Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Programação do 7º Festival Alberto Nepomuceno segue em Fortaleza, Aracati e Canoa Quebrada

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

13 de Março de 2018

O 7º Festival Alberto Nepomuceno, que teve início no dia 10 e segue até dia 18, continua sua programação artística com atividades culturais em Fortaleza – nos dias 14, 17 e 18 –, Aracati (15) e na praia de Canoa Quebrada (16). Com programação gratuita e para todas as idades​, o FAN 2018 fortalece o uso de espaços públicos ​como​ ​bibliotecas, igrejas, ​escolas, ​museus e teatros.

Nesta quarta-feira (14), às 14h, o Museu da Fotografia de Fortaleza recebe seu primeiro concerto como parte da programação do evento. A ação, que inicia a programação do FAN 2018 em Fortaleza, será seguida de roda de conversa com a Luthieria Catavento e contará com a presença de crianças e jovens atendidos pelos abrigos sob a coordenação da Defensoria Pública Geral do Estado do Ceará. Coordenada pelo músico e luthier Fernando Sardo, a Luthieria Catavento é um dos grupos de referência da ONG Tapera das Artes, de Aquiraz. O grupo se destaca pela forma em que constrói seus instrumentos e pelos materiais utilizados, como cabaça, madeira, PVC, entre outros materiais recicláveis ou colhidos da flora cearense. Os sons extraídos desses instrumentos são exóticos e encantadores. Logo após, às 15h, os participantes são convidados a uma Visita Guiada pelo MFF – Museu da Fotografia de Fortaleza.

Quinta e sexta (15 e 16), o FAN vai ao litoral e promove roda de conversa, música e a série Cidade Portátil em Aracati e Canoa Quebrada. Alberto Nepomuceno personagem do livro Ana em Veneza, de João Silvério Trevisan, é o tema da roda de conversa conduzida pela jornalista Izabel Gurgel na Faculdade do Vale do Jaguaribe – FVJ, quinta, dia 15, às 19h30. É o FAN 2018 em Aracati.

Projeto Long Play da DJ Renatinha abre o FAN 2018 em Canoa Quebrada, na Biblioteca Comunitária Eulina Freire dos Santos, sexta, dia 16, às 17h, e promove o encontro de três gerações de DJs de Canoa Quebrada. “Convidamos os primeiros DJs de forró e reggae, Vianez e Tiadai”, diz Renata Onofre, da direção do Festival. Na roda de DJs: Silas Rockers, Vinton Records, Buchecha, Caio Chocolate e Marcos Drums.

Às 18h, na série Cidade Portátil o FAN apresenta “Labirinto Canoa: siga o fio das labirinteiras” com rotas de passeios que sugerem apreciar o lugar a partir de saberes, como o das labirinteiras e de aristas como Niciano e Mauro Oceans, Stefano Libertini e Ricardo Keferaus, do Projeto Canoa em Cores.

Em seguida, às 19h, “Villa-Lobos para Criança”. Um espetáculo do grupo A Pessoa Bob na releitura da obra “Cirandinhas para Piano” do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos. A orquestração definida pelo trio tem como intuito intensificar o traço lúdico da obra, em doze peças com divertidas referências a cantigas populares do universo infantil, que o grupo não só diversifica na instrumentação, como inclui um pequeno metalofone e um Casiotone, clássico miniteclado amador dos anos 80.

Às 20h, “A História do Tango”: concerto do argentino Alejandro Rodriguez no FAN Intercâmbios Internacionais. Alejandro é criador da orquestra No Método, integrante da orquestra Típica La Vidú, compositor e arranjador. A programação em Canoa Quebrada encerra-se com o lançamento do Selo Andorinhas da Rede Comunitária da Primeira Infância.

De volta à Fortaleza, no sábado (17), o Festival apresenta às 17h, uma aula-espetáculo com a Luthieria Catavento, na Livraria Cultura. A Luthieria é um grupo que fabrica seus instrumentos a partir de materiais reciclados e irá promover um encontro com a música em meio aos livros. No domingo (18), a partir das 17h, a Arena Dragão do Centro Dragão do Mar recebe as últimas apresentações do 7º FAN. Abre a programação o Sexteto Irmãos Cruz, que envolve sobretudo a sonoridade de Astor Piazzolla. O grupo é formado por seis jovens irmãos, bisnetos e netos de músicos, e carrega intensa trajetória na música. No repertório, música instrumental erudita e popular, com arranjos criativos.

A partir das 18h, o Trio Nepomuceno da UFC homenageia o maestro cearense que abriu caminhos na cena musical brasileira e é inspiração para o Festival: Alberto Nepomuceno. Formado pela violinista Liu Man Ying, pela violoncelista Dora Utermohl de Queiroz e pelo pianista Vitor Duarte, todos professores do curso de Licenciatura em Música do Instituto de Artes da Universidade Federal do Ceará, o Trio exaltará a obra do compositor Alberto Nepomuceno, regente e pianista nascido em Fortaleza, considerado o pai do nacionalismo da música erudita brasileira. Encerrando a programação do FAN 2018, a partir das 19h o duo Preto Neon.

O Festival Alberto Nepomuceno é uma realização da Vagalume Produção Cultural e Comunicação. Projeto contemplado no IX Edital Mecenas do Ceará, da Secretaria da Cultura do Estado. O FAN 2018 agradece à ENEL e conta com apoio institucional do Centro Dragão do Mar, Museu da Fotografia de Fortaleza, Livraria Cultura, Faculdade do Vale do Jaguaribe, Casas Flor de Lys e Prefeitura de Aquiraz.

Mais informações sobre o evento:

(85) 98635.3999 / (85) 98685.1300

 

Atendimento à Imprensa:

Kiko Bloc-Boris – (85) 98892.1195 – kikobb@gmail.com

Isabelle Vieira – (85) 98871.4139 – vieira.aisabelle@gmail.com

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL ALBERTO NEPOMUCENO – FAN 2018

Realização: 10 a 18 de Março de 2018 –Fortaleza, Aracati, Canoa Quebrada, Icó e Canindé

 

 

FORTALEZA

ATIVIDADE DATA HORÁRIO INSTITUIÇÃO
Concerto e roda de conversa com o grupo Luthieria Catavento

 

Visita Guiada ao Museu da Fotografia de Fortaleza

Dia 14

 

 

Dia 14

14h

 

 

15h

Museu da Fotografia de Fortaleza (Rua Frederico Borges, 545 – Varjota)

 

Museu da Fotografia de Fortaleza (Rua Frederico Borges, 545 – Varjota)

 

ARACATI

ATIVIDADE DATA HORÁRIO INSTITUIÇÃO
Maestro Alberto Nepomuceno como personagem do livro “Ana em Veneza, de João Silvério Trevisan”

Conversa com a jornalista Izabel Gurgel

Dia 15 19h30 Faculdade do Vale do Jaguaribe – FVJ

(End.: Rodovia CE-040, s/nº – Aeroporto)

 

CANOA QUEBRADA

ATIVIDADE DATA HORÁRIO INSTITUIÇÃO
Projeto Long Play da Dj Renatinha convida Djs de Canoa Quebrada:Tiadai, Vianez, Buchecha, Vinton Records, Silas Rockers, Caio Chocolate e Carlos Drums

 

Cidade Portátil –“Labirinto Canoa: siga o fio das labirinteiras” – Projeto de Izabel Gurgel

 

Villa- Lobos para Criança

Concerto do grupo A Pessoa Bob

 

A História do Tango

Concerto de Alejandro Rodriguez

+Lançamento selo Andorinhas da Rede Comunitária da Primeira Infância

Dia 16

 

 

 

Dia 16

 

Dia 16

 

 

Dia 16

 

17h

 

 

 

18h

 

19h

 

 

20h

Biblioteca Comunitária

(Broadway)

 

 

Biblioteca Comunitária

(Broadway)

Biblioteca Comunitária

(Broadway)

 

Biblioteca Comunitária (Broadway)

 

 

FORTALEZA

ATIVIDADE DATA HORÁRIO INSTITUIÇÃO
Aula-espetáculo do grupo Luthieria Catavento Dia 17 17h Livraria Cultura (Av. Dom Luís, 1010 – Aldeota)
Concerto do Sexteto Irmãos Cruz

Show da banda Preto Néon

Concerto do grupo Trio Nepomuceno da UFC

Dia 18

Dia 18

Dia 18

17h

18h

19h

Centro Dragão do Mar (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)

Publicidade

Programação do 7º Festival Alberto Nepomuceno segue em Fortaleza, Aracati e Canoa Quebrada

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

13 de Março de 2018

O 7º Festival Alberto Nepomuceno, que teve início no dia 10 e segue até dia 18, continua sua programação artística com atividades culturais em Fortaleza – nos dias 14, 17 e 18 –, Aracati (15) e na praia de Canoa Quebrada (16). Com programação gratuita e para todas as idades​, o FAN 2018 fortalece o uso de espaços públicos ​como​ ​bibliotecas, igrejas, ​escolas, ​museus e teatros.

Nesta quarta-feira (14), às 14h, o Museu da Fotografia de Fortaleza recebe seu primeiro concerto como parte da programação do evento. A ação, que inicia a programação do FAN 2018 em Fortaleza, será seguida de roda de conversa com a Luthieria Catavento e contará com a presença de crianças e jovens atendidos pelos abrigos sob a coordenação da Defensoria Pública Geral do Estado do Ceará. Coordenada pelo músico e luthier Fernando Sardo, a Luthieria Catavento é um dos grupos de referência da ONG Tapera das Artes, de Aquiraz. O grupo se destaca pela forma em que constrói seus instrumentos e pelos materiais utilizados, como cabaça, madeira, PVC, entre outros materiais recicláveis ou colhidos da flora cearense. Os sons extraídos desses instrumentos são exóticos e encantadores. Logo após, às 15h, os participantes são convidados a uma Visita Guiada pelo MFF – Museu da Fotografia de Fortaleza.

Quinta e sexta (15 e 16), o FAN vai ao litoral e promove roda de conversa, música e a série Cidade Portátil em Aracati e Canoa Quebrada. Alberto Nepomuceno personagem do livro Ana em Veneza, de João Silvério Trevisan, é o tema da roda de conversa conduzida pela jornalista Izabel Gurgel na Faculdade do Vale do Jaguaribe – FVJ, quinta, dia 15, às 19h30. É o FAN 2018 em Aracati.

Projeto Long Play da DJ Renatinha abre o FAN 2018 em Canoa Quebrada, na Biblioteca Comunitária Eulina Freire dos Santos, sexta, dia 16, às 17h, e promove o encontro de três gerações de DJs de Canoa Quebrada. “Convidamos os primeiros DJs de forró e reggae, Vianez e Tiadai”, diz Renata Onofre, da direção do Festival. Na roda de DJs: Silas Rockers, Vinton Records, Buchecha, Caio Chocolate e Marcos Drums.

Às 18h, na série Cidade Portátil o FAN apresenta “Labirinto Canoa: siga o fio das labirinteiras” com rotas de passeios que sugerem apreciar o lugar a partir de saberes, como o das labirinteiras e de aristas como Niciano e Mauro Oceans, Stefano Libertini e Ricardo Keferaus, do Projeto Canoa em Cores.

Em seguida, às 19h, “Villa-Lobos para Criança”. Um espetáculo do grupo A Pessoa Bob na releitura da obra “Cirandinhas para Piano” do compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos. A orquestração definida pelo trio tem como intuito intensificar o traço lúdico da obra, em doze peças com divertidas referências a cantigas populares do universo infantil, que o grupo não só diversifica na instrumentação, como inclui um pequeno metalofone e um Casiotone, clássico miniteclado amador dos anos 80.

Às 20h, “A História do Tango”: concerto do argentino Alejandro Rodriguez no FAN Intercâmbios Internacionais. Alejandro é criador da orquestra No Método, integrante da orquestra Típica La Vidú, compositor e arranjador. A programação em Canoa Quebrada encerra-se com o lançamento do Selo Andorinhas da Rede Comunitária da Primeira Infância.

De volta à Fortaleza, no sábado (17), o Festival apresenta às 17h, uma aula-espetáculo com a Luthieria Catavento, na Livraria Cultura. A Luthieria é um grupo que fabrica seus instrumentos a partir de materiais reciclados e irá promover um encontro com a música em meio aos livros. No domingo (18), a partir das 17h, a Arena Dragão do Centro Dragão do Mar recebe as últimas apresentações do 7º FAN. Abre a programação o Sexteto Irmãos Cruz, que envolve sobretudo a sonoridade de Astor Piazzolla. O grupo é formado por seis jovens irmãos, bisnetos e netos de músicos, e carrega intensa trajetória na música. No repertório, música instrumental erudita e popular, com arranjos criativos.

A partir das 18h, o Trio Nepomuceno da UFC homenageia o maestro cearense que abriu caminhos na cena musical brasileira e é inspiração para o Festival: Alberto Nepomuceno. Formado pela violinista Liu Man Ying, pela violoncelista Dora Utermohl de Queiroz e pelo pianista Vitor Duarte, todos professores do curso de Licenciatura em Música do Instituto de Artes da Universidade Federal do Ceará, o Trio exaltará a obra do compositor Alberto Nepomuceno, regente e pianista nascido em Fortaleza, considerado o pai do nacionalismo da música erudita brasileira. Encerrando a programação do FAN 2018, a partir das 19h o duo Preto Neon.

O Festival Alberto Nepomuceno é uma realização da Vagalume Produção Cultural e Comunicação. Projeto contemplado no IX Edital Mecenas do Ceará, da Secretaria da Cultura do Estado. O FAN 2018 agradece à ENEL e conta com apoio institucional do Centro Dragão do Mar, Museu da Fotografia de Fortaleza, Livraria Cultura, Faculdade do Vale do Jaguaribe, Casas Flor de Lys e Prefeitura de Aquiraz.

Mais informações sobre o evento:

(85) 98635.3999 / (85) 98685.1300

 

Atendimento à Imprensa:

Kiko Bloc-Boris – (85) 98892.1195 – kikobb@gmail.com

Isabelle Vieira – (85) 98871.4139 – vieira.aisabelle@gmail.com

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL ALBERTO NEPOMUCENO – FAN 2018

Realização: 10 a 18 de Março de 2018 –Fortaleza, Aracati, Canoa Quebrada, Icó e Canindé

 

 

FORTALEZA

ATIVIDADE DATA HORÁRIO INSTITUIÇÃO
Concerto e roda de conversa com o grupo Luthieria Catavento

 

Visita Guiada ao Museu da Fotografia de Fortaleza

Dia 14

 

 

Dia 14

14h

 

 

15h

Museu da Fotografia de Fortaleza (Rua Frederico Borges, 545 – Varjota)

 

Museu da Fotografia de Fortaleza (Rua Frederico Borges, 545 – Varjota)

 

ARACATI

ATIVIDADE DATA HORÁRIO INSTITUIÇÃO
Maestro Alberto Nepomuceno como personagem do livro “Ana em Veneza, de João Silvério Trevisan”

Conversa com a jornalista Izabel Gurgel

Dia 15 19h30 Faculdade do Vale do Jaguaribe – FVJ

(End.: Rodovia CE-040, s/nº – Aeroporto)

 

CANOA QUEBRADA

ATIVIDADE DATA HORÁRIO INSTITUIÇÃO
Projeto Long Play da Dj Renatinha convida Djs de Canoa Quebrada:Tiadai, Vianez, Buchecha, Vinton Records, Silas Rockers, Caio Chocolate e Carlos Drums

 

Cidade Portátil –“Labirinto Canoa: siga o fio das labirinteiras” – Projeto de Izabel Gurgel

 

Villa- Lobos para Criança

Concerto do grupo A Pessoa Bob

 

A História do Tango

Concerto de Alejandro Rodriguez

+Lançamento selo Andorinhas da Rede Comunitária da Primeira Infância

Dia 16

 

 

 

Dia 16

 

Dia 16

 

 

Dia 16

 

17h

 

 

 

18h

 

19h

 

 

20h

Biblioteca Comunitária

(Broadway)

 

 

Biblioteca Comunitária

(Broadway)

Biblioteca Comunitária

(Broadway)

 

Biblioteca Comunitária (Broadway)

 

 

FORTALEZA

ATIVIDADE DATA HORÁRIO INSTITUIÇÃO
Aula-espetáculo do grupo Luthieria Catavento Dia 17 17h Livraria Cultura (Av. Dom Luís, 1010 – Aldeota)
Concerto do Sexteto Irmãos Cruz

Show da banda Preto Néon

Concerto do grupo Trio Nepomuceno da UFC

Dia 18

Dia 18

Dia 18

17h

18h

19h

Centro Dragão do Mar (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)