Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Unidos da Cachorra leva Roberta Fiúza, palhaços e ritmistas fantasiados no último dia de pré-Carnaval

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

02 de Fevereiro de 2018

 

Para alegrar, animar e encantar os corações dos foliões de Fortaleza, o tradicional bloco carnavalesco Unidos da Cachorra escolheu como tema do Pré-Carnaval 2018 o Circo.  A ideia é valorizar o trabalho de vários artistas que compõem o picadeiro e levar para a avenida muita batucada, cor, pirueta e palhaçada.

 O bloco Unidos da Cachorra se apresenta, com cerca de 200 ritmistas entre 7 e 70 anos, é neste último  desfile de sábado (3)  leva para avenida a cantora Roberta Fiúza, palhaços e ritmistas fantasiados.

 Segundo a diretora da Cachorra, Deborah Araújo, o tema foi pensado justamente para passar uma mensagem de alegria para as pessoas que curtem Carnaval e levar brincadeiras e diversão para à avenida.  Artista Rafael Lima Verde assina a arte da camisa deste ano alusiva ao circo.

 

Serviço

Unidos da Cachorra – Ideal – palco Aterrinho Praia de Iracema

Dia 03.02 às 16h15

Repertório Unidos da Cachorra: 

Clássicos do Samba-enredo (Portela, Salgueiro, Mangueira, Mocidade Alegre, União da Ilha, Império Serrano) 

Não me deixe só (Vanessa da Mata) com Alegria Amarela (Lorena Nunes) 

Sonífera Ilha (Titãs) 

Mulher de Fases (Raimundos) 

Toda forma de amor (Lulu Santos) 

Do seu lado (Jota Quest) 

E algumas surpresas… 

 

 Sobre a Unidos da Cachorra 

O Grêmio Recreativo Bloco Carnavalesco Unidos da Cachorra foi fundado em 1997 por um grupo de amigos admiradores dos sambas de enredo na Rua Marechal Deodoro (antiga Rua da Cachorra Magra), no bairro do Benfica, área central de Fortaleza. 

 A partir de 2007, o bloco começou a realizar cortejos na Praia de Iracema, sendo o pioneiro no processo de revitalização do tradicional e boêmio bairro de Fortaleza. 

No primeiro ano de cortejo, a bateria saiu com pouco mais de vinte componentes e atraiu milhares de foliões. 

 No ano seguinte, a bateria já contava com cerca de 50 ritmistas e a multidão que acompanhava seus cortejos na Praia de Iracema e na Marechal Deodoro crescia a cada sábado de folia. 

Em 2009, foram mais de 80 ritmistas levando muita alegria e suingue à folia no Dragão do Mar e no Centro. 

 A partir de 2010, a bateria continuou crescendo e hoje conta com mais de 150 integrantes, se tornando uma tradição não só no Pré-Carnaval de Fortaleza, mas, também, no cenário musical da cidade. 

 Em 2011, 2012 e 2013, 2014 mais uma vez, arrastou uma multidão de cerca de 90 mil pessoas, assim como durante o ano inteiro sacode as festas públicas e particulares da cidade. 

2015 foi novamente um sucesso de público mantendo a tradição nos seus cortejos de pré-carnaval e participando de vários eventos e shows. 

 Em 2016, o bloco recebeu o título de “Patrimônio Cultural de Fortaleza” pela Prefeitura de Fortaleza e Assembleia Legislativa. 

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Unidos da Cachorra leva Roberta Fiúza, palhaços e ritmistas fantasiados no último dia de pré-Carnaval

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

02 de Fevereiro de 2018

 

Para alegrar, animar e encantar os corações dos foliões de Fortaleza, o tradicional bloco carnavalesco Unidos da Cachorra escolheu como tema do Pré-Carnaval 2018 o Circo.  A ideia é valorizar o trabalho de vários artistas que compõem o picadeiro e levar para a avenida muita batucada, cor, pirueta e palhaçada.

 O bloco Unidos da Cachorra se apresenta, com cerca de 200 ritmistas entre 7 e 70 anos, é neste último  desfile de sábado (3)  leva para avenida a cantora Roberta Fiúza, palhaços e ritmistas fantasiados.

 Segundo a diretora da Cachorra, Deborah Araújo, o tema foi pensado justamente para passar uma mensagem de alegria para as pessoas que curtem Carnaval e levar brincadeiras e diversão para à avenida.  Artista Rafael Lima Verde assina a arte da camisa deste ano alusiva ao circo.

 

Serviço

Unidos da Cachorra – Ideal – palco Aterrinho Praia de Iracema

Dia 03.02 às 16h15

Repertório Unidos da Cachorra: 

Clássicos do Samba-enredo (Portela, Salgueiro, Mangueira, Mocidade Alegre, União da Ilha, Império Serrano) 

Não me deixe só (Vanessa da Mata) com Alegria Amarela (Lorena Nunes) 

Sonífera Ilha (Titãs) 

Mulher de Fases (Raimundos) 

Toda forma de amor (Lulu Santos) 

Do seu lado (Jota Quest) 

E algumas surpresas… 

 

 Sobre a Unidos da Cachorra 

O Grêmio Recreativo Bloco Carnavalesco Unidos da Cachorra foi fundado em 1997 por um grupo de amigos admiradores dos sambas de enredo na Rua Marechal Deodoro (antiga Rua da Cachorra Magra), no bairro do Benfica, área central de Fortaleza. 

 A partir de 2007, o bloco começou a realizar cortejos na Praia de Iracema, sendo o pioneiro no processo de revitalização do tradicional e boêmio bairro de Fortaleza. 

No primeiro ano de cortejo, a bateria saiu com pouco mais de vinte componentes e atraiu milhares de foliões. 

 No ano seguinte, a bateria já contava com cerca de 50 ritmistas e a multidão que acompanhava seus cortejos na Praia de Iracema e na Marechal Deodoro crescia a cada sábado de folia. 

Em 2009, foram mais de 80 ritmistas levando muita alegria e suingue à folia no Dragão do Mar e no Centro. 

 A partir de 2010, a bateria continuou crescendo e hoje conta com mais de 150 integrantes, se tornando uma tradição não só no Pré-Carnaval de Fortaleza, mas, também, no cenário musical da cidade. 

 Em 2011, 2012 e 2013, 2014 mais uma vez, arrastou uma multidão de cerca de 90 mil pessoas, assim como durante o ano inteiro sacode as festas públicas e particulares da cidade. 

2015 foi novamente um sucesso de público mantendo a tradição nos seus cortejos de pré-carnaval e participando de vários eventos e shows. 

 Em 2016, o bloco recebeu o título de “Patrimônio Cultural de Fortaleza” pela Prefeitura de Fortaleza e Assembleia Legislativa. 

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti