Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

EXTRA APRESENTA SUA COLEÇÃO PRIMAVERA-VERÃO 2018

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de setembro de 2017

 Sob o conceito de Beleza Brasileira, a rede traz estampas florais, roupas coloridas e xadrezes na coleção feminina, masculina e infantil

Para o Extra, a Beleza Brasileira é a tendência da estação e, por isso, a coleção Primavera-Verão 2018 está presente em todas as lojas Hiper do país, com peças cheias de atitude para combinar com todas as formas, gostos e escolhas dos seus clientes.

A coleção traz o romantismo das flores e a juventude das listras, das estampas étnicas e dos silks de paisagens praianas que passeiam por uma cartela de cores tropicais, além de cores neutras como o off white, mescla e marinho. As marcas exclusivas Cast, Arkitect e Bronzini também trazem peças que traduzem o conceito de beleza brasileira, que norteia toda a coleção.

Blusas e calças com bordados de flores, babados, ombros à mostra, decote choker e calças jeans com a barra estilizada são algumas das apostas para essa nova coleção. Essas características podem ser conferidas também nas malhas, nos tecidos planos e nas calças cigarrete, flare e skinny jeans.

Com as linhas feminina, masculina, infantil e underwear, a coleção Primavera-Verão 2018 do Extra é uma ótima opção para quem deseja complementar o seu guarda-roupa com peças atuais, alinhadas com a moda e com preço justo.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Oi realiza Fórum de Segurança em Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de setembro de 2017

 

Os principais desafios em segurança na era digital serão discutidos no Fórum de Segurança promovido pela Oi que tem como pauta os riscos constantes que as organizações enfrentam diante do volume e complexidade dos dados digitais. As discussões em torno das tendências para construir um equilíbrio entre sistemas inovadores e proteção corporativa, no caminho da transformação digital serão administradas por especialistas da Oi e empresas parceiras.

 

Desafios de Segurança na Era Digital (Mateus Bruno – Oi), O SOC do Futuro (Fernanda Vaqueiro – Oi), Gestão Integrada de Segurança (João Ferreira Costa – Flexvision), DDOS das Coisas: o aumento exponencial dos dispositivos conectados (Paulo Braga Rodrigues – ARBOR) e a Arquitetura Integrada de Segurança na era digital aplicada à Inteligência Artificial (Eduardo Salomão – CISCO) serão os temas em debate. O evento  ocorrerá no dia 19 de setembro, às 14h30, no Hotel Luzeiros, em Fortaleza.

 

O fórum é mais uma iniciativa da companhia dentro da sua estratégia de seguir crescendo em TI e dados no mercado B2B. A Oi é pioneira e inovadora no desenvolvimento de soluções que ajudam as empresas na jornada da transformação digital reduzindo custos e aumentando a produtividade. O resultado garante a empresa um crescimento de sua receita de TI em 20% ao ano.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Ceará registra aumento de 87,4% nas exportações no acumulado de 2017

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

11 de setembro de 2017

As exportações cearenses alcançaram no acumulado de 2017 a cifra de US$ 1,29 bilhão – alta de 87,4% quando comparado ao mesmo período de 2016. Já as importações atingiram US$ 1,53 bilhão – queda de 46,1%. O resultado final de tais trocas comerciais resultou em déficit de US$ 245 milhões na balança cearense dos primeiros oito meses de 2017. Apesar de negativo, o valor representa uma evolução em 88,6% em relação a 2016, quando o Estado acumulou déficit superior a US$ 2,1 bilhões de janeiro a agosto.

Os dados fazem parte do estudo Ceará em Comex, produzido pelo Centro Internacional de Negócios da FIEC avaliando o desempenho do mês de agosto. Segundo o levantamento, o resultado do oitavo mês do ano é o quinto melhor em termos de valores (US$ 156,5 milhões) – apesar da queda de 4,0% sobre julho. Mesmo com a retração, o desempenho do mês é de 24% superior no comparativo com agosto de 2016, quando se exportou US$ 126,3 milhões. Trata-se do décimo terceiro mês consecutivo em que o Estado registra aumento quando comparado com 2016.

Em relação às importações, o estudo mostra um aumento de 1,5% de agosto sobre julho. Foi o mês com o segundo maior montante de 2017, com US$ 212,7 milhões, atrás apenas dos US$ 251,9 milhões registrados em março. O crescimento é ainda mais expressivo se analisado com base no mesmo mês do ano passado, com variação de 70%. Como resultado dessas movimentações, a balança comercial cearense registrou um déficit deUS$ 56,2 milhões no mês de agosto.

Os resultados das trocas comerciais do Estado influenciaram diretamente nas participações das exportações e importações cearenses na balança comercial do Nordeste no acumulado do ano (Gráfico 2), onde o peso das vendas externas do Ceará avançou de 8,35% (em 2016) para 11,66% (em 2017), e das compras do exterior passou de 22,32% (ano passado) para 11,79% (atual). Em relação à participação na balança comercial do Brasil (Gráfico 3), as vendas externas do Estado apresentaram alta, de 0,55% para 0,88%. Em contrapartida, a participação das compras do exterior regrediu de 3,11% para 1,56%.

Nordeste

O Ceará posicionou-se em 2017 na 15ª colocação no ranking dos estados exportadores brasileiros, com US$ 1,28 bilhão. Em termos de indicadores de crescimento, o Ceará registrou a quarta maior alta no país com 87,4% – bem acima da média nacional com 18,1%. Vale ressaltar que todas as unidades federativas exibiram ampliação nas exportações no comparativo de 2017 sobre 2016.

No que tange aos dez principais municípios exportadores do Ceará, metade apresentou queda nas vendas externas sobre o ano anterior. Vale o destaque para o município de Caucaia, com um decréscimo de 48,3%. São Gonçalo do Amarante lidera a lista das exportações, com US$ 683,1 milhões, em virtude do aumento exponencial de 2.501,8% (representando mais da metade da pauta exportadora cearense). As exportações da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) têm destaque na série temporal do Ceará, repercutindo diretamente nas vendas externas do referido município.

Fortaleza vem em segundo no ranking com US$ 106,5 milhões, praticamente repetindo o desempenho do ano anterior, com um aumento de 0,1%. Itapipoca exibiu uma expansão de 31,9% nas exportações, sendo o segundo município com maior crescimento quando comparado a 2016.

Setores exportadores

Examinando o ranking dos principais setores exportadores do Ceará, o setor de “ferro fundido, ferro e aço” segue liderando, com aumento de 5.794,3 pontos percentuais (saindo de US$ 11,0 milhões para US$ 646,7 milhões) sobre 2016. Mais uma vez, constata-se a importância da CSP no perfil das exportações cearenses. Ainda como destaque, registra-se o aumento no setor de “Combustíveis e óleos minerais, produtos da sua destilação; matérias betuminosas; ceras minerais”, com 150,9%. Em sentido contrário, “Máquinas, aparelhos e materiais elétricos”; “Frutas (incluindo castanha de caju); cascas de frutos cítricos e de melões”; e “Algodão, fios e tecidos de algodão” registraram as maiores quedas, respectivamente de 67,2%; 37,7%; e 32,9%. Esses três setores vêm apresentando recorrentes quedas ao longo de 2017.

A pauta exportadora cearense, quando analisada por produtos, mostra a força do setor calçadista, que obtém três produtos entre os dez mais exportados. Também vale o destaque para a performance dos produtos originários da CSP, “outros produtos semimanufaturados de ferro ou aço não ligado, de seção transversal retangular”, que lidera esse ranking com um aumento de quase 11 mil pontos percentuais sobre 2016.

Principal destino dos produtos comercializados ao exterior pelo Estado, os Estados Unidos, ainda que tenham perdido participação na pauta exportadora (caindo de 27,1% para 23,9%), avançaram em valores, passando de US$ 185,7 milhões para US$ 306,4 milhões (alta de 65,0% no período). Vale ainda ressaltar os expressivos aumentos para a Coreia do Sul (3.402,3%); México (1.394,9%); e Turquia (1.354,4%).

Importações

Verificando o ranking dos estados brasileiros importadores em 2017, o Ceará se firma na décima quarta posição, com US$ 1,5 bilhão. Apenas cinco Unidades da Federação (RJ, CE, DF, PA e SE) apresentaram decréscimos nas compras do exterior. A queda exibida pelas compras externas cearenses é a maior do país, com 46,1% em relação a 2016.

São Gonçalo do Amarante continua sendo a cidade com maior participação (42,4%) no ranking dos municípios cearenses importadores, com US$ 648,1 milhões. Destaques para Tianguá e Eusébio, com aumentos respectivos de 133,3% e 93,6% quando comparados com o ano anterior.

Em relação aos principais setores importados pelo estado em 2017, “Combustíveis e óleos minerais” lidera a lista, com US$ 589,1 milhões, 91,1% acima do registrado no mesmo período do ano passado. Outros destaques dizem respeito aos elevados aumentos nas participações de “Ferro fundido, ferro e aço” e “algodão, tecidos e fios de algodão”, respectivamente em 323,1% e 71,8%, se comparados ao ano de 2016. O setor de “Máquinas, aparelhos mecânicos e suas partes” registrou queda de 92,3%, em virtude, em sua grande parte, do início das operações da CSP e fim das importações de maquinários pela Companhia.

A China figura como o principal parceiro das importações cearenses em 2017, com US$ 260,0 milhões, apesar do decréscimo de 31,6% em relação a 2016.  Grandes aumentos foram registrados com Austrália (360,3%), Nigéria (209,0%), e Moçambique (778,6%).

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

ICC BioLabs recebe empresários e pesquisadores nesta quarta (13)

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

11 de setembro de 2017

Acontece, no ICC BioLabs, braço de empreendedorismo do Instituto do Câncer do Ceará (ICC), nesta quarta (13), a partir das 18h, o Fórum de Oportunidades em Biotecnologia, realizado pela Redenit-CE e Fiec, e com apoio do Governo do Estado, por meio da Funcap. O evento reúne pesquisadores de diversas instituições científicas e tecnológicas com empresários que buscam inovações para serem lançadas ao mercado ou soluções tecnológicas para as demandas de suas empresas. O Fórum contará ainda com a participação do presidente do Sindialimentos e sócio-diretor da PISCIS, André Siqueira, e da doutora em Bionegócios e Marcos Legais em Biotecnologia, Poliana Belisário, que palestrará sobre “Patentes em Biotecnologia – Da academia ao mercado”. O ICC BioLabs está no 5º andar do Anexo do ICC, localizado na Rua Papi Júnior, 1222; Rodolfo Teófilo.​

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Museu de Arte Sobrado Dr. José Lourenço recebe a 2ª Edição da Exposição – Fórum: Artes Descoloniais

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

11 de setembro de 2017


Em cartaz, no Museu de Arte Sobrado Dr José Lourenço, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, a Exposição/Fórum “Artes Descoloniais, em sua 2ª edição, traz como proposta unir teoria e prática, permitindo aos participantes uma experiência diferenciada sob determinada temática, a partir de diversos e interdisciplinares pontos de vista a respeito.

“Considerando os dez anos do Museu, que desde o princípio é um contínuo ambiente de reflexão, discussão e debate, faz-se necessário que a temática seja urgente e precisa: Arte Descolonial. Foi pensando nisso que o Museu de Arte Sobrado Dr. José Lourenço convidou artistas, pesquisadores e demais membros cooperadores dos Mundos das Artes a criar/pensar a respeito desta nomeação”, destaca Natália Maranhão, Coordenadora do espaço e produtora da exposição.

Para além de um período histórico, inscrito na cronologia linear da História da Arte, entendemos que Arte Descolonial é uma prática, um ato político, uma perspectiva expandida para o artista do tempo presente, onde a memória é instrumento de luta e resistência, portanto, de praticar permanentemente a descolonização do pensamento, ressalta a Curadora Conceitual do Evento, Carolina Ruoso.

Sobre Arte Descolonial

Criar a partir de uma prática Descolonial do pensamento será problematizar a herança colonial? Será partir de uma compreensão que considera diversos centros de consciência e questiona uma perspectiva atropo/eurocêntrica? Nesta edição da Exposição/Fórum, o Sobrado Dr José Lourenço reúne trabalhos acadêmicos, experiências de professores de artes, criação artística, entre outras ações e produções acadêmicas que possam contribuir com a noção de Arte Descolonial.

Em que momentos do século XX podemos imaginar que tais elaborações apareceram em diferentes momentos e contextos nos mundos das artes? Podemos imaginar para o século XIX? E em que medida a partir de referências da Museologias Social, Crítica e Subalterna podemos pensar em uma escrita da História da Arte Descolonial em diálogo nos museus? Como os mundos das artes e do patrimônio cultural dialogam entre zonas de contato construindo protagonismos descoloniais? Nas curadorias e suas metodologias como podemos imaginar que a dimensão participativa elabora práticas subalternas de construção das narrativas sobre as artes? Nas escolas, quais temas? quais artistas? Como as práticas de criação possibilitam a construção dos sujeitos atuantes no mundo contemporâneo? É preciso ou necessário pensar na nomeação Arte Descolonial? Manifestar a Arte Descolonial para quê e para quem? Existe uma Arte Descolonial? Arte Descolonial, quem pratica? Onde encontramos? Como experimentamos? São muitas as perguntas, são muitas as possibilidades de conversa, e nos utilizamos de todos estes itens para esta 2ª Edição, para tanto, dialogamos, pensamos e criamos juntos.

:: Maiores informações pelo site:

https://sobrado3107.wixsite.com/exposicaoforum

:. Serviço:
Em cartaz de 9 a 30 de Setembro/2017

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Jovens de Fortaleza conscientizam sobre consumo de bebidas

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

11 de setembro de 2017

Nesta terça-feira (12), o presidente da cervejaria Ambev, Bernardo Pinto Paiva, virá à Fortaleza para escolher o cartaz que estampará bares, restaurantes e mercados da cidade nesta sexta-feira (15) como parte do Dia de Responsa, mobilização anual promovida pela empresa em prol do consumo inteligente de bebidas. Grupos de alunos da Unifor abraçaram a causa e desenvolveram dez sugestões de artes com mensagens para evitar o consumo indevido, ou seja, em excesso, associado à direção ou por menores de 18 anos. O cartaz mais criativo será impresso e fixado nos pontos de venda com a ajuda de cerca de 900 colaboradores da Cervejaria Aquiraz e de centros de distribuição da Ambev no Ceará. Em todo o estado, mais de 30 mil pontos de venda serão impactados ao longo do mês de setembro.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Secult lança X Edital Mecenas do Ceará, com inscrições até 6 de outubro

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

11 de setembro de 2017


A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) lança o X Edital Mecenas do Ceará, autorizando captação até R$ 20,4 milhões, via incentivo fiscal concedido pelo Estado, para o financiamento de projetos artísticos e culturais. As inscrições já estão abertas e seguem até 6 de outubro de 2017.

Os projetos deverão ter execução prevista entre período de 01 de março de 2018 a 28 de fevereiro de 2019. Através do edital, a Secult beneficiará projetos de todo o Ceará nas linguagens artes visuais e fotografia, audiovisual, teatro, dança, circo, música, arte digital, literatura/livro/leitura, patrimônio material e imaterial e artes integradas (projetos que contemplem mais de uma linguagem artística, incluindo moda e design).

Em sua 10ª edição, o Edital Mecenas do Ceará conta com inscrição online, uma conquista decorrente das demandas dos proponentes e do trabalho realizado pela Secult para aperfeiçoamento dos processos de seus diversos editais. O edital e os formulários podem ser acessados no site www.editais.cultura.ce.gov.br e também no site da Secult, clique no link: http://www.secult.ce.gov.br/index.php/mecenas/category/191-x-edital-mecenas-do-ceara

Em sintonia com as diretrizes da política cultural do Estado, de democratização do acesso à arte, à cultura e aos recursos públicos para fomento a essas áreas, assim como de apoio e valorização das expressões artísticas e culturais cearenses, o Edital Mecenas do Ceará concederá autorização para captação de recursos a projetos apresentados em três modalidades.

Na modalidade “Doação” (100% recursos do Estado, via isenção fiscal), haverá transferência definitiva de recursos, bens e serviços, vedada a obtenção pelo doador de qualquer proveito direto ou indireto, inclusive de imagem, em qualquer veículo de mídia impressa ou eletrônica, sendo permitida a citação, em seu agradecimento. Pelos critérios da modalidade, são contempladas propostas que não apresentem vantagens competitivas, consolidação e liderança no mercado cultural cearense; propostas que garantam a democratização ao acesso cultural, formando e estimulando consumidores de produtos e serviços culturais; atividades de formação artístico-cultural fundamentadas na produção e na recepção de produtos e de serviços culturais, promovendo o empreendedorismo e/ou a cidadania cultural; propostas que beneficiem coletividades menos favorecidas, promovendo a sua inclusão social; práticas com a participação da comunidade beneficiada nas várias etapas do processo de produção da proposta.

A modalidade “Patrocínio” (80% de recursos do Estado e 20% do proponente) autoriza transferência, em caráter definitivo e livre de ônus, feito pelo patrocinador ao proponente, de recursos financeiros, bens ou serviços para realização do projeto cultural, sem proveito pecuniário ou patrimonial, direto ou indireto, para o patrocinador, ressalvada a veiculação de seu nome ou marca nas peças de publicidade e nos produtos gerados. Pelos critérios da modalidade, são contempladas propostas que apresentem vantagens competitivas, consolidação e liderança no mercado cultural cearense; propostas que estimulem o consumo de produtos e serviços culturais; propostas inovadoras que colaborem com o fortalecimento das Cadeias Produtivas da Cultura; propostas com capacidade de agregar valores às ações de comunicação do patrocinador.

Na modalidade “Investimento” (50% de recursos do Estado, 50% do proponente), é autorizada a aplicação de recursos financeiros, bens ou serviços em atividades culturais com proveito pecuniário ou patrimonial para o contribuinte investidor. Pelos critérios dessa modalidade são contempladas atividades com foco mercadológico, priorizando a lucratividade do proponente e do investidor e projetos com capacidade de agregar valores às ações de comunicação do investidor, que lhe possibilitem o posicionamento mercadológico de socialmente responsável.

Publicidade

Instituto Aço Cearense realiza 2° Passeio Ciclístico Pedalando pela Paz em Caucaia

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

11 de setembro de 2017

Um ato para mobilizar as comunidades de Caucaia e regiões próximas que sofrem com a violência, incentivando uma vivência de paz, e despertar nos jovens a importância do ciclismo como categoria esportiva. Foi com esse objetivo que o Instituto Aço Cearense promoveu, pela segunda vez, no último sábado (9), o Passeio Ciclístico “Pedalando pela Paz”, em Caucaia. A iniciativa aconteceu em parceria com a Secretaria de Esporte e Juventude do município e com a Associação Escola de Campeões (Rua Raimundo Nonato Alexandre, 1273 – Camurupim), de onde saiu e chegou o passeio, após passar pelas ruas do bairro Mestre Antônio. Cerca de 100 pessoas participaram do momento.

 

Durante a semana que antecedeu o passeio, os jovens da região participaram de oficinas de sensibilização pela paz – promovidas pelo Instituto Aço Cearense – com textos de reflexão, dinâmicas e depoimentos de famílias que perderam entes queridos por conta da violência. E, no sábado, pedalaram em prol da paz.

 

“O cidadão muda o mundo mudando a si mesmo. Mesmo parecendo pouco, acreditamos que atos como esse sejam um pequeno passo para uma grande mudança”, ressaltou a presidente do Instituto Aço Cearense, Rosemeire Matos, no 2° Pedalando pela Paz.

 

Na ocasião, houve ainda apresentação teatral com alunos da Escola de Campeões, momento de reflexão e oração e lanche.

 

 

Pedalando pela Paz em Marco (CE)

 

No último dia 11 de agosto, o Instituto Aço Cearense realizou a primeira edição do Projeto Pedalando pela Paz em Marco (distante 236 km de Fortaleza), com o apoio do Crea-CE e da Secretaria de Esportes do município. O evento mudou a rotina do município, com a participação de cerca de 700 pessoas, entre elas alunos, professores e gestores de escolas públicas da cidade, que aproveitaram o feriado do Dia do Estudante para participar do ato. O ciclista Gilberto Silva, patrocinado pelo Instituto Aço Cearense, participou tanto pedalando quanto dando palestra motivacional para os participantes sobre o importante papel do esporte na sua trajetória de vida. Hoje, Gilberto Silva é o 2° lugar no ciclismo do estado e o 3° do país na categoria XCM.

 

Para a Coordenadora de Cultura do município de Marco, Iery Osterna Rios, atos como esse, em especial no interior, são cada vez mais necessários. “A violência no interior do estado vem aumentando consideravelmente, não há mais a tranquilidade de outrora. Dessa forma, ações como essa promovida pelo Instituto Aço Cearense são muito importantes para convocar os civis a clamarem pela paz e não se conformarem com a ausência dela, apresentar às crianças e adolescentes desde cedo a paz como uma necessidade e sensibilizar e chamar a atenção do poder público de que a segurança é uma condição essencial para vivermos bem”, explica a gestora.

 

 

Sobre o Instituto Aço Cearense

 

O Grupo Aço Cearense sempre se preocupou em ter uma atuação socioambiental correta e responsável, por isso há sete anos criou o Instituto Aço Cearense (IAC), que apoia ações educacionais, culturais, esportivas e ambientais. Hoje, o Instituto ampara nove instituições no Ceará e três no Pará. Durante esses anos de atuação, 125 instituições foram atendidas, totalizando mais de 64 mil pessoas beneficiadas. Para dar mais visibilidade às ações sociais desenvolvidas pelo IAC foi criado um novo canal de comunicação, o site do Instituto Aço Cearense (www.institutoacocearense.com.br), onde é possível conferir os projetos, as ações e as instituições beneficiadas pelo Instituto. O site divulga o que é o IAC, fala sobre as ações realizadas, como também sobre o calendário de eventos da instituição, as notícias, os projetos beneficiados, as instituições parceiras, exibe as fotos e os vídeos das ações e as formas de entrar em contato com a instituição.

 

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Estácio discute educação financeira em Semana Acadêmica

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

11 de setembro de 2017

Evento promovido pelo curso de Administração acontece de 12 a 15 de setembro

Muito mais que ensinar a economizar ou cortar gastos, a educação financeira consiste em auxiliar os consumidores a melhor administrar os seus recursos. Pensando nisso, o Centro Universitário Estácio do Ceará realiza, de 12 a 15 de setembro, a Semana Acadêmica de Administração. O evento vai discutir assuntos relacionados a investimentos, gestão de micro e pequenas empresas, empreendedorismo, entre outros.

A solenidade de abertura acontecerá no auditório Dep. João Frederico, na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, às 18h30. Na ocasião, serão realizadas as palestras “Coaching eu S/A: meu negócio mais importante”, ministrada por Haline Cordeiro, coordenadora do curso de Administração da Estácio, e “Superendividamento do consumidor”, ministrada pela advogada Josemara Parente.

O evento segue até sexta-feira (15), na Unidade Via Corpvs (Rua Eliseu Uchoa Beco, 600 – Patriolino Ribeiro), com oficinas, minicursos e palestras.

Serviço:

Semana Acadêmica de Administração

Data: 12 a 15 de setembro de 2017

Local: Unidade Via Corpvs

Solenidade de Abertura

Data: 12 de setembro

Horário: 18h30

Local: Auditório Deputado João Frederico Ferreira Gomes – Universidade do Parlamento Cearense, 6º andar do Anexo II da Assembleia Legislativa do Ceará.

Gratuito e aberto ao público

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

O Aviões Fantasy já invadiu Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

11 de setembro de 2017

Público pode sentir o gostinho do mega evento em ação preparativa pra super festa que vai acontecer dia 30 de setembro, na Arena Castelão

A galera de Fortaleza já começou a entrar no clima do Aviões Fantasy. Na noite da última quarta-feira (06), quem estava em pontos estratégicos da cidade, pode interagir com atores vestidos com fantasias. Teve até quem se inspirasse nas opções para garantir o ‘look’ ideal pro dia 30 de setembro, na Arena Castelão.

Os “aviãozeiros” vão comemorar os 15 anos de sucesso e de carreira do Aviões do Forró – hoje liderada por Xand Avião – com um mega evento, que terá ainda Matheus e Kauan, Avine Vinny e o projeto de deejays que está conquistando mundo a fora: Make U Sweat.

Uma dos diferenciais dessa festa é o fato de ser realizada dentro da Arena Castelão. Só grandes atrações tiveram o privilégio de se apresentar no interior do estádio. Nomes como Paul Mcarteney, Beyonce, Elton John, Roberto Carlos, Ivete Sangalo, Iron Maden e, claro, em setembro, a banda Aviões do Forró.

AVIÕES FANTASY

As festas temáticas da banda Aviões do Forró já se consolidaram como as baladas mais concorridas do Brasil, e costumam reunir muita animação e gente bonita, além de famosos que marcam presença para prestigiar o cantor Xand Avião. Os eventos, que percorrem todo país, atraem os holofotes e são sucesso de bilheteria; esgotando ingressos por onde passam.

O ‘Aviões Fantasy’ entrou para lista dos eventos temáticos e deu o pontapé inicial na festa de aniversário de 14 anos do Aviões, ano passado, em Fortaleza. Sucesso absoluto, assim como os projetos Aviões Private, Boate do  Aviões, Pool Party do Aviões, Aviões Sunset, Aviões Elétrico que percorrem por várias cidades do país.

SERVIÇOS:

Onde: Arena Castelão (Avenida Alberto Craveiro, 2901 – Castelão)

Quando: Sábado, 30 de setembro

Hora: 22 horas

Quanto:

Arena: R$40 (meia) | R$80 (inteira)

Front: R$160 (meia) | R$275 (inteira)

Camarote Chandon Open Bar: R$340 (meia) | R$615 (inteira)

Vendas lojas físicas: Loja Aviões Fantasy (Shopping Iguatemi) e nas Lojas Ferrovia (Shopping RioMar Fortaleza, Shopping Benfica e Shopping Parangaba)

Vendas Online: www.ingressando.com

Informações: 85 98773.7330

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

EXTRA APRESENTA SUA COLEÇÃO PRIMAVERA-VERÃO 2018

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

12 de setembro de 2017

 Sob o conceito de Beleza Brasileira, a rede traz estampas florais, roupas coloridas e xadrezes na coleção feminina, masculina e infantil

Para o Extra, a Beleza Brasileira é a tendência da estação e, por isso, a coleção Primavera-Verão 2018 está presente em todas as lojas Hiper do país, com peças cheias de atitude para combinar com todas as formas, gostos e escolhas dos seus clientes.

A coleção traz o romantismo das flores e a juventude das listras, das estampas étnicas e dos silks de paisagens praianas que passeiam por uma cartela de cores tropicais, além de cores neutras como o off white, mescla e marinho. As marcas exclusivas Cast, Arkitect e Bronzini também trazem peças que traduzem o conceito de beleza brasileira, que norteia toda a coleção.

Blusas e calças com bordados de flores, babados, ombros à mostra, decote choker e calças jeans com a barra estilizada são algumas das apostas para essa nova coleção. Essas características podem ser conferidas também nas malhas, nos tecidos planos e nas calças cigarrete, flare e skinny jeans.

Com as linhas feminina, masculina, infantil e underwear, a coleção Primavera-Verão 2018 do Extra é uma ótima opção para quem deseja complementar o seu guarda-roupa com peças atuais, alinhadas com a moda e com preço justo.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti