Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

novembro 2017

Santander é o melhor banco no Brasil e no mundo, segundo a revista The Banker

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

30 de novembro de 2017

 

     Grupo Santander também recebeu o prêmio de Banco do Ano na América Latina, Espanha, Portugal e Chile;

     Publicação inglesa do grupo Financial Times destacou o “fantástico crescimento” dos resultados no Brasil e o “uso inovador” da tecnologia.

São Paulo, 30 de novembro de 2017 – O Santander foi eleito o Banco Global do Ano e também o melhor no Brasil pela prestigiada revista The Banker, veículo do grupo Financial Times especializado na cobertura do setor financeiro internacional. As vitórias foram atribuídas ao “fantástico crescimento dos lucros na América Latina, especialmente no Brasil, ao uso inovador da tecnologia para oferecer produtos mais adequados às necessidades dos clientes”, além da compra do Banco Popular, na Espanha.

A The Banker, que realizou ontem à noite, em Londres, sua cerimônia anual de premiação, também nomeou o Santander Banco do Ano na América Latina e em quatro de seus nove principais mercados: Espanha, Brasil, Chile e Portugal.

Esta é a segunda vez que o Santander é reconhecido pela revista como melhor banco do mundo da revista (a primeira foi em 2009), e a primeira conquista do prêmio no Brasil. A publicação ressaltou a nova maneira de se relacionar com os clientes desenvolvida pelo Banco, aproveitando sua experiência nos diferentes países em que está presente. Alguns “excelentes” exemplos citados são a Superdigital, no Brasil, o Work/Café, no Chile, e o Santander Plus, no México, baseado na estratégia 1|2|3 do Banco no Reino Unido e na Espanha.

“Avançamos muito na transformação do Santander nos últimos três anos”, afirmou a presidente do Banco Santander, Ana Botín. “A base desta transformação é uma cultura focada em fazer as coisas de uma maneira Simples, Pessoal e Justa, conquistando a confiança de milhões de pessoas e empresas. Estou muito orgulhosa do que nossas equipes conseguiram fazer, e este prêmio reflete seus esforços. Mas não vamos parar por aqui, queremos fazer mais.”

A revista The Banker, fundada em 1926, faz parte do grupo Financial Times e é reconhecida como líder em informação sobre bancos e finanças internacionais. A pesquisa anual dos bancos Top 1.000 é um dos mais importantes rankings da indústria e os prêmios de Banco do Ano são uma referência no mundo financeiro internacional. Os ganhadores dos prêmios são selecionados pelos responsáveis editoriais da The Banker, considerando critérios como a rentabilidade, o crescimento e a eficiência, assim como critérios subjetivos como estratégia, liderança e inovação.

Publicidade

Campanha de natal traz música nordestina e beneficia instituições carentes

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de novembro de 2017

O evento reúne grandes artistas cearenses, dentre eles, o cantor cearense, Marcos Lessa
Em sua primeira edição, a campanha Concerto Anjos do Natal por Márcia Travessoni pretende proporcionar aos presentes uma noite mágica, reservada para o bem social. O evento será realizado na quadra do Colégio Santa Inácio, no próximo dia 2 de dezembro, em um show beneficente que deve arrecadar alimentos para instituições carentes. O evento reúne grandes artistas cearenses, dentre eles, o cantor cearense, Marcos Lessa.
De acordo com Márcia Travessoni, “o natal é um momento especial. Vamos fazer valer o sentido do natal e ajudar ao próximo”, destacou. Presente no evento, o cantor cearense, Marcos Lessa, vai apresentar a sua pluralidade artística e sucessos da carreira, dentre eles, o seu novo sucesso “O Amor É Capaz”.  Segundo Marcos, além das canções natalinas e autorais, o público vai poder curtir um repertório com clássicos da MPB.
Também completam o time de “Anjos do Bem”: Paulo José, que já possui uma marca no natal de Fortaleza com o seu concerto instrumentista; Waldonys, cantor e compositor conhecido nacionalmente, e Nando Cordel, com sua poesia.
A ação pretende reunir centenas de pessoas em prol de um bem comum, que é ajudar ao próximo nesse período do ano em que os sentimentos de partilha tomam conta devido ao espírito do natal. Cinco instituições que realizam um trabalho social devem ser beneficiadas; são elas: Grupo Amigas do Amor, Grupo de Apoio Onco-Hematológico (GAPO), Instituto Povo do Mar, Amare, Creche São Judas Tadeu.
Saiba mais sobre algumas instituições
Grupo de Apoio Onco-Hematológico (GAPO)
Fundada em 2007, a instituição trabalha com a finalidade de amparar e defender os direitos dos pacientes, além de sensibilizar parceiros para que o melhor tratamento esteja disponível em tempo hábil a todos os pacientes com câncer na medula óssea. A organização é formada por pacientes portadoras de doenças onco hematológicas e seus familiares.
Instituto Povo do Mar
Há 7 anos promovendo oportunidades de educação para jovens da Comunidade do Serviuz, o Instituto Povo do Mar também é uma das instituições que devem ser beneficiadas com as doações. A Comunidade do Serviluz e da Praia do Futuro vivem um cenário de violência e exclusão social, por esse motivo, os organizadores oportunizam o acesso à cidadania, à educação, ao esporte para o pleno desenvolvimento, aos estudos em língua estrangeira, às artes, à cultura, ao voluntariado e ao desenvolvimento social no combate à pobreza e a preservação do meio ambiente.
 
Creche São Judas Tadeu
Fundada em 1996, para atender as necessidades das mães trabalhadoras que não tinham com quem deixar seus filhos para realizarem qualquer atividade produtiva, a creche acolhe cerca de 58 crianças de 0 a 5 anos em período integral, com orientação pedagógica, atividades de recreação, estímulo ao desenvolvimento psicomotor e fornecimento de 4 refeições diárias. Além das crianças atendidas no período integral, outras 300 crianças na faixa de 6 a 12 são beneficiadas com fornecimento de sopa, que para a maioria delas é a única refeição do dia.
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

McDonald’s irá operar restaurante somente com funcionários PCDs em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

30 de novembro de 2017

Domingo, dia 3 de dezembro, uma das unidades mais movimentados do país funcionará com uma equipe de 47 funcionários PCDs, vindos de várias regiões do Brasil 

Neste domingo, 3 de dezembro, quando é celebrado o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, o restaurante do McDonald´s localizado na Rua Augusta, próximo à Avenida Paulista, um dos mais movimentados da cidade de São Paulo, será 100% operado por funcionários PCD (Pessoa com Deficiência).

Dos atendentes ao gerente, todos são PCDs. Serão 47 colaboradores já atuam regularmente em restaurantes da marca em vários locais do país (Rio de Janeiro, João Pessoa, Ribeirão Preto, Campo Grande, Curitiba, Salvador, Porto Alegre e Vitória, além de São Paulo e Grande São Paulo) e virão para São Paulo especialmente para mostrar suas habilidades, proporcionando aos clientes a experiência única da marca.

A ação tem o objetivo de mostrar que as limitações geradas por uma deficiência física ou intelectual não impedem o perfeito convívio em sociedade, principalmente no que se refere ao trabalho. Aliás, a ocupação e rotina, muitas vezes, são fatores determinantes para aumentar a autoestima do funcionário e até mesmo proporcionar independência e aumentar a autonomia. “Para isso, é preciso que as empresas estejam, de fato, querendo abraçar essa causa. Com essa ação inédita, queremos trazer uma reflexão sobre o tema para a sociedade”, afirma Marcelo Nóbrega, Diretor de Recursos Humanos da Arcos Dourados, operadora da marca McDonald´s no Brasil. “As companhias têm de estar comprometidas com a diversidade. Mais que cumprir cotas, a admissão de um PCD requer uma política verdadeira de inclusão, respeito e focada no desenvolvimento.”

Reconhecida como uma das maiores geradoras de primeiro emprego do Brasil, a Arcos Dourados traz como um dos seus principais focos a inclusão social. ”Dar oportunidade às pessoas com deficiência torna o ambiente de trabalho mais rico. A Arcos Dourados acredita que desta forma também seja possível contribuir para que a sociedade saiba conviver com as diferenças.” A Arcos Dourados recebeu neste ano o Selo Paulista da Diversidade, concedido pela Secretaria Paulista da Diversidade do Governo do Estado e que destaca as boas práticas e os esforços das empresas que realizam a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Felipe Lobo Pereira é de Salvador (BA) e será um dos funcionários que participarão da ação. Com 30 anos, há 12 trabalhando no McDonald’s, ele chegou muito introspectivo e com o passar dos anos se tornou uma pessoa de excelente convívio social, querido por muitos clientes. É bicampeão do prêmio All Star regional na atividade de salão (2016/2017), um programa interno de incentivo do McDonald’s.

Gabriel Reis Machado trabalha no restaurante da avenida Ipiranga, no Centro de São Paulo. Está há seis meses na companhia e já tem uma área preferida de atuação: a cozinha. Está ansioso para participar da ação, “para conhecer pessoas de outros lugares.”

Matheus Soares Mendes, participante que também atua na capital paulista, acredita que a ação será uma grande oportunidade de conhecer pessoas que fizeram carreira independentemente das suas limitações. “Será uma ótima oportunidade para mostrar que somos tão capazes quanto qualquer outra pessoa.”

Serviço: 

Data: 3 de dezembro

Horário: das 10h às 17h

Local: McDonald’s – Rua Augusta, 1.856 – Cerqueira César – São Paulo (SP).

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

COM AMOR, VAN GOGH, DE DOROTA KOBIELA E HUGH WELCHMAN, ESTREIA NESTA 5ª FEIRA, 30, NO CINÉPOLIS RIOMAR FORTALEZA

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de novembro de 2017

Com Amor, Van Gogh: obra-prima pintada em óleo sobre tela e quadro a quadro

É UMA REALIZAÇÃO TÉCNICA FENOMENAL, ELEVADA A ALTURAS DESLUMBRANTES POR UM ELENCO DESLUMBRANTE, UMA PONTUAÇÃO DESLUMBRANTE E HISTÓRIA TOCANTE QUE DESENCADEIA O ARTISTA DENTRO DE TODOS NÓS

Ray Greene CineGods.com

Uma obra diferente e extraordinária em sua concepção. Ao custo de US$ 5,5 milhões o casal estreante Hugh Welchman e Dorota Kobiela fizeram o 1º longa-metragem animado pintado à óleo e quadro a quadro, utilizando 100 pintores (de 5 mil candidatos e 5 mil portfólios analisados por Piotr Dominak), os quais, após aprovados, passaram por cursos intensivos sobre a técnica de pintura de Van Gogh, confeccionaram à mão 1.026 desenhos, pintaram 860 quadros e 55 mil fotografias, cujo resultado deu cada segundo composto por 12 pinturas no processo de montagem – tudo para que o filme se passe dentro dos quadros do misterioso, mítico e trágico pintor holandês.. Segundo a diretora, a maior dificuldade foi manter pintores no mesmo caminho que seguissem um estilo único – e não o deles. Tive de corrigir mais de 500 quadros por dia, disse. Um marco na História do Cinema.

 

ENREDO

  1. Um ano após o suicídio de Vincent Van Gogh, Armand Roulin encontra uma carta por ele enviada ao irmão Theo, a qual jamais chegou a ele. Ao conversar com o pai – carteiro que era amigo pessoal de Van Gogh –, é incentivado a entregar a correspondência pessoalmente. Desta forma, ele parte para a cidade francesa de Arles esperando obter algum contato com a família do pintor. Lá inicia uma investigação junto aos que o conheceram e decifrar se ele realmente se matou.

CINEMA DE ARTE/CINÉPOLIS RIOMAR FORTALEZA– SALA 10

DE SEGUNDA A SEXTA–FEIRA – 19h30

SÁBADOS E DOMINGOS – 14h

VAN GOGH: O GENIO E O MISTÉRIO

A morte de Vincent Van Gogh (1853-90) ainda hoje é cercada de mistério. Em Van Gogh: The Life (não editado no Brasil), Steven Naifeh e Gregory White Smith afirmam que ele não cometeu suicídio e sim foi morto por dois jovens que o conheciam e estavam portando uma arma com defeito. Ele levou tiros e morreu no dia seguinte em decorrência da infecção dos ferimentos.

Publicidade

Beer Fest Fortaleza traz novidades para sua 4ª edição 

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de novembro de 2017

Foto: Nicolas Leiva

O mais tradicional festival de chopes artesanais do Ceará acontecerá em ambiente climatizado, no shopping Iguatemi, com o dobro de torneiras, cinco atrações musicais, mais 70 rótulos de 18 cervejarias, entre nacionais e locais, e exposição de carros e motos de luxo, em 14 horas de festa

A alta estação vem chegando. Para abrir o período de férias com chave de ouro e matar a sede de quem estiver na c​​​​​​​​​​​​​​​​​​apital cearense neste período, o Beer Fest Fortaleza, festival itinerante de chopes artesanais, realiza sua quarta edição, ainda maior. Em novo local, o Beer Fest Fortaleza preparou uma superestrutura, que garantirá ao seu público mais conforto e segurança. O encontro cervejeiro acontecerá no dia 09 de dezembro, de 10h a 00h, no Espaço Jangada do Shopping Iguatemi (Av. Washington Soares, 85 – Edson Queiroz). Os ingressos de primeiro lote custarão R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia estudantil e meia solidária, esta última associada à doação de 1kg de alimento não perecível) e garantem um chope cortesia.

Além do novo ambiente, que é climatizado e oferece um amplo estacionamento, o festival dobrou o número de torneiras, para agilizar ainda mais o serviço e oferecer aos cervejeiros uma maior variedade de escolhas. O contêiner refrigerado, antes com 20 torneiras, agora disponibilizará 40 taps, que engatarão mais de 70 rótulos geladinhos de algumas das mais bem conceituadas cervejarias brasileiras. Os chopes de 250ml variam entre R$ 10,00, R$ 15,00 e R$ 20,00. Segundo os organizadores, os empresários Bebeco Baltaduonis (Hey Ho Beer Pub) e Célio Campello (BMF Fortaleza), a expectativa é que o evento atraia até 2.000 pessoas.

Campello afirma que o festival foi concebido, em 2016, com a proposta de promover a cultura do chope artesanal, num mercado que à época ainda era muito tímido. “O sucesso da primeira edição mostrou um enorme potencial e hoje, pouco mais de um ano depois da primeira, chegamos a quatro edições. Com um público mais aberto para cervejas mais elaboradas, optamos por oferecer apenas rótulos brasileiros, como forma de exaltar a qualidade do que atualmente é produzido no País e como forma de também de fortalecer essa cadeia nacional”, afirma Célio. Participam do festival as cervejarias Ekaut, Verve, Noi, OverHop, Oito, Bacurim, Swamp, Three Monkeys, Turatti, Suburbana, Rambeer, Solerun, Madalena, Babylon, Raffe, Caatinga Rocks, Cuesta, e a cearense 5Elementos, recém-premiada com medalha de ouro na I Copa da Cerveja POA, no Rio Grande do Sul.

O horário da festa também foi estendido e para garantir a animação durante todo o dia, o Beer Fest Fortaleza vai trazer cinco atrações musicais: Sis Jones, Fets Dômino, Banda Infugíveis, My Lovely Band (Red Hot Chilli Peppers Tribute) e Os Transacionais.

E se uma boa cerveja pede um bom petisco, os bares e restaurantes Beer, Meat & Fire, Rices, /Bru/, Bar B Crew, Hey Ho Beer Pub, Sherlocks Pub e o Owl Pub levarão o melhor da sua gastronomia.

O público poderá ainda contar com a consultoria gratuita de beer sommeliers, que estarão orientando interessados em saber mais sobre harmonização. Também haverá pontos de hidratação gratuitos, da Naturágua.
Para quem gosta de estar sempre antenado com as novidades no universo dos veículos motores, a Harley-Davidson estará presente no evento, com um estande onde apresentará seus lançamentos e produtos da marca. Outras conceituadas marcas como Mercedes-Benz e Jeep também participam, expondo seus últimos modelos.

Serviço: 4º Beer Fest Fortaleza
Data: 09 de dezembro (sábado)
Hora: 10h a 00h
Local: Espaço Jangada, Shopping Iguatemi Fortaleza (Av. Washington Soares, 85 – Edson Queiroz)

Vendas (somente em dinheiro) nos pontos*:
Hey Ho Beer Pub (Rua Nunes Valente, 1247, Aldeota)
BMF (Avenida Abolição, 2951 – Meireles)
Owl Beer Pub (Rua leda Pereira, 534)
/Bru/ (Avenida Júlio Abreu, 160 – loja 18)
Mestre-Cervejeiro.com (Av. Senador Virgílio Távora, 1055)
Meat N’ Beer Boutique (Avenida Santos Dumont 5640 – lojas 6/7
5E Cervejaria Artesanal (Av. Cel. José Philomeno Gomes, 1152)
Beer N’ Friends (Avenida Eusébio de Queiroz, 101 – loja 06)
Alambic Bebidas (Av. Washington Soares, 3720 – Loja 5)
BrewLab Insumos (Rua Silva Jatahy 935 – Loja A)
Beer Cave do Posto Canaã (Avenida Antonio Sales, nº 2880)

1º lote: Ingresso + 1 copo personalizado do evento: R$ 60,00 (inteira) | 30,00 (meia estudantil e meia solidária, com doação de 1kg de alimento)**
A compra de ingressos de 1º lote dará direito a 1 (um) chope Ekaut de cortesia.

* Cada ponto de venda possui seu próprio horário de funcionamento.
** Ingressos limitados. As doações de alimentos serão destinadas a projetos sociais. Venda restrita a maiores de 18 anos. Menores de idade somente poderão entrar se acompanhados dos pais.
*** Ingressos à venda também no local, no dia do evento. Serão aceitos cartões de crédito e débito.

Facebook: https://www.facebook.com/beerfestfortaleza/
Instagram: @beerfestfortaleza
Mais informações: (85) 3393.8760 / 98107.2856

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

XI Encontro Mestres do Mundo: segundo dia é marcado pelas rodas de saberes, oficinas e aulas espetáculos com os mestres da cultura

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de novembro de 2017

 
FOTOS:  Divulgação/Secult/Felipe Abud.

O XI Encontro Mestres do Mundo chega a seu segundo dia, com as Rodas de Saberes, oficinas, e aulas espetáculos em Limoeiro do Norte e outros municípios da região, como: Tabuleiro do Norte, Morada Nova e Alto Santo. Mais de 50 mestres e mestras da cultura do Estado estão reunidos, participando de uma programação intensa, com várias atividades até o sábado, dia 2 de dezembro. Pela noite, na Praça Maestro Odílio Silva, acontecem apresentações de grupos como Dona Zefinha, do Grupo de Coco do Iguape, do mestre cordelista, cantor e compositor Lucas Evangelista, além de apresentação do grupo de emboladas do Mestre Cirilo, dos repentistas Geraldo Amâncio e Guilherme Nobre, entre outros. A programação completa do Encontro pode ser conferida no site: http://mestresdomundo.org.br/.

Roda de Saberes, oficinas e aulas espetáculos


Os saberes e os fazeres dos mestres e mestras da cultura do Ceará foram compartilhados pela manhã desta quinta-feira, 30/11, no segundo dia do XI Encontro Mestres do Mundo. Nas Rodas de Saberes, os tesouros vivos da cultura se dividiram em grupos temáticos (oralidade, corpo, sons, mãos e sagrado) para trocarem seus saberes e contarem para o público sobre sua história.

Na Roda de Sons, a mestra Dina, vaqueira e aboiadora, contou sobre sua infância e adolescência em Canindé, em que sofria preconceitos por ser mulher e frequentar a vaquejada. “Aquele lugar não era pra mulher. Muitos desconfiam de que eu era capaz de montar e me desafiavam. Diziam: ‘Você não monta naquele touro não’. Mas fui lá e montava”, contou.

Já na Roda das Mãos, as mestras Dona Branca, mestra Quirina e o mestre Pedro Balaieiro aproveitaram para mostrar sua técnica e habilidade fazendo ao vivo suas artesanias, seja em cipó ou em cerâmica. O mestre bonequeiro Gilberto, de Icapuí, aproveitou o momento para contar como pegou gosto pela arte. “Quando era pequeno, pedi ao meu pai para ver como eram feitos os bonecos. Ele não deixou, disse que era ‘macumba’, mas eu falei pra ele que a gente tem que conhecer de tudo”, narrou. O resultado: rasgou as ceroulas do pai para fazer seu primeiro boneco. Desde então, não parou mais.

As interatividades das ações do Encontro seguiram em amplitude ainda nessa manhã, chegando para além de Limoeiro do Norte às cidades de Tabuleiro do Norte, Morada Nova e Alto Santo. Esses municípios integrados ao chamado território “Terra Mãe” receberam, das 9h às 12h, as oficinas e aulas espetáculos (AE), ministradas por Mestres e Mestras ou componentes de seus grupos. Com o mote “Saber dos Encantados”, a AE em Tabuleiro teve o auditório do ART CLUB lotado para contemplar os saberes da Banda Cabaçal Pe. Cícero, com os compartilhamentos dos filhos e parentes de Mestre Miguel. Já em Alto Santo, a AE com o Mestre Doca Zacarias e os Mestres de Boi do Maranhão também teve o Auditório da Secretaria da Assistência Social repleto das atenções de aprendizes, como ainda de outros Mestres da Cultura, que prestigiaram a troca de saberes.

Também entre as aulas espetáculos itinerantes, a cidade de Morada Nova recebeu na Praça da Matriz do Divino Espírito Santo, Centro, a maestria do grupo de Candombe com os integrantes do Comparsa Cenceribó (Uruguai/Montevidéu) levaram o ritmo musical afro-latino americano e seus tambores para uma animada manhã de aprendizados. Nos próximos dias do XI Encontro Mestres do Mundo ainda acontecerão nas cidades de Tabuleiro, Quixeré, Russas, Alto Santo e Morada Nova outras mais atividades com o “Saber dos Encantados” em espaços socioeducativos, de forma compartilhada com parceiros locais, disseminando principalmente a educação patrimonial, artística e cultural.

 
A Programação
 
Durante os quatro dias do XI Encontro Mestres do Mundo são realizadas oficinas com o mote “Saber dos Encantados”, ministradas por Mestres e Mestras ou componentes de seus grupos. Também acontecem aulas espetáculos e oficinas itinerantes, contemplando as cidades de Tabuleiro, Quixeré, Russas, Alto Santo e Morada Nova. As atividades ocorrerão em espaços socioeducativos de forma compartilhada com parceiros locais, disseminando principalmente a educação patrimonial, artística e cultural.

Já na Roda de Trocas, os Tesouros Vivos compartilharam saberes entre si e com a comunidade, tendo como fio condutor da vivência o tema “Corpo, Sons, Mãos, Oralidade e Sagrado”, com participação de outros mestres de várias regiões do Brasil.

Tendo em vista o fortalecimento das políticas de patrimônio, o evento promove nesta quinta-feira (30/11), na FAFIDAM, o Seminário Interdisciplinar de Patrimônio Imaterial, com o tema “Além da Carta de Fortaleza – uma trajetória de desafios avanços, reafirmações e novas proposições para o patrimônio imaterial cearense”. O Seminário intenta de forma democrática favorecer espaço para as vozes locais (Mestres, Mestras, agentes culturais, sociedade civil organizada, professores, alunos entre outros) para reflexões e proposições necessárias sobre os Patrimônio Imaterial Cearense e as políticas públicas para o desenvolvimento, registro, salvaguarda e difusão destas, explica a curadora do projeto Profª. Lourdes Macena.

No total, mais de 25 grupos e bandas fazem as apresentações artísticas durante o XI Encontro Mestres do Mundo, entre reisados, bois, pastoris, cocos, emboladores, bacamarteiros, dentre outras manifestações da cultura popular, principalmente do Ceará, mas também de outras regiões do país e do mundo, como o Candombe (Uruguai) – declarado Patrimônio da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco); e os representantes de Da Comunidade Negra dos Arturos (Minas Gerais) – a primeira comunidade negra do Brasil a ser reconhecida como Patrimônio Cultural.

Outra novidade nesta edição serão as atrações para o público infanto-juvenil, a partir desta quinta-feira (30/11), sempre às 18h, trazendo o Palhaço Pimenta, teatro de bonecos com Bil Bonequeiro, e brincadeiras lúdicas com os Mestres e Bichos de Boi. De acordo com o pesquisador Oswald Barroso, “o encontro é importante por aproximar os mestres da cultura tradicional popular entre si para intercâmbio de saberes e práticas, sobretudo, no compartilhamento com os mais jovens. Se os jovens não se reconhecerem na cultura que os mais velhos criaram, guardaram e reinventaram – e nem dela se apropriarem, a tradição não terá continuidade”.

O palco da Arena dos Mestres também receberá apresentações musicais representativas da cultura popular, como o cantor e poeta Mário Lúcio (Cabo Verde), os grupos cearenses Fulô da Aurora e Dona Zefinha, além da cantora de cirandas Lia de Itamaracá (Pernambuco), que fará o show de encerramento do XI Encontro Mestres do Mundo.

Por fim, a Feira e Mostra Gastronômica de Artesania Familiar comercializa, no período do evento, as criações dos Mestres e Mestras da Cultura, valorizando produções locais. Destaque para a participação da Casa de Farinha do distrito de Lajes (Limoeiro do Norte) com venda de tapiocas, doces, broas, fogosas, queijos, figada/sarrabulho, tripa de porco com cuscuz, entre outras iguarias.

Mais sobre o Encontro Mestres do Mundo

O Encontro Mestres do Mundo é um evento estruturante da Secult, realizado desde 2005 como uma importante iniciativa de interiorização da cultura. Em dez edições, o Encontro e suas ações já foram acolhidos pelas cidades de Limoeiro do Norte, Jaguaruana, São João do Jaguaribe, Russas, Barbalha, Juazeiro do Norte e Crato, reunindo a cada edição os Mestres da Cultura, titulados como Tesouros Vivos da Cultura do Ceará, em diálogo com brincantes, estudantes, professores, pesquisadores e mestres de outros estados e países, com uma programação riquíssima voltada ao encontro e troca de saberes.

O Encontro é uma oportunidade singular de vivenciar a diversidade da cultura popular tradicional através da convivência com os guardiões que mantêm vivas as tradições. Conta com a participação de mestres, mestras e grupos locais, regionais e internacionais, promovendo a integração e a troca de experiências. Expressões de linguagens variadas se juntam em uma arena onde os mestres apresentam e transmitem seus saberes e seus fazeres.

São momentos mágicos onde o público participante trava contato com memórias, narrativas e práticas por meio de uma programação ampla de atividades práticas e teóricas. Um dos momentos mais especiais é a distribuição dos participantes em cinco categorias de Rodas de Mestres (corpo, mãos, oralidade, sons e sagrado), para o intercâmbio de saberes, contando com a mediação de pesquisadores da cultura popular.

As Rodas de Trocas são os momentos em que os Tesouros Vivos da Cultura do Estado do Ceará recebem os convidados, mostrando para a comunidade local seus costumes e a sua arte. As noites são marcadas por uma grande diversidade de apresentações de grupos e mestres oriundos das 14 (quatorze) macrorregiões do Ceará, bem como atrações nacionais e internacionais.

Ao longo das dez edições, ocorreram ainda diversas oficinas de repasse dos conhecimentos tradicionais, cursos e ações de educação patrimonial junto a estudantes e professores de escolas públicas, seminários temáticos com reflexões acadêmicas, exposições de fotografias e objetos relacionados às tradições, feirinha para comercialização de artesanatos feitos pelos mestres e outros produtos relacionados às culturas tradicionais, cortejos nas ruas da cidade, encontros de gestores culturais, dentre outras atividades. Momento de grande relevância para a cultura popular tradicional foi a titulação no X Encontro Mestres do Mundo de 58 (cinquenta e oito) Mestres da Cultura como Notório Saber em Cultura Popular pela Universidade Estadual do Ceará (Uece), em 2017.

* postado por Oswaldo Scaliotti

 

Publicidade

Fim de ano na URB Store é comemorado com Coleção Festas

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de novembro de 2017

A linha se inspira em Fortaleza, unindo modernidade e o clássico inspirado no patrimônio histórico

Pela primeira vez, a URB Store lança uma linha com peças voltadas para as comemorações de fim de ano. O conceito da Coleção Festas foi baseado na forte relação da marca com o ritmo dos centros urbanos ao redor do mundo, voltando-se, nesta coleção, para sua terra natal: Fortaleza-CE, cujo fluxo cada vez mais acelerado inspira a dinâmica e o design das peças da URB Store. O coquetel de lançamento ocorre na próxima sexta-feira, 1º de dezembro, às 15h, simultaneamente em todas as lojas da URB Store na cidade.

 

As peças apresentam um mistura de jovialidade e tradição, em elementos alegres e casuais. O momento pede tecidos mais nobres, como renda e chiffon. As modelagens são diversas, adequando-se a todas as idades. Assim, tanto fendas e assimetrias como estilos longos, midi e cortes mais clássicos compõem os looks. Tons pastéis também estão presentes nos designs.

 

A nova linha traz o contraste entre o ritmo acelerado da cidade e a história preservada em construções antigas, e o desenvolvimento da série de peças acompanha um ensaio fotográfico característico de festas. Como locação, foi escolhido o antigo Sobrado do Pastor. A construção, datada de 1914, já acolheu lojas, cafés e armazéns, constituindo uma história plural e genuinamente fortalezense.

 

Hoje, o local abriga o Restaurante L’Escale, que mantém a fachada e parte da arquitetura interna preservadas. Guardando pouco mais de 100 anos de acontecimentos, contos e narrativas, no estabelecimento os visitantes passam por uma experiência de volta no tempo. O estilo clássico se encontra com a modernidade, numa fusão característica do clima presente em cada fim de ano.

 

Serviço:

URB Store – Lançamento da Coleção Festas

Dia 01 de dezembro

Às 15h

Coquetéis nas quatro lojas:

Publicidade

ESPETÁCULO JOIAS DO BALLET RUSSO CHEGA A FORTALEZA

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de novembro de 2017

 

Apresentação será neste sábado (02), no Teatro RioMar Fortaleza

 

Foto: Carlos Feldman.

Bolshoi e Mariinsky, em Moscou, e Mikhailovsky, próximo a São Petersburgo, famosos pela projeção de grandes estrelas, oferecem a rara oportunidade de ver os principais solistas internacionais em um só espetáculo. Bárbaro! Fantástico! Maravilhoso! Esses adjetivos são frequentemente usados para descrever o vigor técnico aliado à graça e a beleza do espetáculo Joias do Ballet Russo, com grandes nomes da dança clássica. O show reúne os melhores bailarinos dos principais teatros do velho mundo, como Bolshoi, Mariinsky e Mikhailovsky, em um repertório majestoso composto por trechos das obras Lago dos Cisnes, Corsário e Quebra-Nozes. A apresentação será dia 2 de dezembro, no Teatro RioMar Fortaleza (Fortaleza/CE)Confira o serviço completo abaixo.

No elenco que passará pelo Nordeste, cinco dos principais solistas consagrados mundialmente. Entre eles, Alexander Volchkov, um dos expoentes do balé russo atual e membro do elenco principal do Bolshoi há 20 anos e a bailarina absoluta do Stanislavsky, Natalia Ledovskaya. Completam o time Anastasiia Lomachenkova, Nicolay Koripaev e Ekaterina Didenko.

A quantidade de medalhas e prêmios que estes solistas já receberam em competições internacionais formam um verdadeiro tesouro. Eles foram praticamente criados nos grandes teatros, pois permanecem ensaiando mais de 10 horas por dia, seis dias por semana.

Integram esse espetáculo bailarinos dispostos a enfrentar uma rígida disciplina de treinos e ensaios, pois só assim as dificuldades da arte conseguem superar o físico – afinal, fazer pliês e botar os pés em meia-ponta numa sapatilha apertada não são tarefas para qualquer um. Toda esta dedicação confere a eles a graça e a sutileza em cada movimento, próprios de príncipes e princesas dos contos de fadas.

Uma oportunidade singular para os amantes do bom balé de vê-los juntos em um único show, composto de belas paisagens e cenários delicados, ingredientes perfeitos para uma noite ao melhor estilo imperial da corte russa.

BALÉ CLÁSSICO

A arte do balé clássico tem sido por mais de três séculos favorita entre os príncipes, reis e imperadores. Embora o balé tenha nascido na Itália e desenvolvido na França – por isso os passos têm nomes franceses – foi no império russo onde ganhou seu esplendor. Os famosos czares durante séculos não pouparam esforços para ter o melhor balé no mundo, tanto que chamaram da França os melhores coreógrafos da época, entre eles Marius Petipa para mencionar apenas um maior, entre tantos.

Eles também importaram pedagogos, arquitetos, escultores e pintores para construir teatros luxuosos e o resultado não poderia ser melhor: o Bolshoi, em Moscou, e o Mariinsky, em São Petersburgo. As ordens continuaram e eles escolheram Tchaikovsky para compor a música de um bom Balé e por esse encanto a humanidade conheceu o fantástico “O Lago dos Cisnes”, além da incrível “Bela Adormecida” e “Quebra-Nozes”. Verdade é que os russos nunca pouparam gastos para a arte. Prova disso é que acabaram de completar os Jogos Olímpicos mais caros da história até hoje.

Mais informações dos solistas:

Alexander Volchkov

Nascido em Moscou. Em 1997, tendo ensaiado na Escola Coreográfica de Moscou (hoje a Academia de Coreografia de Moscou), na turma de Leonid Zhdanov, ele ingressou na Companhia de Ballet Bolshoi. Seu instrutor é Vladimir Nikonov. Repertórios: 1998 Trubadur (Romeu e Julieta. Coreografia por Leonid Lavrovsky); Friend to the Prince (Lago dos Cisnes. Produção de Vladimir Vasiliev). 1999 Prince Fortune (A Bela Adormecida. Produção de Yuri Grigorovich); ‘Two pairs’ in Part 4 (Sinfonia em Dó Maior) — criação no Teatro Bolshoi. 2001 Solista (Passacaille para música por Anton von Webern. Produção de Rolan Petit) — criação no Teatro Bolshoi. 2002

Friend to Ferkhad (A Lenda do Amor. Música por Arif Melikov. Produção de Yuri Grigorovich);

Count Albrecht (Giselle. Produção de Yuri Grigorovich, depois produção de Vladimir Vasiliev);

Solista (Chopiniana). 2003 Phoebus (Notre-Dame de Paris. Produção de Rolan Petit) — criação no Teatro Bolshoi; Jean de Brienne (Raimonda. Produção de Yuri Grigorovich); Ferkhad (A Lenda do Amor); Paris (Romeu e Julieta. Criação de Declan Donnelan e Radu Poklitary). 2004 The Nutcracker-Prince (O Quebra-Nozes. Produção de Yuri Grigorovich); Prince Desire (A Bela Adormecida); Solista Parte 2 (Sinfonia em Dó Maior); Crassus (Spartacus); Hannan (Lea para música por Leonard Bernstein. Produção de Alexei Ratmansky). 2005 Lysander (A Midnight’s Summer Dream. Produção de John Neumeier) — criação no Teatro Bolshoi; Hero (Les Presages para música por Pyotr Tchaikovsky. Coreografia por Leonide Massine); Prince Siegfried (Lago dos Cisnes. Nova produção de Yuri Grigorovich). 2006 Boris (The Golden Age. Música por Dmitry Shostakovich. Produção de Yuri Grigorovich). 2007 Solista em Dança com Leques (Le Corsaire Adolphe Adam; coreografia Marius Petipa, produção e nova coreografia por Alexei Ratmansky e Yuri Burlaka); Class Concert (para música por diferentes compositores; coreografia por Asaf Messerer); Basilio (Dom Quixote, coreografia por Marius Petipa, Alexander Gorsky em uma versão por Alexei Fadeyechev). 2008 Solor (La Bayadere. Produção de Yuri Grigorovich); Philippe (As Chamas de Paris de Boris Asfiev. Produção e nova coreografia por Alexei Ratmansky após Vasily Vainonen) — criação; Lucien d’Hervilly (Paquita. Encenação e nova versão de coreografia por Yuri Burlaka); Couple in Red (Temporadas Russas. Música por Leonid Desyatnikov, coreografia por Alexei Ratmansky). 2009 Lambda (Zakharova Super Game, de Emiliano Palmieri. Coreografia por Francesco Ventriglia) — criação; Phoebus (Esmeralda por Cesare Pugni, coreografia por Marius Petipa, encenação e nova versão de coreografia por Yuri Burlaka e Vasily Medvedev). Em 2002, dançou o papel principal em Romeu e Julieta de Yuri Grigorovich para a Companhia de Ballet Kremlin — em uma performance para marcar o jubileu do coreógrafo. No mesmo ano, no Teatro de Ópera e Ballet de Tbilisi, dançou no papel do Príncipe Siegfried em Lago dos Cisnes (produção de Konstantin Sergeyev) e do Príncipe em O Quebra-Nozes (coreografia — Yuri Grigorovich). Em 2003, fez parte do Festival de Ballet Rudolf Nureyev em Ufa, onde interpretou em A Bela Adormecida e dançou no papel principal em Romeu e Julieta (coreografia — Yuri Grigorovich). Em 2001, obteve o segundo lugar na Competição Internacional de Dançarinos de Ballet Jovens, em Kazan.

Natalia Ledovskaya

Natalia Ledovskaya é uma das melhores representantes da escola de coreografia de Moscou, que combina técnica de ballet perfeita com uma performance vigorosa e uma arte extraordinária. Poucas bailarinas da atualidade têm qualidades como o apelo emocional e a performance brilhante e vigorosa que acentuam a forma clássica perfeita. Seu talento radiante torna Natalia Ledovskaya uma Kitry ideal: extravagante, charmosa, pungente em sua dança. Ela desempenha com audacidade variações extremamente difíceis, de tirar o fôlego, e está absolutamente em seu elemento como uma atriz de comédia. No entanto, o talento dela é multifacetado: ela pode transmitir com igual competência lirismo, tragédia e o ardor fervente das paixões. Suas heroínas clássicas são resultado de seu esforço sutil e meticuloso, sua devoção altruísta à arte. Sua Julieta (Romeu e Julieta, coreografia por Vladimir Vasilyev) é uma alma revelada em uma erupção de emoções. Sua Giselle é um coração ingênuo e vulnerável. A delicada Medora (Corsário), a encantadora Masha (O Quebra-Nozes), a apaixonada Esmeralda (Esmeralda) – em todos esses papéis, ela busca em primeiro lugar ser uma atriz em sua dança; todos os personagens clássicos dela irradiam seu charme individual. Natalia Ledovskaya impressionou pela leveza e rapidez de seu salto, a virtuosidade de suas piruetas, a rigidez incrível de suas poses, a precisão filigrana do desempenho em repertório clássico extremamente difícil. Todas essas qualidades, combinadas a seu movimento plástico livre e espontaneidade jovem, tornam as interpretações de papéis clássicos por ela inexplicavelmente encantadoras. A arte da jovem bailarina é vividamente demonstrada na performance que ela faz de coreografia moderna. Ela trabalhou com coreógrafos tão famosos quanto Dmitry Bryantzev (O Cavalinho Corcunda, música por R. Shchedrin, Bravo Figaro!, música por A. Kolker, Otello, música por A. Machavariani), Vladimir Vasilyev (Romeu e Julieta), Alex Ursulyak, Alexei Ratmansky e Marina Nikitina. Natalia Ledovskaya dança brilhantemente em The evening Dances, por Tom Shilling, em um dueto lírico de O Fantasma da Ópera por D. Briantzev e no Pas de deux de Tchaikovsky por George Balanchine. A diversidade da coreografia moderna ajuda a revelar as muitas facetas do talento da jovem bailarina. Ela está claramente fascinada pelos estilos modernista e neoclássico, bem como por jazz. Ao aprender novas formas e estilos plásticos, Natalia Ledovskaya nunca se esquece de que seu forte é o repertório clássico. É ali que sua feminilidade e a força de sua dança são claramente manifestadas. Esse estilo permite que ela crie obras-primas e busque a perfeição. Sua Bacchante irresistível de Noite de Walpurgis ou a Sylphide etérea oferecem dois argumentos brilhantes a favor do ballet clássico. Uma dançarina determinada e audaciosa, sempre pronta para correr riscos beirando o impossível, Natalia Ledovskaya ama a arte da dança pela beleza e expressividade de suas formas. O talento dela lhe rendeu aclamação internacional. Ela venceu alguns prêmios de competições internacionais e realizou com êxito turnês por capitais do ballet como Paris, Tóquio, Madrid, Buenos Aires, Caracas e outras. A frágil e charmosa, delicada, mas incansável Natalia Ledovskaya é uma genuína primeira-bailarina e uma estrela.

 

Duração: 90min.
Classificação: Livre

 

 

FORTALEZA

Dia 2 de dezembro

Sábado, às 21h

Teatro RioMar Fortaleza (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 – Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Fortaleza – CE)
www.teatroriomarfortaleza.com.br

INGRESSOS:

Setor Valor  Meia-Entrada
Plateia Alta R$ 160,00  R$ 80,00
Plateia Baixa B R$ 180,00  R$ 90,00
Plateia Baixa A R$ 200,00  R$ 100,00

*Descontos não cumulativos a demais promoções e/ou descontos;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;
***A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Ceará:
– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– PROFESSORES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO DE FORTALEZA mediante apresentação de carteira funcional emitida pela Secretaria Municipal de Educação e Assistência Social (SEDAS).
– DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido por banco de sangue. São considerados doadores regulares de sangue aqueles registrados nos bancos de sangue cos hospitais do Estado do Ceará.
**** Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:

Ingresso Rápido: 4003-1212

www.ingressorapido.com.br

Bilheteria do Teatro RioMar Fortaleza: Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 Piso L3 –

Shopping RioMar Fortaleza – Papicu / Horário de funcionamento: de terça-feira a sábado, das

12h às 21h, e domingo e feriados, das 14h às 20h. Em dias de apresentações: das 12h até o

início da última apresentação. Segunda-feira: fechada.

Publicidade

CEVA Logistics celebra 10 anos com os seus clientes

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de novembro de 2017


Foi há exatamente 10 anos que houve a fusão entre a antiga TNT logistics e a EGL, criando a renomada empresa de logística CEVA como conhecemos hoje.
A CEVA está presente em todo o mundo, oferecendo serviços na Gestão de Frete Internacional e Logística de Armazenagem e Distribuição Nacional, para os principais setores da indústria que atende. Uma forte cultura de melhoria contínua e compromisso com uma execução impecável que sustenta tudo o que faz.

Este é um marco significativo para a empresa, portanto foi celebrado em seus mais de 1.000 escritórios ao redor do mundo, com grandes comemorações entre seus funcionários e clientes.

No último dia 06 de Novembro, a CEVA celebrou os 10 anos junto à alguns de seus clientes. Essa celebração se deu por meio de um evento que ocorreu em uma pista de Kart, com 3 baterias de corrida e direito a prêmio para 1º, 2° e 3° classificados.

Além de muito divertido, o evento proporcionou maior interação e aproximação com seus clientes e a descoberta de excelentes pilotos. Foi uma forma diferente de celebrar esse marco de 10 anos de sua trajetória como CEVA e dividir esse momento com quem faz parte dessa história.

Por ocasião do seu 10º aniversário, a CEVA deseja agradecer aos seus clientes, funcionários e parceiros por seu apoio contínuo, e que esse apoio se perdure por muitos anos!

Publicidade

Crefito 6 promove ações para profissionais e população da cidade de Crateús

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de novembro de 2017

 

O Crefito 6 Na Estrada é realizado através de ações para estimular hábitos saudáveis na sociedade e oferecer serviços especializados de Fisioterapia e Terapia Ocupacional

No próximo dia 02 de dezembro o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito 6), realizará uma ação social na cidade de Crateús, no interior do Ceará.  É o “Crefito 6 na Estrada”, série de atividades que fazem parte do calendário de ações da instituição. O objetivo é estar mais próximo dos profissionais e levar atendimento de fisioterapia e terapia ocupacional à sociedade.

Na ocasião são disponibilizados os serviços de secretaria, tesouraria e ainda palestras e esclarecimentos aos profissionais, gestores municipais e população. “O Crefito 6 na Estrada” já passou por Juazeiro do Norte, Aracati, Iguatu, Quixadá, Sobral e Ubajara.  Para o presidente do Crefito 6, Dr. Ricardo Araújo Lotif, “o acesso à saúde através da assistência do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional é direito da sociedade e dever do Estado”.

O evento é gratuito e conta com o apoio dos profissionais inscritos no conselho e de instituições municipais.

Sobre o conselho

 

O Crefito 6 é uma Autarquia Pública Federal, Instituição de Controle Social, tendo como missão garantir os direitos da população assistida pela Fisioterapia e pela Terapia Ocupacional através da normatização e fiscalização do exercício profissional visando a plena atuação terapêutica com qualidade e humanização.

Serviço:

Crefito 6 Na Estrada

Data: 02 de dezembro

– Atendimento aos Profissionais e Ação Social

Local: Praça dos Pirulitos – Crateús – CE

Horário: 09h às 15h

– Palestra para profissionais

Local: Auditório da OAB

Horário: 18h

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Crefito 6 promove ações para profissionais e população da cidade de Crateús

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

30 de novembro de 2017

 

O Crefito 6 Na Estrada é realizado através de ações para estimular hábitos saudáveis na sociedade e oferecer serviços especializados de Fisioterapia e Terapia Ocupacional

No próximo dia 02 de dezembro o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito 6), realizará uma ação social na cidade de Crateús, no interior do Ceará.  É o “Crefito 6 na Estrada”, série de atividades que fazem parte do calendário de ações da instituição. O objetivo é estar mais próximo dos profissionais e levar atendimento de fisioterapia e terapia ocupacional à sociedade.

Na ocasião são disponibilizados os serviços de secretaria, tesouraria e ainda palestras e esclarecimentos aos profissionais, gestores municipais e população. “O Crefito 6 na Estrada” já passou por Juazeiro do Norte, Aracati, Iguatu, Quixadá, Sobral e Ubajara.  Para o presidente do Crefito 6, Dr. Ricardo Araújo Lotif, “o acesso à saúde através da assistência do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional é direito da sociedade e dever do Estado”.

O evento é gratuito e conta com o apoio dos profissionais inscritos no conselho e de instituições municipais.

Sobre o conselho

 

O Crefito 6 é uma Autarquia Pública Federal, Instituição de Controle Social, tendo como missão garantir os direitos da população assistida pela Fisioterapia e pela Terapia Ocupacional através da normatização e fiscalização do exercício profissional visando a plena atuação terapêutica com qualidade e humanização.

Serviço:

Crefito 6 Na Estrada

Data: 02 de dezembro

– Atendimento aos Profissionais e Ação Social

Local: Praça dos Pirulitos – Crateús – CE

Horário: 09h às 15h

– Palestra para profissionais

Local: Auditório da OAB

Horário: 18h

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti