Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Instituto MRV lança Educar para Transformar – 3ª Chamada Pública de Projetos

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

31 de Janeiro de 2018

Interessados têm até o dia 23 de fevereiro para inscrever projetos com foco em educação e sustentabilidade

O Instituto MRV, organização sem fins lucrativos fundada pela MRV Engenharia, lança o Educar para Transformar, sua terceira Chamada Pública de projetos, que irá apoiar quatro iniciativas sociais voltadas para educação e sustentabilidade. Os interessados devem fazer a inscrição entre os dias 1° e 23 de fevereiro por meio do site:

 http://www.institutomrv.com.br/pt/chamadapublicadeprojetos.

Esse é o terceiro ano consecutivo que o Instituto MRV realiza a chamada e desta vez tem como mote “Educação transformadora com foco no desenvolvimento sustentável”. Podem se inscrever instituições sem fins lucrativos com pelo menos um ano de existência e pessoas físicas, a partir de 18 anos, dos mais de 20 estados onde a MRV Engenharia atua. Para o diretor do Instituto MRV, Raphael Lafetá, o Educar para Transformar fomenta boas ideias de projetos sociais e potencializa ainda mais as atividades do Instituto MRV.” Acreditamos no poder transformador de projetos voltados para a educação e sustentabilidade. Os temas são as bandeiras que apostamos para o crescimento de uma sociedade mais justa e igualitária” destaca.

A avaliação dos projetos acontecerá de 26 de fevereiro a 9 de março e será realizada por uma comissão que levará em conta critérios como a realidade da comunidade, áreas de atuação do programa, potencial inovador, entre outras características. As iniciativas selecionadas serão disponibilizadas para votação popular a partir do dia 19 de março indo até o dia 23 do mesmo mês. Os quatro projetos mais votados pelo público serão apresentados no dia 27 de março e cada um deles receberá um aporte de R$ 80 mil.

Os responsáveis pelos projetos selecionados passarão por um treinamento entre os dias 17 e 19 de abril na sede da MRV Engenharia, em Belo Horizonte, que irá capacitá-los para desenvolver o projeto contemplado.

No ano passado, os projetos que receberam o apoio do Instituto MRV foram:

 O Projeto “Oportunidade para Brilhar” atua em Nova Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, contribuindo para a proteção de direitos das crianças e adolescentes expostas a vulnerabilidade social, por meio de atividades esportivas, realizadas fora do turno escolar.

O Projeto “Gaia+Educação” de Piracicaba, estado de São Paulo trabalha com educação complementar, possibilitando que os alunos atinjam o máximo de suas potencialidades por meio da educação e do esporte.

O Projeto “Nadar para Desenvolver” do Rio de Janeiro promove a habilitação, reabilitação e a inclusão social e educacional de crianças e adolescentes com deficiência por meio de atividades aquáticas.

Já o Projeto “Rede Solidária Natureza Viva” de Governador Valadares trabalha com Educação Ambiental nas escolas que propõe a organização de uma rede solidária de apoio à Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Natureza Viva, com vistas à ampliação e melhoria da coleta seletiva na cidade.

Sobre o Instituto MRV

Fundado em 2014, o Instituto MRV é responsável pelo gerenciamento de projetos voltados para a educação e preservação ambiental em todo o Brasil. A instituição atua investindo em projetos e parcerias que podem auxiliar as comunidades onde atua, além de incentivar o voluntariado dos mais de 25 mil colaboradores da MRV Engenharia.

Publicidade

Xexéu, ex-Timbalada, anima pré-carnaval GRATUITO em espaço gastronômico de Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

31 de Janeiro de 2018

 
Em clima carnavalesco, o espaço gastronômico Imprensa Food Square realiza, na próxima sexta-feira, 02 de fevereiro, a partir das 17h, mais uma edição do Bloquinho do Imprensa. O pré-carnaval GRATUITO, vai trazer o músico Xexéu, que embalou anos de sucesso a frente do grupo Timbalada, na década de 1990. No repertório as músicas “Beija-flor” e “Namoro a dois” serão relembradas. Além do ex-Timbalada, anima também o Bloquinho do Imprensa o músico Wellington Hans.
Para os foliões que chegarem cedo, a partir das 17h, 100 chopps serão distribuídos gratuitamente. Além disso, não vai faltar diversidade gastronômica, já que o espaço dispõe de 14 food trucks, um bistrô e um quiosque no formato boteco.
Serviço:
Bloquinho do Imprensa Food Square
Local: Avenida Desembargador Moreira, 2355, Bairro Dionísio Torres
Dia 02 de fevereiro, a partir das 17h
Entrada grátis
Não é cobrado couvert artístico
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Embrapa muda gestão corporativa

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

31 de Janeiro de 2018

Nesta quinta-feira, 1º de fevereiro, a Embrapa reduz de 15 para seis as áreas administrativas da sede da Empresa, em Brasília, com corte de funções gratificadas e alteração de toda a estrutura e processos.

O ajuste, mantendo o mesmo grupo de empregados, faz parte da maior mudança administrativa da história da Empresa, que, no final de 2017, já havia reduzido a quantidade — de 46 para 42 — de Unidades de pesquisa e inovação, com a extinção de cinco Unidades de serviço. Também em 2017, a Embrapa adotou um novo Estatuto, alinhado à Lei das Estatais e produzido com a orientação da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST) e do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

A ampla revisão da governança da Embrapa ocorre em resposta à “necessidade de ajustar a Empresa às mudanças tecnológicas e sociais e aumentar a eficiência”, diz o presidente Maurício Antonio Lopes. Ele cita redução dos recursos públicos e transformações em grande velocidade na agricultura e no ambiente tecnológico como pano de fundo para o esforço da Embrapa em ajustar sua estrutura e gestão e se antecipar às mudanças que tendem a ser constantes.

Melhor acesso à Embrapa

Cleber Soares, diretor-executivo de Inovação e Tecnologia da Embrapa, diz que os agricultores e lideranças do agronegócio vão notar a diferença em curto prazo por meio da maior facilidade no acesso à tecnologia ou aos ativos tecnológicos, tanto diretamente com a Embrapa como também por meio de parceiros. Ele explica que há um enorme esforço para garantir a otimização dos processos e o foco da Empresa em inovação e proximidade com o mercado, inclusive pela ampliação das parcerias públicas e privadas. “Queremos alcançar mais facilmente as cadeias produtivas, e, consequentemente, o produtor rural, entregando ativos tecnológicos de forma mais dinâmica e eficiente”, explica.

Maurício Lopes explica que “estamos fazendo um grande esforço dar agilidade, mais atenção à atividade-fim e obter maior proximidade com o mercado de inovações tecnológicas e os produtores. Em resumo: garantir que a instituição continue atendendo a sua missão”. Outra novidade na administração é a implantação de um modelo inovador, baseado em gestão por processos, que garante integração e interação mais dinâmica entre as profissionais e áreas, particularmente entre Unidades administrativas e de pesquisa.

As transformações contam com o incentivo e acompanhamento do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, e também do presidente do Conselho de Administração da Empresa, Eumar Novacki. Elas significaram, principalmente, junção de órgãos com alinhamento de atividades. As mudanças seguem com análise e revisão da atuação dos centros de pesquisa em todo o Brasil. A experiência da reestruturação das unidades administrativas da sede da Empresa vai também impactar a renovação nos processos das demais Unidades.

Agilidade e maior conexão com o agronegócio

O diretor-executivo de Pesquisa e Desenvolvimento, Celso Moretti, diz que um dos objetivos é diminuir redundâncias e sobreposições. Ele esclarece que “vamos dar agilidade à programação de pesquisa e conectá-la ainda mais ao mercado de tecnologias e às demandas do agronegócio. Isso facilitará o alinhamento das pesquisas às prioridades e linhas estratégicas estabelecidas pela Empresa e às necessidades da sociedade”, explica.

Maurício Lopes complementa afirmando que “foco, compromisso e impacto serão as bases de sustentação da Embrapa e sintetizam o processo de alinhamento de rumos”. Em sua avaliação, “as mudanças ajudarão a desburocratizar e simplificar processos na Embrapa, tornando-a mais próxima do mercado, do agricultor e do atendimento das necessidades do País”. Ele acrescenta que a Embrapa “ao longo das décadas foi se ajustando, mas agora precisamos de mudanças mais profundas, levando em conta a realidade que vivemos”. Cita, por exemplo, “a emergência de um mercado muito competitivo e exigente que opera em grande rapidez”.

Uma das novidades é que os projetos de pesquisa a partir de agora estarão organizados de acordo com metodologia desenvolvida e utilizada pela agência espacial norte-americana, a Nasa, conhecida como Technology Readiness Level (TRL). A TRL foi testada e aprovada em setores da indústria e instituições de pesquisa científica, inclusive na Embrapa Agroenergia, e agora será disseminada na Empresa. Por ela, é possível avaliar o nível de maturidade de uma tecnologia ao longo de seu desenvolvimento e obter uma comunicação mais eficiente com o mercado de inovação. Bruno Brasil, responsável pela Secretaria de Pesquisa e Desenvolvimento (SPD), explica que, com ela, “mediremos todos os ativos de inovação de uso direto, de cultivares a processos agroindustriais, passando por insumos agropecuários, equipamentos e softwares”.

Expectativa com a EmbrapaTec

Um dos objetivos mais importantes da gestão da Embrapa é facilitar o fluxo dos resultados de pesquisa para o mercado, inclusive aqueles que permitem obter recursos para financiamento de novas pesquisas. Reduzir a dependência de recursos do tesouro por meio de novos financiamentos da pesquisa, e, principalmente, a monetização de ativos tecnológicos gerados pela Empresa é uma das prioridades.

A direção da Embrapa quer a transformação de conhecimento e de ativos tecnológicos em inovação e negócios com mais rapidez e eficiência. O Código Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, por exemplo, cria excelentes oportunidades para a ampliação das parcerias público-privadas no ambiente de inovação tecnológica. Neste momento, a Embrapa acompanha a tramitação no Congresso Nacional do Projeto de Lei que propõe o estabelecimento da EmbrapaTec, subsidiária que vai permitir mais agilidade também na área comercial. Outra alternativa também em consideração é a criação de fundos patrimoniais, mecanismo utilizado com sucesso em muitos países, que poderá no futuro financiar melhorias da infraestrutura e ações estratégicas, sem colocar em risco o patrimônio da Empresa, que pertence à sociedade brasileira.

Perfil

A Embrapa mantém mais de 80 programas de melhoramento genético diferentes, incluindo grãos, pastagens, frutas, hortaliças, mandioca, espécies florestais, pecuária e aquicultura. Eles alcançam todas as regiões e biomas brasileiros e envolvem centenas de projetos na fronteira do conhecimento em áreas como biotecnologia, nanotecnologia, automação, agricultura de precisão, transformação digital.

São 9.579 empregados, sendo 2.438 pesquisadores que incluem agrônomos, físicos, veterinários, economistas, biólogos, químicos e cientistas da computação. Eles atuam em equipes e redes desenvolvendo, atualmente, 1.117 projetos de pesquisa.

A Embrapa participa de 122 acordos de cooperação voltados para o mercado de inovação e arrecada anualmente em torno de R$ 128 milhões por meio de parcerias, inclusive de fontes internacionais.

O insumo mais importante em uma empresa de pesquisa e inovação é conhecimento, e cerca de 80% do orçamento da Embrapa está direcionado para pagamento de salários para um quadro altamente qualificado. “O ideal seria a relação 70/30, um padrão mundial”, explica Maurício Lopes. A restrição orçamentária na área operacional não está permitindo melhorar a relação, mas a Empresa está continuamente buscando alternativas de financiamento do para buscar o equilíbrio. E dentre todos os esforços, “o mais importante é incorporar e reter talentos, pagando salários condizentes para um grupo de profissionais altamente qualificados, que permitem à Empresa seguir gerando impactos positivos para a sociedade brasileira”, explica.

leia tudo sobre

Publicidade

JOÃO BOSCO E HAMILTON DE HOLANDA SE APRESENTAM NA CAIXA CULTURAL FORTALEZA

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

31 de Janeiro de 2018

 

Uma homenagem ao mais brasileiro dos ritmos: Eu vou pro samba, um show inédito na cidade com o cantor e compositor João Bosco e o instrumentista e compositor Hamilton de Holanda

A CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, de 23 a 25 de fevereiro de 2018, o show Eu vou pro samba, encontro inédito em Fortaleza dos renomados músicos Hamilton de Holanda e João Bosco. No palco, os artistas celebram o samba, apresentando alguns de seus temas preferidos em novos e personalizados arranjos que integram o violão (e a voz) de João Bosco com o bandolim de Hamilton de Holanda.

Cada artista, a seu modo, construiu uma vitoriosa carreira que, neste momento, conflui nos acordes do samba, em um lugar compartilhado: o palco. “Incompatibilidade de gênios”, “Linha de passe” e “Corsário”, composições de João Bosco e Aldir Blanc, ganham renovados contornos instrumentais. Também integram o repertório desse show as canções “Milagre” de Dorival Caymmi, e “Aquarela do Brasil”, de Ary Barroso.

Sobre João Bosco

O mineiro mais carioca da música popular tem mais de 40 anos de carreira. Cantor, compositor e violonista, viveu sua infância em um ambiente musical. Em 1967, conheceu o poeta Vinicius de Moraes, que viria a ser seu primeiro parceiro. Com o poeta compôs “Rosa dos Ventos”, “Samba do Pouso” e “O Mergulhador”, entre outras canções. A parceria com Aldir Blanc começou em 1970, quando conheceu o compositor que formaria com Bosco a parceria que lhes rendeu mais de uma centena de canções como “O Mestre Sala dos Mares”, “O Bêbado e A Equilibrista”, “Bala com Bala”, “Kid Cavaquinho”. Em 1972 conheceu Elis Regina, que gravou uma parceria sua com Aldir Blanc: “Bala com Bala”. A carreira de João Bosco deslanchou com a interpretação da cantora para o bolero “Dois Pra Lá, Dois Pra Cá”.

Nos anos de 1980 e 1990, após encerrar parceria com Aldir Blanc, passa a compor com diferentes parceiros, como Antonio Cícero, Wally Salomão, Abel Silva e, de uns anos para cá, com seu filho Francisco Bosco, escritor e poeta. Em 2003, João Bosco lança o inédito “Malabaristas do Sinal Vermelho”. No álbum, o artista provou ser capaz de atualizar a temática social, sempre presente na sua obra, sem esquecer seu jeito de fazer música. O trabalho, parceria com o filho Francisco Bosco, recebeu indicação ao Grammy de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira. Atualmente, trabalha o lançamento do álbum “Mano Que zuera”, que saiu no final de 2017, foi aclamado pela crítica, além de indicado na categoria de Melhor Disco na premiação da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA). Recentemente, João Bosco recebeu o Prêmio à Excelência Musical da Academia Latina da Gravação, durante a 18ª Entrega Anual do Grammy Latino.

Sobre Hamilton de Holanda

Hoje, 17 anos depois de adicionar duas cordas extras ao bandolim, 10 no total, reinventa a forma de tocar o instrumento e o liberta do legado de algumas de suas influências e gêneros. Hamilton é um músico de estilo único. A Música Popular Brasileira é a sua matriz desde o início. A paixão e comprometimento com essa herança musical nacional é tão grande que, a partir de sua iniciativa, no ano 2000 foi criado o Dia Nacional do Choro, que é comemorado todo dia 23 de abril, data de nascimento de Pixinguinha. Em sua trajetória consta o prêmio de melhor instrumentista por unanimidade, erudito e popular, do Icatu Hartford de Artes 2001.

O seu primeiro trabalho solo, ‘01 byte 10 cordas’, foi o primeiro CD de bandolim 10 solo do mundo. Hamilton de Holanda foi diversas vezes nominado ao Latin Grammy, sendo premiado nas duas últimas edições: em 2016, na categoria Melhor Disco Instrumental com ‘Samba de Chico’ e, em 2015, na categoria Melhor Canção Brasileira com “Bossa Negra”, parceria com Diogo Nogueira e Marcos Portinari. Já dividiu o palco com Milton Nascimento, Chico Buarque, Chucho Valdes, Egberto Gismonti, Zeca Pagodinho, Stefano Bollani, Djavan, Richard Galliano, Marisa Monte, Alcione, Maria Bethania, SeuJorge, entre muitos outros. Participou também das gravações de CDs/DVDs de Maria Bethania, Djavan, Beth Carvalho, João Bosco, entre outros. Em constante produção, Hamilton enfileira inúmeros lançamentos em 36 anos de profissão. Em 2018, o Baile do Almeidinha celebrou seis anos e ganhou uma versão infantil, o Bailinho do Almeidinha.

Serviço:

Música: Eu vou pro samba, de João Bosco e Hamilton de Holanda

Local: CAIXA Cultural Fortaleza

Endereço: Av. Pessoa Anta, 287, Praia de Iracema

Data: 23 a 25 de fevereiro de 2018

Horários: sexta, às 20h | sábado, às 18h e às 20h | domingo 19h
Duração: 80 minutos

Classificação indicativa: livre

Ingressos: R$20,00 e R$ 10,00

Vendas a partir do dia 22 de fevereiro, das 10h às 20h, na bilheteria do local

Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais

Serviço de manobrista gratuito no local

Paraciclo disponível no pátio interno

Informações gerais | Bilheteria da CAIXA Cultural Fortaleza:
(85) 3453-2770

Atendimento à imprensa:

Divulga Ação
Ana Peyroton: (85) 99944.2005 / (21) 97977.7539 (whatsApp)

ana@divulgaacao.com / imprensa@divulgacao.com

Assessoria de Imprensa da CAIXA Cultural Fortaleza (CE):
Bebel Medal – (85) 99934.0866 – bebelmedal@gmail.com
www.caixa.gov.br/imprensa | @imprensaCAIXA

Acesse o site www.caixacultural.gov.br
Siga a fanpage: facebook.com/CaixaCulturalFortaleza
Baixe o aplicativo “Caixa Cultural”

Publicidade

Simpex e Dasart Incorporações seguem com vantagens especiais em Stand no RioMar

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

31 de Janeiro de 2018

 
Até quinta-feira, 5 de fevereiro, as incorporadoras Simpex e Dasart seguem presentes com um stand de vendas no Shopping RioMar Fortaleza, mais precisamente no Espaço Gourmet no L1. O stand oferecerá corretores de plantão durante o horário de funcionamento do shopping e descontos inéditos nos principais empreendimentos das empresas.
 
A ação é a última oportunidade de começar 2018 em um novo lar com a qualidade de vida que só a Simpex e a Dasart podem garantir, com opções prontas para morar e com entrega já para 2018. As incorporadoras marcam presença em shoppings de Fortaleza pela 5ª vez com esse formato de vendas. Confira os empreendimentos participantes no anexo. 
 
Sobre a Simpex Incorporações
 
Com experiência de 25 anos, a Simpex Incorporações possui uma singular estrutura financeira que a posiciona como uma das incorporadoras mais sólidas em operação no mercado. Essa solidez se traduz em obras entregues sempre no prazo, qualidade superior em acabamentos e de centenas de famílias satisfeitas.
 
Sobre a Dasart Incorporações
 
A Dasart Incorporações faz parte do Grupo VRF sendo a marca responsável por atuar no segmento de incorporação imobiliária através da concepção de prédios que trazem um inovador conceito de viver. Criada pelo empresário Vitor Frota a incorporadora desemvolve projetos de médio e alto padrão em localizações privilegiadas. Com forte direcionamento para o design e para as gentilezas urbanas, os empreendimentos são pensados com o máximo de acabamento e requinte, levando em consideração o estilo de vida cosmopolita das grandes cidades.
 
Serviço
Stand da Simpex e Dasart no Espaço Gourmet do RioMar Fortaleza
Até 5 de fevereiro de 2018
Piso L1
De 10h às 22h de segunda a sábado e domingos de 14h as 20h
 
Confira mais detalhes sobre os empreendimentos em www.simpexincorporacoes.com.br e www.dasart.com.br
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Outback traz de volta sucessos do cardápio de 2017

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

31 de Janeiro de 2018

Outback começa o ano relançando dois itens que vão deixar os fãs da marca com água na boca. O suculento Bloomin’ Picanha Burger (R$43) e a deliciosa sobremesa Hazelnut Thunder From Down Under (R$31), itens queridinhos de cardápios especiais do ano passado, voltam oficialmente ao menu do restaurante.

O Bloomin’ Picanha Burger é servido em pão tipo brioche e traz um generoso hambúrguer de picanha de 240g grelhado no ponto correto, com queijo tipo emmental – de sabor suave e levemente adocicado –, smoked mayo, molho Flame e fatias de bacon. Para completar, pétalas crocantes da tradicional cebola Bloomin’Onion® no recheio dão o toque final que combinam perfeitamente com o sabor, a suculência e a maciez da carne.

A versão ainda mais apetitosa da tradicional sobremesa do Outback também está de volta. O Hazelnut Thunder traz uma generosa porção de creme de avelã que recheia o brownie da casa e envolve a bola de sorvete de creme. A montagem traz ainda uma calda e raspas de chocolate e um toque de chantilly.

O último ano foi repleto de boas surpresas para o Outback. Tivemos itens novos no cardápio e muitos desses produtos conquistaram os consumidores. Nós escutamos pedidos constantes nas nossas redes sociais e resolvemos trazer de volta alguns dos queridinhos pelos fãs da marca”, comenta Renata Lamarco, head de Marketing do Outback. “O ano está apenas começando, mas já estamos preparando novidades que prometem surpreender em 2018”, completa.

Os dois relançamentos entram no cardápio fixo da rede e podem ser encontrados em todos os restaurantes Outback do Brasil.


Sobre o Outback Steakhouse

A rede Outback Steakhouse possui 87 restaurantes no Brasil, está presente em 37 cidades, 14 Estados brasileiros e Distrito Federal. No mundo está em 22 países entre Américas, Ásia e Oceania. O primeiro restaurante no país foi inaugurado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, em 1997. Com seus cortes de carne especiais e aperitivos icônicos como a Bloomin’ Onion®, o Outback caiu no gosto do brasileiro graças à qualidade, fartura e sabor marcante da culinária oferecida somados à descontração no atendimento e as instalações aconchegantes.

Sobre a Bloomin’ Brands

Com sede em Tampa, na Florida, Bloomin’ Brands, Inc. é uma das maiores empresas de restaurantes casuais do mundo, com cerca de 90 mil colaboradores e mais de 1.400 restaurantes em 20 países. A companhia é detentora das marcas Abbraccio Cucina Italiana, Outback Steakhouse, Fleming’s Prime Steakhouse & Wine Bar, Bonefish Grill e Carrabba’s Italian Grill.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Bailinho carnavalesco para pets é atração no RioMar Kennedy neste sábado (03/02)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

31 de Janeiro de 2018

 

No dia 03 de fevereiro, os pets terão um bailinho especial para eles no RioMar Kennedy, a programação do Pet Folia contará com espaço para brincadeiras, desfile de fantasias e escolha do Pet Momo

 

Que tal cair na folia junto com seu pet neste fim de semana? No sábado, 03 de fevereiro, das 16h às 18h, toda família pode trazer muito confete e serpentina que o bailinho dos pets vai acontecer no Pet Folia do RioMar Kennedy. A entrada é gratuita e os pets poderão vestir sua melhor fantasia para aproveitar a festa. Terá também muita marchinha, brincadeiras, desfile de fantasias e escolha do Pet Momo. Durante a programação, todos receberão uma foto-lembrança como registro da festa, que ocorrerá no Estacionamento Externo do shopping.

 

O Pet Folia do RioMar Kennedy  acontece em parceria com a Doggato Pet Store, Nexgard, Royal, Vetnil, Rações Premier e Magnus.

 

Serviço

Pet Folia RioMar Kennedy

Data: 03 de fevereiro, sábado

Horário: a partir das 16h

Local: Estacionamento Externo – RioMar Kennedy (Av. Sargento Hermínio Sampaio, 3100 – Presidente Kennedy)

Telefone: (85)3089-0909

Entrada gratuita

Publicidade

Chegou a linha Cuide-se Bem Lavandinha

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

31 de Janeiro de 2018

A novidade na linha de cuidados pessoais do Boticário traz uma versão moderna, superleve e fresca da lavanda para os cuidados diários

 

A lavanda, uma das fragrâncias mais marcantes e conhecidas no mundo, é a grande estrela da nova família de Cuide-se Bem, do Boticário. São seis itens (body splash, desodorante rollon, loção hidratante 400 ml e 200 ml, sabonete em barra e creme para as mãos) com um cheirinho delicioso floral leve, delicado e refrescante, que proporciona a sensação de conforto e pós banho a qualquer momento do dia. O lançamento chegou às lojas, venda direta e e-commerce no dia 22 de janeiro.

“Cuide-se Bem Lavandinha traz a sensação de tranquilidade e refrescância. A nova linha chegou para inspirar ainda mais as mulheres a criarem oportunidades de beleza na agitação do seu dia a dia, reforçando a proposta de Cuide-se Bem de facilitar a rotina de cuidado e transformar esses pequenos instantes em um #momentolavandinha de prazer e carinho com elas mesmas”, explica Mirele Martinez, gerente de Cuidados Pessoais do Boticário.

Além das loções, que proporcionam uma poderosa hidratação de até 48 horas e rápida absorção, creme para as mãos com uma textura incrível, que não estraga o esmalte, sabonete em barra com espuma hidratante, a linha também tem uma body splash com uma fragrância perfeita para o verão: leve, moderna e fresca.

Serviço:

Body Splash Lavandinha
Preço sugerido: RS 49,90

  • Perfumação na medida;
    • Fragrância floral lavanda construída com a nota mais pura da lavanda;
    • Fragrância moderna, leve e fresca.
    • Saída: Lavender Heart LMR, Abacaxi, Morango
    • Corpo: Rosa, Muguet, Gerânio LMR
    Fundo: Musk, Notas Amadeiradas, Notas Talcadas, Baunilha

Creme Hidratante para Mãos Lavandinha
Preço sugerido: RS 22,90

  • Textura incrível;
    • Alta absorção;
    • 30 horas de hidratação;
    • Não estraga a esmaltação das unhas.

Loção Hidratante Corporal Lavandinha
Preço sugerido: 400 ml R$ 41,90
Preço sugerido: 200 ml R$ 26,90

  • 48 horas de hidratação;
    • Alta absorção;
    • Não agride a pele.

Antitranspirante Roll On Lavandinha
Preço sugerido: RS 17,90

  • Proteção inteligente por 48 horas contra o mau odor e transpiração;
    • Mantém hidratação natural da pele.

Sabonete em Barra Lavandinha
Preço sugerido: RS 13,90

  • Espuma cremosa
    • Não ressaca a pele

Sobre O Boticário
O Boticário é uma empresa do Grupo Boticário. Inaugurada em 1977, em Curitiba (Paraná), tem hoje a maior rede franqueada de cosméticos do Brasil, com 3.750 pontos de vendas em cerca de 1750 cidades brasileiras e mais de 900 franqueados. Líder no mercado de perfumaria, segundo o Instituto Euromonitor, seus produtos têm preços acessíveis, sofisticação e tecnologia de ponta. São mais de 850 itens, entre maquiagem, perfumaria e cuidados pessoais, como cremes, desodorantes, shampoos, sabonetes, entre outros.

 

Publicidade

Baile Melhor Idade agita o Shopping Parangaba nesta sexta-feira 

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

31 de Janeiro de 2018

Entrando de vez no clima de festa, o Shopping Parangaba realiza nesta sexta-feira,02, o Baile Melhor Idade. A programação tem início às 19h30, e quem comanda a festa é a Banda DÓ-RÉ-MIX, que vai trazer um repertório voltado para o público adulto. Os foliões vão poder se divertir ao som das marchinhas, frevo, samba e axé com metais. A atração é gratuita e acontece no espaço Parangaba é Show, Piso L2. 

Baile Melhor Idade

Local: Shopping Parangaba –  Espaço Parangaba é Show, Piso L2
Data: 02/02/2018
Horário: 19h30 
Telefone: 85 3308-3555
Entrada gratuita 
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Evento “Carnaval dos Amigos” marca neste domingo (4) o início das obras da Cidade Cauype na região do Pecém

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de Janeiro de 2018



As obras da Cidade Cauype, primeiro empreendimento com conceito de cidade planejada no Ceará, tiveram início neste mês de janeiro com a parte de infraestrutura.

Lançado em 2016 pelo renomado arquiteto e urbanista Jaime Lerner, a Cidade Cauype está localizada a 30km do Centro de Fortaleza, entre o Porto do Pecém e a Praia do Cumbuco, às margens da Lagoa do Cauipe. Chancelado pela Luciano Cavalcante Imóveis, o projeto foi criado para reunir em um único espaço toda a estrutura para atender as demandas dos seus moradores, como supermercados, escolas, universidades, shoppings e outros estabelecimentos, além da área residencial.

Para celebrar o início das obras, o empresário Luciano Cavalcante Filho promoverá neste domingo (4), das 11h às 15h, o evento “Carnaval dos Amigos”, com apresentação musical de uma banda de pré-Carnaval, churrasco, brincadeiras infantis e com o estande de vendas funcionando para apresentar o projeto aos visitantes.

De acordo com o Luciano Cavalcante Filho, as a comercialização já alcançou 50% da primeira fase do empreendimento: “Nosso projeto foi pensado para uma população de 32 mil pessoas em cinco etapas e nós já vendemos 50% da primeira. Já vendemos a metade disso porque as pessoas conhecem cada dia mais o potencial da região do Pecém. Não só pelo porto, mas por todas as oportunidades de trabalho com as indústrias e empresas instaladas lá. Além disso, temos lotes com preços bem competitivos, são 150 parcelas de cerca de R$ 300, é um custo-benefício muito bom”, explica.

“A nossa intenção é a de oferecer um novo formato imobiliário, uma tendência mundial, mas que ainda não existe aqui no Ceará. Um espaço que reúne todos os elementos que atendam a uma demanda cada vez mais exigente e que priorize o rápido acesso, o conforto e a comodidade de ter tudo perto de casa, sem deixar de lado todos os aspectos ambientais e sustentáveis. As cidades planejadas são projetos urbanísticos que visam o desenvolvimento de grandes áreas habitacionais e têm se mostrado uma solução inovadora para estimular o ordenamento territorial. A Cidade Cauype é uma tradução exata deste conceito”, completa o diretor da LC Imóveis.

Sobre a Cidade Cauype
O projeto da Cidade Cauype começou a se desenhar vinte anos atrás, em 1995, quando foi projetado o Porto do Pecém. Seguindo o pensamento vanguardista da imobiliária, o empreendimento foi pensado já para atender uma futura demanda de trabalhadores da região. Hoje essa demanda é uma realidade que chama atenção, visto que o Complexo Portuário do Pecém é referência no Brasil em aglomerados industriais, inclusive por sua localização privilegiada, mais próxima da Europa e Estados Unidos.

Sobre a Luciano Cavalcante Imóveis
A Luciano Cavalcante Imóveis atua no mercado imobiliário de Fortaleza desde 1983 e sempre se destacou pela solidez da empresa e pela confiabilidade e credibilidade no desenvolvimento de seus negócios, como lançamentos imobiliários, comercialização de imóveis usados/terceiros e loteamentos. A empresa baseia seu sucesso nas relações sólidas e transparentes mantidas com cada um dos clientes atendidos e parceiros, na manutenção de uma equipe de profissionais altamente motivados e em constante treinamento, além da utilização de modernas estratégias gerenciais e de vendas. Presente no Ceará, a empresa imprime seu padrão de qualidade por onde passa e busca estar sempre atualizada através da incorporação de novas tecnologias, da melhoria contínua dos processos, bem como do desenvolvimento pessoal e profissional da equipe. Desde sua criação, segue em uma sequência de sucessos como a comercialização de 70% dos prédios da Avenida Beira Mar, o lançamento do Alphaville Fortaleza nos anos 2000, o conceito de edifício verde com o LC Corporate Green Tower, e agora a Cidade Cauype.

* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Evento “Carnaval dos Amigos” marca neste domingo (4) o início das obras da Cidade Cauype na região do Pecém

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de Janeiro de 2018



As obras da Cidade Cauype, primeiro empreendimento com conceito de cidade planejada no Ceará, tiveram início neste mês de janeiro com a parte de infraestrutura.

Lançado em 2016 pelo renomado arquiteto e urbanista Jaime Lerner, a Cidade Cauype está localizada a 30km do Centro de Fortaleza, entre o Porto do Pecém e a Praia do Cumbuco, às margens da Lagoa do Cauipe. Chancelado pela Luciano Cavalcante Imóveis, o projeto foi criado para reunir em um único espaço toda a estrutura para atender as demandas dos seus moradores, como supermercados, escolas, universidades, shoppings e outros estabelecimentos, além da área residencial.

Para celebrar o início das obras, o empresário Luciano Cavalcante Filho promoverá neste domingo (4), das 11h às 15h, o evento “Carnaval dos Amigos”, com apresentação musical de uma banda de pré-Carnaval, churrasco, brincadeiras infantis e com o estande de vendas funcionando para apresentar o projeto aos visitantes.

De acordo com o Luciano Cavalcante Filho, as a comercialização já alcançou 50% da primeira fase do empreendimento: “Nosso projeto foi pensado para uma população de 32 mil pessoas em cinco etapas e nós já vendemos 50% da primeira. Já vendemos a metade disso porque as pessoas conhecem cada dia mais o potencial da região do Pecém. Não só pelo porto, mas por todas as oportunidades de trabalho com as indústrias e empresas instaladas lá. Além disso, temos lotes com preços bem competitivos, são 150 parcelas de cerca de R$ 300, é um custo-benefício muito bom”, explica.

“A nossa intenção é a de oferecer um novo formato imobiliário, uma tendência mundial, mas que ainda não existe aqui no Ceará. Um espaço que reúne todos os elementos que atendam a uma demanda cada vez mais exigente e que priorize o rápido acesso, o conforto e a comodidade de ter tudo perto de casa, sem deixar de lado todos os aspectos ambientais e sustentáveis. As cidades planejadas são projetos urbanísticos que visam o desenvolvimento de grandes áreas habitacionais e têm se mostrado uma solução inovadora para estimular o ordenamento territorial. A Cidade Cauype é uma tradução exata deste conceito”, completa o diretor da LC Imóveis.

Sobre a Cidade Cauype
O projeto da Cidade Cauype começou a se desenhar vinte anos atrás, em 1995, quando foi projetado o Porto do Pecém. Seguindo o pensamento vanguardista da imobiliária, o empreendimento foi pensado já para atender uma futura demanda de trabalhadores da região. Hoje essa demanda é uma realidade que chama atenção, visto que o Complexo Portuário do Pecém é referência no Brasil em aglomerados industriais, inclusive por sua localização privilegiada, mais próxima da Europa e Estados Unidos.

Sobre a Luciano Cavalcante Imóveis
A Luciano Cavalcante Imóveis atua no mercado imobiliário de Fortaleza desde 1983 e sempre se destacou pela solidez da empresa e pela confiabilidade e credibilidade no desenvolvimento de seus negócios, como lançamentos imobiliários, comercialização de imóveis usados/terceiros e loteamentos. A empresa baseia seu sucesso nas relações sólidas e transparentes mantidas com cada um dos clientes atendidos e parceiros, na manutenção de uma equipe de profissionais altamente motivados e em constante treinamento, além da utilização de modernas estratégias gerenciais e de vendas. Presente no Ceará, a empresa imprime seu padrão de qualidade por onde passa e busca estar sempre atualizada através da incorporação de novas tecnologias, da melhoria contínua dos processos, bem como do desenvolvimento pessoal e profissional da equipe. Desde sua criação, segue em uma sequência de sucessos como a comercialização de 70% dos prédios da Avenida Beira Mar, o lançamento do Alphaville Fortaleza nos anos 2000, o conceito de edifício verde com o LC Corporate Green Tower, e agora a Cidade Cauype.

* postado por Oswaldo Scaliotti