Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Cagece

Vicunha Têxtil e Movimento ECOERA se reúnem com Secretaria dos Recursos Hídricos do Ceará e CAGECE

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Fevereiro de 2019

Para incentivar o debate da questão hídrica no estado do Ceará, a gigante têxtil apresenta para os órgãos o projeto pioneiro Pegada Hídrica Vicunha

A Vicunha Têxtil, maior produtora mundial de índigos e brins, e o Movimento ECOERA, pioneiro em integrar os mercados de moda, design e beleza à sustentabilidade no Brasil, se uniram para lançar o projeto “Pegada Hídrica Vicunha”, que utilizará métricas próprias para mapear, pela primeira vez no Brasil, o consumo de água no ciclo de vida de uma calça jeans – do plantio, ao consumidor final.

Para ampliar o debate sob o gasto hídrico no Ceará, Marcel Imaizumi, diretor executivo de operações e planejamento estratégico da Vicunha, e Chiara Gadaleta, especialista em sustentabilidade e fundadora do ECOERA, participaram na última semana, em Fortaleza, de um encontro com a Secretaria dos Recursos Hídricos do Ceará e com a CAGECE (Companhia de Água e Esgoto do Ceará), para apresentação da proposta do projeto.

Um dos principais objetivos da “Pegada Hídrica Vicunha” é criar conscientização e unir os diversos players da cadeia produtiva do jeans, abrindo, assim, espaço para trocas e discussões sobre o desenvolvimento de alternativas que visam reduzir o consumo hídrico no país.

Com três unidades instaladas no Ceará, entre os municípios de Maracanaú e Pacajus, a Vicunha reforça nesse projeto a importância de agir sobre a situação de risco da região. Localizado no clima semiárido, e com possibilidade de entrar em colapso devido ao cenário de seca dos últimos anos, o estado vivencia, atualmente, uma das principais crises hídricas do Brasil

Sobre a Vicunha Têxtil

Com mais de 50 anos de mercado, a Vicunha é líder mundial na produção de índigos e brins e referência quando o assunto é jeanswear. Posicionada entre as maiores indústrias têxteis do mundo, a empresa conta com quatro unidades produtivas no Nordeste – estados do Ceará e Rio Grande do Norte – uma fábrica no Equador e outra na Argentina, além de filiais na América do Sul, Europa e Ásia.

A gestão de recursos escassos e a preocupação com o fator humano são uma das principais bandeiras defendidas pela fabricante, que segue as mais rígidas normas de preservação ambiental e elabora ações e programas visando a segurança e o desenvolvimento das pessoas. A Vicunha utiliza modernas tecnologias apoiadas nos conceitos de redução, reciclagem e reuso, e reafirma toda sua responsabilidade criando produtos mais sustentáveis e fabricados de forma consciente.

Publicidade

Prefeitura e Governo do Ceará assinam contrato e Cagece retoma serviços e investimentos de água e esgoto em Maracanaú

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

28 de Março de 2018

O prefeito de Maracanaú, Firmo Camurça, e o governador do Estado, Camilo Santana, assinaram hoje, 28 de março, o contrato que autoriza a Companhia de água e Esgoto do Ceará – Cagece a operar novamente, de maneira plena, os serviços e a política de água, esgoto e saneamento da cidade, bem como retomar o plano de investimentos nessas áreas no Município. A assinatura do contrato foi um marco histórico que põe fim a um imbróglio jurídico entre a Cagece e o Grupo Marquise que se arrastava desde 2004, criando problemas de saneamento básico na Cidade, danos à malha viária, riscos à saúde pública por falta de investimentos. A solenidade, que aconteceu no Gabinete do Governador, no Palácio Abolição, em Fortaleza, contou com a presença do secretário de Infraestrutura do Município, Carlos Eduardo Borges Evangelista (Caê Pessoa), do diretor-presidente da Cagece, Neurisangelo Cavalcante de Freitas, entre outras autoridades.

Conquista da Gestão Municipal – O prefeito Firmo camurça, desde o primeiro dia da sua gestão, ainda em 2013, buscou intermediar uma solução negociada entre a Cagece e a Marquise. Foram várias reuniões, sempre com a presença e atuação direta do Prefeito, com participação das equipes técnicas da Secretaria de Infraestrutura e da Cagece. Um acordo judicial, firmado em novembro de 2016, possibilitou que a Prefeitura encerrasse o contrato que era mantido no setor por 14 anos com a empresa Águas de Maracanaú, que pertence ao Grupo Marquise. O acordo teve o aval do Ministério Público do Estado e Governo do Estado.

 

Contrato – Esse contrato que foi assinado hoje, 19 de março, põe fim ao fato ocorrido na gestão do ex-prefeito Júlio César Costa Lima que, em 2004, privatizou o serviço em Maracanaú por meio de uma licitação ganha pelo grupo Águas de Maracanaú, capitaneado pela Marquise. Desde 2004 a Cagece e a Marquise brigavam na Justiça, enquanto os prefeitos Roberto Pessoa (2005-2012) e Firmo Camurça (2013-2018) cobravam as empresas para que chegassem a um acordo. Isso só foi possível após várias solicitações oficiais e reuniões, sempre intermediadas por Firmo Camurça e Roberto Pessoa, com apoio técnico da Secretaria de Infraestrutura.

O imbróglio jurídico entre Cagece e Marquise resultou em 14 anos de atraso na expansão da rede de saneamento, causando vários transtornos e riscos à saúde do povo de Maracanaú, em virtude de esgoto a céu aberto nas ruas. A estrutura precária da rede de esgoto também causa diversos danos à malha viária, sobretudo em épocas de chuva. Outro grande problema da disputa judicial era o fato da Prefeitura de Maracanaú ficar impedida de captar recursos federais para o saneamento básico.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Cagece realiza ação em shoppings da Rede Ancar Ivanhoe

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

08 de outubro de 2016

 

North Shopping Fortaleza, North Shopping Jóquei e Via Sul shopping, integrantes da rede Ancar Ivanhoe, participam de ação da Cagece nos meses de outubro e novembro. A iniciativa faz parte da Campanha Todos pela Água e promove uma sensibilização sobre o uso consciente da água, com programação lúdica e atendimento comercial. Os mascotes Pingo, Gota e Super A também participam das atividades, todas com acesso gratuito.

O atendimento comercial consiste em solicitação de serviços como emissão de 2ª via de conta, negociação de dívidas, regularização da conta com benefícios, ligação de água, religação de água, registro de vazamento, registro de desobstrução de esgoto e mudança de titularidade.

O primeiro empreendimento a receber a ação é o Via Sul Shopping. Até o dia 09 deste mês, há distribuição de material educativo e adesivo da campanha, promovidos pela Geris. O horário de atendimento é de 10h às 22 h, exceto o atendimento comercial que encerra às 20h. No domingo (09), tem apresentação do teatrinho de bonecos de 18h às 19h. O estande fica no Piso L3.

 

Informações: (85) 3048.1300 e www.shoppingviasul.com.br

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Shopping Del Paseo recebe seminário e oficina sobre reciclagem

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

07 de junho de 2016

DP_041_2016_POST-FACE

No dia 10 de junho o Shopping Del Paseo, em parceria com a Cagece, realiza ação para conscientização sobre o meio ambiente. Entre as atividades que acontecem no Shopping estão um seminário sobre Resíduos Sólidos e uma oficina de reciclagem com garrafas pet. A programação começa a partir das 8 da manhã.

Confira a programação completa:

08h00 – Credenciamento

08h30 – Abertura

09h00 – Palestra: Política Nacional de Resíduos Sólidos e sua aplicação no Estado do Ceará.

– Alceu Galvão – Coordenador de Saneamento da Secretaria das Cidades

09h40 – Experiências sobre reciclagem no Ceará

– Organização dos Catadores de Materiais Recicláveis do Estado (Charliany Morais – Presidente da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Fortaleza e Região Metropolitana do Ceará – Coopmares)

– Projeto Reciclocidades (Robervânia Barbosa – Gerente de Responsabilidade e Interação Social da Cagece)

– Sistema de Gestão Ambiental do Beack Park (Matheus Lima – Técnico em Meio Ambiente)

– Renova: A madeira do futuro para ser utilizada agora (Sabrina de Paula – Diretora da Ecomax)

11h30 – Debate

12h – Encerramento

14h às 18h – Oficina Reciclocidades (garrafas pet): reutilize e recicle (Cagece)

Serviço:

Shopping Del Paseo

Av. Santos Dumont, 3131

(85) 3456.5500

www.shoppingdelpaseo.com.br

Facebook.com/delpaseo

Twitter e Instagram: @delpaseo

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Prefeito Firmo Camurça recebe apoio do Governador para resolver os problemas na rede da Cagece e reforçar segurança pública em Maracanaú

Por Oswaldo Scaliotti em Investimento

09 de Abril de 2016

12953036_986642204756305_556486080_o

O prefeito de Maracanaú, Firmo Camurça, esteve reunido na tarde de ontem, 8, no Palácio da Abolição, com o governador Camilo Santana. A pauta da reunião foi buscar uma solução definitiva para os problemas na rede de saneamento da Cagece, que causa sérios danos ao asfalto em toda Cidade, alagamentos, possibilidade de acidentes no trânsito e risco à saúde dos maracanauenses. Outra reivindicação da Prefeitura foi o reforço da segurança pública em Maracanaú. A reunião contou com a presença da deputada federal Gorete Pereira, deputada estadual Fernanda Pessoa e do secretário de Infraestrutura de Maracanaú, Carlos Eduardo Borges Evangelista. Da parte do Governo do Estado, estavam presentes também o chefe de Gabinete, Élcio Batista, o secretário das Cidades, Lúcio Ferreira Gomes, secretário de Relações Institucionais, Nelson Martins, e diretores da Cagece.

Cagece – O governador Camilo Santana foi receptivo à reivindicação do prefeito Firmo Camurça no que se refere à rede de saneamento da Cagece em Maracanaú, comprometendo-se em buscar uma solução definitiva para os problemas. “Ficou acertada a formação de um Grupo de Trabalho entre Prefeitura e Estado, sobretudo Cagece, para definir um cronograma imediato e solucionarmos essa situação ainda em 2016”, detalhou o secretário de Infraestrutura de Maracanaú, Carlos Eduardo Borges Evangelista.

O Governador ainda afirmou que vai regularizar a situação da concessão da Cagece em Maracanaú, que vive um impasse judicial desde a privatização do serviço em 2004 pela Administração Municipal da época. A empresa que venceu a licitação, denominada Águas de Maracanaú (capitaneada pelo Grupo Marquise) e a Cagece brigam há mais de 12 anos na Justiça para saber quem na verdade deve operar o sistema. Resultado dessa disputa judicial é que a população de Maracanaú tem seriamente comprometido o esgoto e saneamento, principalmente pela ausência de novos investimentos.

Segurança Pública – O prefeito Firmo Camurça apresentou ainda várias solicitações no sentido de melhorar a segurança pública em Maracanaú, que sofre com a elevação dos índices de criminalidade. Ao governador Camilo Santana, o Prefeito cobrou a conclusão da Delegacia Metropolitana, a construção de novas delegacias na Pajuçara, Timbó e Novo Maracanaú, bem como ampliação do efetivo de policiais, aumento do número de viaturas do Ronda e melhor estrutura de equipamentos para os agentes da Polícia Civil e Militar. (Oswaldo Scaliotti)

Publicidade

Prefeito Firmo Camurça recebe apoio do Governador para resolver os problemas na rede da Cagece e reforçar segurança pública em Maracanaú

Por Oswaldo Scaliotti em Investimento

09 de Abril de 2016

12953036_986642204756305_556486080_o

O prefeito de Maracanaú, Firmo Camurça, esteve reunido na tarde de ontem, 8, no Palácio da Abolição, com o governador Camilo Santana. A pauta da reunião foi buscar uma solução definitiva para os problemas na rede de saneamento da Cagece, que causa sérios danos ao asfalto em toda Cidade, alagamentos, possibilidade de acidentes no trânsito e risco à saúde dos maracanauenses. Outra reivindicação da Prefeitura foi o reforço da segurança pública em Maracanaú. A reunião contou com a presença da deputada federal Gorete Pereira, deputada estadual Fernanda Pessoa e do secretário de Infraestrutura de Maracanaú, Carlos Eduardo Borges Evangelista. Da parte do Governo do Estado, estavam presentes também o chefe de Gabinete, Élcio Batista, o secretário das Cidades, Lúcio Ferreira Gomes, secretário de Relações Institucionais, Nelson Martins, e diretores da Cagece.

Cagece – O governador Camilo Santana foi receptivo à reivindicação do prefeito Firmo Camurça no que se refere à rede de saneamento da Cagece em Maracanaú, comprometendo-se em buscar uma solução definitiva para os problemas. “Ficou acertada a formação de um Grupo de Trabalho entre Prefeitura e Estado, sobretudo Cagece, para definir um cronograma imediato e solucionarmos essa situação ainda em 2016”, detalhou o secretário de Infraestrutura de Maracanaú, Carlos Eduardo Borges Evangelista.

O Governador ainda afirmou que vai regularizar a situação da concessão da Cagece em Maracanaú, que vive um impasse judicial desde a privatização do serviço em 2004 pela Administração Municipal da época. A empresa que venceu a licitação, denominada Águas de Maracanaú (capitaneada pelo Grupo Marquise) e a Cagece brigam há mais de 12 anos na Justiça para saber quem na verdade deve operar o sistema. Resultado dessa disputa judicial é que a população de Maracanaú tem seriamente comprometido o esgoto e saneamento, principalmente pela ausência de novos investimentos.

Segurança Pública – O prefeito Firmo Camurça apresentou ainda várias solicitações no sentido de melhorar a segurança pública em Maracanaú, que sofre com a elevação dos índices de criminalidade. Ao governador Camilo Santana, o Prefeito cobrou a conclusão da Delegacia Metropolitana, a construção de novas delegacias na Pajuçara, Timbó e Novo Maracanaú, bem como ampliação do efetivo de policiais, aumento do número de viaturas do Ronda e melhor estrutura de equipamentos para os agentes da Polícia Civil e Militar. (Oswaldo Scaliotti)