Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

MFF traz o artista Paulo Emílio para oficina gratuita sobre Foto Performance

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de Março de 2019

A programação acontece entre os dias 26 e 29 de março

O Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) e Paulo Emílio te convidam a participar de um encontro com o seu imaginário pessoal, despertando para as subjetividades de quem deseja, através de suas memórias, histórias e imagens de vida, acessarem indícios de coletividade, resistência e resiliência. A oficina foi pensada como um momento de partilha de olhares, sentires, saberes, sabores e fazere. Serão abordados temas como: o feminino no masculino, vida e morte de mulheres ancestrais, separações, família, abuso infantil, suicídio, religiosidade popular, ruralidades e urbanidades, lembranças de amores (in)felizes, pequenas e grandes violências, a peregrina fotografia lambe-lambe… Eles servem de mote para o parir das imagens (i)móveis do artista, que costuma encarná-las em ações poéticas e sonoridades.

O foco central é o experimento criativo através de exercícios potencializadores de sentimentos, promovendo a capacidade de encarar conflitos internos/externos, utilizando as imagens pessoais como suporte disparador de liberdades desenhadas em ações poéticas, também chamadas de performance. As linguagens da arte, as dinâmicas de grupo, alongamentos e relaxamentos, as brincadeiras de todos os tempos ajudarão a guiar os passos no (re)descobrir dos sentidos dos labirintos de nossa (des)conhecida humanidade.

A oficina acontece nos dias 26, 27, 28 e 29 de março, sempre de 13h 17h, no MFF. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site sympla.com.br.

Perfil Paulo Emílio – menino arteiro que brinca de ser poeta misturando azedo com doce. Menino crescido que encontrou na palavra, imagem e performance seu sonho de paz e justiça. Menino que gosta de cutucar as pessoas envolvendo-as numa rede de afetos, abraços, sorrisos e festa. Quando cresceu tornou-se aprendiz de Arte/Educação, Arte/terapia, Psicologia e Fé. De onde veio, Cariri cearense, nem imaginava ser Doutor pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Portugal. Lá (re)descobriu sua essência romeira. Sua paixão é estar com as gentes partilhando memórias (de e em vários lugares); saborear o tempo, provar de tudo um pouquinho; trocar ideias, alegrias e desassossegos… Forja-se multiartista no coletivo de criação artística Tuia de Artifícios, onde inventa mil coisas com seu Laboratório dos Sentidos, um espaço imaginário cheio de sensibilidades e esperanças, partilhas vivenciadas com seu companheiro de vida e arte Dori Nigro.

Sobre o Museu

Inaugurado dia 10 de março de 2017 com a coleção Paula e Silvio Frota, o MFF recebe cerca de 4 mil visitantes por mês, que podem conferir dois andares de acervo fixo, além de mais outro que recebe exposições temporárias. Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, os projetos Museu na Comunidade e Museu no Interior já visitaram diversas comunidades da capital e do interior (Maracanaú, Jericoacoara e Redenção), levando até o público em situação de vulnerabilidade, teoria e prática acerca do mundo da fotografia. Além disso, o equipamento realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de educativo formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE), da Universidade Estadual do Ceará (UECE), Estácio e Escolas Técnicas do Governo do Estado.

Serviço:

Oficina Paulo Emílio

Foto Performance – Laboratório dos Sonhos

Data: 26, 27, 28 e 29 de março (terça, quarta, quinta e sexta-feira)

Horário: sempre de 13h às 15h

Local: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Inscrições: gratuitas, no site sympla.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661

Publicidade aqui

MFF traz o artista Paulo Emílio para oficina gratuita sobre Foto Performance

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de Março de 2019

A programação acontece entre os dias 26 e 29 de março

O Museu da Fotografia Fortaleza (MFF) e Paulo Emílio te convidam a participar de um encontro com o seu imaginário pessoal, despertando para as subjetividades de quem deseja, através de suas memórias, histórias e imagens de vida, acessarem indícios de coletividade, resistência e resiliência. A oficina foi pensada como um momento de partilha de olhares, sentires, saberes, sabores e fazere. Serão abordados temas como: o feminino no masculino, vida e morte de mulheres ancestrais, separações, família, abuso infantil, suicídio, religiosidade popular, ruralidades e urbanidades, lembranças de amores (in)felizes, pequenas e grandes violências, a peregrina fotografia lambe-lambe… Eles servem de mote para o parir das imagens (i)móveis do artista, que costuma encarná-las em ações poéticas e sonoridades.

O foco central é o experimento criativo através de exercícios potencializadores de sentimentos, promovendo a capacidade de encarar conflitos internos/externos, utilizando as imagens pessoais como suporte disparador de liberdades desenhadas em ações poéticas, também chamadas de performance. As linguagens da arte, as dinâmicas de grupo, alongamentos e relaxamentos, as brincadeiras de todos os tempos ajudarão a guiar os passos no (re)descobrir dos sentidos dos labirintos de nossa (des)conhecida humanidade.

A oficina acontece nos dias 26, 27, 28 e 29 de março, sempre de 13h 17h, no MFF. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site sympla.com.br.

Perfil Paulo Emílio – menino arteiro que brinca de ser poeta misturando azedo com doce. Menino crescido que encontrou na palavra, imagem e performance seu sonho de paz e justiça. Menino que gosta de cutucar as pessoas envolvendo-as numa rede de afetos, abraços, sorrisos e festa. Quando cresceu tornou-se aprendiz de Arte/Educação, Arte/terapia, Psicologia e Fé. De onde veio, Cariri cearense, nem imaginava ser Doutor pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, Portugal. Lá (re)descobriu sua essência romeira. Sua paixão é estar com as gentes partilhando memórias (de e em vários lugares); saborear o tempo, provar de tudo um pouquinho; trocar ideias, alegrias e desassossegos… Forja-se multiartista no coletivo de criação artística Tuia de Artifícios, onde inventa mil coisas com seu Laboratório dos Sentidos, um espaço imaginário cheio de sensibilidades e esperanças, partilhas vivenciadas com seu companheiro de vida e arte Dori Nigro.

Sobre o Museu

Inaugurado dia 10 de março de 2017 com a coleção Paula e Silvio Frota, o MFF recebe cerca de 4 mil visitantes por mês, que podem conferir dois andares de acervo fixo, além de mais outro que recebe exposições temporárias. Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, os projetos Museu na Comunidade e Museu no Interior já visitaram diversas comunidades da capital e do interior (Maracanaú, Jericoacoara e Redenção), levando até o público em situação de vulnerabilidade, teoria e prática acerca do mundo da fotografia. Além disso, o equipamento realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de educativo formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE), da Universidade Estadual do Ceará (UECE), Estácio e Escolas Técnicas do Governo do Estado.

Serviço:

Oficina Paulo Emílio

Foto Performance – Laboratório dos Sonhos

Data: 26, 27, 28 e 29 de março (terça, quarta, quinta e sexta-feira)

Horário: sempre de 13h às 15h

Local: Museu da Fotografia Fortaleza

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Inscrições: gratuitas, no site sympla.com.br

Mais informações: (85) 3017-3661