Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

CNDL passa a integrar comissão de medidas favoráveis criada pela OAB

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

27 de agosto de 2015

Reunião CNDL e OAB

A Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) passou a integrar, a partir desta quarta-feira (26), um movimento em conjunto com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e outras entidades. A entidade jurídica é responsável pela publicação de uma carta em que faz sugestões para a superação da “crise ética, política e econômica” que o país enfrenta na atualidade.

Na carta, a OAB defende a implementação de medidas que melhorem o ambiente de negócios do país, evitem o avanço do desemprego e da recessão. Entre elas, destaca a necessidade de ampliação da segurança jurídica no Brasil, evitando que potenciais investimentos sejam perdidos, e a desburocratização do processo produtivo nacional, garantindo um ambiente de negócios em que o Estado deixe de agir como um freio à expansão econômica.

“A crise atual não pode se transformar em um caos. Necessitamos pensar no Brasil e, por isso, precisamos reduzir os gastos públicos e o tamanho do Estado para realizar um ajuste fiscal que não aposte apenas no aumento da carga tributária. Além disso, os contratos e as leis devem ser cumpridos, preservando o Estado de direito, assim como se deve diminuir a burocracia para destravar o investimento empresarial e manter os empregos dos milhões de brasileiros”, ressaltou o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho.

Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, integrar o movimento vem junto aos interesses da entidade. “ A CNDL representa cerca de 450 mil empresas brasileiras e a adesão ao Fórum permanente da OAB é de grande importância. O efeito trazido pela economia atual criou um cenário de insegurança na vida de muitos brasileiros. Com o desemprego atingindo aproximadamente 8 milhões de pessoas no país, criar medidas e unir forças é de grande urgência”, explicou Pinheiro.

Nesta sexta-feira (28), Honório Pinheiro participa de reunião com a presidenta Dilma Rousseff e empresários cearenses, no Centro de Eventos do Ceará, às 16h30.

* postado por Oswaldo Scaliotti

Publicidade aqui

CNDL passa a integrar comissão de medidas favoráveis criada pela OAB

Por Oswaldo Scaliotti em Mercado

27 de agosto de 2015

Reunião CNDL e OAB

A Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) passou a integrar, a partir desta quarta-feira (26), um movimento em conjunto com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e outras entidades. A entidade jurídica é responsável pela publicação de uma carta em que faz sugestões para a superação da “crise ética, política e econômica” que o país enfrenta na atualidade.

Na carta, a OAB defende a implementação de medidas que melhorem o ambiente de negócios do país, evitem o avanço do desemprego e da recessão. Entre elas, destaca a necessidade de ampliação da segurança jurídica no Brasil, evitando que potenciais investimentos sejam perdidos, e a desburocratização do processo produtivo nacional, garantindo um ambiente de negócios em que o Estado deixe de agir como um freio à expansão econômica.

“A crise atual não pode se transformar em um caos. Necessitamos pensar no Brasil e, por isso, precisamos reduzir os gastos públicos e o tamanho do Estado para realizar um ajuste fiscal que não aposte apenas no aumento da carga tributária. Além disso, os contratos e as leis devem ser cumpridos, preservando o Estado de direito, assim como se deve diminuir a burocracia para destravar o investimento empresarial e manter os empregos dos milhões de brasileiros”, ressaltou o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho.

Para o presidente da CNDL, Honório Pinheiro, integrar o movimento vem junto aos interesses da entidade. “ A CNDL representa cerca de 450 mil empresas brasileiras e a adesão ao Fórum permanente da OAB é de grande importância. O efeito trazido pela economia atual criou um cenário de insegurança na vida de muitos brasileiros. Com o desemprego atingindo aproximadamente 8 milhões de pessoas no país, criar medidas e unir forças é de grande urgência”, explicou Pinheiro.

Nesta sexta-feira (28), Honório Pinheiro participa de reunião com a presidenta Dilma Rousseff e empresários cearenses, no Centro de Eventos do Ceará, às 16h30.

* postado por Oswaldo Scaliotti