudoso Professor José Teles, está fazendo homenagens ao grande mestre, durante os eventos culturais e artísticos da escola, hoje administrada por Napoleão Teles, neto do fundador.

O grande evento de celebração em homenagem aos 100 anos (in memorian) do Professor José Teles será realizado em grande encontro entre familiares e amigos, no dia 15 de setembro de 2018, a partir das 19 horas, no Brejo Santo União Clube, com festa dançante. Em outro momento, no Cineteatro do Município, será realizada uma peça teatral e apresentações artísticas que remetem à memória do grande educador. Haverá ainda o lançamento do livro “Centenário do Professor José Teles de Carvalho, o pai da educação de Brejo Santo” de autoria de sua neta, a escritora Fátima Teles. A publicação conta ainda com a colaboração dos demais netos do Professor, dentre eles a Jornalista Giovana Teles.

Biografia –  Professor José Teles, como gostava de ser chamado, nasceu no dia 15 de setembro de 1918, no Sítio Garanhuns, no município de Brejo Santo. Em 19 de Maio de 1939, em Canindé, casou-se com Maria Dolores Lopes, tendo seis filhos: Maria Neide Araújo Teles, João Lopes Teles, Francisco Giovani Lopes Teles, Cleide Lopes Teles (in memorian), Francisco Lopes Teles e Maria Aurileide Teles Figueiredo. Professor José Teles tem 23 netos, 27 bisnetos e oito tataranetos. “Estamos realizando o resgate da história humilde e difícil daquele que fora, que é e sempre vai ser o porta voz da educação em Brejo Santo. Educação esta que não tinha cor, raça, sexo, idade e nem origem financeira, mas apenas a formação educacional daqueles que hoje sabem a importância do Professor José Teles de Carvalho em suas vidas”, rememora Miquéias José Teles Figueiredo, procurador no Estado de Rondônia e neto do professor.