Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Responsabilidade social

Shopping da capital inaugura espaço voltado para atividades de saúde e bem-estar

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

23 de Maio de 2018

Neste mês de maio o North Shopping Jóquei inaugura área exclusiva para saúde e ações relacionadas. Localizado no Piso L2, o Espaço Saúde Jóquei sedia uma das atividades oferecidas pelo projeto Saúde Jóquei, desenvolvido gratuitamente pelo shopping desde 2016. Ele também foi pensado para receber palestras, campanhas de vacinação, consultas e demais iniciativas voltadas para vida saudável e bem-estar.

Semanalmente, o shopping estimula o público a praticar exercícios físicos e cuidar da saúde. Às terças e quintas, às 19h30, a nova atividade do Saúde Jóquei ocupa o Espaço Saúde Jóquei. O muay thai é uma luta completa e intensa, com alto gasto calórico e que movimenta várias partes do corpo.

No próximo dia 23 (quarta-feira) o local oferece aula gratuita de pilates solo. Em dois horários, 17h e 19h, a aula é um convite às pessoas que desejam conhecer a prática e experimentar suas vantagens.

Outra atividade inserida na programação do espaço é a Semana Internacional da Tireoide. No dia 26 (sábado), médicos e profissionais especializados em saúde da tireoide se reúnem, a partir de 14h, para realizar atendimentos e exames gratuitamente. O atendimento é por ordem de chegada e a ação é realizada em parceria com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia do Ceará.

Serviço: Espaço Saúde Jóquei. Aberto ao público de segunda a sexta-feira, com atividades do projeto Saúde Jóquei. Gratuito. Local: Piso L2. Informações: (85) 3403.7042 e www.northshoppingjoquei.com.br

 

Publicidade

Colégio Santo Inácio realiza Concerto em prol de instituição evangélica

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

21 de Maio de 2018

O Colégio Santo Inácio vai receber, na segunda-feira (28), às 19h30, o Concerto Mariano da Solidariedade. O evento, gratuito, tem como objetivo arrecadartodo o ofertório da noite em favor do Lar Batista – Abrigo de Crianças Abandonadas. A iniciativa vai contar com a participação do sanfoneiro Wladonys, da dupla Luis Marcelo e Gabriel, do cantor Philipe Dantas e da cantora católica Ticiana de Paula.

 
O evento é uma realização do Grupo Amare, e está em consonância com os valores da Rede Jesuíta de Educação, que sempre se pautou, tanto em seu projeto pedagógico como em suas atividades junto à comunidade, na solidariedade e no amor ao próximo. 
 
O Concerto Mariano acontecerá no mesmo dia da semana e horário nos quais acontecem as Noites da Misericórdia, presididas pelo padre Eugênio Pacelli. Segundo Pacelli, a igreja não pode construir muros, e sim pontes. “Não importa se estamos ajudando uma instituição dos nossos irmãos evangélicos. O importante é ajudar a quem está em sofrimento, independente de credo ou raça”, defende. 
 
Serviço:
 
Concerto Mariano da Solidariedade
Local: Colégio Santo Inácio
Data: 28 de maio de 2018
Horário: 19h30
Entrada Gratuita
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

UNINASSAU participa do “Saúde na Praça” nesta quinta (24)

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

21 de Maio de 2018

Projeto do Hospital Geral de Fortaleza oferece diversos serviços de saúde para a população

Quem passar pela Praça Doutor Carlos Alberto Studart (Praça das Flores) no horário das 07h às 11h, na próxima quinta-feira (24), vai se deparar com a participação da Faculdade UNINASSAU Fortaleza na ação “Saúde na Praça”. O evento é promovido pelo Hospital Geral de Fortaleza do Exército Brasileiro (HGeF) e terá uma programação composta por diversos serviços gratuitos para a população fortalezense.

A Instituição de Ensino Superior (IES) vai participar com alunos estagiários das graduações em Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição, Farmácia, Gastronomia, Psicologia, Serviço Social e Pedagogia. Cada curso vai disponibilizar um serviço diferente, como aferição de pressão arterial, teste de glicemia, terapia manual, ventosaterapia, pilates, minicurso de gastronomia, além de avaliação nutricional, conscientização da campanha do Movimento Maio Amarelo, uso correto de medicamentos e resgate de brincadeiras antigas (peteca, bambolê, elástico).

A participação da IES é organizada pela coordenadora de estágios, Ticiana Azevedo. “É uma parceria que vai agregar na vida dos nossos estudantes e na comunidade, pois será um momento para a construção de vínculos, fazendo com que eles tenham vivência em novos ambientes”, explica. Em complemento, o Coronel Médico João Luiz da Silva Junior do Hospital Geral de Fortaleza disse que “será uma manhã de atividades voltadas à promoção de saúde e qualidade de vida”, que é a proposta do projeto Saúde na Praça.

 

Serviço

Data: 24 de maio

Horário: 07h às 11h

Local: Praça das Flores

Publicidade

Hospital Regional da Unimed estimula doações de leite materno através de seu posto de coleta

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

18 de Maio de 2018

A solidariedade entre mães pode ajudar a salvar muitas vidas de bebês prematuros ou com quadros de saúde graves que estão internados em UTIs neonatais

 

19 de maio é Dia Nacional da Doação de Leite Materno, alimento muito importante para o desenvolvimento das crianças nos primeiros meses de vida. No entanto, por motivos diversos, algumas mães têm dificuldade com a amamentação. Mas, a solidariedade de tantas outras puérperas pode ser um alento em meio a esse desafio. Com o objetivo de ajudar essas mães, a Unimed Fortaleza dispõe do Posto de Coleta de Leite Humano no Hospital Regional Unimed (HRU).

 

A unidade conta com profissionais especializados para ajudar no processo de doação e também no aconselhamento clínico, colaborando com informações sobre os principais cuidados com a amamentação e com o recém-nascido. Em parceria com o HRU, o Banco de Leite da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac) realiza a pasteurização do leite doado. Depois desse processo, o leite é destinado à mulheres que não podem amamentar seus bebês. Cerca de 30% de todo leite materno arrecadado pelo Hospital da Unimed vai para a Meac e o restante para os recém-nascidos internados no próprio hospital.

 

De acordo com o Ministério da Saúde, a doação de leite materno pode auxiliar na redução da mortalidade infantil, visto que o alimento tem papel fundamental no fortalecimento da imunidade e no fornecimento de nutrientes importantes para os bebês. Segundo a coordenadora do Eixo Materno Infantil do HRU, a enfermeira Francineide Medeiros, muitos bebês internados na UTI neonatal são beneficiados com o leite doado. “Sabemos que o leite ideal para o recém-nascido é aquele proveniente da mãe, porém, mães de bebês internados muitas vezes não produzem a quantidade suficiente para suprir a necessidade de seu filho. Em virtude desta situação, os Bancos de Leito Humano incentivam as mães que estão amamentando a doar leite para salvar a vida de bebês prematuros internados nas unidades neonatais dos hospitais”, explica Francineide.

 

Como doar?

A mulher pode doar leite materno quantas vezes puder e quiser, pois quanto mais estimulada a mama maior a produção. O único requisito para doar é que a mãe esteja sadia. Com isso, basta ir até o posto de coleta do HRU, situado no 6º andar do hospital, e realizar a doação que é feita com todo apoio e orientação de um profissional de enfermagem. O atendimento no Posto acontece no horário das 7h às 18h. Se preferir, a mãe também pode realizar a coleta em casa, armazenando o leite em um recipiente de vidro, com tampa de plástico, como os de maionese ou de café solúvel, previamente fervido por no mínimo 20 minutos. O leite coletado em casa deve ser armazenado por no máximo 12 horas na geladeira ou 15 dias no congelador. O Posto de Coleta envia um transporte para buscar o leite materno na casa da doadora.

Publicidade

UNINASSAU realiza ação de conscientização em posto de saúde de Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

17 de Maio de 2018

Alunos do curso de Nutrição falarão sobre hipertensão arterial

Estudantes do curso de Nutrição da Faculdade UNINASSAU Fortaleza realizarão, nesta quinta-feira (17), Dia Mundial da Hipertensão Arterial, uma ação de conscientização sobre a patologia na Unidade Básica de Saúde Irmã Hercília Aragão, no bairro São João do Tauape, em Fortaleza. Quem estiver no posto de saúde pela manhã ou à tarde terá a oportunidade de receber orientação nutricional em relação à quantidade de sódio existente nos alimentos ultraprocessados que são consumidos pela população.

O elevado consumo de sódio e de alimentos processados e ultraprocessados facilita o surgimento da hipertensão arterial e de outros problemas de saúde como obesidade, osteoporose, problemas renais, doenças cardiovasculares e outros. O Guia Alimentar para a População Brasileira revela que alimentos desse tipo tendem a ser muito pobres em fibras, que são essenciais para a prevenção de doenças do coração, diabetes e vários tipos de câncer. O mesmo guia também indica o consumo de alimentos in natura, que são a base de uma alimentação equilibrada.

De acordo com a coordenadora do curso de Nutrição da UNINASSAU, Ângela Maia, é muito importante essa conscientização sobre diminuição do consumo desses alimentos. “Será um momento para alertar a população e incentivar o hábito do autocuidado, promovendo um estilo de vida mais saudável. A participação dos alunos vai ser fundamental para o crescimento pessoal e profissional deles”, avalia.

Além dessa ação, no sábado (19), os estudantes do 5º semestre de Nutrição vão prestar atendimento de saúde na Praça do Guajerú, também em Fortaleza.

Publicidade

Associação Nossa Casa homenageia mães em tratamento contra o câncer com show de Roberto Carlos cover

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

14 de Maio de 2018

A comemoração está marcada para acontecer na manhã do dia 15 de maio. O cover do cantor Roberto Carlos fará show de abertura da programação
Para marcar o Dia das Mães, uma manhã festiva será oferecida às mães em tratamento contra o câncer da Associação Nossa Casa. A comemoração acontecerá na terça-feira, 15, às 9 horas da manhã, na sede da instituição, com show do cover do cantor Roberto Carlos. 
 
Roberto Arruda, o sósia cearense do Rei, promete encantar o público cantando músicas do repertório do artista. O show é tradição na Associação Nossa Casa. Será oferecido ainda um “Dia de Beleza” para as mulheres, com aplicação de henna, esmaltação, maquiagem, lavagem, corte e secagem de cabelo.
 
Mais tarde, a Associação Nossa Casa preparará um almoço especial para pacientes e convidados. A festa acontecerá na sede da instituição, na Francisco Calaça, no bairro Álvaro Wenye. 
 
Aniversário de 14 anos da Nossa Casa
 
Associação Nossa Casa completou no último 28 de abril, 14 anos de fundação e mais um ano de serviços humanizados e especializados em Assistência Social e Saúde às pessoas acometidas pelo câncer. É um tempo que se resume em amor, empatia e fraternidade. Durante este período, muito amor foi passado adiante pela equipe de profissionais da instituição. 
 
Em sua sede, no bairro Álvaro Wenye, a Nossa Casa beneficia diretamente cerca de 500 pessoas por mês com ações de prevenção e informação. Todos os serviços oferecidos pela Nossa Casa são gratuitos e estão distribuídos em quatro programas: Assistência; Reinserção Social; Lazer e entretenimento, Educação em Saúde e Advocacia. A entidade sem fins lucrativos surgiu da iniciativa e união de esforços da sociedade civil, dos funcionários e pacientes do Centro Regional Integrado de Oncologia – CRIO. 
 
Além das atividades de conscientização, a Nossa Casa abriga pacientes em tratamento de radioterapia e quimioterapia em sua casa de apoio. Esta – com capacidade de acolhimento de até 50 pessoas – oferece às pessoas vindas do Interior e de outros estados conforto, hospedagem e cuidado humanizado. A maioria das pessoas atendidas na unidade são provenientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Durante hospedagem, os pacientes recebem atendimento multiprofissional e seis refeições por dia – especialmente preparadas por nutricionistas. 
 
Doações 
 
Para ajudar, as doações à Associação Nossa Casa podem ser feitas via conta do Banco do Brasil e/ou em sua sede. Visite-a. 
Banco do Brasil
Ag.: 3253-0 / Conta: 17830-6
 
Serviço – Associação Nossa Casa
Local: R. Francisco Calaça – Álvaro Weyne, Fortaleza
Horário de funcionamento: segunda a sexta (8h às 17h)
Telefone: (85) 3521.1538
Facebook: /associacaonossacasa
Instagram: @associacaonossacasa
Publicidade

Mães se reúnem pela inclusão e sustentabilidade na Praça Antônio Prudente

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

12 de Maio de 2018

Hapvida Saúde realiza evento em homenagem aos diversos perfis de mães, com reforço para a sustentabilidade

 

Diferentes perfis de mães se reuniram na manhã de hoje (12), na Praça Antonio Prudente, para comemorar o Dia das Mães de um jeito diferente, em prol da inclusão e em defesa da sustentabilidade. Executiva, que administra o tempo entre a maternidade e os inúmeros desafios da profissão; deficiente visual, que precisou vencer muitos obstáculos para criar sozinha suas duas filhas; profissional que escolheu a adoção para realizar o sonho de ser mãe; e empresária, que optou por uma técnica de reprodução assistida para formar uma família junto com sua companheira. Estas foram algumas das mulheres que participaram do encontro, mostrando que ser mãe é ser plural, tendo em comum uma característica: o amor pelos filhos e a preocupação com o futuro.

O evento foi promovido pelo Hapvida Saúde, com direito a passeio nos carros compartilhados do projeto Vamo (Veículos Alternativos para a Mobilidade), movidos 100% com energia limpa; aula de jardinagem e plantação de mudas. Para fechar, um vídeo das mães convidadas e seus filhos foi exibido em um telão durante o evento.

Homenagem

Em consonância com ideias contemporâneas, o Hapvida fez questão de convidar e lembrar dos diversos perfis de mães. São mães independentes, que superam dificuldades e que sabem seguir em frente criando seus filhos e, ao mesmo tempo, cuidando de si. Algumas optaram pelo modelo tradicional da família, outras são solteiras e dividem o tempo entre a educação dos filhos e o trabalho, e há aquela família formada por duas mães, que constroem diariamente uma família com muito afeto. Existem outras que encontraram na adoção um novo sentido para a maternidade.

Um exemplo delas é a Marlúcia Costa, de 55 anos, deficiente visual e mãe de duas filhas. A primeira filha chegou quando ela tinha 24 anos, e, segundo ela mesma, teve de fazer o papel de mãe e pai ao mesmo tempo, trabalhando como operadora de caixa durante 11 anos para poder sustentar a casa, só parou devido o avanço da doença genética que ocasionou a deficiência visual. Mesmo diante disso, ela afirma que a perda da visão nunca foi um empecilho, pelo contrário, sempre viveu bem, cuidou da casa e da família. Reforça que, atualmente, tem três netos lindos e maravilhosos, com quem compartilha os cuidados diários.

A Diretora de Comunicação e Marketing do Hapvida, Simone Varella, explica que a iniciativa teve como finalidade reforçar que o amor no ambiente familiar e a sustentabilidade andam juntas. “O Hapvida está atento às tendências do futuro, tanto na gestão dos nossos recursos como na formação das famílias que nem sempre seguem um padrão estabelecido pela sociedade. Por isso, chamamos para o evento mães dos perfis mais variados possíveis, para reconhecer o fundamental papel de cada uma delas na construção de um mundo plural, atento às diferenças e à natureza”, afirma.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Projeto Tamarindo inicia atividades nesta sexta (11), no município de Varjota

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

11 de Maio de 2018

Iniciativa apoiada pela Enel Distribuição Ceará formará 40 jovens em trabalhos socioambientais para desenvolvimento local

A partir desta sexta (11), o projeto Tamarindo iniciará a formação de 40 multiplicadores de Educação Ambiental, no município de Varjota. A iniciativa, apoiada pelo programa Luz Solidária da Enel Distribuição Ceará, é organizada Associação de Cultura Ambiental de Varjota. A solenidade de abertura ocorrerá na Rua Vicente Pereira de Sousa, bairro Croatá dos Martins, às 17 horas. Na ocasião, será realizada troca de lâmpadas para os clientes da localidade e participantes do projeto.

Os clientes deverão levar uma conta de energia recente (último mês), documento com foto, duas lâmpadas florescentes ou incandescentes. Cada participante poderá trocar até 2 lâmpadas. Ao todo, serão disponibilizadas 300 lâmpadas Led.

O projeto Tamarindo visa fortalecer a cultura ambiental e agricultura familiar, fomentar a geração de renda e a segurança alimentar das famílias de baixa renda, por meio da implementação do quintal produtivo. Além disso, os jovens vão desenvolver o reflorestamento local, sendo multiplicadores e apoiando a implementação de projetos comunitários de educação ambiental.

A intenção é construir uma Agenda Socioambiental na comunidade, que possibilite o desenvolvimento econômico local, como a criação de uma feira, fortalecendo o plano ecoturístico por meio da criação de oportunidades de ocupação, trazendo melhoria da qualidade de vida e na geração de trabalho e renda numa perspectiva sustentável, colaborando com o meio ambiente evitando impactos ambientais.

O programa

O Luz Solidária estimula o uso de eletrodomésticos eficientes por meio de descontos de 50% na compra de equipamentos novos e contribui com um projeto social. Desde a sua criação, em dezembro de 2009, o programa já trocou cerca de 62 mil eletrodomésticos, concedeu aproximadamente 31 milhões de bônus aos clientes residenciais e ofertou quase R$ 7,3 milhões a 224 projetos de geração de renda, meio ambiente, direitos humanos e capacitação no Ceará, Goiás e Rio de Janeiro.

Serviço:

Início das atividades do projeto Tamarindo

Data: 11/05/2018

Local: Rua Vicente Pereira de Sousa, bairro Croatá dos Martins – Varjota

Horário:17 horas

leia tudo sobre

Publicidade

Parceria entre São Camilo Cura d’Ars e Incor Criança pretende atender 15 crianças por mês pelo SUS

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

25 de Abril de 2018

Com a inauguração do Centro Cirúrgico Cardiovascular Pediátrico do Hospital  São Camilo será possível cumprir a meta de 15 atendimentos por mês. O evento de inauguração será prestigiado por representantes da Instituição Americana Children’s HeartLink, e professores voluntários do Seattle Children’s Hospital

Será inaugurado nesta quinta-feira, às 17hs, o Centro Cirúrgico Cardiovascular Pediátrico do Hospital São Camilo. Com a inauguração desse novo espaço, o Hospital e o Instituto do Coração, da Criança e do Adolescente – InCor Criança – poderão proporcionar a um grupo de crianças carentes já atendidas pelo Sistema Único de Saúde – SUS – e que estão em filas aguardando por cirurgias, a oportunidade de atendimento por uma Instituição filantrópica. Com o objetivo de acelerar esse processo, a meta dessa parceria é que em um mês sejam atendidas duas crianças por convênio ou particular e quinze crianças pelo SUS.

No evento de inauguração estarão presentes representantes da Instituição americana Children’s HeartLink, e professores voluntários do Seattle Children’s Hospital, ambos irão prestigiar a solenidade acompanhados por um tradutor. Além das personalidades, a ocasião conta com os grandes idealizadores desta parceria: o Superintendente Norte Nordeste do Hospital São Camilo Fortaleza, Padre Francisco Gomes da Silva; o Diretor Administrativo, Aldenis Machado; o Diretor Técnico Madison Mont’Alverne; o Diretor Técnico do Hospital do InCor Criança, Valdester Pinto Júnior e o Presidente do InCor Criança, Francisco Stonio.

As crianças atendidas pelo SUS receberão atendimento ambulatorial no InCor Criança e o tratamento cirúrgico na Unidade do Hospital São Camilo. A UTI Pediátrica recentemente inaugurada, foi o diferencial para a concretização desse projeto. A Unidade que conta com cinco leitos independentes, é fundamental para melhor atender as crianças que passam por algum processo cirúrgico e necessitam de uma Unidade de Terapia Intensiva.

Segundo o Diretor Técnico do Hospital do InCor Criança, Valdester Pinto Júnior, a inauguração do Centro Cirúrgico Cardiovascular Pediátrico do Hospital São Camilo proporcionará um alcance social incalculável. “É um presente que a população cearense está recebendo na área da saúde. No momento de crise que o país está passando, o Hospital São Camilo abre suas portas para uma parceria que vai proporcionar a crianças do SUS, atendimento especializado e todos os benefícios de suas instalações, que agora não recebem apenas crianças através de convênios ou particular”, afirma.

Serviço:

Hospital São Camilo Cura D’ars

Rua: Costa Barros, 833 – Centro / Fortaleza, Ce – Fone: 3464.7000

site: www.saocamilofortaleza.org.br

Responsável Técnico: Dr. Madison Mont’Alverne. CRM: 3794

Coordenadora Médica da UTI Pediátrica: Dra. Débora Mont’Alverne

 

leia tudo sobre

Publicidade

Ambev anuncia 25 ONGs escolhidas para fazerem curso de gestão com seus executivos

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

20 de Abril de 2018

 

Conheça as organizações que vão participar do VOA; executivos da companhia serão professores do curso e aula de estreia terá participação do CEO Bernardo Paiva

 

A Ambev anunciou os nomes das 25 ONGs brasileiras selecionadas para participarem do programa VOA, curso criado pela companhia para compartilhar seus conhecimentos em gestão. O objetivo do programa é transferir o conhecimento de gestão que a Ambev tem para essas organizações e assim ajudá-las expandirem sua atuação e, em consequência, seu impacto na sociedade.

 

O VOA terá quatro módulos, que serão divididos em seis encontros presenciais que acontecerão ao longo do ano na sede da Ambev. As aulas terão início na segunda metade de abril e serão lideradas por executivos e funcionários da Ambev, que se candidataram como voluntários do VOA. A primeira aula contará com a participação especial do CEO Bernardo Paiva, que vai abrir o programa.

 

Os voluntários da Ambev, especialistas em suas áreas de atuação, também serão responsáveis por oferecer mentoria personalizada para as organizações participantes. Cada ONG terá seu próprio padrinho, responsável pelo acompanhamento de sua evolução nas aulas, implementação do conteúdo e desenvolvimento do projeto a ser apresentado ao final do curso. Foram mais de 700 funcionários interessados em participar como voluntários do programa.

 

Após participarem dos encontros do VOA, as ONGs apresentarão um projeto prático realizado com base no aprendizado. A organização com o projeto mais bem avaliado receberá, ainda, um auxílio financeiro para aplicação na ONG.

 

O VOA foi criado alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 1, 4, 8 e 17 da ONU, que buscam tornar o mundo mais inclusivo e sustentável. O programa nasceu da vontade da cervejaria de ajudar a construir um mundo melhor, compartilhando os conhecimentos e práticas adotados pela própria companhia e reconhecidos no mercado. Assim, o VOA quer oferecer apoio às ONGs para que elas atinjam seus propósitos e ajudem suas causas de maneira mais eficiente e estruturada.

 

“Em nosso dia a dia, atendemos e visitamos diversas comunidades pelo país e, no contato com essas diferentes realidades, percebemos que poderíamos ajudar. Compartilhando nossas experiências em gestão, estamos ajudando o mundo a ser melhor. Junto com as ONGs, por meio de nossa troca de experiências, queremos deixar um legado de boas práticas”, afirma Carla Crippa, diretora de sustentabilidade da Ambev.

 

Mais de 2.000 ONGs se cadastraram para a seleção do programa. A escolha das participantes envolveu critérios como potencial de impacto social nas novas gerações, visão de futuro e comprometimento. Veja abaixo as ONGs que vão participar do VOA:

 

  • Arrastão Movimento de Promoção Humana:atua em São Paulo desde 1968. Oferece projetos de capacitação e programa de formação e empreendedorismo para jovens.

 

  • Associação Brasileira de Assistência e Desenvolvimento Social – ABADS: atende cerca de 1.000 pessoas por mês e promove a inclusão e capacitação de crianças e jovens com deficiência intelectual e transtorno do espectro autista na Grande SP.

 

  • Associação Celebreiros: capacita e encaminha jovens na região do Vale do Paraíba (SP); já produziu espetáculos teatrais, oficinais de cinema e tem um canal de TV produzido pelos jovens atendidos.

 

  • Associação Junior Achievement do Brasil:tem três pilares de atuação (educação financeira, preparação para o mercado de trabalho e empreendedorismo) para inspirar e capacitar jovens em todo o território nacional.

 

  • Associação Luta pela Paz: trabalha com crianças e jovens da comunidade da Maré (RJ) e oferece oportunidades em educação, esportes, qualificação profissional e liderança juvenil.

 

  • Associação Rede de Desenvolvimento da Maré: atendeu cerca de 4.500 pessoas em 2017 na comunidade da Maré (RJ); oferece curso pré-vestibular gratuito e desenvolve ações em diversas áreas como educação, arte, cultura e acesso à justiça.

 

  • Associação Social e Educacional Casa do Zezinho: com atuação na zona sul da cidade de São Paulo, atende crianças e jovens e oferece múltiplas atividade de educação e cultura.

 

  • Associação de ensino Profissionalizante – ESPRO: com abrangência nacional, atua desde 1979 promovendo a inclusão social por meio de ações socioeducativas.

 

  • Casa Azul Felipe Augusto: com atuação nas cidades satélite de Brasília (DF), oferece atividades de contraturno escolar, aulas de artes, música, dança, informática, esportes e capacitação profissional.

 

  • Ensina Brasil: recruta e seleciona jovens talentos oferecendo capacitação e mentoria constantes, tornando-os aptos a darem aulas em escolas vulneráveis da rede pública em sete cidades brasileiras.

 

  • Foco empreendedor: fomenta o empreendedorismo, desenvolvendo projetos com base na educação. Atua na região de Porto Alegre (RS).

 

  • Grupo Nós do Morro: oferece ações culturais e capacitação na comunidade do Vidigal, no Rio de Janeiro, onde atua desde 1987.

 

  • Grupo de Informática, Comunicação e Ação Local (GIRAL): tem como objetivo formar jovens agentes de desenvolvimento por meio de projetos de produção audiovisual em Pernambuco.

 

  • Instituição de Incentivo à Criança e ao adolescente de Mogi-Mirim: utiliza a arte-educação como ferramenta de transformação social e desenvolvimento de competências.

 

  • Instituto Beatriz e Lauro Fiuza: desenvolve programas de apoio à formação de crianças e adolescentes em Fortaleza (CE).

 

  • Instituto Bom Aluno do Brasil: fornece apoio educativo a alunos de escolas públicas e realiza atividades de desenvolvimento socioeducacional até a graduação na região metropolitana de Curitiba (PR).

 

  • Instituto Esporte Educação: criado pela ex-jogadora de vôlei Ana Moser, leva projetos esportivos e educacionais para crianças e jovens e também atua na formação de professores em São Paulo.

 

  • Instituto Gabriel Medina: é referência no trabalho de base para a formação de novos surfistas; jovens recebem, além dos treinos específicos, aulas de inglês, tecnologia, acompanhamento médico e palestras socioeducativas na região de São Sebastião (litoral de SP).

 

  • Instituto Guga Kuerten: atua prioritariamente em Florianópolis (SC) com projetos de educação e integração social de pessoas com deficiência e de uso do esporte como estratégia de desenvolvimento integral de crianças e adolescentes.

 

  • Instituto Verdescola: oferece cursos profissionalizantes em parceria com outras instituições e um programa multidisciplinar para crianças e jovens da rede pública de ensino do litoral norte do estado de São Paulo.

 

  • Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação – IPTI: promove o desenvolvimento com soluções inovadoras e utilizando tecnologias sociais, que associam arte, ciência e tecnologia no Sergipe.

 

  • Instituto de Responsabilidade e Investimento Social | IRIS: tem como objeto social a promoção gratuita da educação, cidadania e diretos humanos por meio de diversos projetos em Salvador (BA).

 

  • Projeto Ruas: trabalha para o bem-estar e a cidadania da população em situação de rua e treina voluntários para liderarem atividades com essa população no Rio de Janeiro.

 

  • Pró-Saber SP: oferece contraturno escolar para crianças e adolescentes da comunidade de Paraisópolis (SP) com atividades de música, literatura, dança e jogos.

 

  • União de Núcleos e Associações de Heliópolis e Região – UNAS: contribui para o desenvolvimento da comunidade de Heliópolis (SP) com ações nas áreas de educação e assistência social.

 

Sobre a Cervejaria Ambev

 

Unir as pessoas por um mundo melhor. Esse é o sonho da Cervejaria Ambev, empresa brasileira, com sede em São Paulo, e presente em 18 países. No Brasil, somos mais de 32 mil pessoas que dividem a mesma paixão por produzir cerveja e trabalhamos juntos para garantir momentos de celebração e diversão.

 

A Ambev é uma cervejaria inovadora e temos o consumidor no centro de nossas decisões e iniciativas. Nosso portfólio conta com cervejas, refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos, sucos (de marcas reconhecidas como Skol, Brahma, Antarctica, Budweiser, Stella Artois, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica, Fusion, do bem) e AMA, a água mineral que destina 100% de seu lucro para projetos que levam acesso à água potável para famílias do semiárido brasileiro.

 

Somente nos últimos cinco anos, investimos R$ 17,5 bilhões no país e deixamos um legado além dos investimentos com nossa ampla plataforma de sustentabilidade. Esse compromisso inclui metas claras, divulgadas publicamente, e se traduz em quatro pilares: consumo inteligente, água, resíduo zero e desenvolvimento. Esse trabalho é feito com uma rede de parceiros, pois acreditamos que a construção de um mundo melhor se torna mais rica quando feita em conjunto.

leia tudo sobre

Publicidade

Ambev anuncia 25 ONGs escolhidas para fazerem curso de gestão com seus executivos

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

20 de Abril de 2018

 

Conheça as organizações que vão participar do VOA; executivos da companhia serão professores do curso e aula de estreia terá participação do CEO Bernardo Paiva

 

A Ambev anunciou os nomes das 25 ONGs brasileiras selecionadas para participarem do programa VOA, curso criado pela companhia para compartilhar seus conhecimentos em gestão. O objetivo do programa é transferir o conhecimento de gestão que a Ambev tem para essas organizações e assim ajudá-las expandirem sua atuação e, em consequência, seu impacto na sociedade.

 

O VOA terá quatro módulos, que serão divididos em seis encontros presenciais que acontecerão ao longo do ano na sede da Ambev. As aulas terão início na segunda metade de abril e serão lideradas por executivos e funcionários da Ambev, que se candidataram como voluntários do VOA. A primeira aula contará com a participação especial do CEO Bernardo Paiva, que vai abrir o programa.

 

Os voluntários da Ambev, especialistas em suas áreas de atuação, também serão responsáveis por oferecer mentoria personalizada para as organizações participantes. Cada ONG terá seu próprio padrinho, responsável pelo acompanhamento de sua evolução nas aulas, implementação do conteúdo e desenvolvimento do projeto a ser apresentado ao final do curso. Foram mais de 700 funcionários interessados em participar como voluntários do programa.

 

Após participarem dos encontros do VOA, as ONGs apresentarão um projeto prático realizado com base no aprendizado. A organização com o projeto mais bem avaliado receberá, ainda, um auxílio financeiro para aplicação na ONG.

 

O VOA foi criado alinhado com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 1, 4, 8 e 17 da ONU, que buscam tornar o mundo mais inclusivo e sustentável. O programa nasceu da vontade da cervejaria de ajudar a construir um mundo melhor, compartilhando os conhecimentos e práticas adotados pela própria companhia e reconhecidos no mercado. Assim, o VOA quer oferecer apoio às ONGs para que elas atinjam seus propósitos e ajudem suas causas de maneira mais eficiente e estruturada.

 

“Em nosso dia a dia, atendemos e visitamos diversas comunidades pelo país e, no contato com essas diferentes realidades, percebemos que poderíamos ajudar. Compartilhando nossas experiências em gestão, estamos ajudando o mundo a ser melhor. Junto com as ONGs, por meio de nossa troca de experiências, queremos deixar um legado de boas práticas”, afirma Carla Crippa, diretora de sustentabilidade da Ambev.

 

Mais de 2.000 ONGs se cadastraram para a seleção do programa. A escolha das participantes envolveu critérios como potencial de impacto social nas novas gerações, visão de futuro e comprometimento. Veja abaixo as ONGs que vão participar do VOA:

 

  • Arrastão Movimento de Promoção Humana:atua em São Paulo desde 1968. Oferece projetos de capacitação e programa de formação e empreendedorismo para jovens.

 

  • Associação Brasileira de Assistência e Desenvolvimento Social – ABADS: atende cerca de 1.000 pessoas por mês e promove a inclusão e capacitação de crianças e jovens com deficiência intelectual e transtorno do espectro autista na Grande SP.

 

  • Associação Celebreiros: capacita e encaminha jovens na região do Vale do Paraíba (SP); já produziu espetáculos teatrais, oficinais de cinema e tem um canal de TV produzido pelos jovens atendidos.

 

  • Associação Junior Achievement do Brasil:tem três pilares de atuação (educação financeira, preparação para o mercado de trabalho e empreendedorismo) para inspirar e capacitar jovens em todo o território nacional.

 

  • Associação Luta pela Paz: trabalha com crianças e jovens da comunidade da Maré (RJ) e oferece oportunidades em educação, esportes, qualificação profissional e liderança juvenil.

 

  • Associação Rede de Desenvolvimento da Maré: atendeu cerca de 4.500 pessoas em 2017 na comunidade da Maré (RJ); oferece curso pré-vestibular gratuito e desenvolve ações em diversas áreas como educação, arte, cultura e acesso à justiça.

 

  • Associação Social e Educacional Casa do Zezinho: com atuação na zona sul da cidade de São Paulo, atende crianças e jovens e oferece múltiplas atividade de educação e cultura.

 

  • Associação de ensino Profissionalizante – ESPRO: com abrangência nacional, atua desde 1979 promovendo a inclusão social por meio de ações socioeducativas.

 

  • Casa Azul Felipe Augusto: com atuação nas cidades satélite de Brasília (DF), oferece atividades de contraturno escolar, aulas de artes, música, dança, informática, esportes e capacitação profissional.

 

  • Ensina Brasil: recruta e seleciona jovens talentos oferecendo capacitação e mentoria constantes, tornando-os aptos a darem aulas em escolas vulneráveis da rede pública em sete cidades brasileiras.

 

  • Foco empreendedor: fomenta o empreendedorismo, desenvolvendo projetos com base na educação. Atua na região de Porto Alegre (RS).

 

  • Grupo Nós do Morro: oferece ações culturais e capacitação na comunidade do Vidigal, no Rio de Janeiro, onde atua desde 1987.

 

  • Grupo de Informática, Comunicação e Ação Local (GIRAL): tem como objetivo formar jovens agentes de desenvolvimento por meio de projetos de produção audiovisual em Pernambuco.

 

  • Instituição de Incentivo à Criança e ao adolescente de Mogi-Mirim: utiliza a arte-educação como ferramenta de transformação social e desenvolvimento de competências.

 

  • Instituto Beatriz e Lauro Fiuza: desenvolve programas de apoio à formação de crianças e adolescentes em Fortaleza (CE).

 

  • Instituto Bom Aluno do Brasil: fornece apoio educativo a alunos de escolas públicas e realiza atividades de desenvolvimento socioeducacional até a graduação na região metropolitana de Curitiba (PR).

 

  • Instituto Esporte Educação: criado pela ex-jogadora de vôlei Ana Moser, leva projetos esportivos e educacionais para crianças e jovens e também atua na formação de professores em São Paulo.

 

  • Instituto Gabriel Medina: é referência no trabalho de base para a formação de novos surfistas; jovens recebem, além dos treinos específicos, aulas de inglês, tecnologia, acompanhamento médico e palestras socioeducativas na região de São Sebastião (litoral de SP).

 

  • Instituto Guga Kuerten: atua prioritariamente em Florianópolis (SC) com projetos de educação e integração social de pessoas com deficiência e de uso do esporte como estratégia de desenvolvimento integral de crianças e adolescentes.

 

  • Instituto Verdescola: oferece cursos profissionalizantes em parceria com outras instituições e um programa multidisciplinar para crianças e jovens da rede pública de ensino do litoral norte do estado de São Paulo.

 

  • Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação – IPTI: promove o desenvolvimento com soluções inovadoras e utilizando tecnologias sociais, que associam arte, ciência e tecnologia no Sergipe.

 

  • Instituto de Responsabilidade e Investimento Social | IRIS: tem como objeto social a promoção gratuita da educação, cidadania e diretos humanos por meio de diversos projetos em Salvador (BA).

 

  • Projeto Ruas: trabalha para o bem-estar e a cidadania da população em situação de rua e treina voluntários para liderarem atividades com essa população no Rio de Janeiro.

 

  • Pró-Saber SP: oferece contraturno escolar para crianças e adolescentes da comunidade de Paraisópolis (SP) com atividades de música, literatura, dança e jogos.

 

  • União de Núcleos e Associações de Heliópolis e Região – UNAS: contribui para o desenvolvimento da comunidade de Heliópolis (SP) com ações nas áreas de educação e assistência social.

 

Sobre a Cervejaria Ambev

 

Unir as pessoas por um mundo melhor. Esse é o sonho da Cervejaria Ambev, empresa brasileira, com sede em São Paulo, e presente em 18 países. No Brasil, somos mais de 32 mil pessoas que dividem a mesma paixão por produzir cerveja e trabalhamos juntos para garantir momentos de celebração e diversão.

 

A Ambev é uma cervejaria inovadora e temos o consumidor no centro de nossas decisões e iniciativas. Nosso portfólio conta com cervejas, refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos, sucos (de marcas reconhecidas como Skol, Brahma, Antarctica, Budweiser, Stella Artois, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica, Fusion, do bem) e AMA, a água mineral que destina 100% de seu lucro para projetos que levam acesso à água potável para famílias do semiárido brasileiro.

 

Somente nos últimos cinco anos, investimos R$ 17,5 bilhões no país e deixamos um legado além dos investimentos com nossa ampla plataforma de sustentabilidade. Esse compromisso inclui metas claras, divulgadas publicamente, e se traduz em quatro pilares: consumo inteligente, água, resíduo zero e desenvolvimento. Esse trabalho é feito com uma rede de parceiros, pois acreditamos que a construção de um mundo melhor se torna mais rica quando feita em conjunto.