Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

EDP realiza projeto que vai gerar R$ 10 milhões de economia para o Grupo Avenida ao longo de cinco anos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Abril de 2019

Cerca de 65 mil lâmpadas da varejista foram trocadas. Energia poupada equivale ao gasto de 3.167 residências com consumo médio de 1.200 kWh/ano

A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, realizou um projeto de eficiência energética que leva economia e sustentabilidade para o Grupo Avenida, uma das maiores redes de moda do Brasil. Com o investimento de R$ 4,5 milhões realizado pela EDP, 65 mil lâmpadas antigas da varejista foram substituídas por tecnologia LED em 109 lojas de 11 estados – Acre, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Tocantins.

Com esse projeto, o Grupo Avenida terá uma economia de 3.819 MWh ao ano, o equivalente ao gasto de 3.167 residências com consumo médio de 1.200 kWh/ano. Com a redução, será evitada a emissão de 1.481,6 toneladas de CO2 durante cinco anos, o equivalente a 110 carros a menos nas ruas e ao plantio 1.837 árvores. A rede de lojas também terá uma redução nos seus custos de manutenção, já que a durabilidade das lâmpadas LED é de 50 mil horas (de três a quatro vezes maior do que a das lâmpadas fluorescentes). Além disso, o LED gera menos impacto ambiental por não possuir mercúrio e outros componentes nocivos em sua composição. Tudo isso significa uma economia estimada em cerca de R$10 milhões ao longo de cinco anos.

O contrato renderá à EDP um faturamento estimado em R$ 8,2 milhões. “O projeto desenvolvido para o Grupo Avenida é mais um exemplo de como as empresas podem utilizar nossas soluções de eficiência energética para reduzir custos e elevar sua contribuição ao meio ambiente. A iniciativa proporcionará uma economia de 57% no consumo de energia, o que permitirá ao nosso cliente poupar cerca de R$ 2,4 milhões ao ano”, destaca Aldemir Spohr, diretor da EDP Soluções em Energia.

No Ceará, a EDP Brasil administra a UTE Pecém I, sediada no município de São Gonçalo do Amarante (CE). A usina está em operação desde 2012 e tem capacidade instalada de 720 MW. A atividade da termelétrica foi responsável pela transformação do Ceará de estado importador em exportador da energia elétrica. A UTE Pecém gera cerca de 1500 empregos, entre diretos e indiretos.

Cases de sucesso

A EDP Brasil assumiu um compromisso de disponibilizar produtos e serviços de eficiência energética para reduzir o consumo de energia de seus clientes. Até o momento cerca de 136 GWh foram economizados, o que evitou a emissão de aproximadamente 68.056 toneladas de CO2.

O compromisso foi assumido perante a Organização das Nações Unidas (ONU), na última Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas (COP 21, em Paris), e a aposta em serviços de eficiência energética e geração distribuída fazem parte dessa responsabilidade que compartilhamos com nossos parceiros.

Entre os casos de sucesso, destacam-se:

MAKRO: amplo projeto de eficiência energética que implantou melhorias em 69 lojas da rede atacadista de supermercados em 2017. Com o investimento de R$ 60 milhões, a atacadista reduziu seu consumo de energia com iluminação em até 55%.

COSTA DO SAUÍPE: Realizado no complexo hoteleiro Costa do Sauípe, na Bahia, o projeto desenvolvido em 2016 promoveu a modernização do sistema de climatização de dois hotéis do complexo turístico, com automação e retrofit dos chillers e motobombas. Ao final da remodelação, detectou-se a economia anual de 2.965 MWh, cerca de 34% superior à projetada.

SHOPPING VITÓRIA: O projeto englobou o retrofit/modernização das instalações das Centrais de Água Gelada de duas alas do Shopping Center localizado no Espírito Santo, reduzindo custos e aumentando a confiabilidade da operação do sistema, permitindo que opere mesmo em caso de falha ou indisponibilidade de equipamentos principais. Economia: 2.782 MWh ao ano.

No último ano, os projetos de eficiência energética da EDP foram destaque na ONU. Durante a 73ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York a Companhia apresentou sua unidade de negócio responsável pelo desenvolvimento de projetos de soluções em energia no painel O futuro das cidades, parte da programação do evento O papel do setor privado no Brasil.

Os projetos apresentados reforçam os compromissos da Empresa com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – plano de ação global definido pelas Nações Unidas para promover o desenvolvimento sustentável até 2030.

Sobre a EDP

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia, e possui 6 unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,4 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, adquiriu participação na CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 13 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

Publicidade aqui

leia tudo sobre

EDP realiza projeto que vai gerar R$ 10 milhões de economia para o Grupo Avenida ao longo de cinco anos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

22 de Abril de 2019

Cerca de 65 mil lâmpadas da varejista foram trocadas. Energia poupada equivale ao gasto de 3.167 residências com consumo médio de 1.200 kWh/ano

A EDP, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico, realizou um projeto de eficiência energética que leva economia e sustentabilidade para o Grupo Avenida, uma das maiores redes de moda do Brasil. Com o investimento de R$ 4,5 milhões realizado pela EDP, 65 mil lâmpadas antigas da varejista foram substituídas por tecnologia LED em 109 lojas de 11 estados – Acre, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Tocantins.

Com esse projeto, o Grupo Avenida terá uma economia de 3.819 MWh ao ano, o equivalente ao gasto de 3.167 residências com consumo médio de 1.200 kWh/ano. Com a redução, será evitada a emissão de 1.481,6 toneladas de CO2 durante cinco anos, o equivalente a 110 carros a menos nas ruas e ao plantio 1.837 árvores. A rede de lojas também terá uma redução nos seus custos de manutenção, já que a durabilidade das lâmpadas LED é de 50 mil horas (de três a quatro vezes maior do que a das lâmpadas fluorescentes). Além disso, o LED gera menos impacto ambiental por não possuir mercúrio e outros componentes nocivos em sua composição. Tudo isso significa uma economia estimada em cerca de R$10 milhões ao longo de cinco anos.

O contrato renderá à EDP um faturamento estimado em R$ 8,2 milhões. “O projeto desenvolvido para o Grupo Avenida é mais um exemplo de como as empresas podem utilizar nossas soluções de eficiência energética para reduzir custos e elevar sua contribuição ao meio ambiente. A iniciativa proporcionará uma economia de 57% no consumo de energia, o que permitirá ao nosso cliente poupar cerca de R$ 2,4 milhões ao ano”, destaca Aldemir Spohr, diretor da EDP Soluções em Energia.

No Ceará, a EDP Brasil administra a UTE Pecém I, sediada no município de São Gonçalo do Amarante (CE). A usina está em operação desde 2012 e tem capacidade instalada de 720 MW. A atividade da termelétrica foi responsável pela transformação do Ceará de estado importador em exportador da energia elétrica. A UTE Pecém gera cerca de 1500 empregos, entre diretos e indiretos.

Cases de sucesso

A EDP Brasil assumiu um compromisso de disponibilizar produtos e serviços de eficiência energética para reduzir o consumo de energia de seus clientes. Até o momento cerca de 136 GWh foram economizados, o que evitou a emissão de aproximadamente 68.056 toneladas de CO2.

O compromisso foi assumido perante a Organização das Nações Unidas (ONU), na última Conferência das Partes sobre Mudanças Climáticas (COP 21, em Paris), e a aposta em serviços de eficiência energética e geração distribuída fazem parte dessa responsabilidade que compartilhamos com nossos parceiros.

Entre os casos de sucesso, destacam-se:

MAKRO: amplo projeto de eficiência energética que implantou melhorias em 69 lojas da rede atacadista de supermercados em 2017. Com o investimento de R$ 60 milhões, a atacadista reduziu seu consumo de energia com iluminação em até 55%.

COSTA DO SAUÍPE: Realizado no complexo hoteleiro Costa do Sauípe, na Bahia, o projeto desenvolvido em 2016 promoveu a modernização do sistema de climatização de dois hotéis do complexo turístico, com automação e retrofit dos chillers e motobombas. Ao final da remodelação, detectou-se a economia anual de 2.965 MWh, cerca de 34% superior à projetada.

SHOPPING VITÓRIA: O projeto englobou o retrofit/modernização das instalações das Centrais de Água Gelada de duas alas do Shopping Center localizado no Espírito Santo, reduzindo custos e aumentando a confiabilidade da operação do sistema, permitindo que opere mesmo em caso de falha ou indisponibilidade de equipamentos principais. Economia: 2.782 MWh ao ano.

No último ano, os projetos de eficiência energética da EDP foram destaque na ONU. Durante a 73ª Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York a Companhia apresentou sua unidade de negócio responsável pelo desenvolvimento de projetos de soluções em energia no painel O futuro das cidades, parte da programação do evento O papel do setor privado no Brasil.

Os projetos apresentados reforçam os compromissos da Empresa com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – plano de ação global definido pelas Nações Unidas para promover o desenvolvimento sustentável até 2030.

Sobre a EDP

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia, e possui 6 unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,4 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, adquiriu participação na CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 13 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.