Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Com diversidade em peixes e vinhos, Supermercado Guará espera aumento de 8% no movimento durante a Semana Santa

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de Abril de 2019


Nem ovo de Páscoa, nem chocolate em barra: o insumo mais procurado durante a Semana Santa desse ano, segundo pesquisa interna do Supermercado Guará, é o peixe, com 30% da preferência dos consumidores. Apesar da tradição de presentear crianças, amigos e colegas com o doce favorito do brasileiro, a tendência de compra do cearense indica que a maior preocupação ainda é o famoso almoço do domingo, com pratos de pescados e frutos do mar, para encerrar os ritos cristãos da melhor forma, com pratos e quitutes voltados para a culinária litorânea.

Segundo Flávio Figueiredo, sócio proprietário do Guará, o aumento da procura por pescados até o próximo sábado (20), véspera do domingo de Páscoa, deve chegar até 15% nas cinco lojas da marca, aumentando em até 8% a movimentação nos supermercados. “Obviamente, também há aumento na compra de chocolates e ovos de Páscoa, especialmente para crianças, mas nosso produto principal segue sendo o pescado, com destaque para peixes como o bacalhau, o sirigado e o salmão”, explicou. Complementos da culinária mediterrânea, como azeites, também fazem sucesso na época, dando toque final aos pratos mais comuns da data comemorativa, como o lombo de bacalhau.

Para atender a todos os bolsos, o preço dos pescados varia entre R$ 12,99 e R$ 84,99, com cortes diferenciados e tamanhos que contemplam as mais variadas famílias. Outro destaque do período pascoal, os vinhos, prometem fazer sucesso com os consumidores de todos os gostos: a casa conta com mais de 400 rótulos de vinhos, entre chilenos, argentinos, portugueses e brasileiros, além de 50 rótulos de cervejas, para quem preferir relaxar ou se divertir durante o fim de semana.

Para quem irá ficar pela capital cearense no feriado, a dica é se preparar antes, fazendo uma feira com os produtos essenciais e garantidos os peixes mais frescos sem correria ou filas longas. “Como na maioria dos feriados, esperamos uma grande movimentação na própria sexta-feira e no sábado, então quem quiser garantir os produtos sem filas deve dar preferência às compras no início da semana”, alerta Flávio. Quem deixar para a última hora, no entanto, poderá contar com as lojas abertas até domingo (21).

Publicidade aqui

Com diversidade em peixes e vinhos, Supermercado Guará espera aumento de 8% no movimento durante a Semana Santa

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

17 de Abril de 2019


Nem ovo de Páscoa, nem chocolate em barra: o insumo mais procurado durante a Semana Santa desse ano, segundo pesquisa interna do Supermercado Guará, é o peixe, com 30% da preferência dos consumidores. Apesar da tradição de presentear crianças, amigos e colegas com o doce favorito do brasileiro, a tendência de compra do cearense indica que a maior preocupação ainda é o famoso almoço do domingo, com pratos de pescados e frutos do mar, para encerrar os ritos cristãos da melhor forma, com pratos e quitutes voltados para a culinária litorânea.

Segundo Flávio Figueiredo, sócio proprietário do Guará, o aumento da procura por pescados até o próximo sábado (20), véspera do domingo de Páscoa, deve chegar até 15% nas cinco lojas da marca, aumentando em até 8% a movimentação nos supermercados. “Obviamente, também há aumento na compra de chocolates e ovos de Páscoa, especialmente para crianças, mas nosso produto principal segue sendo o pescado, com destaque para peixes como o bacalhau, o sirigado e o salmão”, explicou. Complementos da culinária mediterrânea, como azeites, também fazem sucesso na época, dando toque final aos pratos mais comuns da data comemorativa, como o lombo de bacalhau.

Para atender a todos os bolsos, o preço dos pescados varia entre R$ 12,99 e R$ 84,99, com cortes diferenciados e tamanhos que contemplam as mais variadas famílias. Outro destaque do período pascoal, os vinhos, prometem fazer sucesso com os consumidores de todos os gostos: a casa conta com mais de 400 rótulos de vinhos, entre chilenos, argentinos, portugueses e brasileiros, além de 50 rótulos de cervejas, para quem preferir relaxar ou se divertir durante o fim de semana.

Para quem irá ficar pela capital cearense no feriado, a dica é se preparar antes, fazendo uma feira com os produtos essenciais e garantidos os peixes mais frescos sem correria ou filas longas. “Como na maioria dos feriados, esperamos uma grande movimentação na própria sexta-feira e no sábado, então quem quiser garantir os produtos sem filas deve dar preferência às compras no início da semana”, alerta Flávio. Quem deixar para a última hora, no entanto, poderá contar com as lojas abertas até domingo (21).