Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Fevereiro 2018

FELICIDADE E LIBERDADE COM LEANDRO KARNAL EM TEATROS PELO BRASIL

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Fevereiro de 2018

 

O pensador contemporâneo apresenta palestra entre os meses de fevereiro e março de 2018 no Rio de Janeiro, Recife, Natal, Fortaleza e São Paulo. A realização é de Kratos Klio e Opus Promoções.

 

Clique na foto para saltar em alta resolução. Crédito: Trumpas Foto.

 

Sucesso de público em sua última passagem pelo Rio Grande do Sul, Leandro Karnal já tem novas datas no Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE), Natal (RN), Fortaleza (CE), São Paulo (SP) com realização de Kratos Klio e Opus Promoções. O historiador pop, com mais de um milhão de seguidores no Facebook, ministrará palestra que tem como tema Felicidade e liberdade: a busca por um mundo de significados reais. As palestras ocorrerão nos seguintes dias e locais: dias 28 de fevereiro e 01 de março, no Teatro Bradesco Rio (Rio de Janeiro / RJ); dia 07 de março, no Teatro RioMar Recife (Recife / PE); dia 08 de março, no Teatro Riachuelo (Natal/RN); dia 09 de março, no Teatro RioMar Fortaleza (Fortaleza/CE); dias 11, 12 e 13 de março, no Teatro Bradesco (São Paulo/SP). Confira o serviço completo abaixo.

 

No encontro com o público, o pensador analisa diversas propostas sobre a liberdade humana e a busca de um mundo de significados reais. O que guia a nossa vida? Quem ousa ser livre e quem se considera feliz? Pode funcionar uma sociedade na qual a felicidade se tornou um imperativo absoluto? Como as redes sociais influenciam ideais de felicidade e de autonomia pessoal? Afinal, onde está a vida plena? Essas e outras questões serão abordadas na palestra, assim como a mudança dos valores que definem uma vida bem-sucedida em cada momento da história.

 

SOBRE LEANDRO KARNAL

Leandro Karnal é historiador, doutor em História Social pela USP e professor na UNICAMP.  É reconhecido em todo o país como importante intelectual e formador de opinião. Participa frequentemente de programas como o Jornal da Cultura, Café Filosófico entre outros.  Alguns de seus livros estão entre os mais vendidos do Brasil, como Todos Contra Todos; Diálogo de Culturas; Pecar e Perdoar; A Detração – Breve Ensaio Sobre o Maldizer; História dos Estados Unidos e Conversas Com Um Jovem Professor. É colunista fixo do jornal O Estado de São Paulo e tem participações diárias nas rádios e canais de TV do grupo Bandeirantes. Sua página do Facebook ultrapassou 1 milhão de seguidores e seus vídeos e frases circulam pela internet com enorme popularidade.

 

LEANDRO KARNAL

FELICIDADE E LIBERDADE

Dia 09 de março

Sexta-feira, às 20h30

Teatro RioMar Fortaleza (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Fortaleza – CE)
www.teatroriomarfortaleza.com.br

 

INGRESSOS:

Setor Inteira  Meia-Entrada
Plateia Alta R$ 100,00  R$ 50,00
Plateia Baixa B R$ 140,00  R$ 70,00
Plateia Baixa A R$ 140,00  R$ 70,00

 

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;
***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Ceará:
– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FORTALEZA mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação e Assistência Social (SEDAS).
– DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue cos hospitais do Estado do Ceará.
**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

 

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Ingresso Rápido: 4003-1212

www.ingressorapido.com.br

 

Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza: Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 –

Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das

12h às 21h, e domingo e feriados, das 14h às 20h. Em dias de apresentações: das 12h até o

início da última apresentação. Segunda-feira: fechada.

Publicidade

Comitiva do Grupo Dedé viaja a Portugal para a feira internacional de alimentos e bebidas SISAB 2018

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Fevereiro de 2018

Em viagem de negócios à Europa, os sócios André Parente e Rogério Perdiz, que estão à frente do Grupo Dedé, participaram do Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas, uma feira que aconteceu em Portugal com mais de 110 países reunidos para apresentar os melhores produtos da indústria agroalimentar portuguesa. Durante o evento, André, Rogério, diretores e integrante da área comercial do Grupo prospectaram novos negócios com empresas da gastronomia portuguesa que fazem exportações para o Brasil, como o Grupo Nabeiro – Delta Cafés, a maior empresa de produção de café de Portugal; o Grupo Rui Costa e Souza – Sr. Bacalhau; e Culti Frozen Foods, de hortaliças, legumes e frutas. Além dessas, outras empresas do ramo seguem em negociação com o Grupo Dedé.

“Ainda no primeiro semestre de 2018, teremos disponível para consumo em todas as unidades do Grupo Dedé produtos do Grupo Nabeiro – Delta Cafés. A ideia é trazer para nossos clientes o melhor da cozinha nacional e internacional que agregam sabor à culinária do Engenho Dedé. Durante a visita ao Grupo Nabeiro, eu e André conhecemos todo o processo de produção, desde a chegada dos grãos na fábrica até o café processado e pronto para o consumo. Um experiência muito enriquecedora”, afirma Rogério Perdiz.

Serviços Engenho Dedé Fortaleza
Local: Shopping Iguatemi Expansão (1º piso)
Site: http://engenhodede.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/engenhodedeoficial/
Instagram: https://www.instagram.com/engenhodede/
Twitter: https://twitter.com/engenhodede

Publicidade

NOW, CÂMERA E COMÉDIA!

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Fevereiro de 2018

NOW, plataforma de vídeo sob demanda da NET e Claro TV, preparou um especial para fazer a família inteira chorar de rir. O NOW, Câmera, Comédia traz mais de 50 sucessos do cinema, com 50% de desconto.

 

Entre os filmes selecionados estão lançamentos e grandes sucessos como A Noite é Delas, Bingo: O Rei das Manhãs, De Volta para Casa, Diário de um Banana: Caindo na Estrada, Doidas e Santas, Duas de Mim, O Último Legado, Paris Pode Esperar, Que Familia é Essa?, Quero Matar meu Chefe, Se Beber, Não Case!, Se Beber, Não Case! Parte II, Tô Ryca!, Um Tio Quase Perfeito e Viagem Das Loucas.

 

O NOW pode ser acessado pelos clientes da NET e Claro TV, no site nowonline.com.br ou aplicativo para tablets e smartphone.

Publicidade

Grupo Dona Zefinha comemora 25 anos e faz duas grandes circulações de espetáculos

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Fevereiro de 2018

 

Para festejar a data, o grupo fará em 2018 duas grandes circulações com a exibição pública do repertório de espetáculos, entre março e junho.

 

Do Ceará para o mundo. Para ser mais exato, de Itapipoca para mundo. Como diz a letra de Belchior, “Sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo do interior”. Com uma linguagem musical e dramaturgia próprias, unindo música, teatro e elementos do circo e de espetáculos de rua, o grupo Dona Zefinha vem trilhando um longo e enriquecedor caminho. Em 2018 a trupe, que tem à frente os irmãos Orlângelo Leal, Ângelo Márcio e Paulo Orlando, comemora 25 anos de trabalho contínuo, levando sua arte para públicos de todas idades e lugares. E já foram longe!

 

Com seus espetáculos, Dona Zefinha já se apresentou em mais de 200 cidades de 19 estados brasileiros, das quais 70 no Ceará, e alcançou mais 9 países – Alemanha, Argentina, Cabo Verde, Colômbia, Coréia do Sul, Estados Unidos, Guiana Francesa, Hungria e Portugal.

 

Posicionado diante do mercado cultural como um “grupo de fronteira”, consegue inserções em múltiplas linguagens artísticas, transitando, além das identidades fixas, em espaços que ultrapassam locais e gêneros específicos e rearticulando identidades. Com isso, já alcançou público superior a 1 milhão de pessoas.

 

Além de Orlângelo Leal (ator, diretor e compositor), Ângelo Márcio e Paulo Orlando, compõem também o grupo Joélia Braga, Samuel Furtado, Vanildo Franco, Maninho e Tamily Braga.

 

COMEMORAÇÃO DOS 25 ANOS

 

Para festejar a data, Dona Zefinha fará em 2018 duas grandes circulações com a exibição pública do repertório de espetáculos do grupo. Tudo isso por meio do projeto Dona Zefinha Volante, que foi contemplado este ano por dois editais culturais:  Programa de Patrocínios Banco do Nordeste Cultural 2016/2018 e Cultura Infância da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.

 

Será a quarta e a quinta edição do projeto, que teve início em 2013 com circulação no Nordeste, em 2015 passou por bairros de Itapipoca e teve sua terceira etapa na região Sul do Brasil. As duas novas edições acontecerão entre março e junho, contemplando, no total, 10 cidades, somando 25 apresentações de espetáculos e 17 ações formativas, dentre vivências e palestras.

 

Circulação “Dona Zefinha Volante – Programação Cultural Itinerante”

 

A quarta edição do projeto, que é a circulação “Dona Zefinha Volante – Programação Cultural Itinerante” do Programa de Patrocínios Banco do Nordeste Cultural 2016/2018, começa em Sousa, na Paraíba (07 a 11 de março), e segue para quatro cidades do Ceará: Juazeiro do Norte (21 a 25 de março), Fortaleza (27 de março e dias 17 e 18 de abril), Jaguaribe (05 a 08 de abril) e Itapipoca (10 a 12 de maio). Serão apresentados gratuitamente os espetáculos “O casamento de Tabarim”, “Chafurdo” e “O circo sem teto da lona furada dos Bufões” e realizadas duas ações de formação de plateia, o workshop “Vivência Cenomusical” e a palestra “Arte, Mercado Cultural e Gestão de Carreira”. Esta edição é apresentada pelo Ministério da Cultura, realizada pela Casa de Teatro Dona Zefinha e tem o patrocínio do Banco do Nordeste, Grande Moinho Cearense, Rubberloss e DASS.


Circulação “Circula Interior – Programação Cultural Volante”

 

Na circulação do edital Cultura Infância 2017 da Secretaria da Cultura do Ceará, o Dona Zefinha Volante vai passar por cinco cidades do Ceará – Tejuçuoca, Pentecostes, Umirim, Santana do Acaraú e Morrinhos – levando dois espetáculos cenomusicais infanto-juvenis do grupo, “O circo sem teto da lona furada dos Bufões” e “Chafurdo”, e duas ações formativas, as palestras “Cenomusical – O teatro e a música no processo de hibridação” e “Palhaçaria nossa de cada dia”.

 

REPERTÓRIO

 

Em 2011 o grupo inaugurou a Casa de Teatro Dona Zefinha, sua sede em Itapipoca. “É um engenho de invenções musicais e cênicas, de onde sai a universalidade de sua produção artística. É também onde se dão as parcerias com outros grupos e iniciativas locais, nacionais e internacionais” (Flávio Paiva em Invocado: um jeito brasileiro de ser musical. 2014).

 

Com um projeto autoral na dramaturgia, canções e arranjos, o grupo estabelece um diálogo global, com qualidade artística, bom humor e suingue. Lançou 5 álbuns: “Cantos e Causos” (2002. Independente. 13 faixas), “Zefinha vai a Feira” (2007. Independente. 12 faixas), “O Circo sem Teto da Lona Furada dos Bufões” (2012. Independente. 12 faixas. Produção musical de André Magalhães), “Invocado: um jeito brasileiro de ser musical” (livro/cd-2014. Parceria com o Armazém da Cultura e Flávio Paiva, com produção musical de André Magalhães) e “Da Silva – El Hijo de Las Américas” (2018. Co-produção com o grupo Argentino Pato-Mojado. Independente. 12 faixas).


Através da Casa de Teatro Dona Zefinha, publicaram o livro de dramaturgia “Artes da Enganação” com apoio da FUNARTE/2014. 

 

Publicidade

Projeto Beach Run une a beleza do litoral cearense com a paixão pelas corridas em um circuito com cinco provas

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Fevereiro de 2018

 

 

Circuito Cearense Beach Run unirá corredores em eventos nas principais praias turísticas do estado. No próximo sábado (24), a Praia das Fontes recebe a primeira prova do circuito.

 

As corridas de rua chegaram para ficar, alcançando números cada vez mais impressionantes. Com a evolução do esporte, os anseios dos competidores trouxeram a necessidade de corridas diferentes, desafiadoras, inovadoras, com atrativos adicionais e possibilitando a inclusão de pacote de viagens. Foi nesse contexto que a RR Soluções em Eventos criou o Circuito Cearense Beach Run, que irá levar à cinco destinos turísticos corredores de toda a região, do Brasil e alguns países: Praia das Fontes (CE), Jericoacoara (CE), Mundaú (CE), Beach Park (CE) e Canoa Quebrada (CE).

 

“Nosso objetivo com a criação do circuito é unir o encantamento dessas praias ao esporte que mais cresce no Brasil, além de ampliar a geração de negócios na baixa estação para o segmento turístico e oferecer aos praticantes do esporte uma competição repleta de diferenciais e desafios”, explica o diretor da RR, Ricardo Ramalho. Além de provas curtas de 5km, 8km e 10km, algumas provas terão percursos de 15km e até 21km, mais conhecida como a Meia Maratona. “Os circuitos de Jeri e Canoa vêm com dois dias de prova, o primeiro, sábado, com as distâncias mais curtas e o segundo, domingo, com a Meia Maratona. Ao participar dos dois dias, os atletas correram o Desafio do Jacaré, no caso de Jeri, e o Desafio da Lua, em Canoa”, conta Ramalho.

 

A cada participação e finalização da prova, será creditada uma pontuação. No final aquele atleta que atingir o maior número de pontos por categoria*, receberá uma premiação em grande solenidade que ocorrerá no dia 10 de dezembro.

 

Já acreditando no potencial do Circuito, está incluído no projeto a Beach Run Brasil Pipa, que entra como bonificação este ano, os inscritos nos cinco destinos cearense, ganham automaticamente a inscrição para a prova em Pipa, no Rio Grande do Norte. Além de Pipa existe a possibilidade da realização da Corrida em Porto De Galinhas/PE, em outubro. Dando a largada ao Circuito Nordestino Beach Run para 2019.

 

Com a parceria do Beach Park, Rádio Beach Park FM, Diário do Nordeste, Indaiá, Tavares Júnior, Elemidia, Bando Propaganda e Governo do Estado do Ceará, o circuito Beach Run Brasil espera contribuir no desenvolvimento do turismo em períodos de baixa estação nessas praias.

 

Confira os detalhes do circuito completo:

 

24 de fevereiro – Praia das Fontes (5km, 15km e Kids)

Em meio a falésias, lagos de água doce, dunas gigantescas e outros presentes da natureza, o Beach Run Praia das Fontes, terá cerca de 400 participantes, com percurso bem variado com asfalto, calçamento e areia em percursos de 05km e 15km, largando às 18 horas. A prova terá também uma largada para crianças, às 07 horas, com percursos de 50m e 100m.

 

07 e 08 de abril – Jericoacoara (7km, 12km e 21km)

Paradisíaco para descansar, Jeri tem se tornado também uma boa opção para praticar esporte. Atrações locais, happy hour, atividades esportivas e outras atividades são realizadas na confraternização dos participantes. No evento, quatro fotógrafos estarão durante o percurso e as fotos estarão à disposição dos atletas em nossas redes sociais. Com percursos de 7 km e 12 km, no sábado (07/04), largando as 16h na praia em frente ao ClubVentos, passando pela Duna do Por do Sol, a Vila de Jeri e o Serrote.

 

Já no domingo (08/04), com largada as 6h a Meia Maratona oferece um percurso de 21km  da lagoa do Paraiso em Jijoca até Jericoacoara. É a possibilidade de corredores profissionais e não-profissionais de todo o país, além de interessados pelo esporte e especialistas, conhecerem o local de um ângulo bem diferente: Correndo!. Os atletas que participarem das provas de sábado e também de domingo serão premiados com uma medalha diferenciada, chamado de Desafio do Jacaré , que honra o esforço por completar um fim de semana desafiador.

 

16 de junho – Praia de Mundaú (5km e 15km)

O litoral com águas verde-esmeralda, os coqueirais, as dunas brancas e as histórias do lugar fazem qualquer turista ficar admirado. Não foi à toa que Mundaú foi escolhida como cenário para o Beach Run. Entre os atrativos para os corredores e turistas, o lugar tem o pôr do sol como uma das grandes atrações, visto do passeio de catamarã. Os percursos de 5km e 15km passam pelas praias de Guajiru, Flecheiras e Mundaú.

 

1º de setembro – Night Beach Run / Beach Park (8km)

Com disputa exclusiva de 8 km, a corrida Night Beach Run no Beach Park é um evento esportivo para estimular a prática de exercícios físicos em um terreno diferenciado, além do horário noturno – às 18 horas, o que torna o percurso mais desafiador e único. O evento também oferece momentos de confraternização e integração entre os atletas, com shows, ações de marketing e promoção.

 

03 e 04 de novembro – Canoa Quebrada (5km, 10km e 21km)

O famoso símbolo de Canoa Quebrada nas falésias e a Broadway são alguns dos pontos turísticos por onde a Canoa Beach Run irá passar. Com largada às 16 horas no sábado (03/11), as opções de 5 km e 10 km possuem o percurso bem variado com asfalto, calçamento e areia, e passam por um cenário uma vista privilegiada do mar e das dunas, além de um pôr do sol para marcar a chegada.

 

No domingo (04/11), Canoa é palco da segunda Meia Maratona do circuito, com 21km de muita beleza natural para os corredores apreciarem. E, assim como acontece em Jeri, os atletas que correrem no sábado e no domingo participam automaticamente do Desafio da Lua – sendo homenageados com uma medalha da Lua, que marca o grande feito.

 

1º de dezembro – Praia de Pipa (5km, 10km)

Frequentada por esportistas de todo o mundo, Pipa é a praia dos praticantes de surfe e kitesurf. Agora, também dos corredores. As belezas naturais prometem um percurso de tirar o fôlego em um percurso de 5km e 10km, percorrendo o Chapadão, a Praia das Meninas e o observatório das tartarugas. Com largada às 16 horas, a etapa Pipa conta com um dos cenários mais belos de todas as provas, já que é a única que não há dependência de mare baixa, pois o percurso é quase todo no Chapadão.

 

Inscrições e informações:

Site: www.beachrunbrasil.com.br

Telefone: (85) 98828.1542

Publicidade

[INÍCIO DAS VENDAS] O Rappa se despede dos palcos com show em Fortaleza em noite histórica com o grupo Baiana System

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Fevereiro de 2018

Consolidados pelo reconhecimento nos palcos pelo público e crítica ao longo de mais de 20 anos de estrada, O Rappa traz o show de despedida da carreira a Fortaleza no próximo dia 24 de março. Com uma história de sintonia e momentos inesquecíveis vividos e compartilhados com fãs cearenses, a banda retoma a turnê elétrica e promete agitar o Centro de Eventos do Ceará.  A realização é da Stallos Produções e Multi Entretenimento e as vendas começam nesta terça-feira (20).

Além do grupo formado por Marcelo Falcão, Lauro Farias, Marcelo Lobato e Xandão, a noite será marcada também pelo show do Baiana System, grupo criado em Salvador que firmou-se como um dos principais nomes de um movimento independente que busca ressignificar a música urbana produzida na Bahia. Os ingressos podem ser adquiridos no site da Bilheteria Virtual ou lojas Blinclass dos shopping Iguatemi, RioMar Papicu e North Shopping. Os valores de 1º lote vão de R$ 50 a R$ 180.

O Rappa + Baiana System em FORTALEZA

Data

24 DE MARÇO

Local

Centro de Eventos do Ceará

Portas

21h

Classificação

16 anos
Ingressos 1º lote
Pista R$50,00 (meia) / (inteira) R$100,00
Front R$90,00 (meia) / (inteira) R$180,00
Pontos de Venda:
Blinclass – Shopping Shopping Iguatemi
Blinclass – Shopping Riomar Papicu
Blinclass – Shopping North Shopping
Horário de funcionamento:
Segunda a Sábado: 10:00 às 22:00
Domingo: 14:00 as 21:00
Vendas Online:
Bilheteria Virtual: https://www.bilheteriavirtual.com
Publicidade

McDonald’s aumenta a família Big Tasty

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Fevereiro de 2018

O sanduíche terá opções duplo, com frango e versão mini para o McLanche Feliz

 

O que já era gostoso vai ficar ainda mais big! A partir do dia 20 de fevereiro, todos os restaurantes McDonald’s do Brasil terão deliciosas novidades na família Tasty: o Duplo Big Tasty e Big Tasty Chicken Bacon. E as novidades não param por aí! Para os consumidores de McLanche Feliz, chega também a opção extra, o Mini Tasty.

A versão Duplo Big Tasty vem com dois hambúrgueres de carne bovina, queijo Emmental, tomate, alface, cebola e o molho especial no pão de gergelim. Já o Big Tasty Chicken Bacon tem a novidade da carne de Crispy Chicken servido com deliciosas tiras de bacon e os demais ingredientes.

E como os apaixonados por McLanche Feliz não poderiam ficar de fora, o Mini Tasty será uma opção no cardápio. O novo integrante terá hambúrguer com 45 gramas de carne, queijo Emmental, tomate, alface e o delicioso molho Tasty.

 

Preços sugeridos:

ž   Duplo Big Tasty na McOferta Média: a partir de R$ 28,50.

ž   Big Tasty Chicken Bacon na McOferta Média: a partir de R$ 27,50.

ž   Combo McLanche Feliz com Mini Tasty: a partir de R$ 17,00.

 

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo, tanto em vendas totais do sistema como em número de restaurantes. A Companhia é a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe, com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios, incluindo Argentina, Aruba, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Curaçao, Equador, Guiana Francesa, Guadalupe, Martinica, México, Panamá, Peru, Porto Rico, St. Croix, St. Thomas, Trinidad & Tobago, Uruguai e Venezuela. A Companhia opera ou franqueia mais de 2.100 restaurantes McDonald’s com mais de 90.000 funcionários e é reconhecida como uma das melhores empresas para se trabalhar no América Latina. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO).  Para saber mais sobre a Companhia visite a seção de Investidores de nosso site: www.arcosdorados.com/ir.

 

 

 

Publicidade

Mercadinhos São Luiz promove casamento coletivo para seus colaboradores

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

20 de Fevereiro de 2018

O projeto, intitulado Bem Casados São Luiz, está em sua 2ª edição e promoverá o casamento religioso de sete casais, sendo dois na igreja católica e cinco na igreja evangélica

Visando realizar o sonho do matrimônio de seus funcionários que sempre quiseram formalizar a união e só precisavam de um “empurrãozinho”, o Mercadinhos São Luiz idealizou o projeto Bem Casados São Luiz, que este ano está em sua 2ª edição. A iniciativa, organizada pelo setor de recursos humanos da empresa, promoverá o casamento religioso coletivo de alguns colaboradores e seus pares.

Na primeira edição do projeto, 12 casais subiram ao altar. Este ano 7 casais receberão a bênção religiosa. Cinco deles casarão numa celebração evangélica na Assembleia de Deus Cidade, no dia 22 de fevereiro, às 19h. Os outros cinco casais firmarão matrimônio na igreja católica, no próximo dia 23 de fevereiro, às 19h30min, na Comunidade Católica Face de Cristo.

Para tornar realidade esse momento tão especial na vida dos seus colaboradores, o Mercadinhos São Luiz irá custear as despesas com cerimônia, decoração, foto, convites, filmagem, bem-casados e um coquetel de recepção para o qual, cada casal teve direito a oito convidados. Além disso, será sorteada uma noite de núpcias no Hotel Duro Beach na praia do Cumbuco com direito a jantar romântico para os recém-casados.

A maioria dos casais já vive junto, alguns até casados no civil e com filhos, mas ainda nutrem o sonho de realizar uma cerimônia religiosa. O Mercadinhos São Luiz ajuda seus colaboradores a realizar esse sonho.

Publicidade

Maraponga ganha maior espaço de gastronomia e entretenimento da Zona Oeste

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Fevereiro de 2018

A inauguração do Complexo Maraponga está marcada para esta quinta-feira (22) e se estende pela sexta-feira (23) e sábado (24).

Os irmãos Fran e Diego são atração​ da quinta-feira (22)

Um dos bairros mais charmosos e movimentados de Fortaleza vai ganhar o maior espaço de gastronomia e entretenimento da Zona Oeste nesta quinta-feira (22). Conhecida como a ‘nova Aldeota’, o bairro Maraponga é um pólo de moda e lazer, e tornou-se também, referência em ambientes gastronômicos e de entretenimento.

Com uma estrutura nunca vista na Região Sul da capital cearense, o Complexo Maraponga chega para misturar o melhor da gastronomia e do entretenimento no mesmo espaço. O Complexo vai atender ao público desde restaurante, barzinho com área externa, sala de jogos, à balada mais dançante no pub climatizado localizado no próprio Complexo.

No dia da abertura da casa, quinta-feira (22), os freqüentadores vão poder curtir a música sertaneja das duplas Fran e Diego e Stéfano e Leonardo, além de muitos convidados que vão embalar a noite no formato acústico e intimista, na parte externa do Complexo.

A inauguração se estende pela sexta-feira (23) com Paulo Calado, Rafa Silva e DJ Sandiego e, no sábado (24), com Clauber Mariano, Erick Land e o projeto Let´s Funk. Sexta e sábado, a programação musical acontece no pub que vira boate, localizada na parte interna do Complexo.

 

SERVIÇOS

Onde: Avenida Godofredo Maciel, 3800 – Maraponga

Quando: 22, 23 e 24 de fevereiro

Hora: 22 horas

Atrações e valores:

Quinta-feira, dia 22: Fran e Diego, Stéfano e Leonardo e convidados | R$10

Sexta-feira, dia 23: Paulo Calado, Rafa Silva e DJ Sandiego | R$15

Sábado, dia 24: Clauber Mariano, Erick Land e o projeto Let´s Funk | R$15

*Para a sexta e o sábado, a entrada fica R$10 com cadastro no site www.listavipfortal.com.br

Informações: 85 3298.5252

Publicidade

Presidente do Conselho de Defesa do Policial da SSPDS-CE, Ricardo Valente Filho, afirma que número de homicídios não é critério de intervenção militar no Estado do Ceará

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Fevereiro de 2018

O advogado Ricardo Valente Filho, presidente do Conselho de Defesa do Policial ligado à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (CDPEF/ SSPDS), é categórico em afirmar que a vinda do Exército para atuar no Estado não pode ser definida quando utilizado como critério os números de homicídios, já que em outros estados as taxas são maiores, como Pernambuco e Rio Grande do Norte. Outro dado destacado por ele é a diferença da forma de contagem de homicídios entre os estados do Sudeste e Sul, dentre os quais estão Rio de Janeiro e São Paulo, e o Ceará, tudo isso porque o número de homicídios divulgados por essas outras cidades não condizem com a realidade de mortes acontecidas.

Para esclarecer, ele explica que “um dos absurdos é a contagem dos homicídios. Aqui, se um bandido mata 10 pessoas em um incidente, vai para a nossa contagem 10 mortes violentas e entra imediatamente na contagem para o Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Já no Rio e SP, se em um acontecimento o bandido mata 10 pessoas, eles contabilizam como um fato, indo para o CVLI apenas uma morte. Outra questão está relacionada às mortes suspeitas. Aqui no Ceará, toda morte entra no CVLI. Por exemplo, se encontram um corpo com sangue e cápsula do lado, no Rio de Janeiro e São Paulo não entram no CVLI porque na ótica deles não se tem a certeza de que foi homicídio, só passa a entrar na contagem quando eles identificam quem foi o autor, não identificando inserem nas tais ‘mortes suspeitas’. Diferente daqui, que já damos entrada diretamente no CVLI, sendo morte suspeita ou não. Incrivelmente, as mortes suspeitas de lá são quatro vezes maiores que o próprio CVLI apurado por eles, ou seja, uma forma clara de maquiar os números estatísticos. Portanto, os números de homicídios são bem maiores do que os nossos, não podemos nos deixar ludibriar, pois não é verdadeira essa ideia de que a taxa de homicídios no Ceará – 57 homicídios para cada 100 mil habitantes – é superior à taxa do Rio de Janeiro – 40 homicídios para cada 100 mil habitantes – isso não trata a realidade”.

Caso semelhante acontece em São Paulo. “Dados levantados, em 2015, pela Folha de São Paulo, mostrou que naquele ano eles tiveram 18.620 mortes suspeitas, mais 3.757 homicídios dolosos, totalizando 22.377 mortes em 2015. Então, como comparar os números do Ceará com esses números levantados com mais de 22.000 mortes em
Apenas um ano?!”, comparou o advogado.

Então, para o advogado, que também é presidente da Associação dos Jovens Advogados do Ceará (AJA-Ce), seria algo sem fundamento colocar como critério essa taxa como fator de uma intervenção militar. “Por que não Bahia, que nem divulgou seus números de 2017 e em agosto já chegava nos 4.500 homicídios? O Rio Grande do Norte, que recebeu por três vezes, no ano passado, as Forças Armadas, tem bloqueadores em presídios e teve taxa de 68 homicídios por 100 mil habitantes?”.

“O que se precisa é que o Governo Federal financie a segurança pública dos Estados, controle as fronteiras e combata as facções que agem em todo o País. Crime interestadual é atribuição da União. Nenhum estado isoladamente vai resolver, e o papel de fazer uma pactuação entre todos os Estados é da União”, afirmou ele.

Publicidade

Presidente do Conselho de Defesa do Policial da SSPDS-CE, Ricardo Valente Filho, afirma que número de homicídios não é critério de intervenção militar no Estado do Ceará

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

20 de Fevereiro de 2018

O advogado Ricardo Valente Filho, presidente do Conselho de Defesa do Policial ligado à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (CDPEF/ SSPDS), é categórico em afirmar que a vinda do Exército para atuar no Estado não pode ser definida quando utilizado como critério os números de homicídios, já que em outros estados as taxas são maiores, como Pernambuco e Rio Grande do Norte. Outro dado destacado por ele é a diferença da forma de contagem de homicídios entre os estados do Sudeste e Sul, dentre os quais estão Rio de Janeiro e São Paulo, e o Ceará, tudo isso porque o número de homicídios divulgados por essas outras cidades não condizem com a realidade de mortes acontecidas.

Para esclarecer, ele explica que “um dos absurdos é a contagem dos homicídios. Aqui, se um bandido mata 10 pessoas em um incidente, vai para a nossa contagem 10 mortes violentas e entra imediatamente na contagem para o Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). Já no Rio e SP, se em um acontecimento o bandido mata 10 pessoas, eles contabilizam como um fato, indo para o CVLI apenas uma morte. Outra questão está relacionada às mortes suspeitas. Aqui no Ceará, toda morte entra no CVLI. Por exemplo, se encontram um corpo com sangue e cápsula do lado, no Rio de Janeiro e São Paulo não entram no CVLI porque na ótica deles não se tem a certeza de que foi homicídio, só passa a entrar na contagem quando eles identificam quem foi o autor, não identificando inserem nas tais ‘mortes suspeitas’. Diferente daqui, que já damos entrada diretamente no CVLI, sendo morte suspeita ou não. Incrivelmente, as mortes suspeitas de lá são quatro vezes maiores que o próprio CVLI apurado por eles, ou seja, uma forma clara de maquiar os números estatísticos. Portanto, os números de homicídios são bem maiores do que os nossos, não podemos nos deixar ludibriar, pois não é verdadeira essa ideia de que a taxa de homicídios no Ceará – 57 homicídios para cada 100 mil habitantes – é superior à taxa do Rio de Janeiro – 40 homicídios para cada 100 mil habitantes – isso não trata a realidade”.

Caso semelhante acontece em São Paulo. “Dados levantados, em 2015, pela Folha de São Paulo, mostrou que naquele ano eles tiveram 18.620 mortes suspeitas, mais 3.757 homicídios dolosos, totalizando 22.377 mortes em 2015. Então, como comparar os números do Ceará com esses números levantados com mais de 22.000 mortes em
Apenas um ano?!”, comparou o advogado.

Então, para o advogado, que também é presidente da Associação dos Jovens Advogados do Ceará (AJA-Ce), seria algo sem fundamento colocar como critério essa taxa como fator de uma intervenção militar. “Por que não Bahia, que nem divulgou seus números de 2017 e em agosto já chegava nos 4.500 homicídios? O Rio Grande do Norte, que recebeu por três vezes, no ano passado, as Forças Armadas, tem bloqueadores em presídios e teve taxa de 68 homicídios por 100 mil habitantes?”.

“O que se precisa é que o Governo Federal financie a segurança pública dos Estados, controle as fronteiras e combata as facções que agem em todo o País. Crime interestadual é atribuição da União. Nenhum estado isoladamente vai resolver, e o papel de fazer uma pactuação entre todos os Estados é da União”, afirmou ele.