Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Cearense Gilberto Silva alcança ótimos resultados na 1ª etapa da Copa Brasil de Paraciclismo

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de Fevereiro de 2019

O paraciclista cearense Gilberto Silva trouxe novas medalhas para casa. O atleta ganhou segunda e terceira colocações em duas provas da Copa Brasil de Paraciclismo, que aconteceram no último fim de semana (23 e 24), em Maringá (PR).

A Copa Brasil é um dos principais eventos do calendário nacional e conta pontos no ranking nacional e internacional. No sábado (23), Gilberto foi para Maringá com a o apoio do Instituto Aço Cearense, que já apoia o atleta há nove anos, e alcançou a terceira colação na prova contrarrelógio e no domingo, chegou em segundo lugar na prova de resistência (70km).

Para Gilberto, que já foi campeão nacional, cada prova é uma superação. “O resultado dessa prova foi muito bom, mas ainda quero me superar mais, pois a intensão é participar de campeonatos internacionais e quem sabe compor a seleção brasileira. E graças ao Instituto Aço Cearense, posso participar de provas muito importantes para esse crescimento na minha carreira”, disse o paraciclista.

Publicidade aqui

Cearense Gilberto Silva alcança ótimos resultados na 1ª etapa da Copa Brasil de Paraciclismo

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

27 de Fevereiro de 2019

O paraciclista cearense Gilberto Silva trouxe novas medalhas para casa. O atleta ganhou segunda e terceira colocações em duas provas da Copa Brasil de Paraciclismo, que aconteceram no último fim de semana (23 e 24), em Maringá (PR).

A Copa Brasil é um dos principais eventos do calendário nacional e conta pontos no ranking nacional e internacional. No sábado (23), Gilberto foi para Maringá com a o apoio do Instituto Aço Cearense, que já apoia o atleta há nove anos, e alcançou a terceira colação na prova contrarrelógio e no domingo, chegou em segundo lugar na prova de resistência (70km).

Para Gilberto, que já foi campeão nacional, cada prova é uma superação. “O resultado dessa prova foi muito bom, mas ainda quero me superar mais, pois a intensão é participar de campeonatos internacionais e quem sabe compor a seleção brasileira. E graças ao Instituto Aço Cearense, posso participar de provas muito importantes para esse crescimento na minha carreira”, disse o paraciclista.