Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Hospital Waldemar Alcântara é reconhecido com prêmio de liderança de alto impacto

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

26 de Abril de 2018

A Dra. Fernanda Colares, diretora do Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA) foi agraciada com o reconhecimento de liderança de alto impacto nessa última terça-feira (24), no segundo encontro do Ministério de Saúde para redução de infecção, em São Paulo-SP.
O projeto do MS contou com a participação de representantes de 120 hospitais públicos de todo o país. Na ocasião, foram premiados apenas 20 líderes dos 120 representados. A Dra. Fernanda ficou feliz com o reconhecimento, mas destacou a oportunidade de participar desse importante encontro que selecionou apenas poucos hospitais públicos do país.
“Só de estarmos participando da colaborativa já é excelente. Estamos dando continuidade a um trabalho que começou no mês de dezembro”, disse a diretora do HGWA.
No ano passado, o Hospital Waldemar Alcântara apresentou uma redução de cerca de 30% nas infecções e a meta para esse ano é ainda mais desafiadora.
“O grande objetivo da colaborativa é que em três anos a gente reduza em 50% as infecções. O projeto começou em dezembro, mas já estamos trabalhando isso desde antes da colaborativa. A nossa UTI já vem demonstrando uma queda importante nos níveis. Na infecção de corrente sanguínea, por exemplo, já estamos zerados há alguns meses. A equipe de trabalho da gente conta com os mais diversos profissionais e não apenas os gestores”, afirmou a Dra. Fernanda.
A diretora do HGWA esteve acompanhada por outros profissionais do Waldemar Alcântara: Djane (gerente de risco), Luciana Veras (coordenadora de enfermagem UTI), Dr. Denison (diarista da UTI), Dr. Daniel (coordenador médico da UTI) e Dra. Rakel (médica SCIH).
Publicidade aqui

Hospital Waldemar Alcântara é reconhecido com prêmio de liderança de alto impacto

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

26 de Abril de 2018

A Dra. Fernanda Colares, diretora do Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA) foi agraciada com o reconhecimento de liderança de alto impacto nessa última terça-feira (24), no segundo encontro do Ministério de Saúde para redução de infecção, em São Paulo-SP.
O projeto do MS contou com a participação de representantes de 120 hospitais públicos de todo o país. Na ocasião, foram premiados apenas 20 líderes dos 120 representados. A Dra. Fernanda ficou feliz com o reconhecimento, mas destacou a oportunidade de participar desse importante encontro que selecionou apenas poucos hospitais públicos do país.
“Só de estarmos participando da colaborativa já é excelente. Estamos dando continuidade a um trabalho que começou no mês de dezembro”, disse a diretora do HGWA.
No ano passado, o Hospital Waldemar Alcântara apresentou uma redução de cerca de 30% nas infecções e a meta para esse ano é ainda mais desafiadora.
“O grande objetivo da colaborativa é que em três anos a gente reduza em 50% as infecções. O projeto começou em dezembro, mas já estamos trabalhando isso desde antes da colaborativa. A nossa UTI já vem demonstrando uma queda importante nos níveis. Na infecção de corrente sanguínea, por exemplo, já estamos zerados há alguns meses. A equipe de trabalho da gente conta com os mais diversos profissionais e não apenas os gestores”, afirmou a Dra. Fernanda.
A diretora do HGWA esteve acompanhada por outros profissionais do Waldemar Alcântara: Djane (gerente de risco), Luciana Veras (coordenadora de enfermagem UTI), Dr. Denison (diarista da UTI), Dr. Daniel (coordenador médico da UTI) e Dra. Rakel (médica SCIH).