Publicidade

Investe CE

por Oswaldo Scaliotti

Museu da Indústria é a mais nova opção de turismo histórico aos domingos em Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Lazer

28 de julho de 2015

museu
A partir de agosto, os cearenses e turistas terão uma nova opção de lazer aos domingos. O Museu da Indústria, equipamento do Serviço Social da Indústria (SESI/CE), abrirá de 9h às 13h, com uma exposição sobre a história da indústria cearense e um passeio pelo prédio histórico onde está localizado o equipamento. A intenção é oferecer ao público uma nova opção de visitação em dias de lazer como o domingo. 
 
No Centro, além do Museu da Indústria, o Cineteatro São Luiz, o Theatro José de Alencar e o Passeio Público oferecem programação aos domingos. 
 
Localizado em frente ao Passeio Público, em uma das regiões que mais agregam vivacidade à história, cultura e turismo da capital cearense, o museu funcionará, a partir do dia 1°, de terça a sexta-feira, de 9h às 18h; aos sábados, de 9h às 17h; e aos domingos, de 9h às 13h.
 
O equipamento está no trajeto da ciclofaixa de lazer de Fortaleza, realizada aos domingos, de 7h às 13h, e tem como um dos pontos de concentração o Passeio Público. Na área, há possibilidade de alugar bicicletas ou utilizar o sistema de bicicletas compartilhadas da Prefeitura de Fortaleza (www.bicicletar.com.br). Uma das estações está localizada na Rua Floriano Peixoto, ao lado do Museu da Indústria.
 
O público terá acesso gratuito à exposição História da Industrialização do Ceará, um convite a fazer uma viagem no tempo e conhecer a rica e fascinante história da industrialização cearense que se inicia com o ciclo do couro e chega até os dias atuais. No seleto acervo físico da exposição, é possível encontrar uma máquina de costurar couro, peça de engrenagem de moinho e uma balança de algodão do século XIX. Também foram doados pelas indústrias cearenses, para a exposição, móveis e equipamentos utilizados pela indústria gráfica, como: uma impressora Linotipo e um armário guarda tipos.
 
A exposição surpreende também pela tecnologia adotada: projeções sincronizadas e de grandes proporções, telas touch screen e acesso virtual a acervos de outros museus do mundo. Os visitantes têm a oportunidade de interagir com as linhas do tempo em totens virtuais, sendo possível acessar dados, documentos e fotos do processo de industrialização cearense.
 
Viva o Centro Fortaleza
 
O Museu da Indústria integra o projeto Viva o Centro Fortaleza (https://www.facebook.com/vivacentrofortaleza), que uma vez por mês realiza programação variada em diversos equipamentos culturais com o objetivo de promover a valorização do Centro sob o aspecto cultural, proporcionando uma melhor qualificação do uso e preservação dos espaços públicos e privados.
 
História e revitalização no Centro da cidade
 
Imperioso desde sua construção, o edifício que sedia o Museu da Indústria foi erguido no final do século XIX, ainda durante o governo de Dom Pedro II. Sua primeira ocupação foi como sede da Sociedade União Cearense, primeiro clube da capital e ponto de encontro da sociedade cearense de então. Com o passar dos anos, o histórico do prédio trouxe outros usos, funcionando como Grande Hotel do Norte; sede dos Correios, dos idos de 1895 a 1935; e ainda sede da The Ceará Tramway Light & Power Co. Ltda., empresa inglesa de energia que controlava a distribuição de energia elétrica e iluminação pública e ainda controlava o serviço de bondes a tração elétrica de Fortaleza. Foi tombado pelo Governo do Estado em 1995 e comprado pelo SESI em 2001, passando por uma restauração a partir de 2005.
 
Serviço
Museu da Indústria
Rua Dr. João Moreira, 143 – Centro – em frente ao Passeio Público
Horários de funcionamento: terça a sexta-feira, de 9h às 18h 
                                              sábados, de 9h às 17h
                                              domingos, de 9h às 13h
* postado por Oswaldo Scaliotti
Publicidade aqui

Museu da Indústria é a mais nova opção de turismo histórico aos domingos em Fortaleza

Por Oswaldo Scaliotti em Lazer

28 de julho de 2015

museu
A partir de agosto, os cearenses e turistas terão uma nova opção de lazer aos domingos. O Museu da Indústria, equipamento do Serviço Social da Indústria (SESI/CE), abrirá de 9h às 13h, com uma exposição sobre a história da indústria cearense e um passeio pelo prédio histórico onde está localizado o equipamento. A intenção é oferecer ao público uma nova opção de visitação em dias de lazer como o domingo. 
 
No Centro, além do Museu da Indústria, o Cineteatro São Luiz, o Theatro José de Alencar e o Passeio Público oferecem programação aos domingos. 
 
Localizado em frente ao Passeio Público, em uma das regiões que mais agregam vivacidade à história, cultura e turismo da capital cearense, o museu funcionará, a partir do dia 1°, de terça a sexta-feira, de 9h às 18h; aos sábados, de 9h às 17h; e aos domingos, de 9h às 13h.
 
O equipamento está no trajeto da ciclofaixa de lazer de Fortaleza, realizada aos domingos, de 7h às 13h, e tem como um dos pontos de concentração o Passeio Público. Na área, há possibilidade de alugar bicicletas ou utilizar o sistema de bicicletas compartilhadas da Prefeitura de Fortaleza (www.bicicletar.com.br). Uma das estações está localizada na Rua Floriano Peixoto, ao lado do Museu da Indústria.
 
O público terá acesso gratuito à exposição História da Industrialização do Ceará, um convite a fazer uma viagem no tempo e conhecer a rica e fascinante história da industrialização cearense que se inicia com o ciclo do couro e chega até os dias atuais. No seleto acervo físico da exposição, é possível encontrar uma máquina de costurar couro, peça de engrenagem de moinho e uma balança de algodão do século XIX. Também foram doados pelas indústrias cearenses, para a exposição, móveis e equipamentos utilizados pela indústria gráfica, como: uma impressora Linotipo e um armário guarda tipos.
 
A exposição surpreende também pela tecnologia adotada: projeções sincronizadas e de grandes proporções, telas touch screen e acesso virtual a acervos de outros museus do mundo. Os visitantes têm a oportunidade de interagir com as linhas do tempo em totens virtuais, sendo possível acessar dados, documentos e fotos do processo de industrialização cearense.
 
Viva o Centro Fortaleza
 
O Museu da Indústria integra o projeto Viva o Centro Fortaleza (https://www.facebook.com/vivacentrofortaleza), que uma vez por mês realiza programação variada em diversos equipamentos culturais com o objetivo de promover a valorização do Centro sob o aspecto cultural, proporcionando uma melhor qualificação do uso e preservação dos espaços públicos e privados.
 
História e revitalização no Centro da cidade
 
Imperioso desde sua construção, o edifício que sedia o Museu da Indústria foi erguido no final do século XIX, ainda durante o governo de Dom Pedro II. Sua primeira ocupação foi como sede da Sociedade União Cearense, primeiro clube da capital e ponto de encontro da sociedade cearense de então. Com o passar dos anos, o histórico do prédio trouxe outros usos, funcionando como Grande Hotel do Norte; sede dos Correios, dos idos de 1895 a 1935; e ainda sede da The Ceará Tramway Light & Power Co. Ltda., empresa inglesa de energia que controlava a distribuição de energia elétrica e iluminação pública e ainda controlava o serviço de bondes a tração elétrica de Fortaleza. Foi tombado pelo Governo do Estado em 1995 e comprado pelo SESI em 2001, passando por uma restauração a partir de 2005.
 
Serviço
Museu da Indústria
Rua Dr. João Moreira, 143 – Centro – em frente ao Passeio Público
Horários de funcionamento: terça a sexta-feira, de 9h às 18h 
                                              sábados, de 9h às 17h
                                              domingos, de 9h às 13h
* postado por Oswaldo Scaliotti