Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Teresa Cristina participa de lançamento de sete tecnologias na solenidade dos 46 anos da Embrapa

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

23 de Abril de 2019

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Teresa Cristina, participará nesta quarta-feira (24), em Brasília-DF, da solenidade do 46º aniversário da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a partir das 15 horas. Norteada pelo tema “Inovação” e com o slogan “Agricultura movida a Ciência”, a solenidade será realizada no Pavilhão Ciência para a Vida, na Sede da Empresa, com a presença de representantes do poder Executivo, instituições parceiras, organismos internacionais e parlamentares.

            Sete tecnologias foram selecionadas para lançamento nos 46 anos da Empresa, todas soluções de uso direto para o produtor rural, que terá novas alternativas eficazes para combater pragas ou doenças, possibilitando redução de gastos com defensivos nas lavouras. São elas:

  • cultivar transgênica de feijão carioca resistente ao mosaico dourado (BRS RMD);
  • cultivar de alface mais precoce e resistente ao calor;
  • cultivar de porta-enxerto para goiabeira;
  • portfolio de bioinseticidas para controle da lagarta do cartucho, principal praga do milho;
  • Nematec –  agente de controle biológico para controle da vespa da madeira, principal praga de plantios de pinus no Brasil;
  • tecnologia para produção industrial de presuntos crus e copas defumadas de ovinos;
  • aplicativo APP Leite para inclusão tecnológica na atividade de pecuária leiteira.

      Para mais informações sobre os lançamentos: https://www.embrapa.br/home

            Três acordos de cooperação e parceria serão assinados:

  • Acordo de Cooperação Geral com o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC): sete Estados do Centro Oeste e Norte do Brasil uniram-se para elaboração de projetos de pesquisa em comum, definidas com base em oito áreas prioritárias: desenvolvimento econômico e social, agropecuária, infraestrutura e logística, industrialização, educação, empreendedorismo, inovação e meio ambiente;
  • Acordo de Cooperação Técnica com a Corteva Agriscience para o desenvolvimento de novas variedades de plantas com tolerância à seca e resistência a vírus e criação de novas estratégias de controle de pragas, como fitonematóides e fungos fitopatogênicos:
  • Termo de Cooperação Técnico-Financeira celebrado entre a CHESF para ofertar alternativas tecnológicas e incentivar o surgimento de empreendedores na região dos Lagos do São Francisco, envolvendo cerca de 4 mil produtores de 12 cidades nos estados de Alagoas, Sergipe, Pernambuco e Bahia.

            Apresentações Institucionais:

  • Painel temático com anúncios de marcos científicos recentes da Embrapa para o futuro do agronegócio brasileiro;
  • Ciência que transforma o Semiárido: hotsite criado para facilitar o acesso dos produtores rurais ao conjunto de informações geradas pela pesquisa agropecuária;
  • Página de Negócios e Vitrine de Tecnologias: nova seção no Portal Embrapa, construída para relacionamento com empresas interessadas em parcerias, apresentando ativos da Embrapa organizados em categorias e subcategorias deportfolios, disponíveis para modalidade de negócio de cocriação, codesenvolvimento e licenciamento;
  • Publicações institucionais voltadas à divulgação científica: Balanço Social 2018; Mulheres dos Cafés no Brasil; Soja y Abejas; Mundo Aquático Submerso; O legado de Darwin e a pesquisa agropecuária; Mendel – Das Leis da Hereditariedade à Engenharia Genética.

O Balanço Social 2018 da Embrapa registrou um lucro social de R$ 43,52 bilhões em 2018, revelando que para cada real aplicado na Embrapa no ano passado, foram devolvidos R$ 12,16 para a sociedade. Esse valor foi obtido a partir da análise do impacto econômico de 165 soluções tecnológicas e de cerca de 220 cultivares desenvolvidas pela Empresa.

            A Embrapa foi criada em 26 de abril de 1973 e é vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Desde sua criação atua na geração de conhecimento e tecnologias para a produção de alimentos, fibras e fontes de energia, ajudando a transformar a agricultura brasileira.

Serviço:

Data: 24/04/2019

Horário: 15h

Local: Pavilhão Ciência para a Vida – Sede da Embrapa – Brasília/DF

Publicidade aqui

Teresa Cristina participa de lançamento de sete tecnologias na solenidade dos 46 anos da Embrapa

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

23 de Abril de 2019

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Teresa Cristina, participará nesta quarta-feira (24), em Brasília-DF, da solenidade do 46º aniversário da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a partir das 15 horas. Norteada pelo tema “Inovação” e com o slogan “Agricultura movida a Ciência”, a solenidade será realizada no Pavilhão Ciência para a Vida, na Sede da Empresa, com a presença de representantes do poder Executivo, instituições parceiras, organismos internacionais e parlamentares.

            Sete tecnologias foram selecionadas para lançamento nos 46 anos da Empresa, todas soluções de uso direto para o produtor rural, que terá novas alternativas eficazes para combater pragas ou doenças, possibilitando redução de gastos com defensivos nas lavouras. São elas:

  • cultivar transgênica de feijão carioca resistente ao mosaico dourado (BRS RMD);
  • cultivar de alface mais precoce e resistente ao calor;
  • cultivar de porta-enxerto para goiabeira;
  • portfolio de bioinseticidas para controle da lagarta do cartucho, principal praga do milho;
  • Nematec –  agente de controle biológico para controle da vespa da madeira, principal praga de plantios de pinus no Brasil;
  • tecnologia para produção industrial de presuntos crus e copas defumadas de ovinos;
  • aplicativo APP Leite para inclusão tecnológica na atividade de pecuária leiteira.

      Para mais informações sobre os lançamentos: https://www.embrapa.br/home

            Três acordos de cooperação e parceria serão assinados:

  • Acordo de Cooperação Geral com o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central (BrC): sete Estados do Centro Oeste e Norte do Brasil uniram-se para elaboração de projetos de pesquisa em comum, definidas com base em oito áreas prioritárias: desenvolvimento econômico e social, agropecuária, infraestrutura e logística, industrialização, educação, empreendedorismo, inovação e meio ambiente;
  • Acordo de Cooperação Técnica com a Corteva Agriscience para o desenvolvimento de novas variedades de plantas com tolerância à seca e resistência a vírus e criação de novas estratégias de controle de pragas, como fitonematóides e fungos fitopatogênicos:
  • Termo de Cooperação Técnico-Financeira celebrado entre a CHESF para ofertar alternativas tecnológicas e incentivar o surgimento de empreendedores na região dos Lagos do São Francisco, envolvendo cerca de 4 mil produtores de 12 cidades nos estados de Alagoas, Sergipe, Pernambuco e Bahia.

            Apresentações Institucionais:

  • Painel temático com anúncios de marcos científicos recentes da Embrapa para o futuro do agronegócio brasileiro;
  • Ciência que transforma o Semiárido: hotsite criado para facilitar o acesso dos produtores rurais ao conjunto de informações geradas pela pesquisa agropecuária;
  • Página de Negócios e Vitrine de Tecnologias: nova seção no Portal Embrapa, construída para relacionamento com empresas interessadas em parcerias, apresentando ativos da Embrapa organizados em categorias e subcategorias deportfolios, disponíveis para modalidade de negócio de cocriação, codesenvolvimento e licenciamento;
  • Publicações institucionais voltadas à divulgação científica: Balanço Social 2018; Mulheres dos Cafés no Brasil; Soja y Abejas; Mundo Aquático Submerso; O legado de Darwin e a pesquisa agropecuária; Mendel – Das Leis da Hereditariedade à Engenharia Genética.

O Balanço Social 2018 da Embrapa registrou um lucro social de R$ 43,52 bilhões em 2018, revelando que para cada real aplicado na Embrapa no ano passado, foram devolvidos R$ 12,16 para a sociedade. Esse valor foi obtido a partir da análise do impacto econômico de 165 soluções tecnológicas e de cerca de 220 cultivares desenvolvidas pela Empresa.

            A Embrapa foi criada em 26 de abril de 1973 e é vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Desde sua criação atua na geração de conhecimento e tecnologias para a produção de alimentos, fibras e fontes de energia, ajudando a transformar a agricultura brasileira.

Serviço:

Data: 24/04/2019

Horário: 15h

Local: Pavilhão Ciência para a Vida – Sede da Embrapa – Brasília/DF