Lançado documentário Paz no Mundo Camará - Iê Camará
Publicidade

Iê Camará

por Aline Pedrosa

Lançado documentário Paz no Mundo Camará

Por Aline Pedrosa em Sem categoria

09 de maio de 2013

A contribuição da capoeira para a identidade brasileira é tema do documentário “Paz no Mundo Camará: a Capoeira Angola e a Volta que o Mundo Dá”, de Carem Abreu, lançado na última quarta-feira (8) na sede do Arquivo Nacional, no centro do Rio de Janeiro.

Com trilha sonora do cantor Gilberto Gil, com a música Parabolicamará, e cerca de 50 entrevistados – mestres, artistas e pesquisadores – o documentário retrata as mudanças de percepção da capoeira no país. Mestre João Pequeno, Mestre Gildo Alfinete, Mestre Boca Rica, Mestre Curió, Mestre Russo, Mestre Cobra Mansa, Mestre Sapo, Mestre Manoel, Mestre Medonha Brás e Mestra Janja são alguns dos personagens do documentário.

A produção é resultado de três anos de registros visuais da cineasta e parceria com a antropóloga Carolina Césari. Elas pesquisaram 58 locações em cinco estados (Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco e Alagoas) e levantaram mais de 300 documentos iconográficos do acervo do Arquivo Nacional.

No blog do Documentário é feito um seguinte questionamento: “Capoeira Angola traz a você uma versão inédita da história do Brasil: a da africanidade incrustada na identidade cultural brasileira através dos movimentos de luta e resistência do povo negro na diáspora. E pensar que há menos de 100 anos a capoeira era percebida como atividade da “maladragem”. Afinal, quais foram os movimentos realizados para mudar sua percepção social, tornando-se patrimônio cultural brasileiro e instrumento de paz no mundo?”. Que possamos estudar e adentrar a bagagem histórica da nossa arte.

Veja o trailer do documentário

Com informações da Agência Brasil e blog do Documentário 

Publicidade

Lançado documentário Paz no Mundo Camará

Por Aline Pedrosa em Sem categoria

09 de maio de 2013

A contribuição da capoeira para a identidade brasileira é tema do documentário “Paz no Mundo Camará: a Capoeira Angola e a Volta que o Mundo Dá”, de Carem Abreu, lançado na última quarta-feira (8) na sede do Arquivo Nacional, no centro do Rio de Janeiro.

Com trilha sonora do cantor Gilberto Gil, com a música Parabolicamará, e cerca de 50 entrevistados – mestres, artistas e pesquisadores – o documentário retrata as mudanças de percepção da capoeira no país. Mestre João Pequeno, Mestre Gildo Alfinete, Mestre Boca Rica, Mestre Curió, Mestre Russo, Mestre Cobra Mansa, Mestre Sapo, Mestre Manoel, Mestre Medonha Brás e Mestra Janja são alguns dos personagens do documentário.

A produção é resultado de três anos de registros visuais da cineasta e parceria com a antropóloga Carolina Césari. Elas pesquisaram 58 locações em cinco estados (Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco e Alagoas) e levantaram mais de 300 documentos iconográficos do acervo do Arquivo Nacional.

No blog do Documentário é feito um seguinte questionamento: “Capoeira Angola traz a você uma versão inédita da história do Brasil: a da africanidade incrustada na identidade cultural brasileira através dos movimentos de luta e resistência do povo negro na diáspora. E pensar que há menos de 100 anos a capoeira era percebida como atividade da “maladragem”. Afinal, quais foram os movimentos realizados para mudar sua percepção social, tornando-se patrimônio cultural brasileiro e instrumento de paz no mundo?”. Que possamos estudar e adentrar a bagagem histórica da nossa arte.

Veja o trailer do documentário

Com informações da Agência Brasil e blog do Documentário