Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Semana de Agroecologia traz reflexões sobre conhecimento popular, de 4 a 7 de outubro

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

04 de outubro de 2017

Estudantes de todos os cursos da Universidade Federal do Ceará poderão participar gratuitamente da I Semana de Agroecologia da UFC. Com o tema “Agroecologia e o conhecimento popular“. O evento é organizado pelo Grupo Agroecológico da UFC (GAUFC) e acontece de 4 a 7 de outubro, no auditório do Centro de Ciências (CC), no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra. A Semana conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará (SDA), da Federação de Estudantes de Agronomia do Brasil (Feab) e da Entidade Nacional dos Estudantes de Biologia (Enebio) e de mais organizações do setor.
A programação contempla discussões e debates sobre a temática, entre palestras, mesas-redondas, oficinas e visita técnica. No primeiro dia, às 14h, Peter Michael Rosset, professor do El Colegio de la Frontera Sur (Ecosur) – Unidad San Cristóbal, ministrará a palestra “Metodologia camponês a camponês”.
Segundo a comissão organizadora, o intuito da Semana é estimular e dar visibilidade à importância do conhecimento popular em sua integração com os conhecimentos técnico e científico, com o objetivo de fazer a academia refletir sobre a importância desse pensamento para a desconstrução da suposta superioridade de um conhecimento sobre o outro.
Os interessados realizam inscrição por meio deformulário eletrônico. A Pró-Reitoria de Extensão emitirá certificados de participação para os que tiverem ao menos 75% de presença nos espaços do evento. Mais detalhes sobre a programação da Semana estão divulgados na página do GAUFC no Facebook.
O Gaufc
Fundado em 1996, o Grupo Agroecológico da UFC desenvolve trabalhos e pesquisas no campo da agroecologia a fim de mostrar seus benefícios ao mundo e disseminar sua prática. Tem por missão estudar e disseminar os fundamentos da agroecologia de forma holística, atuando dentro e fora da Universidade de modo a formar cidadãos conscientes dos pilares da sustentabilidade.
Publicidade

Semana de Agroecologia traz reflexões sobre conhecimento popular, de 4 a 7 de outubro

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

04 de outubro de 2017

Estudantes de todos os cursos da Universidade Federal do Ceará poderão participar gratuitamente da I Semana de Agroecologia da UFC. Com o tema “Agroecologia e o conhecimento popular“. O evento é organizado pelo Grupo Agroecológico da UFC (GAUFC) e acontece de 4 a 7 de outubro, no auditório do Centro de Ciências (CC), no Campus do Pici Prof. Prisco Bezerra. A Semana conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Ceará (SDA), da Federação de Estudantes de Agronomia do Brasil (Feab) e da Entidade Nacional dos Estudantes de Biologia (Enebio) e de mais organizações do setor.
A programação contempla discussões e debates sobre a temática, entre palestras, mesas-redondas, oficinas e visita técnica. No primeiro dia, às 14h, Peter Michael Rosset, professor do El Colegio de la Frontera Sur (Ecosur) – Unidad San Cristóbal, ministrará a palestra “Metodologia camponês a camponês”.
Segundo a comissão organizadora, o intuito da Semana é estimular e dar visibilidade à importância do conhecimento popular em sua integração com os conhecimentos técnico e científico, com o objetivo de fazer a academia refletir sobre a importância desse pensamento para a desconstrução da suposta superioridade de um conhecimento sobre o outro.
Os interessados realizam inscrição por meio deformulário eletrônico. A Pró-Reitoria de Extensão emitirá certificados de participação para os que tiverem ao menos 75% de presença nos espaços do evento. Mais detalhes sobre a programação da Semana estão divulgados na página do GAUFC no Facebook.
O Gaufc
Fundado em 1996, o Grupo Agroecológico da UFC desenvolve trabalhos e pesquisas no campo da agroecologia a fim de mostrar seus benefícios ao mundo e disseminar sua prática. Tem por missão estudar e disseminar os fundamentos da agroecologia de forma holística, atuando dentro e fora da Universidade de modo a formar cidadãos conscientes dos pilares da sustentabilidade.