Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

junho 2018

Conheça os benefícios do Seguro Auto que vão além do carro

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

01 de junho de 2018

Já se foi o tempo que o seguro de automóvel era apenas focado no veículo. Atualmente, as seguradoras têm ampliado o leque de atuação e oferecem diversos serviços para atender as necessidades dos clientes. Atendimento de chaveiro, encanador, eletricista e até mesmo descontos em estabelecimentos e produtos, são alguns exemplos.

Seguindo essa tendência, o Porto Seguro Auto oferece diversos benefícios além das tradicionais coberturas de furto, roubo, colisão e incêndio para o automóvel, contemplando também vantagens para o próprio segurado e sua família. Segundo o Diretor do Porto Seguro Auto, Jaime Soares, “o objetivo é agregar mais serviços para satisfazer o cliente e acabar com o mito de que seguro é um investimento que não se usa”.

O seguro oferece soluções para a residência como reparos emergenciais em rede elétrica e hidráulica, chaveiro, serviços para o pet, serviço de cartório, descontos em eventos culturais patrocinados pela Porto Seguro, entre outros. Os produtos segmentados Moto, Auto Jovem e Auto Premium também contemplam esses benefícios, incluindo condições especiais para seus públicos.

Soares reforça que muitos ainda não conhecem a quantidade de benefícios disponibilizados. “Às vezes, a pessoa tem gasto por serviços que estão inclusos no seguro de carro. Por conta disso, é muito importante buscar informações com seu Corretor e conhecer o que é ofertado. Além da economia, o segurado conta com segurança e qualidade no serviço com um profissional credenciado”, finaliza.

Sobre a Porto Seguro

A Porto Seguro está entre as principais seguradoras do Brasil. Atuante nesse mercado desde 1945 oferece por meio de suas subsidiárias ampla gama de produtos de seguro: automóvel, saúde, empresarial, vida e previdência, patrimonial e transportes. É líder no segmento de seguro de automóveis, e terceira no ranking de saúde empresarial, suas duas principais linhas de produto.

Publicidade

Fortaleza recebe cursos inéditos em estética avançada

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

01 de junho de 2018

Ofertados pelo IAMP, os cursos buscam desmistificar o campo da estética ao abordar técnicas profissionalizantes e científicas

 

No mês de junho, Fortaleza recebe dois cursos inéditos voltados para tratamentos estéticos: Aplicação de Toxina Botulínica e Preenchimento Dérmico com Ácido Hialurônico, além do curso Desmistificando Assuntos da Estética. Ofertados pelo Instituto Antônio Mesquita Parente (IAMP), o objetivo é ampliar cada vez mais o leque de capacitações na área da estética avançada, além de formar profissionais qualificados para democratizar o acesso de tratamentos estéticos por meio de clínicas de atendimento popular. As vagas são limitadas.

 

Os cursos são ministrados por professores conceituados, que vem auxiliar na aproximação dos estudantes cearenses com as práticas e técnicas de estética mais avançadas. Para isso, o IAMP convidou o Dr. Alan Macário, graduado pela Harvad Orofacial Post Graduation e membro da Botox World, e a Dra. Juliana Muniz, pós-graduada em Harmonização Orofacial, que comandam nos dias 16 e 17 de junho o curso sobre a Toxina Botulínica e Preenchimento. As aulas serão tanto teóricas como práticas, abordando harmonização facial, técnicas avançadas com combinação de toxina e dicas para otimização de resultados da toxina botulínica tipo A, entre outros assuntos.

 

Já no dia 30 de junho, o momento de formação fica por conta da professora Dra. Carla Leone, fisioterapeuta esteta e docente da Universidade Anhembi Morumbi em São Paulo. A especialista traz o curso Desmistificando Assuntos da Estética, com abordagens voltadas para estudantes e profissionais que atuam ou têm interesse em atuar na área. A professora apresenta formas de aliar ciência e prática clínica em estética, com métodos profissionais que garantem os resultados dos tratamentos.

 

Nesses debates, o IAMP é pioneiro: é a primeira vez que as temáticas serão apresentados no Nordeste de forma inovadora. Os cursos acontecem no Unidade Sul do IAMP, no Bairro Cidade dos Funcionários.

 

Sobre o IAMP: O Instituto Antônio Mesquita Parente (IAMP) nasceu da necessidade de proporcionar à comunidade uma instituição civil de caráter cultural, educativo, científico, assistencial e filantrópico. Fundado em 15 de julho de 2013, o instituto tem como objetivo apresentar uma educação capaz de proporcionar o desenvolvimento cognitivo, social e emocional do aluno, oferecendo cursos livres, de extensão, mestrado e especialização nas áreas da educação, estética, gestão, dentre outras.

Serviço:

Cursos em Estética Avançada IAMP

Dias 16 e 17 de junho:

Aplicação de Toxina Botulínica e Preenchimento Dérmico com Ácido Hialurônico

Dr. Alan Macário e a Dra. Juliana Muniz

Investimento: R$ 2.000,00.

 

Dia 30 de Junho:

Desmistificando Assuntos da Estética

Dra. Carla Leone

Investimento: R$ 250,00.

 

Mais informações, formas de pagamento e inscrições:

(85) 98920 2762 / contato@iamp.com.br

Site: www.iamp.com.br | Facebook: /iamesquitap | Instagram: @iamesquitap

 

Publicidade

Ferrovia Eyewear lança Campanha “Compre um, Ganhe outro” para o Dia dos Namorados

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de junho de 2018

O Dia dos Namorados, comemorado em 12 de junho, está se aproximando e a Ferrovia Eyewear preparou uma campanha toda especial para os apaixonados. Pensando naqueles que querem fazer bonito na data mais romântica do ano, a Ferrovia lança a campanha “Compre um, ganhe outro”. Assim, na compra de um óculos, entre os dias 01 e 30 de junho, o cliente ganhará outro.

“Preparamos uma linda coleção, com óculos de fabricação própria, para incentivar os casais de namorados. Afinal, na compra de uma peça, o cliente já ganhará outra para presentear a pessoa amada”, ressalta Cláudia Gomes, gerente de marketing da Ferrovia.

Para apresentar a nova coleção, a campanha contou com uma sessão de fotos, pelas lentes do fotógrafo Nicolas Gondim. O cenário escolhido foi Salinas da Praia de Morro Branco.

 

CONCURSO CULTURAL:

Além da campanha, a Ferrovia lançou um concurso cultural nas redes sociais que presenteará dois casais de namorados, no próximo dia 12.

A grife sorteará 2 casais para assistirem o espetáculo “Enfim nós”, no Theatro Via Sul, com direito a um jantar de comida japonesa oferecido pelo Tomodachi Sushi Bar. Além desse momento incrível, os vencedores ganharão um Dia de Beleza no salão Be Glam da Cosbel e um kit de óculos Ferrovia.

Para concorrer é bastante simples, basta:

1 – Seguir a @ferroviaeyewear, @cosbel e @tomodachisuhi aqui no instagram;

2 – Publicar uma foto do seu momento Ferrovia ao lado do seu amor;

 

3 – Utilizar na sua publicação a hashtag #namoradosFerrovia2018

 

Serão analisados os seguintes itens: espontaneidade, qualidade da imagem e emoção. Foto com óculos Ferrovia será um diferencial.O perfil na rede social precisa estar em modo público para a análise da foto.

 

O resultado sairá dia 11/06 nas redes sociais da Ferrovia e o contato com os casais vencedores será por meio de direct.

 

Publicidade

Zé Cantor leva novo repertório ao Pôr do Samba deste domingo (3) no Colosso Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de junho de 2018

O forrozeiro, que atualmente é o artista mais tocado nas rádios do Nordeste e o sétimo do Brasil, apresenta hits que compõem o novo DVD ‘Agora Sou Eu e Você’.

​Zé Cantor (Foto: Fred Pontes)

O Pôr do Samba, tradicional projeto do Colosso Fortaleza, vai receber uma pitada de forró neste domingo (3). O forrozeiro Zé Cantor vai apresentar o novo repertório recheado de sucessos, incluindo hits que compõem o novo DVD intitulado ‘Agora Sou Eu e Você’.

Atualmente, Zé Cantor está no topo das rádios do Nordeste mantendo-se em primeiro lugar com a música “Tô Caindo Fora” e ocupa a sétima posição a nível Brasil. A faixa conta com a participação de Jonas Esticado e já está disponível no canal oficial de Zé Cantor no You Tube, em videoclipe.

A música faz parte do novo DVD de Zé Cantor, gravado no último dia 11 de abril, em Fortaleza, sob o título de “Agora Sou Eu e Você”. O evento aconteceu no conceituadíssimo Coco Bambu Sul, em Fortaleza. Subiram ao palco ao lado de  Zé Cantor, Xand Avião, Mano Walter, Jonas Esticado, Avine Vinne e Maria Clara.

O DVD chega para marcar a transição do nome ‘Solteirões do Forró’ para Zé Cantor. Será o pontapé inicial desta nova fase a ser escrita com a gravação do DVD. A mudança vem para acompanhar a constante transformação no cenário musical, em que adotar o próprio nome como marca, tornou-se uma situação comum entre os grandes artistas.

Confira o clipe de “Tô Caindo Fora” com Zé Cantor e Jonas Esticado acessando bit.ly/Tocaindofora.

SERVIÇOS:

Atrações: Marcinho, Coletivo Pôr do Smaba, Balanço Social e Dj Thiago Camargo também agita a programação.

Quando: Domingo, 3 de junho

Onde: Colosso Fortaleza (Avenida Hermenegildo Sá Cavalcante, SN – Edson Queiroz)

Hora: A partir das 16h

Valor: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia), feminino e R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia), masculino.

Vendas: APP Colosso Fortaleza

Mais informações: 85 98773.7330

Publicidade

Vem aí uma matinê diferente para alegrar os dias de domingo da garotada entre 12 e 17 anos! 

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de junho de 2018

 
A Silent Disco Brasil promove, no dia 10 de junho, de 16h às 21h, a primeira Matinê da Silent. O evento, que será realizado no L’espace Buffet, contará com 3 Djs tocando ao mesmo tempo e no mesmo ambiente. 
 
A ideia é resgatar um conceito de festas já bastante conhecido, aliado agora com elementos da tecnologia. Na ocasião, serão distribuídos fones de ouvido wireless (sem fio), cada um com três canais e cores neon para que a pessoa escolha qual Dj ouvir, podendo mudar para os outros Djs no momento que desejar. A dinâmica da festa garante uma grande variedade de estilos musicais e promete não deixar ninguém parado, com uma chuva de cores iluminando o ambiente. 
 
As atrações confirmadas até o momento são os Djs Marciano Djow, Morr e Pedro Santiago. O evento ainda contará com espaço Gourmet, com vendas de salgadinhos, doces, refrigerante, picolé, pipoca e muito mais. Os ingressos são limitados. 
 
SERVIÇO:
Data: 10/06
Local: L’espace Buffet (Valdetário Mota, 1479. Cocó.)
Horário: 16h às 21h
Atrações: Djs Marciano Djow, Morr e Pedro Santiago
Faixa etária: 12 a 17 anos
Valor do ingresso: R$ 30,00 (antecipado) e R$ 40,00 (bilheteria)
Venda de ingressos: Grego Matuto Food Truck (Av. Dom Luís, 1156, no My Food Park – em frente ao restaurante Dallas). Horário de funcionamento: Ter – Qui – Dom (17h às 22h) / Sex e Sáb (17h às 00h)
Publicidade

Museu da Fotografia Fortaleza realiza Curso de Fotografia para Dispositivos Móveis, com o fotógrafo Thiago Braga

Por Oswaldo Scaliotti em Qualificação

01 de junho de 2018

 

Curso terá aula de campo na Feira de Cascavel

 

Durante este e o próximo fim de semana (dias 03 e 09 de junho), o professor Thiago Braga voltará ao Museu para mais um curso de Fotografia para Dispositivos Móveis. Divididas entre prática e expositiva, as aulas ajudarão o aluno a manusear a celular ou tablete com facilidade e precisão, a entender o comportamento da luz, sua direção e intensidade, e compreender a importância do ato fotográfico na contemporaneidade. O objetivo é promover e fomentar a prática da fotografia e a discussão da imagem.

No total, serão 8 horas de curso, sendo 5 em campo (no segundo dia). No primeiro dia, serão realizados exercícios em sala. No segundo, os alunos viajarão até a Feira de Cascavel colocar em prática o que aprenderam e fazer registros no local. Os alunos irão ao local definido, juntamente com o professor, em um ônibus disponibilizado pelo MFF. Podem se inscrever pessoas que tenham interesse em fotografia, história da arte ou em artes visuais em geral, utilizando celular ou tablet com câmera.

Conteúdo programático:

Aula 01:

– Fotografia e suas definições

– Breve história da fotografia

– Composição em fotografia

 

Aula 02:

– Aula de campo

Perfil Thiago Braga – Professor e fotógrafo, formado em filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e mestre em comunicação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), onde desenvolveu pesquisas sobre estética fotográfica e filosofia da fotografia. Diretor de pesquisa e intercâmbio do Instituto da Fotografia (Ifoto), lecionou no Porto Iracema das Artes, hoje trabalha na Travessa da Imagem e ministra oficina no Museu da Fotografia de Fortaleza.

Sobre o Museu

Compreendendo sua função social para além do espaço expositivo, o Museu da Fotografia realiza uma série de ações que têm como objetivo a divulgação de novos talentos e a promoção da fotografia contemporânea a partir da realização de cursos e visitas guiadas para a terceira idade e de oficinas e workshops voltados a artistas, estudantes e educadores – resultado, inclusive, da proximidade da instituição junto às Secretarias de Cultura (Secult), de Turismo (Setur) e de Educação do Estado (Seduc), e às Secretarias Municipais da Educação (SME), de Turismo (Setfor) e de Cultura de Fortaleza (Secultfor). O MFF tem também uma equipe de monitoria formada pelos alunos dos cursos de Comunicação Social da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade de Fortaleza (Unifor), Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Artes Visuais do Instituto Federal do Ceará (IFCE) e do curso de Fotografia do Porto Iracema das Artes.

Serviço:

Curso de Fotografia Básica para Dispositivos Móveis

Dias: 03 e 09 de junho (domingo e sábado)

Horários: 13h às 17h / 07h às 12h (respectivamente)

Local de realização dos exercícios e concentração para aula de campo: MFF

Endereço: Rua Frederico Borges, 545 – Varjota

Pré-inscrições: pelo e-mail educacao@museudafotografia.com.br

Inscrições: R$200,00 (somente em dinheiro, presenciais, no Museu)

Mais informações: (85) 3017-3661

Publicidade

Secretário do Tesouro Nacional ministra palestra em evento do IBEF Ceará

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de junho de 2018

O encontro será aberto ao público e debaterá o desafio do ajuste fiscal no Brasil

O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará (Ibef-CE) recebe, no dia 05 de junho, às 19h, no Hotel Gran Marquise, o atual secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida. A palestra abordará a temática “Desafio do ajuste fiscal no Brasil: diagnósticos e caminhos”.

“Discutir a necessidade de ajuste fiscal no Brasil é importante para que busquemos o equilíbrio das contas públicas e promovamos a retomada do crescimento econômico, e consequentemente, o cumprimento do teto de gastos”, destaca o vice-presidente do Ibef Ceará, Delano Macedo.

O economista Raimundo Padilha, com mais de dez anos de experiência no mercado financeiro, e o ex-presidente do BNB e professor titular da Universidade Federal do Ceará (UFC), Marcos Holanda, serão os debatedores.

O presidente do Ibef Ceará, Raul dos Santos, ressaltou a importância do evento. “Em primeiro lugar, prestigiar um cearense que vem fazendo um belo trabalho, sendo uma pessoa bastante qualificada, que é o Mansueto Almeida. A ideia será trazer conhecimentos e debater acerca de ações e rumos que o governo está dando a política fiscal de nosso país. A população brasileira está em esgotamento pela quantidade de impostos que paga, atrelada a má gestão dos recursos públicos”, afirma Raul.

Serviço:

Palestra: “Desafio do ajuste fiscal no Brasil: diagnósticos e caminhos”.

Dia 05.06

Horário: 19h

Local: Hotel Gran Marquise – Av. Beira Mar, 3980 – Mucuripe

Inscrições e mais informações:

Telefones: (85) 3221.6531 | (85) 988.92.7064

E-mail: contato@ibefce.org.br

Site: http://www.ibefce.org.br

Publicidade

Estudantes visitam planta industrial da empresa Aço Cearense

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

01 de junho de 2018

Na última semana, a empresa Aço Cearense abriu as portas para receber alunos do Curso de Metalurgia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), do campus Caucaia. Os estudantes conheceram o processo de produção e a norma padronizadora dos produtos da instituição.

Uma comitiva formada por 16 alunos foi conduzida pela professora do curso, Heloisa Cordeiro; pelos analistas de gestão e processo de produção da Aço Cearense, Raul Corrêa e Fellipe Macedo e pela analista de qualidade, Águeda Morais. Os anfitriões explicaram aos estudantes todo o processo produtivo da empresa e como funciona o Sistema de Gestão de Qualidade. Profissionais das áreas de Segurança do trabalho, Comunicação e Produção também receberam os visitantes para breve explicação de seus trabalhos.

O aluno do IFCE, Guilherme Henrique, destacou como a visita foi importante para a compreensão da metalurgia na prática. “É a primeira vez que conheço uma empresa do porte da Aço Cearense e me identifiquei bastante com o local de trabalho. Espero voltar como colaborador futuramente”, disse.

A Aço Cearense recebe mensalmente estudantes para conhecer na área industrial. Para agendar as visitas é necessário entrar em contato com o setor de comunicação através do e-mail comunicação@acocearense.com.br.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Greve dos caminhoneiros prejudica fiscalização agropecuária

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

01 de junho de 2018

Os auditores fiscais federais agropecuários (Affas) estão trabalhando para garantir que a produção agropecuária brasileira sofra o menos possível em decorrência da paralisação dos profissionais do setor de transportes. Além de ter de driblar os problemas logísticos, os profissionais também têm atuado para garantir a inspeção de produtos de origem animal, o bem-estar dos animais, além de atuar para evitar a retomada de pragas que podem proliferar na produção vegetal.

Em Santa Catarina, maior centro exportador de aves e suínos, os Affas estão atuando para garantir que não falte alimento para os animais. “Estamos com as câmaras frigoríficas cheias, com isso reduzimos o número de abates. Diminuindo o número de abates ficam mais animais nos campos. Eles demandam mais alimentos, que não estão chegando. Esta semana precisamos negociar com os caminhoneiros porque a produção no sul do Estado estava comprometida por falta de alimento. Conseguimos, no comitê de crise, que 15 caminhões de milho para produção de ração fossem liberados”, informa o auditor fiscal federal André Barbosa da Silva. Ele integra o comitê de crise do Estado de Santa Catarina.

No Estado de São Paulo, o abate de animais foi suspenso em Votuporanga. Em Marília e Ribeirão Preto os entrepostos estão com dificuldade de funcionamento, e o setor de pescados em Santos está parado. Houve uma drástica redução das exportações em Guarulhos. “Os auditores têm se desdobrado, comprado combustível com recursos próprios para conseguir atender às demandas nas plantas que ainda estão em funcionamento”, explica a Affa Luciana Pomillo.

Em Minas os auditores ficais federais têm feito a mediação entre as associações da cadeia produtiva do agronegócio e o gabinete de crise no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Lá, as atividades em diversas empresas estão paradas desde segunda-feira. “Temos informado as autoridades competentes sobre os problemas encontrados pelas associações e, com isso, mitigado os problemas”, informa o chefe da Divisão de Defesa Agropecuária, Clério Lacerda.

Uma das consequências da suspensão ou redução nos abates é o aumento e o surgimento de doenças nos animais. “Eles estão confinados e começam a ter uma alimentação que não é a adequada, e essa situação leva ao estresse, que pode aumentar casos de doenças”, alerta Barbosa. Em Santa Catarina, único Estado livre de febre aftosa sem vacinação, os Affas têm redobrado esforços para manter essa condição. “Estamos priorizando a fiscalização para garantir que o Estado continue livre da febre aftosa e os alimentos continuem chegando seguros à população”, afirma André Barbosa.

Não é apenas o setor de produtos de origem animal que sofre com as paralisações. No Vale do São Francisco os caminhões parados começam a dispensar frutas e legumes na estrada, por falta de combustível. “Nossa preocupação é que pragas, como a mosca da fruta, que está controlada no Brasil, com o excesso de vegetais em decomposição, prolifere e saia do controle. Isso pode prejudicar a produção agrícola no futuro, mesmo depois de normalizada a situação nas rodovias”, explica o diretor de comunicação do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários, Roberto Siqueira.

Sobre os Auditores Fiscais Federais Agropecuários

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) é a entidade representativa dos integrantes da carreira de Auditor Fiscal Federal Agropecuário. Os profissionais são engenheiros agrônomos, farmacêuticos, químicos, médicos veterinários e zootecnistas que exercem suas funções para garantir qualidade de vida, saúde e segurança alimentar para as famílias brasileiras. Atualmente existem 2,7 mil fiscais na ativa, que atuam nas áreas de auditoria e fiscalização, desde a fabricação de insumos, como vacinas, rações, sementes, fertilizantes, agrotóxicos etc., até o produto final, como sucos, refrigerantes, bebidas alcoólicas, produtos vegetais (arroz, feijão, óleos, azeites, etc.), laticínios, ovos, méis e carnes. Os profissionais também estão nos campos, nas agroindústrias, nas instituições de pesquisa, nos laboratórios nacionais agropecuários, nos supermercados, nos portos, aeroportos e postos de fronteira, no acompanhamento dos programas agropecuários e nas negociações e relações internacionais do agronegócio. Do campo à mesa, dos pastos aos portos, do agronegócio para o Brasil e para o mundo.

Publicidade

Greve dos caminhoneiros prejudica fiscalização agropecuária

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

01 de junho de 2018

Os auditores fiscais federais agropecuários (Affas) estão trabalhando para garantir que a produção agropecuária brasileira sofra o menos possível em decorrência da paralisação dos profissionais do setor de transportes. Além de ter de driblar os problemas logísticos, os profissionais também têm atuado para garantir a inspeção de produtos de origem animal, o bem-estar dos animais, além de atuar para evitar a retomada de pragas que podem proliferar na produção vegetal.

Em Santa Catarina, maior centro exportador de aves e suínos, os Affas estão atuando para garantir que não falte alimento para os animais. “Estamos com as câmaras frigoríficas cheias, com isso reduzimos o número de abates. Diminuindo o número de abates ficam mais animais nos campos. Eles demandam mais alimentos, que não estão chegando. Esta semana precisamos negociar com os caminhoneiros porque a produção no sul do Estado estava comprometida por falta de alimento. Conseguimos, no comitê de crise, que 15 caminhões de milho para produção de ração fossem liberados”, informa o auditor fiscal federal André Barbosa da Silva. Ele integra o comitê de crise do Estado de Santa Catarina.

No Estado de São Paulo, o abate de animais foi suspenso em Votuporanga. Em Marília e Ribeirão Preto os entrepostos estão com dificuldade de funcionamento, e o setor de pescados em Santos está parado. Houve uma drástica redução das exportações em Guarulhos. “Os auditores têm se desdobrado, comprado combustível com recursos próprios para conseguir atender às demandas nas plantas que ainda estão em funcionamento”, explica a Affa Luciana Pomillo.

Em Minas os auditores ficais federais têm feito a mediação entre as associações da cadeia produtiva do agronegócio e o gabinete de crise no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. Lá, as atividades em diversas empresas estão paradas desde segunda-feira. “Temos informado as autoridades competentes sobre os problemas encontrados pelas associações e, com isso, mitigado os problemas”, informa o chefe da Divisão de Defesa Agropecuária, Clério Lacerda.

Uma das consequências da suspensão ou redução nos abates é o aumento e o surgimento de doenças nos animais. “Eles estão confinados e começam a ter uma alimentação que não é a adequada, e essa situação leva ao estresse, que pode aumentar casos de doenças”, alerta Barbosa. Em Santa Catarina, único Estado livre de febre aftosa sem vacinação, os Affas têm redobrado esforços para manter essa condição. “Estamos priorizando a fiscalização para garantir que o Estado continue livre da febre aftosa e os alimentos continuem chegando seguros à população”, afirma André Barbosa.

Não é apenas o setor de produtos de origem animal que sofre com as paralisações. No Vale do São Francisco os caminhões parados começam a dispensar frutas e legumes na estrada, por falta de combustível. “Nossa preocupação é que pragas, como a mosca da fruta, que está controlada no Brasil, com o excesso de vegetais em decomposição, prolifere e saia do controle. Isso pode prejudicar a produção agrícola no futuro, mesmo depois de normalizada a situação nas rodovias”, explica o diretor de comunicação do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários, Roberto Siqueira.

Sobre os Auditores Fiscais Federais Agropecuários

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) é a entidade representativa dos integrantes da carreira de Auditor Fiscal Federal Agropecuário. Os profissionais são engenheiros agrônomos, farmacêuticos, químicos, médicos veterinários e zootecnistas que exercem suas funções para garantir qualidade de vida, saúde e segurança alimentar para as famílias brasileiras. Atualmente existem 2,7 mil fiscais na ativa, que atuam nas áreas de auditoria e fiscalização, desde a fabricação de insumos, como vacinas, rações, sementes, fertilizantes, agrotóxicos etc., até o produto final, como sucos, refrigerantes, bebidas alcoólicas, produtos vegetais (arroz, feijão, óleos, azeites, etc.), laticínios, ovos, méis e carnes. Os profissionais também estão nos campos, nas agroindústrias, nas instituições de pesquisa, nos laboratórios nacionais agropecuários, nos supermercados, nos portos, aeroportos e postos de fronteira, no acompanhamento dos programas agropecuários e nas negociações e relações internacionais do agronegócio. Do campo à mesa, dos pastos aos portos, do agronegócio para o Brasil e para o mundo.