Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Dia do Índio inspira programação especial na XII Bienal do Livro

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

19 de Abril de 2017

Nesta quarta-feira, 19 de abril, a XII Bienal Internacional do Livro do Ceará celebra o Dia do Índio. Para tanto, dispõe de diversas atividades voltadas para a valorização e a promoção da cultura indígena, potente ingrediente da construção identitária do Ceará e do cearense.

No Auditório Mestres e Mestras da Cultura, às 16h, as Rodas de Saberes recebem Mestre Cacique Pequena (Cultura Indígena – Aquiraz), Mestre Pajé Luiz Caboclo Tremebé (Cultura Indígena – Itarema) e Mestre Cacique João Venâncio (Cultura Indígena – Itarema), que partilharão com a plateia suas histórias e tradições. A mediação é de Alênio Carlos Noronha Alencar.

Durante toda a manhã, nas salas 3 e 4 do primeiro andar, Pajé Benício fará pinturas de rosto indígena e conversa sobre a Suaçuamussará: “o tempo grande acabou mas tudo permanecerá Cada pessoa, um livro; o mundo, a biblioteca”. Ao longo do dia até às 15h a programação destas salas será dedicada à temática indígena, com contação de histórias e lançamentos de livros. Estarão presentes Fabiana Guimarães, Henrique Dídimo, os índios da tribo Jenipapo-Kanindé e o escritor Daniel Munduruku – paraense pertencente à etnia dos mundurucu, mestre em antropologia social pela Universidade de São Paulo.

À noite, às 18h, o mesmo autor divide a mesa principal com Paulo Lins, autor de Cidade de Deus. Ambos conversam sobre “Como o Brasil (re)trata suas bibliotecas vivas?”. A mediação é do curador Lira Neto.

 
Hoje, ainda, o estande do time Ceará Sporting Club na XII Bienal Internacional do Livro do Ceará recebe hoje a presença ilustre do jogador Magno Alves. Esta é a primeira vez que a Bienal do Livro traz o estande de um clube de futebol para as suas dependências.
 
Outros destaques desta quarta-feira:

Programação Espaço do Ilustrador Audifax Rios – PAVILHÃO TÉRREO
19h – Palestra com Fernanda Meirelles e Luci Sacoleiro : A Ilustração como rede de afeto

Programação Sala Adolfo Caminha – SALA 1 – MEZANINO 1
9h – Curso Técnico em produção de eventos culturais – Laboratório de Produção – Oficina de Confecção de Livro – Simone Barreto, Luciane Goldberg, Sérgio Melo/Oficina de Escrita Narrativa Criativa

14h – Curso Técnico em produção de eventos culturais – Laboratório de produção – Mostra audiovisual Pro.ta.go.ni.zar v.t.d Ser Protagonista de. [Conjug.: [protagoniz]ar]

Programação SALA 5/6 – MEZANINO 1 -Circo

9h- Invasão De Palhaços – Cia Verdade Cênica – Circo Lúdico e os Contos Circenses – Alice no País da Palhaçada (Circo Tradicional Palhaçaria)

13h -Projeto Pé de Livros – Contação de Histórias – Elvis Jordan

14h – O Circo de Brinquedo com Alex Ferreira

15h – Hora do Autor – Papo sobre o Grupo Crise – O Ator Risível: Procedimentos Para As Cenas Cômicas Com Fernando Lira – Ação De Formação Para Palhaços

16h – Hora Do Espetáculo – Palhaçaria Tiquim de Nada – Cia. Cle (Circo Lúdico Experimental)

Programação Sala Moreira Campos – SALA 1 – MEZANINO 2

16h – Ricardo Kelmer, Joan Edesson e Cleudene Aragão: Belchior e o seu eterno canto feito faca

18h – Daniel Munduruku em diálogo com Paulo Lins: Como o Brasil (re)trata suas bibliotecas vivas? Mediação de Lira Neto.

Programação Sala Francisca Clotilde – SALA 4 – MEZANINO 2

9h – Reunião dos Gestores Municipais de Cultura (DICULTURA)

15h – Letra de Mulher, Novas Páginas: Cala a boca já morreu.., com: Lola Aronovich e Fernanda Cardoso falando sobre a poesia feminista de Gilka Machado. Mediação: Vânia Vasconcelos

Programação Sala Elementos – SALA 8 – MEZANINO 2

9h – Fanzine da Bienal (CUCA)

10h – A história dos jogos de tabuleiro: dos ritos sagrados à diversão na mesa (Igrejota)

15h – Gamificação: utilizando elementos de jogos para motivar pessoas (Igrejota)

18h – RapaduraTV ao vivo: Jurandir Filho e Ph Santos

19h – Batalhas Épicas: Versões Livro X Filme

Programação Sala Mágica – SALA 9-10 – MEZANINO 2

17h – Espaço FORPG –(Vila do RPG)

20h – André Vianco: “Youtube, Netflix, Tragédia Grega e X-Box. Tudo se encaixa na hora de contar histórias.”

Programação completa em: http://bienaldolivro.cultura.ce.gov.br/noticias/programacao-completa-da-xii-bienal-internacional-do-livro-do-ceara/

Fotos de mesas e atividades no link: https://www.flickr.com/photos/bienaldolivroceara/albums/with/72157680639867311

XII Bienal Internacional do Livro do Ceará
Até 23 de abril, no Centro de Eventos do Ceará (Av. Washington Soares, 999 – Edson Queiroz). Entrada Franca.
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade

Dia do Índio inspira programação especial na XII Bienal do Livro

Por Oswaldo Scaliotti em Eventos

19 de Abril de 2017

Nesta quarta-feira, 19 de abril, a XII Bienal Internacional do Livro do Ceará celebra o Dia do Índio. Para tanto, dispõe de diversas atividades voltadas para a valorização e a promoção da cultura indígena, potente ingrediente da construção identitária do Ceará e do cearense.

No Auditório Mestres e Mestras da Cultura, às 16h, as Rodas de Saberes recebem Mestre Cacique Pequena (Cultura Indígena – Aquiraz), Mestre Pajé Luiz Caboclo Tremebé (Cultura Indígena – Itarema) e Mestre Cacique João Venâncio (Cultura Indígena – Itarema), que partilharão com a plateia suas histórias e tradições. A mediação é de Alênio Carlos Noronha Alencar.

Durante toda a manhã, nas salas 3 e 4 do primeiro andar, Pajé Benício fará pinturas de rosto indígena e conversa sobre a Suaçuamussará: “o tempo grande acabou mas tudo permanecerá Cada pessoa, um livro; o mundo, a biblioteca”. Ao longo do dia até às 15h a programação destas salas será dedicada à temática indígena, com contação de histórias e lançamentos de livros. Estarão presentes Fabiana Guimarães, Henrique Dídimo, os índios da tribo Jenipapo-Kanindé e o escritor Daniel Munduruku – paraense pertencente à etnia dos mundurucu, mestre em antropologia social pela Universidade de São Paulo.

À noite, às 18h, o mesmo autor divide a mesa principal com Paulo Lins, autor de Cidade de Deus. Ambos conversam sobre “Como o Brasil (re)trata suas bibliotecas vivas?”. A mediação é do curador Lira Neto.

 
Hoje, ainda, o estande do time Ceará Sporting Club na XII Bienal Internacional do Livro do Ceará recebe hoje a presença ilustre do jogador Magno Alves. Esta é a primeira vez que a Bienal do Livro traz o estande de um clube de futebol para as suas dependências.
 
Outros destaques desta quarta-feira:

Programação Espaço do Ilustrador Audifax Rios – PAVILHÃO TÉRREO
19h – Palestra com Fernanda Meirelles e Luci Sacoleiro : A Ilustração como rede de afeto

Programação Sala Adolfo Caminha – SALA 1 – MEZANINO 1
9h – Curso Técnico em produção de eventos culturais – Laboratório de Produção – Oficina de Confecção de Livro – Simone Barreto, Luciane Goldberg, Sérgio Melo/Oficina de Escrita Narrativa Criativa

14h – Curso Técnico em produção de eventos culturais – Laboratório de produção – Mostra audiovisual Pro.ta.go.ni.zar v.t.d Ser Protagonista de. [Conjug.: [protagoniz]ar]

Programação SALA 5/6 – MEZANINO 1 -Circo

9h- Invasão De Palhaços – Cia Verdade Cênica – Circo Lúdico e os Contos Circenses – Alice no País da Palhaçada (Circo Tradicional Palhaçaria)

13h -Projeto Pé de Livros – Contação de Histórias – Elvis Jordan

14h – O Circo de Brinquedo com Alex Ferreira

15h – Hora do Autor – Papo sobre o Grupo Crise – O Ator Risível: Procedimentos Para As Cenas Cômicas Com Fernando Lira – Ação De Formação Para Palhaços

16h – Hora Do Espetáculo – Palhaçaria Tiquim de Nada – Cia. Cle (Circo Lúdico Experimental)

Programação Sala Moreira Campos – SALA 1 – MEZANINO 2

16h – Ricardo Kelmer, Joan Edesson e Cleudene Aragão: Belchior e o seu eterno canto feito faca

18h – Daniel Munduruku em diálogo com Paulo Lins: Como o Brasil (re)trata suas bibliotecas vivas? Mediação de Lira Neto.

Programação Sala Francisca Clotilde – SALA 4 – MEZANINO 2

9h – Reunião dos Gestores Municipais de Cultura (DICULTURA)

15h – Letra de Mulher, Novas Páginas: Cala a boca já morreu.., com: Lola Aronovich e Fernanda Cardoso falando sobre a poesia feminista de Gilka Machado. Mediação: Vânia Vasconcelos

Programação Sala Elementos – SALA 8 – MEZANINO 2

9h – Fanzine da Bienal (CUCA)

10h – A história dos jogos de tabuleiro: dos ritos sagrados à diversão na mesa (Igrejota)

15h – Gamificação: utilizando elementos de jogos para motivar pessoas (Igrejota)

18h – RapaduraTV ao vivo: Jurandir Filho e Ph Santos

19h – Batalhas Épicas: Versões Livro X Filme

Programação Sala Mágica – SALA 9-10 – MEZANINO 2

17h – Espaço FORPG –(Vila do RPG)

20h – André Vianco: “Youtube, Netflix, Tragédia Grega e X-Box. Tudo se encaixa na hora de contar histórias.”

Programação completa em: http://bienaldolivro.cultura.ce.gov.br/noticias/programacao-completa-da-xii-bienal-internacional-do-livro-do-ceara/

Fotos de mesas e atividades no link: https://www.flickr.com/photos/bienaldolivroceara/albums/with/72157680639867311

XII Bienal Internacional do Livro do Ceará
Até 23 de abril, no Centro de Eventos do Ceará (Av. Washington Soares, 999 – Edson Queiroz). Entrada Franca.
* postado por Oswaldo Scaliotti