Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Abrangência

Especialista em GHS da Intertox palestra no Fórum Paint & Pintura em Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

29 de Fevereiro de 2016

 Análise ] Com o tema ‘Abrangência, Legislação e Impacto do GHS, FISPQ e Rotulagem’, a apresentação de Fabriciano Pinheiro abordará as mudanças que o novo sistema vem trazendo às indústrias brasileiras

 

O diretor técnico da Intertox, referência nacional no segmento de segurança química, gestão ambiental e tecnologia da informação, Fabriciano Pinheiro, será palestrante do 23º Fórum Paint & Pintura de Tecnologia em Tintas – Região Nordeste, que acontece pela quarta vez em Fortaleza (CE) frente ao grande potencial de crescimento que a região tem em todas as áreas industriais, principalmente no setor de tintas, que conta com mais de 30 fabricantes somente na Grande Fortaleza. A apresentação acontece dia 3 de março às 09h30 com o tema ‘Abrangência, Legislação e Impacto do GHS, FISPQ e Rotulagem’.

 

Em 2015 passou a vigorar no Brasil a obrigação da adequação ao GHS (Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos) para todos os produtos químicos (classificação de perigo, FISPQ e rótulo), conforme exigências da Norma Regulamentadora n° 26 (NR 26), do Ministério do Trabalho e Emprego, e da norma ABNT-NBR 14725. O sistema elaborado pela ONU visa a harmonização global da classificação e comunicação dos perigos para conferir maior proteção para a saúde humana e para o meio-ambiente, ao oferecer informações consistentes sobre os produtos químicos. Com base nas exigências legais e ciente da vigência do GHS no Brasil, a palestra de Fabriciano Pinheiro discutirá a abrangência e os impactos que o sistema vem trazendo as indústrias brasileiras.

Na opinião do especialista, o correto gerenciamento dos produtos químicos gera benefício para toda a sociedade, garantindo menos acidentes, doenças e impactos ao meio ambiente. “O objetivo do GHS é que todos – seja consumidor ou trabalhador – tenham informação e conduzam o contato com químicos tomando os devidos cuidados, seja na nossa casa, para evitar que algum produto perigoso esteja ao alcance de uma criança, ou nos locais de trabalho, onde um trabalhador terá a informação clara que se ele inalar o produto por muito tempo poderá desenvolver uma doença e, por isso, a importância de usar o EPI adequado. Portanto, este assunto se estende para a sociedade como um todo, por exemplo, caso aconteça um acidente com um produto classificado como perigoso ao meio ambiente, as equipes de atendimento terão conhecimento de que tal produto não deve ter contato com corpos hídricos para evitar maiores impactos ambientais”, enfatiza.

O Fórum Paint & Pintura é direcionado para a indústria de tintas e suas três últimas edições realizadas em Fortaleza bateram recordes de participação de profissionais da área. Fabriciano Pinheiro também levará a palestra ‘Abrangência, Legislação e Impacto do GHS, FISPQ e Rotulagem’ para as cidades de Goiânia/GO – 7 de abril, Campinas/SP – 9 de junho, Vitória/ES – 8 de setembro e Caxias do Sul/RS – 11 de agosto. Gestores e profissionais da indústria de tintas e patrocinadores que possuem interesse no evento podem realizar a inscrição através do sitehttp://www.paintshow.com.br/paintpintura/eventos/foruns.html clicando no Fórum da cidade de interesse e preenchendo o formulário, que fica disponível no site com antecedência mínima de 30 dias antes do evento. A inscrição é gratuita.

 Fabriciano Pinheiro é biomédico e mestre em Toxicologia e Análises Toxicológicas. O diretor técnico da Intertox é coordenador do curso de pós-graduação em Ciência Toxicológicas e professor de Toxicologia nas Faculdades Oswaldo Cruz e da Comissão de Estudos “Informações sobre Segurança e Meio Ambiente relacionados a Produtos Químicos” do Comitê Brasileiro de Química da ABNT. Pinheiro também foi nos últimos dois anos representante do Brasil no Subcomitê de Especialistas da ONU sobre o GHS.

 

Serviço:

23º Fórum Paint & Pintura de Tecnologia em Tintas – Região Nordeste

Data: 2 e 3 de março

Local: Mareiro Hotel

Avenida Beira Mar, 2380 – Fortaleza (CE)

 

Palestra ‘Abrangência, Legislação e Impacto do GHS, FISPQ e Rotulagem’

Data: 3 de março

Horário: Das 09h30 às 10h15

 

Sobre a Intertox

A Intertox é referência nacional no segmento de segurança química, gerenciamento de riscos químicos, gestão ambiental e tecnologia da informação, com 16 anos de atuação no mercado. A empresa oferece serviços de documentação de segurança química; softwares voltados à gestão de riscos químicos, toxicológicos e ambientais; programa de gestão segura de produtos químicos; e avaliações toxicológicas e estudos de toxicidade in silico, segmento em que é pioneira no País. Possui um corpo técnico altamente especializado, três diretorias descentralizadas e amplo portfólio de serviços, que são customizados e adaptados de acordo com a necessidade de cada cliente. A Intertox também está presente na América Latina, com representantes na Argentina e no Chile. www.intertox.com.br

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Especialista em GHS da Intertox palestra no Fórum Paint & Pintura em Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

29 de Fevereiro de 2016

 Análise ] Com o tema ‘Abrangência, Legislação e Impacto do GHS, FISPQ e Rotulagem’, a apresentação de Fabriciano Pinheiro abordará as mudanças que o novo sistema vem trazendo às indústrias brasileiras

 

O diretor técnico da Intertox, referência nacional no segmento de segurança química, gestão ambiental e tecnologia da informação, Fabriciano Pinheiro, será palestrante do 23º Fórum Paint & Pintura de Tecnologia em Tintas – Região Nordeste, que acontece pela quarta vez em Fortaleza (CE) frente ao grande potencial de crescimento que a região tem em todas as áreas industriais, principalmente no setor de tintas, que conta com mais de 30 fabricantes somente na Grande Fortaleza. A apresentação acontece dia 3 de março às 09h30 com o tema ‘Abrangência, Legislação e Impacto do GHS, FISPQ e Rotulagem’.

 

Em 2015 passou a vigorar no Brasil a obrigação da adequação ao GHS (Sistema Globalmente Harmonizado para a Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos) para todos os produtos químicos (classificação de perigo, FISPQ e rótulo), conforme exigências da Norma Regulamentadora n° 26 (NR 26), do Ministério do Trabalho e Emprego, e da norma ABNT-NBR 14725. O sistema elaborado pela ONU visa a harmonização global da classificação e comunicação dos perigos para conferir maior proteção para a saúde humana e para o meio-ambiente, ao oferecer informações consistentes sobre os produtos químicos. Com base nas exigências legais e ciente da vigência do GHS no Brasil, a palestra de Fabriciano Pinheiro discutirá a abrangência e os impactos que o sistema vem trazendo as indústrias brasileiras.

Na opinião do especialista, o correto gerenciamento dos produtos químicos gera benefício para toda a sociedade, garantindo menos acidentes, doenças e impactos ao meio ambiente. “O objetivo do GHS é que todos – seja consumidor ou trabalhador – tenham informação e conduzam o contato com químicos tomando os devidos cuidados, seja na nossa casa, para evitar que algum produto perigoso esteja ao alcance de uma criança, ou nos locais de trabalho, onde um trabalhador terá a informação clara que se ele inalar o produto por muito tempo poderá desenvolver uma doença e, por isso, a importância de usar o EPI adequado. Portanto, este assunto se estende para a sociedade como um todo, por exemplo, caso aconteça um acidente com um produto classificado como perigoso ao meio ambiente, as equipes de atendimento terão conhecimento de que tal produto não deve ter contato com corpos hídricos para evitar maiores impactos ambientais”, enfatiza.

O Fórum Paint & Pintura é direcionado para a indústria de tintas e suas três últimas edições realizadas em Fortaleza bateram recordes de participação de profissionais da área. Fabriciano Pinheiro também levará a palestra ‘Abrangência, Legislação e Impacto do GHS, FISPQ e Rotulagem’ para as cidades de Goiânia/GO – 7 de abril, Campinas/SP – 9 de junho, Vitória/ES – 8 de setembro e Caxias do Sul/RS – 11 de agosto. Gestores e profissionais da indústria de tintas e patrocinadores que possuem interesse no evento podem realizar a inscrição através do sitehttp://www.paintshow.com.br/paintpintura/eventos/foruns.html clicando no Fórum da cidade de interesse e preenchendo o formulário, que fica disponível no site com antecedência mínima de 30 dias antes do evento. A inscrição é gratuita.

 Fabriciano Pinheiro é biomédico e mestre em Toxicologia e Análises Toxicológicas. O diretor técnico da Intertox é coordenador do curso de pós-graduação em Ciência Toxicológicas e professor de Toxicologia nas Faculdades Oswaldo Cruz e da Comissão de Estudos “Informações sobre Segurança e Meio Ambiente relacionados a Produtos Químicos” do Comitê Brasileiro de Química da ABNT. Pinheiro também foi nos últimos dois anos representante do Brasil no Subcomitê de Especialistas da ONU sobre o GHS.

 

Serviço:

23º Fórum Paint & Pintura de Tecnologia em Tintas – Região Nordeste

Data: 2 e 3 de março

Local: Mareiro Hotel

Avenida Beira Mar, 2380 – Fortaleza (CE)

 

Palestra ‘Abrangência, Legislação e Impacto do GHS, FISPQ e Rotulagem’

Data: 3 de março

Horário: Das 09h30 às 10h15

 

Sobre a Intertox

A Intertox é referência nacional no segmento de segurança química, gerenciamento de riscos químicos, gestão ambiental e tecnologia da informação, com 16 anos de atuação no mercado. A empresa oferece serviços de documentação de segurança química; softwares voltados à gestão de riscos químicos, toxicológicos e ambientais; programa de gestão segura de produtos químicos; e avaliações toxicológicas e estudos de toxicidade in silico, segmento em que é pioneira no País. Possui um corpo técnico altamente especializado, três diretorias descentralizadas e amplo portfólio de serviços, que são customizados e adaptados de acordo com a necessidade de cada cliente. A Intertox também está presente na América Latina, com representantes na Argentina e no Chile. www.intertox.com.br

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti