Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

junho 2017

Projeto lúdico e inovador transforma o São João em grande festa literária

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

24 de junho de 2017

Durante todo o mês de junho, escolas de várias regiões do Brasil, participam do projeto incorporando autores e obras literárias às festas juninas escolares.

 

As festas juninas estão chegando e junto com ela uma excelente oportunidade para se trabalhar com a produção literária, presente na cultura popular. As escolas que fazem parte do Programa de Desenvolvimento da Educação – PDE, do Instituto Brasil Solidário, trabalham todos os anos uma sequência didática durante todo o mês de junho, incorporando temas literários em cada atividade que resultará na grande festa de São João. O Projeto São João Literário, hoje, envolve cerca de 10 cidades, localizadas em diferentes regiões do Brasil, mas principalmente no Norte e Nordeste. A ação que ocorre desde 2013, consegue mobilizar municípios inteiros, mesclando aprendizado, estímulo e comemoração com foco no livro e no incentivo à leitura.

No Ceará, a Escola Municipal Desembargador Pedro de Queiroz, em Beberibe, já preparou o espaço e as atividades que estão sendo trabalhadas em cada disciplina da grade curricular dos alunos. A programação inclui um concurso literário, com apresentações de poemas, paródias dramatizadas, barracas e pescaria literária, além de um painel de trava-línguas, que já está exposto e sendo utilizado pelos alunos da escola. “As atividades começaram no início de junho, mas vamos ter duas etapas de apresentações com os alunos, a primeira no dia 23 de junho, e a última etapa, com a grande festa e apresentações de quadrilhas, no dia 28 de junho, nossos alunos estão muito empolgados e envolvidos nas atividades”, disse a Coordenadora Pedagógica da Escola, Ana Patrícia Castro.

Segundo o Presidente do Instituto Brasil Solidário, Luís Salvatore, adivinhas, trava-línguas, receitas, quadrinhas e poemas são alguns dos gêneros que circulam no contexto dessas festividades, e que podem ser exploradas nas atividades planejadas e desenvolvidas, propiciando um rico diálogo entre escola e comunidade. “O objetivo pedagógico do Projeto, é manter viva as raízes da festividade do São João, com toda a sua riqueza e tradição, incorporando o cunho literário desde os preparativos, até as apresentações das quadrilhas juninas, a ideia é engajar toda a comunidade escolar e fazer com que todos voltem os olhares para a riqueza da cultura popular brasileira e este é um ótimo momento para trabalhar a arte literária”, ressalta Salvatore.

Aberto ao público para a toda a comunidade, o “Arraiá Literário” na Escola Desembargador Pedro de Queiroz, está com data marcada para o dia 28 de junho, às 18h30, na quadra da escola. Em ritmo junino, a escola promete um espaço com muita diversidade literária, incluindo barracas repletas de livros do acervo da escola, espaço de leitura, além de uma exposição de livrinhos de receitas típicas das festas juninas elaborados pelos próprios alunos. O correio elegante também entrará no clima principal da festa, onde as rainhas já à caráter, estarão distribuindo poesias e letras de músicas durante a festividade. E, falando de nossa cultura popular, não poderia deixar de fora a dança e as quadrilhas regionais, alunos do Fundamental II, farão apresentações de dança em homenagem aos 70 anos de Asa Branca, aos 100 anos de Chorinho, além do tema Cordel Encantado e Contos Maravilhosos, que estarão presentes nas quadrilhas.

 

Sobre o Projeto São João Literário

O São João Literário, faz parte das atividades do Programa de Desenvolvimento da Educação – PDE, do Instituto Brasil Solidário e envolve todas as escolas que participam das ações do Programa, em várias regiões do Brasil, mas principalmente no Norte e Nordeste do país. Com sua primeira edição realizada em 2013, o projeto tem como objetivo promover uma grande mobilização com foco no livro e no incentivo à leitura dentro das festividades juninas.

Uma lista de atividades são elaboradas para serem desenvolvidas com todas as turmas do Fundamental I ao Fundamental II – organização da estrutura física da escola para a festa, montagem do cardápio e distribuição dos convites. O objetivo pedagógico do Projeto, é conseguir engajar toda a comunidade escolar e fazer com que todos voltem os olhares para a riqueza da cultura popular brasileira, aproveitando esse período para trabalhar a arte literária.

No Projeto São João Literário – IBS além de desenvolver e incentivar o estudo das tradições e da cultura popular, trabalha-se com sequências didáticas que estimulam a produção e o estudo literário que resultam em aprendizagens significativas e a apresentação das muitas culminâncias que acontecem através da parceria com muitas escolas do nosso país.

As atividades do Projeto São João Literário podem ser realizadas com todos os segmentos escolares. O que diferencia a proposta em cada ano/ciclo é o gênero trabalhado e o seu desenvolvimento pelos diferentes professores.

 

Arrasta Pé da Educação

Parte das atividades da grande festa do São João Literário, está o Arrasta Pé da Educação, que consegue sensibilizar as quadrilhas juninas a incorporarem as temáticas e conceitos trabalhados no Programa de Desenvolvimento da Educação, do Instituto Brasil. São elas: incentivo à leitura, educação ambiental, uso de tecnologias em sala de aula e como instrumento ao protagonismo, valorização das artes regionais, prevenção e saúde e empreendedorismo.

Toda a criatividade e originalidade contam como pontos fortes na escolha das quadrilhas que se destacam no momento do Arrasta Pé da Educação. Figurinos bem elaborados com utilização de materiais recicláveis, ressaltando o conceito de sustentabilidade, além do momento de leitura e homenagem à obras literárias, seja na dança, na música ou na caracterização, são alguns dos elementos fortemente presentes durante a festa, que resulta, em várias regiões, em um grande concurso com premiação para as primeiras colocações.

As ações do Instituto no Ceará e no Nordeste, no ano de 2017, contam com financiamento de: Instituto Samuel Klein, Palmeirinha Ação Social, Machado Meyer Advogados, Tecnisa, OverSeas e Bank of América Merrill Lynch. Além deles, apoiadores pessoa física também realizam investimentos via leis de incentivo fiscal (Lei Rouanet).

 

SERVIÇO

São João Literário

Escola Desembargador Pedro de Queiroz – Beberibe/CE

Data: 28 de Junho

Horário: 18h30.

Local: Escola Desembargador Pedro de Queiroz – Beberibe/CE

Aberto ao público.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Novo Polo Universitário Santo Inácio oferece dois cursos de pós-graduação

Por Oswaldo Scaliotti em Qualificação

24 de junho de 2017

Padre Pedro Rubens, Profa. Albanisa Gomes, Francimayre Freire e Prof. Manoel Messias
A qualidade acadêmica de quatro instituições comunitárias reunidas numa parceria inédita no Ceará inaugura em Fortaleza o novo Polo Universitário Santo Inácio. A iniciativa reúne a UNICATÓLICA – Centro Universitário Católica de Quixadá; a Universidade Católica de Pernambuco; o Colégio Santo Inácio de Fortaleza e o movimento de educação popular Fé e Alegria.

O Polo Santo Inácio já chega oferecendo uma grande oportunidade para quem procura se especializar nas áreas jurídica ou de educação. Estão sendo oferecidas duas pós-graduações.
Direito Administrativo: tendências atuais busca capacitar profissionais que atuam nos setores público e privado com os direitos tributário, financeiro, econômico, empresarial e ambiental. Já a especialização em Gestão de Aprendizagem visa desenvolver metodologias criativas e inovadoras com o objetivo de conhecer as bases do funcionamento neurológico humano, auxiliando na compreensão do processo de aprendizado e suas relações.

O Reitor da UNICAP, Prof. Dr. Padre Pedro Rubens, explica que o Polo é um ponto de encontro que vai reunir o melhor das instituições envolvidas na parceria, podendo oferecer dupla titulação nas especializações e outras modalidades de cursos. Padre Pedro é cearense, de Vazantes, e é o primeiro brasileiro a se tornar presidente da Federação Internacional das Universidades Católicas (FIUC).

“Diante de um mundo de concorrência entre instituições, apostamos na parceria… diante do tempo de crises, apostamos na qualificação profissional e no investimento nas pessoas. Esta parceria nasce da natureza comum entre essas instituições, bem como do compromisso com a qualidade, com a formação integral e humanística, com a responsabilidade social”, disse Padre Pedro que também é presidente da Associação Brasileira das Universidades Comunitárias (ABRUC).

O Reitor da UNICATÓLICA, Prof. Manoel Messias de Sousa, assegura que o Polo de Pós-graduação objeto da parceria entre as instituições será uma nova fase na consolidação de um amplo projeto de colaboração e ação compartilhada no âmbito da formação profissional no Ceará.

Já a Diretora do Colégio Santo Inácio, Albanisa Gomes,  destaca que o compromisso com a formação de excelência, fundamentada por valores e competências que diferenciam o profissional no seu espaço de atuação é o elemento mais importante que une as três instituições de renome em um projeto inovador. “Currículo que atende os desafios da contemporaneidade oportunizará aos profissionais o desenvolvimento de habilidades exigidas para uma atuação de sucesso. Não tenho dúvidas que nasce, no seio de Fortaleza, a oportunidade de ser e fazer diferente”, frisou. 

As inscrições para as especializações oferecidas pelo novo Polo Universitário Santo Inácio poderão ser feitas a partir de julho no site www.polosantoinacio.edu.br. O polo vai funcionar na sede do Colégio Santo Inácio, que fica na Avenida Desembargador Moreira, Nº 2355, no bairro de Aldeota. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (85) 3066-3000.

Sobre as instituições que formam o Polo Universitário Santo Inácio

Unicap – A Universidade Católica de Pernambuco é a primeira universidade católica do Norte e
Nordeste e única jesuíta na região. A Unicap celebrará em 2018, 75 anos de fundação e agora entra em um movimento de expansão diferenciada.

UNICATÓLICA – A UNICATÓLICA é único Centro Universitário do Sertão Central do Ceará,
localizada em Quixadá, a instituição conta com cursos de Graduação, Pós-graduação e Extensão Universitária. Sua história e o compromisso com a educação de qualidade da Igreja Católica na região vem sendo reconhecida pela sua excelência, mediante educação superior humanista, inovadora e sustentável, contribuindo para a transformação social do Estado do Ceará.

Colégio Santo Inácio
– Iniciou suas atividades no ano de 1955, na sacristia da Igreja de Cristo Rei. O reconhecimento pelos serviços educacionais prestados fez a procura aumentar até que a sede teve a pedra fundamental lançada em 1960, ano oficial da fundação do colégio. Em 1963, foi transferido para a Av. Desembargador Moreira, no bairro de Aldeota, onde funcionará o Polo
Universitário Santo Inácio.

Fé e Alegria
– Entidade sem fins lucrativos da sociedade civil, o Movimento de Educação Popular Integral e Internacional Fé e Alegria iniciou suas atividades em 1955, em Caracas, Venezuela, se espalhando por 21 países da América Latina, Europa e África. Chegou ao Brasil em 1981 e desembarcou no Ceará em 2005, no distrito de Vazantes. O Fé e Alegria acredita que a educação é o caminho para dar oportunidades aos mais pobres e garantir seus direitos, alimentando a prática educativa como ferramenta de transformação social.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Shopping Parangaba sedia campeonato de judô

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de junho de 2017

O Shopping Parangaba sedia neste domingo (25) o Festival de Judô infantil e as seletivas para os brasileiros Sub 13 e Sub 15. O evento é realizado pela Confederação Cearense de Judô, em parceria com o empreendimento, e tem início às 11h.

Os vencedores das classificações sub 13 e sub 15 estarão com vaga garantida no Campeonato Brasileiro, que acontece em Salvador (BA), no centro de treinamento da Confederação Brasileira de Judô.

Para o presidente da Confederação Cearense de Judô (FECJU), Cardoso Neto, a prática do esporte molda o caráter, trabalha muito além da atividade física, e contribui com a formação de crianças e adolescentes. “Nas aulas trabalharmos o caráter, respeito, disciplina e hierarquia. É filosofia de vida. Temos muitos exemplos de pessoas que tiveram melhorias no comportamento, e inclusive no rendimento escolar”, diz.

Ainda segundo o presidente, desde cedo os atletas trabalham a superação, e noção de vitórias e derrotas, e respeito ao seu adversário.

 

SERVIÇO:

Festival de Judô infantil e as seletivas para os brasileiros Sub 13 e Sub 15

Data: Domingo, 25 de junho.

Onde: Shopping Parangaba (Rua Germano Franck, 300, Parangaba)

Horário: 11 horas.

Publicidade

Bairro de Fátima, em Fortaleza, ganha academia para o cérebro

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de junho de 2017

Curso exercita memória, concentração, criatividade e confiança, melhorando o desempenho das pessoas nos estudos, no trabalho e na vida pessoal

Muita gente hoje se preocupa em ir à academia para malhar os músculos do corpo, mas esquece do cérebro. Com exercícios estimulantes, é possível melhorar habilidades como memória, concentração e raciocínio. Agora, isso é possível no Bairro de Fátima, onde está sendo inaugurada a segunda unidade SUPERA Ginástica para o Cérebro em Fortaleza.

Durante a semana de inauguração, de 26 de junho a 1º de julho, o público poderá participar de aulas gratuitas. É necessário agendar um horário com antecedência pelo telefone. A unidade fica na Av. Deputado Oswaldo Studart, 68 – Fátima, Fortaleza. Os telefones para contato são (85) 3121-5303 e 3121-5304. O horário de funcionamento é de 9h às 20h.

Mas como funciona uma academia para o cérebro?

No Supera, os halteres dão lugar ao ábaco, principal ferramenta do curso que serve para fazer cálculos de forma prazerosa e bem diferente. Com o aprendizado, o aluno desenvolve o raciocínio e a coordenação motora. Estas são habilidades muito importantes para pessoas de todas as idades, principalmente as crianças, que melhoram as notas não só em matemática, mas em todas as disciplinas na escola.

E as atividades aeróbicas? Em uma academia de ginástica para o cérebro, elas ganham outro nome: as neuróbicas. São atividades que fazem com que seu cérebro saia da zona de conforto, criando novas conexões. Quer exemplos de neuróbicas? Escovar os dentes com a mão não dominante, andar de costas, mudar o relógio de pulso, fazer um novo trajeto para o trabalho… Nas academias do Supera, elas são inclusas nas aulas de maneira que os alunos se divirtam estimulando o cérebro.

Além disso, na academia para o cérebro, os alunos usam jogos de tabuleiro, individuais ou em grupo, desenvolvendo habilidades cognitivas e socioemocionais, como estratégia, relacionamento e autoconfiança.

As apostilas com exercícios exclusivos, dinâmicas em grupo e vídeos motivacionais também fazem parte da academia, contribuindo para a aplicação de uma metodologia eficaz na estimulação cerebral.

Os professores destas academias são capacitados para orientar os alunos no uso dos “equipamentos”, estimulando-os a pensar nos desafios propostos e a solucioná-los sozinhos.

Assim como uma academia para o corpo, a academia para o cérebro é relaxante e divertida. No começo, as pessoas podem até achar ruim… Ficar com preguiça… Mas quando conhecem, não querem mais parar.

Por que praticar?

De acordo com a neurociência, os exercícios para o cérebro aumentam a reserva cognitiva, deixando o cérebro mais ágil para encontrar os caminhos necessários para nossas atividades diárias.

“Graças à neuroplasticidade – capacidade do cérebro em se modificar e criar novas conexões neurais -, a ginástica cerebral mantém as funções do cérebro, sem os efeitos colaterais dos remédios”, explica Antônio Carlos Perpétuo, fundador do método Supera.

O cérebro é um dos órgãos mais importantes e essenciais para a sobrevivência. Sem ele, não teríamos a capacidade de raciocinar, pensar e ter sentimentos. Além disso, o funcionamento do corpo também depende do cérebro.

“Para ter uma vida saudável, não pode-se deixar o cérebro nem o corpo de lado. É preciso praticar atividades físicas regularmente, dormir bem, beber muita água, ter uma alimentação balanceada e não se esquecer do órgão mais importante do nosso corpo. Exercitá-lo com desafios na medida certa é o grande segredo para a longevidade”, completa Perpétuo.

Serviço

Supera Fátima

Local: Av. Deputado Oswaldo Studart, 68 – Fátima

Data: 26 de junho a 01 de julho

Horário de funcionamento: 9h às 20h.

Contato: 3121-5303 e 3121-5304

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Projeto de empresa cearense incentiva aprendizado em escola da rede estadual

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de junho de 2017

 

Inspirada pelo projeto “Aluno Nota 10”, desenvolvido por empresários da cidade de Morro do Chapéu, localizada no interior da Bahia, que visa premiar alunos que se destacam nas escolas alcançando nota máxima nos estudos, a Plannea Gestão e Contabilidade, empresa cearense que está há 10 anos no mercado, resolveu lançar o projeto “Aluno  do Ano”, que objetiva premiar com um notebook um aluno da turma do 3º ano do curso técnico em Contabilidade da Escola Estadual de Educação Profissional Joaquim Moreira Sousa.

 

A partir da criação do programa de premiação em Morro do Chapéu, sabe-se que alunos de escolas municipais, estaduais e particulares se dedicaram muito mais aos estudos e passaram a frequentar mais as aulas, por consequência, melhoraram os seus resultados e os de suas escolas, que viram seus índices aumentarem graças ao estímulo dado aos estudantes. Entre 2008 a 2012, por exemplo, de acordo com dados do Ideb (Índice de Desenvolvimento de Educação Básica), a média dos alunos da rede estadual que estudam o último ano do ensino fundamental, saltou de 2,3 para 3,3. A ideia é que em Fortaleza não seja diferente.

 

Na última quarta-feira (21), o Diretor Executivo da Plannea Contabilidade, Eduardo Fontes, esteve reunido com a direção, corpo docente e os alunos da EEEP Joaquim Moreira Sousa para divulgar e assinar o edital do projeto.  Um dos critérios para a escolha do “Aluno do Ano”, além das boas notas, é a postura adequada dentro e fora de sala de aula, que promove entre os alunos uma maior conscientização do seu papel como estudante e como membro da sociedade.

 

Segundo Eduardo, outros empresários também se interessaram pela iniciativa e querem unir forças. Para ele, que também veio da rede pública de ensino, a ideia é que o projeto se expanda e que possa premiar tantos outros alunos notas 10.

 

A Plannea acredita que através da educação o mundo pode se tornar um lugar melhor e menos desigual para todos.

 

Juntos somos mais fortes

Caso você, empresário, tenha interesse em fazer parte do projeto “Aluno do Ano”, favor entrar em contato pelo e-mail marketing@plannea.com.br para mais informações.

 

  • postado por  Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Colônia de Férias da Prupê une diversão e aprendizado para as crianças

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de junho de 2017

 

Usando atividades lúdicas e recreativas, a Prupê proporciona desenvolvimento social e psicológico mais saudável para os pequenos

 

As férias escolares estão chegando e os pais, muitas vezes, não encontram atividades interessantes para os filhos nesse período. Por isso, a Prupê Pra Brinca, espaço inédito que une entretenimento e educação em Fortaleza, promove a “Colônia de Férias da Prupê”, que oferece uma programação diferente, com várias oficinas lúdicas com o objetivo de estimular a integração familiar e auxiliar no desenvolvimento físico e emocional das crianças.

 

Na primeira semana de Julho (3 a 7), o tema principal das oficinas será “Uma semana de escoteiro”, com atividades voltadas para o trabalho em grupo. Já na segunda semana, do dia 10 a 14, a temática muda e quem predomina são os jogos corporais como capoeira, aulas de circo e banho de mangueira.

Na terceira semana (17 a 21), o “Brincando como antigamente” vai proporcionar uma viagem no tempo para que as crianças tenham um contato com as brincadeiras que, mesmo antigas, não deixaram de ser divertidas. Já nos últimos dias de férias (24 a 27), os pequenos vão aproveitar uma semana artística, com confecção de brinquedos e jogos com material reciclável e ainda muita pintura em aquarela.

 

Prupê Pra Brincar

Fruto da idealização da psicóloga Naiana Pontes e da terapeuta ocupacional Natalia Burlamaqui, a Prupê chega à Fortaleza como um espaço exclusivo e pioneiro. A proposta do ambiente é promover a interação famíliar, através do resgate da essência natural e espontânea dos encontros e das brincadeiras infantis. “Por meio de atividades lúdicas mediadas por profissionais e serviços capacitados para facilitar o brincar e estimular o desenvolvimento, a Prupê vai proporcionar a descoberta de novas possibilidades e a troca psicológica e afetiva entre pais e filhos”, explica Naiana.

 

Programação Completa

Semana 1 ( 03 a 07/07)

Tema: Uma semana de escoteiro

Semana 2 (10 a 14/07)

Tema: Jogos Corporais

Semana 3 (17 a 21/07)

Tema: Brincando como antigamente

Semana 4 ( 24 a 27/07)

Tema: Semana artística

Período manhã: 8:30 às 12:30 com lanche

Período tarde: 14:00 às 18:00 com lanche

Integral: 8:30 às 18 com 2 lanche e almoço por fora

Grupos com no máximo 10 crianças por período.

Para crianças de 3 anos a 6 anos.

 

Serviço

Pruprê Pra Brincar

Data: 3 a 27 de Julho

Endereço: Rua Coronel Jucá 537, próximo ao Shopping Pátio Dom Luís

Site: www.prupeprabrincar.com.br

www.facebook.com/prupeprabrincar

Instagram: @prupeprabrincar

Contato: (85) 3121.2147.

 

 

Publicidade

Luis Marcelo e Gabriel de volta ao Country Hall neste sábado (24)

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

24 de junho de 2017

O Country Hall resolveu misturar estilos musicais neste sábado (24). A casa de shows vai receber o tradicional ‘Baile Funk’, além da batida sertaneja da dupla Luís Marcelo e Gabriel, que vem com um repertório que passa desde o sertanejo mais romântico ao universitário.

Considerada a dupla sertaneja de maior destaque e referência da região Nordeste, Luís Marcelo e Gabriel vêm colhendo os frutos de uma carreira que está prestes a completar cinco anos. Os irmãos já percorreram os nove estados nordestinos, lotando as casas de shows e esgotando ingressos por onde passam. A dupla se prepara para mais uma turnê por outras regiões do país e está trabalhando na produção do novo DVD marcado para janeiro de 2017 ainda para 2017.

CLIPE: https://www.youtube.com/watch?v=vklZMZCz6WM

CLIPE: https://www.youtube.com/watch?v=T2M-70kKRw0

CLIPE: https://www.youtube.com/channel/UCsujAKbWzPdUPOKP1yEFrKQ

 

SERVIÇOS:

Quando: Sábado, 24 de junho

Hora: 21 horas

Local: Country Hall (Av. Washington Soares, 3500 – Edson Queiroz)

Ingressos: R$40 feminino| R$50 masculino (antecipado | primeiro lote)

Vendas: Country Hall (Av. Washington Soares, 3500 – Edson Queiroz)

Lista promocional e reservas: 85 99901.4300

Informações: (85) 99901.4300 / 3273.6033

Instagram: @countryhallfortaleza

Estacionamento: Sim (pago)

Aceita cartão de crédito

Publicidade

Ação contra o trabalho infantil tem início no North Shopping Jóquei

Por Oswaldo Scaliotti em Responsabilidade social

23 de junho de 2017

 

Até o próximo domingo (25) o North Shopping Jóquei realiza ação de conscientização sobre o trabalho infantil. No Piso L2 (em frente a loja Marisa), representantes da ação distribuem panfletos e orientações para conscientizar as pessoas sobre os prejuízos causados pela exploração do trabalho de crianças e adolescentes. A campanha é uma parceria com a Prefeitura Municipal de Fortaleza.

Sobre a Campanha Municipal de Enfrentamento ao Trabalho Infantil

A campanha é alusiva ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, lembrado no último dia 12 de junho. Durante todo o mês estão sendo realizadas diversas atividades com foco no enfrentamento do trabalho infantil, como blitze educativas em terminais de integração de ônibus, cruzamentos, shoppings, praias e rodas de conversa nas escolas, Centros de Referência da Assistência Social (CRAS), Centros de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) e acolhimentos institucionais.

Serviço: Campanha Municipal de Enfrentamento ao Trabalho Infantil no North Shopping Jóquei

Dias: 24 e 25 de junho

Horário: 10h às 22h (sábado) e 14h30 à 20h30 (domingo)

Local: Piso L2 (Em frente a loja Marisa)

Informações: (85) 3403.7042 e www.northshoppingjoquei.com.br

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Setor de transporte realiza a final da fase local da Copa de Futebol Society

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

23 de junho de 2017


Time Fretcar

O Sest Senat Fortaleza, em parceria com a Fetrans (Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Ceará, Piauí e Maranhão), realizam neste sábado (24) das 8h às 12h, na Arena Fut7 Society, os jogos da final da fase local da Copa Sest Senat de Futebol 7 Society, destinada aos profissionais do setor de transporte.

 

As equipes das empresas Vitória e Via Urbana disputam o terceiro lugar e as equipes das empresas Vega e Fretcar jogam pelo primeiro lugar. Após as disputas, as diretorias do Sest Senat Fortaleza e Fetrans entregam ao presidente da Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS, Vando Oliveira, 32 cestas básicas com 475 kg de alimentos, arrecadadas durante as inscrições.

 

A equipe vencedora da Unidade do Sest Senat Fortaleza vai participar dos jogos da fase nacional com as demais equipes vencedoras de outros Estados, durante a fase nacional, que tem início em agosto deste ano.

 

Criada em 2012 com o objetivo de incentivar a prática de atividade física e a competição sadia entre os trabalhadores do setor de transporte com vínculo, a Copa Sest Senat de Futebol 7 Society, realizada em âmbito nacional, promove também a integração, socialização e a melhoria da saúde e bem estar dos participantes, atingindo valores como coletivismo, amizade e solidariedade.

 

Em 2016, 64 unidades operacionais participaram da Copa, com 510 equipes inscritas. Este ano, o Projeto acontece em 80 unidades operacionais, o que representa um aumento significativo de inscritos, beneficiando, assim, um maior número de trabalhadores do setor de transporte.

 

Serviço:

Final da Copa Sest Senat de Futebol 7 Society – fase local

Dia: 24 de junho de 2017

Hora: 8h às 12h

Local: Arena Fut7 Society

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

LOJA FORMADORA CHEGA A FORTALEZA PARA APRIMORAR O ATENDIMENTO

Por Oswaldo Scaliotti em Qualificação

23 de junho de 2017

Pão de Açúcar investe em formato extensivo de capacitação para colaboradores recém-admitidos. Iniciativa eleva o comprometimento dos colaboradores e o nível de satisfação dos clientes

O bom resultado de um projeto-piloto de treinamento com profissionais do Pão de Açúcar do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília chegou a Fortaleza. Com o objetivo de melhorar a formação e padronizar os processos e atendimento, a rede criou espaços para treinamentos em sua loja (Pão de Açúcar) para que invistam na qualificação de novos colaboradores, antes que eles passem a exercer na prática a função para a qual foram contratados.

Trata-se de uma estratégia que gerou resultados práticos excelentes: em dois anos no Rio de Janeiro, três mil profissionais foram formados pelas Lojas Formadoras, como vêm sendo chamadas. Além disso, o turnover foi reduzido e o engajamento aumentou de 37% para 64%, revelam estudos da empresa.

Com um tempo maior de dedicação – antes eram apenas dois dias, agora são seis – os colaboradores são expostos à cultura do Pão de Açúcar, reconhecem a importância de seu papel para o bom desempenho da loja e recebem aulas práticas de uma equipe de funcionários experientes, dedicados exclusivamente a treinar os novos colegas.  Já nas primeiras aulas são expostos aos valores da empresa, conhecem seus direitos, deveres e benefícios e compreendem a dinâmica interna da loja e o padrão de atendimento ao nosso cliente. Em aulas teóricas e práticas, compreendem ainda a importância de sua função e reconhecem os desafios de cada atividade, seja ela no açougue, na peixaria, na confeitaria, como repositor ou como caixa.

“O Pão de Açúcar é uma rede que atende um cliente que valoriza o bom atendimento e a personalização. Para isso, é de extrema importância o alinhamento de nossos colaboradores para atender – e superar – essa expectativa, ajudando a entregar uma experiência de compra ainda mais prazerosa”, afirma Ione Torres, Gerente de Recursos Humanos do Pão de Açúcar. “A partir do projeto-piloto no Rio de Janeiro, realizamos pesquisas internas e notamos que o índice de satisfação do nosso cliente carioca aumentou, nos motivando ainda mais a expandir a Loja Formadora para Fortaleza”, disse a executiva.

De acordo com Antônio Salvador, vice-presidente de Gestão de Gente do GPA (maior varejista do país e grupo do qual o Pão de Açúcar faz parte), ao investir em momentos de imersão e transmitir cuidadosamente os valores da empresa, o Pão de Açúcar dá ao novo colaborador a confiança de que precisa para desempenhar o seu papel. “Ele é a nossa interface com o cliente. Por essa razão, investimos em uma formação direcionada e focada no que esperamos de nosso colaborador, atendendo às suas expectativas e o contextualizando no universo Pão de Açúcar. Para o GPA, líder no varejo brasileiro, esse compromisso coloca nosso cliente no centro de todas as nossas decisões”, afirma.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

LOJA FORMADORA CHEGA A FORTALEZA PARA APRIMORAR O ATENDIMENTO

Por Oswaldo Scaliotti em Qualificação

23 de junho de 2017

Pão de Açúcar investe em formato extensivo de capacitação para colaboradores recém-admitidos. Iniciativa eleva o comprometimento dos colaboradores e o nível de satisfação dos clientes

O bom resultado de um projeto-piloto de treinamento com profissionais do Pão de Açúcar do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília chegou a Fortaleza. Com o objetivo de melhorar a formação e padronizar os processos e atendimento, a rede criou espaços para treinamentos em sua loja (Pão de Açúcar) para que invistam na qualificação de novos colaboradores, antes que eles passem a exercer na prática a função para a qual foram contratados.

Trata-se de uma estratégia que gerou resultados práticos excelentes: em dois anos no Rio de Janeiro, três mil profissionais foram formados pelas Lojas Formadoras, como vêm sendo chamadas. Além disso, o turnover foi reduzido e o engajamento aumentou de 37% para 64%, revelam estudos da empresa.

Com um tempo maior de dedicação – antes eram apenas dois dias, agora são seis – os colaboradores são expostos à cultura do Pão de Açúcar, reconhecem a importância de seu papel para o bom desempenho da loja e recebem aulas práticas de uma equipe de funcionários experientes, dedicados exclusivamente a treinar os novos colegas.  Já nas primeiras aulas são expostos aos valores da empresa, conhecem seus direitos, deveres e benefícios e compreendem a dinâmica interna da loja e o padrão de atendimento ao nosso cliente. Em aulas teóricas e práticas, compreendem ainda a importância de sua função e reconhecem os desafios de cada atividade, seja ela no açougue, na peixaria, na confeitaria, como repositor ou como caixa.

“O Pão de Açúcar é uma rede que atende um cliente que valoriza o bom atendimento e a personalização. Para isso, é de extrema importância o alinhamento de nossos colaboradores para atender – e superar – essa expectativa, ajudando a entregar uma experiência de compra ainda mais prazerosa”, afirma Ione Torres, Gerente de Recursos Humanos do Pão de Açúcar. “A partir do projeto-piloto no Rio de Janeiro, realizamos pesquisas internas e notamos que o índice de satisfação do nosso cliente carioca aumentou, nos motivando ainda mais a expandir a Loja Formadora para Fortaleza”, disse a executiva.

De acordo com Antônio Salvador, vice-presidente de Gestão de Gente do GPA (maior varejista do país e grupo do qual o Pão de Açúcar faz parte), ao investir em momentos de imersão e transmitir cuidadosamente os valores da empresa, o Pão de Açúcar dá ao novo colaborador a confiança de que precisa para desempenhar o seu papel. “Ele é a nossa interface com o cliente. Por essa razão, investimos em uma formação direcionada e focada no que esperamos de nosso colaborador, atendendo às suas expectativas e o contextualizando no universo Pão de Açúcar. Para o GPA, líder no varejo brasileiro, esse compromisso coloca nosso cliente no centro de todas as nossas decisões”, afirma.

 

  • postado por Oswaldo Scaliotti