Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Antonio Filho

Grupo CANPACK inaugura fábrica em Maracanaú

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

08 de Maio de 2018

Foto: Stênio Saraiva

O Grupo CANPACK inaugurou uma nova sede no Brasil. A fábrica é uma das recentes aquisições do grupo e está instalada no Polo Industrial de Maracanaú, onde funcionava a Cia Metalic do Nordeste. A unidade Industrial passou por uma ampla reforma em seu maquinário e estrutura.

Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Maracanaú, Antônio Filho, esse investimento representa um novo rumo para a economia do Município e do Estado. “Já foram gerados 300 empregos no Município e vão ser gerados ainda mais. Acreditamos que esse é o recomeço do crescimento da nossa economia. Em breve mais empresas nascerão em Maracanaú,” afirmou Antônio Filho.

A CANPACK é uma empresa polonesa que está no mercado de embalagens de metal há mais de 25 anos, e vem ampliando seu desempenho e posição em diversos países da Ásia, África, Oriente Médio e América do Sul. Atualmente, as 26 unidades de produção do grupo empregam mais de 6.500 funcionários. A CANPACK chegou ao Brasil com o início da construção da fábrica de Itumbiara, em Goiás e com a compra da Metalic. Atualmente são três fábricas no Brasil.

Segundo o Presidente da CANPACK Brasil, Paulo Dias, a aquisição foi uma aposta no grande potencial do mercado Brasileiro e Cearense. Paulo disse ainda que a empresa tem como planos desenvolver ações em parceria com escolas e órgãos do Município. “Acreditamos no potencial do mercado brasileiro e no potencial do estado do Ceará e da região do Nordeste. Temos planos de quando a fábrica estiver estabilizada, realizar algumas ações voltadas para a reciclagem de latas de alumínio. Esperamos que em 2019 possam ser desenvolvidas algumas atividades ou ações conjuntas com escolas ou hospitais, através da coleta e troca dessas latas por algum equipamento ou material,” disse Paulo.

Foto: Stênio Saraiva

O Prefeito Firmo Camurça destacou a importância da instalação da CANPACK no Município, que representa ganhos tanto para a economia como para a área social. “Ficamos muito felizes pelo investimento feito em nosso Município e pela contribuição tributária que a empresa gerará. Mas nossa alegria maior é devido ao crescimento da geração de empregos em Maracanaú. Mais empresas estão se instalando aqui, o que representa novas oportunidades para o nosso povo,” destacou Firmo.

O evento contou com a presença de uma comitiva de diretores e presidentes da empresa. Entre eles o CEO da Giorgi Global Holdings – Controladora da CANPACK, Peter Giorgi; o Presidente do Managemet Board e CEO Global da CANPACK S.A, Nico Nusmeier; o CEO da CANPACK Brasil, Paulo Dias; o COO da CANPACK, Carlos Alberto e o Membro do Conselho administrativo da CANPACK, Fhilip Impink.

Prestigiaram a inauguração, o Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Beto Studart, Representante da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Eduardo Neves, o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Maracanaú, Antônio Filho, o Secretário de Esportes, Márcio Caetano, e os Vereadores Demir Peixoto e Raphael Pessoa, que acompanharam o prefeito Firmo Camurça.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Maracanaú recebe Comitiva do Maranhão para apresentar política de atração de investimentos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

08 de Maio de 2018

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Maracanaú, Antônio Filho, recebeu uma comitiva do município de Castanhede, no Maranhão, composta pelo Chefe de Gabinete Bruno Vieira Bezerra, pelo secretário de Governo Luiz Carlos Rego Amaral e secretário de Infraestrutura José João Rabelo dos Santos. O objetivo principal da visita foi conhecer a política de atração de investimentos da Prefeitura de Maracanaú. Castanhede está localizada a 154 km de São Luiz e tem uma população de 21.600 habitantes.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Hidracor lança linha renovada de esmaltes e promove campeonato de futebol para pintores

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

31 de agosto de 2017

A Hidracor, empresa do grupo J.Macêdo com mais de 50 anos de mercado, está relançando a linha de esmaltes para madeira e metais e para apresentar o produto ao mercado a marca promoverá um campeonato de futebol para pintores chamado Pincel de Ouro. O evento esportivo ocorre amanhã, 1º de setembro. O lançamento para imprensa aconteceu hoje, 31, e o Investe CE conferiu os detalhes. O diretor comercial da Hidracor, Rodrigo Andrade, e o diretor superintendente, Paulo Janousek, fizeram um balanço do mercado de tintas, detalharam os investimentos da empresa que aposta na promoção de vendas e ampliação do estoque para ganhar ainda mais espaço no mercado local e nacional.  O secretário de Desenvolvimento Econômico de Maracanaú, Antonio Filho, apresentou um balanço do mercado de trabalho e investimentos públicos no Município. O evento contou ainda com uma visita guiada à fábrica da Hidracor.

A empresa, mesmo na atual crise econômica, ampliou o seu quadro de funcionários, de 360 em 2016 para 450 empregos diretos em 2017. O foco da Hidracor é ampliar o número de clientes nas regiões onde já atua. Paulo Janousek destacou que existe um mercado potencial de 110 mil lojas de construção civil no Brasil, segundo dados da  Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção – Anamaco.  “Esse momento de crise analisamos como uma oportunidade para expandirmos nesse mercado nacional”, avalia Janousek.

Em 2017 a Hidracor apresenta crescimento de 38% em volume diante de um mercado NE que cresce 7%. Seu Share estimado na região NE, dentre as tintas normatizadas pela ABRAFATI (Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas), varia de 15% a 25% nas principais categorias. No Ceará, onde tem sede, alcança 30% a 40% nas principais categorias e se consolida cada vez mais como a melhor opção de qualidade e preço justo no mercado regional.

Novos esmaltes – Os esmaltes, que têm como diferencial proteger, dar brilho, decorar as superfícies e oferecer preço justo são o Hidra+, um esmalte standard com secagem e qualidade superior, o Hidralar, que é um produto pronto pra uso, ou seja, não necessita diluição, e o Hidralit Eco, esmalte base água sem cheiro, de fácil aplicação, secagem rápida e ecologicamente recomendado.

A Hidracor – Sediada no Distrito Industrial de Maracanaú e com outra unidade de Acarape, a Hidracor é uma das maiores indústrias de tintas do Nordeste, com capacidade de produção de
até 100 milhões de litros/ano de tinta líquida, além de produzir Tinta Pó e cal, completando seu portfólio.

A Hidracor, que fabrica toda a linha de tintas e complementos para construção civil como
corantes, tintas látex, esmalte sintético, texturas e solventes, tem como foco o mercado
interno, notadamente as regiões Nordeste, mas com presença também na região Norte, Minas Gerais e em breve Goiânia e Distrito Federal.

Dados sobre a Hidracor 

Investimentos

• Principalmente em capital de giro para viabilizar um portfólio mais diversificado e uma qualidade maior no atendimento às lojas. Evolução de 82 para 92% das entregas próprias feitas em menos de 5 dias após o pedido, nesses últimos 2 anos.

• Intensificada a promoção das vendas (interação com o consumidor e com os profissionais no ponto de venda) e a comunicação, fundamentais para uma empresa que escolheu entregar uma qualidade diferenciada que é acessível, que não é cara demais.

Capacidade industrial

• 250 mil litros diários ou 7 milhões de litros mensais de tintas imobiliárias líquidas;

• 350 toneladas diárias ou 10 mil toneladas mensais de tintas imobiliárias em pó;

• Em agosto por exemplo, a previsão de vendas é 4,3 milhões de litros e 2.600 toneladas de pós.

Pessoas

• 450 funcionários diretos atualmente, 90 a mais que os 360 no início de 2016.

Mercado

• Atendimento todo o Nordeste e Norte do Brasil, mais partes do Sudeste e Centro-Oeste.

• Um terço das vendas são feitas ao Estado do Ceará.

Prioridades de negócio

• Crescer as vendas por meio do adensamento da cobertura das áreas principais e expansão seletiva a novas áreas.

• Expandir a oferta de produtos para fortalecer aquelas categorias onde a Hidracor ainda não é líder no Nordeste, especialmente látex acrílico para paredes externas e esmaltes para metal e madeira.

• Usufruir plenamente da capacidade industrial instalada.

Crescimento

• A Hidracor em 2017 vem obtendo receitas 24% maiores que no mesmo período de 2016, com destaque para os látex acrílicos e esmaltes para metais e madeiras que crescem acima da média.

• Em dois meses deste ano, junho e agosto mesmo ainda incompleto, superou o recorde anterior de quantidade total de látex vendido dentro daquele mês.

Participação de mercado

•  15 a 25% dos volumes de tintas vendidas na região Nordeste, naquelas categorias em que a empresa está mais fortalecida. O objetivo é levar todas as demais categorias de tintas até estes mesmos parâmetros.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti

 

Publicidade

Antônio Filho é o novo secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico de Maracanaú

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

18 de novembro de 2015

IMG-20151118-WA0000

  • Antônio Filho é o novo secretário do Trabalho e Desenvolvimento Econômico – STDE de Maracanaú, órgão estratégico do Governo Municipal

O prefeito de Maracanaú, Firmo Camurça, criou, por meio da Lei nº 2.427 de 30 de setembro de 2015, a nova Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Econômico – STDE, no último mês de outubro. O órgão é resultado da fusão das antigas Secretarias do Trabalho, Emprego e Empreendedorismo, com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. A mudança objetivou aprimorar e aproximar os diversos programas, projetos e ações de desenvolvimento, atração de empresas, intermediação e inserção no mercado de trabalho e qualificação. O titular da nova STDE será Antônio Filho, que já ocupava a função de secretário de Desenvolvimento Econômico de Maracanaú.

Currículo – Antônio Rodrigues de Sousa Filho é Engenheiro Civil graduado pela Universidade Federal do Ceará – UFC. Na Companhia de Desenvolvimento Industrial do Ceará, hoje Codece, trabalhou como engenheiro civil e diretor do Departamento de Distritos e Áreas Industriais. Também no Governo do Estado foi Gerente de Engenharia na Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Em Maracanaú, entre 2005 e 2015, ocupou a função de Secretário de Desenvolvimento Econômico, tendo também respondido cumulativamente pela Secretaria Regional da Grande Pajuçara por um período de 28 meses descontínuos. Agora, é o novo secretário de Trabalho e Desenvolvimento Econômico – STDE de Maracanaú.

Estrutura – Antônio Filho é responsável por gerir uma estrutura estratégica de equipamentos públicos e programas para Maracanaú. Responde pelo Programa de Atração de Empresas do Município, que, atualmente, conta 25 grandes negócios em instalação na Cidade, com a expectativa de 2.200 novos empregos diretos e investimentos de R$ 400 milhões. Também é o gestor responsável pelo Sine Municipal, pelos Centros de Atendimento ao Trabalhador e Empreendedor – Cates, pelo Programa Artesanato de Maracanaú e pela Rede Maracanaú de Economia Solidária, entre outros.

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Maracanaú receberá call center Indra e 1,2 mil novos empregos

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

25 de setembro de 2015

 

IMG-20150925-WA0001

O prefeito de Maracanaú, Firmo Camurça, assinou hoje, 25, no Palácio Antônio Gonçalves, protocolo de intenções que formaliza o investimento da empresa de call center Indra Brasil Soluções e Serviços Tecnológicos S/A. A empresa, que funcionará no Feira Center Shopping, no Jereissati I, vai investir R$ 9,7 milhões em sua unidade e gerar mais de 1.200 empregos diretos. Além do prefeito Firmo Camurça, participaram da solenidade o secretário de Desenvolvimento Econômico, Antônio Filho, o diretor de Tributação e Arrecadação do Município, Aldir Cavalcante, o gerente da Indra, Carlos Magalhães, o BPO da Indra, Odervald Urbano Filho, e João Diogo Oliveira, administrador do Feira Center Shopping.

A Indra, companhia multinacional com matriz na Espanha, teve receita global de 2,9 bilhões de euros em 2014. A empresa já iniciou a qualificação de parte dos funcionários e deve começar a funcionar na primeira quinzena de outubro em Maracanaú. Inicialmente, a unidade da Indra no Município irá prestar serviço para os cartões da Caixa Econômica Federal, tendo a pretensão de expandir rapidamente a carteira de clientes.

 

Incentivos – Para conceder os incentivos fiscais e apoio, como doação de terreno, subvenção do aluguel de galpões e infraestrutura urbana, o Governo Municipal exige da empresa captada pelo Programa de Atração que, pelo menos, 80% dos empregos criados sejam destinados aos moradores de Maracanaú, sendo metade deste percentual para pessoas com idade entre 18 e 29 anos.

* postado por Oswaldo Scaliotti

Publicidade

Maracanaú receberá call center Indra e 1,2 mil novos empregos

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

25 de setembro de 2015

 

IMG-20150925-WA0001

O prefeito de Maracanaú, Firmo Camurça, assinou hoje, 25, no Palácio Antônio Gonçalves, protocolo de intenções que formaliza o investimento da empresa de call center Indra Brasil Soluções e Serviços Tecnológicos S/A. A empresa, que funcionará no Feira Center Shopping, no Jereissati I, vai investir R$ 9,7 milhões em sua unidade e gerar mais de 1.200 empregos diretos. Além do prefeito Firmo Camurça, participaram da solenidade o secretário de Desenvolvimento Econômico, Antônio Filho, o diretor de Tributação e Arrecadação do Município, Aldir Cavalcante, o gerente da Indra, Carlos Magalhães, o BPO da Indra, Odervald Urbano Filho, e João Diogo Oliveira, administrador do Feira Center Shopping.

A Indra, companhia multinacional com matriz na Espanha, teve receita global de 2,9 bilhões de euros em 2014. A empresa já iniciou a qualificação de parte dos funcionários e deve começar a funcionar na primeira quinzena de outubro em Maracanaú. Inicialmente, a unidade da Indra no Município irá prestar serviço para os cartões da Caixa Econômica Federal, tendo a pretensão de expandir rapidamente a carteira de clientes.

 

Incentivos – Para conceder os incentivos fiscais e apoio, como doação de terreno, subvenção do aluguel de galpões e infraestrutura urbana, o Governo Municipal exige da empresa captada pelo Programa de Atração que, pelo menos, 80% dos empregos criados sejam destinados aos moradores de Maracanaú, sendo metade deste percentual para pessoas com idade entre 18 e 29 anos.

* postado por Oswaldo Scaliotti