Publicidade

Fortaleza de Fé

por Rodrigo Neto

Juazeiro recorda nesta sexta os 71 anos da morte do Beato fundador do Caldeirão

Por Rodrigo Neto em Notícias

09 de fevereiro de 2017

O ato religioso acontecerá nesta sexta-feira (10) às 17h na Capela do Perpétuo Socorro em Juazeiro do Norte (Imagem: Divulgação)

A Organização Não Governamental Beato José Lourenço promove nesta sexta-feira (10), a partir das 17h na Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Juazeiro do Norte-CE, a tradicional Missa em memória do Beato fundador da comunidade do Caldeirão da Santa Cruz do Deserto, uma organização social autossustentável e religiosa, que tinha como base os princípios cristãos de oração, fraternidade e trabalho coletivo. A celebração recorda os 71 anos de falecimento do religioso José Lourenço Gomes da Silva, que deixou um legado importante para os movimentos sociais, que buscam por melhores perspectivas de vida para o homem do campo. O religioso faleceu em 12 de fevereiro de 1946, de peste bubônica em Pernambuco, mas seu corpo foi sepultado no Cemitério do Socorro em Juazeiro do Norte, onde acontece a tradicional celebração eucarística.

Para Pedro de Andrade Sales, presidente da ONG Beato José Lourenço, celebrar a memória do líder religioso do Caldeirão é uma forma de reconhecer sua importância na trajetória de lutas e resistências dos sistemas de práticas rurais no Brasil. “O beato José Lourenço era católico e também seus seguidores, então celebrar é dizer que o beato vive na memória e no coração de cada remanescente e de todos aqueles que o admiram, respeitam e o reconhece como líder de um movimento social que contribuiu para amenizar o sofrimento do povo nordestino”. Ainda segundo o titular da Organização, esse é um momento oportuno para homenagear as pessoas que atuam como propagadores do conhecimento para as novas gerações. “Aqueles que ao longo do tempo revivem a memória do Caldeirão através de escritos ou qualquer outra forma de lembrar o nome do beato José Lourenço é digno de agradecimento e assim através da ONG entregamos um certificado de reconhecimento e gratidão pelo seu empenho em contribuir com a memória de um povo”, aponta.

Após a cerimônia religiosa serão outorgadas homenagens para 10 pessoas que, ao longo do tempo, vêm contribuindo para a difusão e a preservação da memória do Caldeirão e do patrimônio histórico-cultural da região do Cariri. Entre os agraciados deste ano estão o remanescente do Caldeirão, Pedro Alexandrino Neto; o historiador Raimundo Rodrigues Araújo; o professor Antonio Pereira da Silva; o produtor cultural José André de Andrade; o escritor Daniel Walquer de Almeida Marques; o professor Antonio Renato Soares de Casimiro; o comunicador Aguinaldo Carlos de Sousa; o locutor José Wellington Costa dos Santos; o professor Francisco Renato de Souza Dantas e a xilograva Erivana D’arc Daniel da Silva Ferreira.


Erivana D’Arc, autora do álbum “O Caldeirão! A esperança de um povo…”, será homenageada pelo trabalho xilográfico desenvolvido sobre a memória do Cariri Cearense (Foto: Divulgação)

Segundo a homenageada Erivana D’Arc, autora do álbum “O Caldeirão! A esperança de um povo…”, esse reconhecimento é fruto do trabalho xilográfico realizado sobre a memória do Cariri Cearense. “Está sendo homenageada, me remete a pensar na construção do contexto Caririense, a figura do Pe. Cícero Romão Batista, o Beato José Lourenço, a comunidade do caldeirão: o povo, a esperança, a vida social e todo o desenrolar entorno desta historia. É tentar imaginar o quão grande foi José Lourenço, o quanto esperançosas estavam as pessoas que almejavam a dias melhores, tão propícias foram as terras do Pe. Cícero Romão, tão equivocados os governantes da época, enfim é uma viagem de descobertas!” De acordo com a xilógrafa difundir a história do Beato é uma forma de mostrar que é possível construir uma sociedade melhor, mais justa e igualitária. “O legado de empoderamento deixado pela Historia do Caldeirão tendo como protagonista principal, o Beato José Lourenço faz dessa celebração, e de outras que virão, uma demonstração da persistência de ser, de inspiração e de continuidade para gerações futuras e como uma grande herança para a preservação memorial da história do Ceará”, afirma.

O Coordenador das Pastorais Sociais da Diocese do Crato, Padre Vileci Basílio Vidal, autor da obra “Ecos do Caldeirão” e membro ativo de trabalhos voltados para salvaguarda às recordações daquele espaço, irá presidir a Santa Missa, em ação de Graças ao Beato José Lourenço e a comunidade do Caldeirão.

leia tudo sobre

Publicidade

Vigília com Dom Rino Fisichella marca início da programação de 35 anos do Shalom no CE

Por Rodrigo Neto em Notícias

27 de janeiro de 2017

Na foto, o teólogo italiano, Dom Rino Fisichella, escolhido em 2010 pelo Vaticano para o Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização (Imagem: Divulgação)

Para dar início ao ano festivo da Comunidade Católica Shalom, que completará este ano 35 anos, 4 mil jovens se reunirão em vigília, com o presidente do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, Dom Rino Fisichella, que direto do Vaticano, para a Diaconia Geral do Shalom. O encontro acontecerá dia 28 de janeiro, a partir das 17h e terá por tema: “Aos confins da Terra”.

A visita de Dom Fisichella à Comunidada Shalom, conta com uma programação que permitirá aos jovens participarem de um bate-papo com o fundador e moderador da Comunidade Moysés Azevedo, a cofundadora Emmir Nogueira, além de celebração, testemunhos, show com Missionário Shalom e apresentação do espetáculo “Resposta”.

De acordo com Moysés Azevedo, “este é um ano especial para a Comunidade Shalom e a vigília com os jovens e Dom Fisichella dará início à programação deste ano. Trata-se de uma grande oportunidade de vivenciarmos a missão que Deus nos confiou: evangelizar com os jovens até os confins da terra”.

Mais sobre Dom Rino Fisichella

Teólogo italiano, Dom Rino Fisichella, foi ordenado em 1976 e nomeado arcebispo em 2008. No dia 30 de junho de 2010 o Papa Bento XVI o nomeou Presidente do mais novo dicastério vaticano, o Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, que tem a finalidade de “refletir” e “encontrar formas adequadas” para anunciar o Evangelho aos muitos batizados que não compreendem mais o sentido de pertença à comunidade cristã.

Serviço:

Vigília: dia 28 de janeiro, a partir das 17h

Local: Diaconia Geral Shalom, CE-040, Km 16 – Lot. Novo Aquiraz, Aquiraz – CE

 

leia tudo sobre

Publicidade

Alô, comunicólogos! Inscrições abertas para curso de Comunicação na Igreja

Por Rodrigo Neto em Notícias

26 de janeiro de 2017

O curso vai oferecer capacitação teórica e prática com ênfase na evangelização para a Pastoral da Comunicação (Imagem: Google)

Até o dia 03 de março, a Escola de Comunicação do Regional Ne 1, em parceria com as Livrarias Paulinas e Paulus, encontra-se com inscrições abertas para o Curso de Comunicação Pastoral. A formação é destinada aos comunicólogos que desempenham atividades na Igreja e demais interessados pelo tema.

O curso vai oferecer aos participantes uma capacitação teórica e prática com ênfase na evangelização mais adequada a cada rede comunicativa da Pastoral da Comunicação. Entre os módulos abordados estão: Pastoral da Comunicação; Rádio; Produção Textual; Fotografia; Catequese e Comunicação; Liturgia e Comunicação; Produção de Vídeo; Educomunicação; Dia Mundial das Comunicações; Comunicação Pessoal e Grupal; Metodologia de Trabalho e laboratórios.

As aulas serão realizadas nas Livrarias Paulus e Paulinas nos primeiros e segundos sábados de cada mês. A previsão de início do curso é no próximo dia 04 de março e conclusão no dia 09 de dezembro de 2017. Mais informações no telefone: (85) 9 8983.3292.

leia tudo sobre

Publicidade

Acampamento do Shalom promove opção de férias diferenciada para jovens em Pacatuba

Por Rodrigo Neto em Notícias

17 de janeiro de 2017

Esporte, adrenalina e muita diversão em um acampamento de férias que mistura lazer e formação humana (Foto: Divulgação)

Até o dia 21 de janeiro, a Comunidade Católica Shalom promove o Acampamento para Jovens (Acamp’s). Destinado a jovens de Fortaleza e Região Metropolitana, o evento acontece na Fazenda Guarani, no município de Pacajus, reunindo um público de mais de 1.000 pessoas.

Na programação os participantes têm acesso a atividades esportivas, radicais, shows, aventuras, conhecerão novos amigos. Além disso, eles possuem a oportunidade de interagir com uma programação religiosa, por meio de celebrações eucarísticas, formações, adoração ao Santíssimo Sacramento.

O Acamp’s é uma iniciativa do Projeto Juventude da Comunidade Católica Shalom, que oferece aos jovens (de 13 a 28 anos), em seu período de férias, um lazer diferenciado. São seis dias de atividades diversas e uma experiência com o amor de Deus. O acampamento teve início no dia 16 de janeiro.

leia tudo sobre

Publicidade

Evento em Fortaleza discute combate à intolerância religiosa

Por Rodrigo Neto em Notícias

17 de janeiro de 2017

Vítimas de Preconceito Religioso se reúnem sábado (21), às 9h, na Praça do Ferreira (Foto: Arquivo da ABRAVIPRE)

Para marcar o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, lembrado em 21 de janeiro, a Associação Brasileira de Apoio às Vítimas de Preconceito Religioso (ABRAVIPRE), promove neste sábado, às 9h, na Praça do Ferreira, uma mobilização relacionada ao tema. O encontro pretende reunir na capital cearense representantes de movimentos sociais, instituições religiosas, movimentos indígenas, associações de bairro, com o objetivo de esclarecer a população sobre o direito à livre manifestação cultural, religiosa e de pensamento; e ouvir relatos de pessoas que vivenciam algum preconceito religioso.

De acordo com Sebastião Ramos, presidente da ABRAVIPRE no Ceará, os praticantes de religiões africanas como Candomblé e Umbanda; os ex testemunhas de Jeová e os espíritas são os que mais sofrem com o preconceito religioso no Estado. Ele explica que “as testemunhas de Jeová são proibidas de falar e de ter convivência com ex-membros, mesmo que sejam familiares. O que é um grave desrespeito à dignidade humana e ao mesmo tempo ao Estado Laico”.

Denúncias de violações contra religiões de matriz africana, comunidades quilombolas, de terreiros e ciganas podem ser feitas pelo Disque 100 (Foto: Divulgação)

A ABRAVIPRE é uma organização sem fins lucrativos e foi fundada em 13 de junho de 2012. Ela acolhe vítimas de discriminação religiosa, defendendo seus interesses e direitos, em todo o território nacional, bem como nos países ou estados independentes onde o Estado Brasileiro possui representação diplomática e defendera laicidade do Estado. Mais informações no Facebook da ABRAVIPRE.

Mais sobre a data

Instituída pela Lei nº 11.635, de 27 de dezembro de 2007, a data rememora o dia do falecimento da Iyalorixá Mãe Gilda, do terreiro Axé Abassá de Ogum (BA), vítima de intolerância por ser praticante de religião de matriz africana. A sacerdotisa foi acusada de charlatanismo, sua casa foi atacada e pessoas da comunidade foram agredidas. Ela faleceu no dia 21 de janeiro 2000, vítima de infarto.

Foi vítima? Saiba como denunciar!

Denúncias de violações contra religiões de matriz africana, comunidades quilombolas, de terreiros e ciganas podem ser feitas pelo Disque 100, serviço do governo federal para receber denúncias de violações de direitos humanos. De 2011 a 2014, o Disque 100 registrou 543 denúncias de violações de direitos por discriminação religiosa. Desse total, 216 casos tiveram informação sobre a religião da vítima: 35% candomblé e umbanda, 27% evangélicos, 12% espíritas, 10% católicos, 4% ateus, 3% judeus, 2% muçulmanos e 7% outras religiões. Em comparação com a sua frequência na população brasileira, observa-se que os fiéis das religiões afro-brasileiras (0,35% da população total) e os muçulmanos (cerca de 0,01% da população) são os que mais sofrem com a discriminação.

Redação do Enem 2016 abordou o tema

A prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) aplicado em novembro do ano passado trouxe o tema “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”. A proposta pedia aos estudantes que escrevessem um texto dissertativo-argumentativo apontando as possíveis soluções para a problemática.

leia tudo sobre

Publicidade

Pastoral da Aids Fortaleza realiza testes gratuitos nesta quinta no Centro

Por Rodrigo Neto em Campanhas

01 de dezembro de 2016

Atenta às necessidades das pessoas que vivem com HIV, a Pastoral da Aids evangeliza homens e mulheres (Foto: Google)

Atenta às necessidades das pessoas que vivem com HIV, a Pastoral da Aids evangeliza homens e mulheres (Foto: Google)

O dia 1º de Dezembro é alusivo ao Dia Mundial de Luta Contra AIDS. Para marcar a data a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com o apoio da Pastoral da Aids e do Ministério da Saúde, lançou em Brasília (DF) a Campanha “Juntos podemos construir um futuro sem Aids”.

Em Fortaleza, existe há dez anos a Pastoral da Aids da Arquidiocese de Fortaleza (CE). Nesta quinta-feira (1), o grupo realiza uma ação na Praça da Lagoinha, no Centro de Fortaleza, com informações preventivas e testes rápidos gratuitos de HIV. Uma parceria com as Secretarias de Saúde do Estado e do Município, a partir das 8h, seguindo por todo o dia.

Atualmente a Pastoral da Aids da Arquidiocese de Fortaleza (CE) conta com 25 agentes. Quem precisar de ajuda ou desejar participar deste trabalho desenvolvido pela Igreja deve ligar para os telefones (85) 9 84258157 e (85) 9 8821.9918 ou pelo endereço eletrônico: pastoralaidsceara@hotmail.com.

leia tudo sobre

Publicidade

Shalom atende pedido do Papa Francisco

Por Rodrigo Neto em Notícias

26 de outubro de 2016

Peregrinação rumo à Porta Santa na Catedral de Fortaleza será realizada a pedido do Santo Padre

Peregrinação rumo à Porta Santa na Catedral de Fortaleza será realizada a pedido do Santo Padre (Divulgação)

Atendendo a um pedido do Papa Francisco, em um ato de união à igreja, a Comunidade Católica Shalom, realizará uma Peregrinação rumo à Porta Santa, na Catedral de Fortaleza, dia 29 de outubro (sábado). A concentração se dará no Shalom da Paz, a partir das 15h, iniciando as orações com o Terço da Misericórdia e um momento de Adoração ao Santíssimo. Logo após, os fiéis sairão pelas ruas, peregrinando até a Catedral Metropolitana de Fortaleza.

“Toda a Obra Shalom é convidada a passar pela Porta Santa, que de acordo com Papa Francisco significa experimentar a santidade da Igreja que participa m todos os benefícios da redenção de Cristo, para que o perdão se estenda até as últimas conseqüências aonde chega o amor de Deus. Neste momento, onde somos convidados a “Misericordiar”, a peregrinação é um exercício de humildade e sacrifício”, disse Padre Silvio Scopel, sacerdote da Comunidade.

Serviço: Peregrinação rumo à Porta Santa
Dia: 29 de outubro
Concentração: Rua Maria Tomásia, 72 (Shalom da Paz)
Haverá Terço da Misericórdia e Adoração ao Santíssimo

leia tudo sobre

Publicidade

Adriana Arydes se apresenta neste sábado na Conferência Católica Sede Santos

Por Rodrigo Neto em Notícias

26 de outubro de 2016

Adriana possui uma das carreiras mais sólidas da música católica. São 15 anos de carreira, 10 CDs e 2 DVDs gravados. (Foto: Divulgação)

Adriana possui uma das carreiras mais sólidas da música católica. São 15 anos de carreira, 10 CDs e 2 DVDs gravados. (Foto: Paulinas)

Com uma voz inconfundível e um carisma singular, a cantora Adriana Arydes desembarca neste sábado (29/10) em Fortaleza onde participa da primeira edição da Conferência Católica Sede Santos, no Siará Hall. O evento é promovido pela Comunidade Católica Kadosh, que tem como carisma o amor e como fundador o cearense, Felipe Napoleão.

De acordo com a organização, 3.000 pessoas são esperadas na conferência. Durante o evento haverá a gravação do DVD da banda Pegada Santa, show de Juninho Cassimiro, adoração e pregações de Felipe Napoleão e do padre Raphael.

Atualmente, a Comunidade Kadosh é formada por cerca de 300 pessoas, entre estas, crianças, adolescentes, jovens e adultos. Com sede nas cidades de Fortaleza e Aracoiaba.

Acesse a programação completa do Sede Santos no site.

Adriana Arydes interpreta música católica “A barca” na versão acústica.

Serviço: Conferência Católica Sede Santos
Data: 29 de Outubro de 2016
Horário: 14h
Local: Siará Hall – Av. Washington Soares, 3199

 

leia tudo sobre

Publicidade

Manzotti volta a Fortaleza para IX edição do Evangelizar é Preciso

Por Rodrigo Neto em Notícias

05 de outubro de 2016

O Evangelizar é Preciso tem o apoio da Arquidiocese de Fortaleza e organização da Comunidade Católica Shalom, Sistema Jangadeiro de Comunicação e Associação Evangelizar é Preciso. (Foto: Divulgação)

O Evangelizar é Preciso tem o apoio da Arquidiocese de Fortaleza e organização da Comunidade Católica Shalom, Sistema Jangadeiro de Comunicação e Associação Evangelizar é Preciso. (Foto: Divulgação)

 

O padre que arrasta multidões estará de volta a Fortaleza! No sábado, dia 15 de outubro, no Aterro da Praia de Iracema, acontece a IX edição do Evangelizar é Preciso Fortaleza comandado pelo Padre Reginaldo Manzotti. Com o tema “Missionários da Misericórdia”, e lema “Misericordiosos como o Pai” o evento terá início ao meio-dia.

Uma grande infraestrutura será montada no Aterro para atender o público que virá de todo o Nordeste e de várias regiões do Brasil. Desde o ano passado o Evangelizar é Preciso Fortaleza – Padre Reginaldo Manzotti integra o calendário oficial de eventos do Estado do Ceará.

O Evangelizar é Preciso Fortaleza tem o apoio e a parceria da Arquidiocese de Fortaleza e organização da Comunidade Católica Shalom, Sistema Jangadeiro de Comunicação e Associação Evangelizar é Preciso.

Além do Ceará o evento também possui edições em outras cidades como Recife (PE), Cariri – Juazeiro do Norte (CE), Patos de Minas (MG), Natal (RN), entre outras.

Mais sobre o sacerdote:

Sacerdote, escritor, músico, compositor, cantor e apresentador de rádio e TV, o paranaense Reginaldo Manzotti reuniu mais de um milhão e oitocentas mil pessoas em Fortaleza (CE), no ano de 2015. Já lançou nove livros, doze CDs e quatro DVDs, com mais de um milhão de cópias vendidas. O sacerdote já foi indicado ao Grammy Latino e apresenta programas de rádio e TV que são exibidos em mais de 1.650 emissoras do país, além de outros nações como Inglaterra, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Paraguai, Bolívia e Uruguai.

Serviço: IX Evangelizar é Preciso Fortaleza – Padre Reginaldo Manzotti

Data: 15 de outubro de 2016 (sábado)

Local: Aterro da Praia de Iracema

Horário: A partir das 12h.

Informações: (85) 3466.2039

leia tudo sobre

Publicidade

Arcebispo de Fortaleza festeja 25 anos de ordenação episcopal nesta sexta-feira (23/09)

Por Rodrigo Neto em Notícias

21 de setembro de 2016

A celebração acontece nesta sexta-feira (23/09), às 18h30, na Catedral Metropolitana de Fortaleza

A celebração acontece nesta sexta-feira (23/09), às 18h30, na Catedral Metropolitana de Fortaleza

A Arquidiocese de Fortaleza convida a todo o povo de Deus para celebrar nesta sexta-feira (23/09), às 18h30, na Catedral Metropolitana de Fortaleza, o 25º Aniversário de Ordenação Episcopal do arcebispo de Fortaleza, Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques.

Conheça um pouco mais do Arcebispo:

Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, nasceu em Jaú, SP., na Diocese de São Carlos no Brasil, aos 13 de maio de 1948, filho de Antonio Marques de Toledo e de Arminda Tosi Marques, ambos já falecidos. O primeiro dentre cinco filhos e uma filha. Em 1953 a família se transferiu para Barra Bonita, SP.

No dia 13 de janeiro de 1999 foi nomeado pelo Santo Padre o Papa João Paulo II, Arcebispo de Fortaleza.

*Imagem: Site da Arquidiocese de Fortaleza (Foto: Alexandre Joca)

leia tudo sobre

Publicidade

Juazeiro recorda nesta sexta os 71 anos da morte do Beato fundador do Caldeirão

Por Rodrigo Neto em Notícias

09 de fevereiro de 2017

O ato religioso acontecerá nesta sexta-feira (10) às 17h na Capela do Perpétuo Socorro em Juazeiro do Norte (Imagem: Divulgação)

A Organização Não Governamental Beato José Lourenço promove nesta sexta-feira (10), a partir das 17h na Capela de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Juazeiro do Norte-CE, a tradicional Missa em memória do Beato fundador da comunidade do Caldeirão da Santa Cruz do Deserto, uma organização social autossustentável e religiosa, que tinha como base os princípios cristãos de oração, fraternidade e trabalho coletivo. A celebração recorda os 71 anos de falecimento do religioso José Lourenço Gomes da Silva, que deixou um legado importante para os movimentos sociais, que buscam por melhores perspectivas de vida para o homem do campo. O religioso faleceu em 12 de fevereiro de 1946, de peste bubônica em Pernambuco, mas seu corpo foi sepultado no Cemitério do Socorro em Juazeiro do Norte, onde acontece a tradicional celebração eucarística.

Para Pedro de Andrade Sales, presidente da ONG Beato José Lourenço, celebrar a memória do líder religioso do Caldeirão é uma forma de reconhecer sua importância na trajetória de lutas e resistências dos sistemas de práticas rurais no Brasil. “O beato José Lourenço era católico e também seus seguidores, então celebrar é dizer que o beato vive na memória e no coração de cada remanescente e de todos aqueles que o admiram, respeitam e o reconhece como líder de um movimento social que contribuiu para amenizar o sofrimento do povo nordestino”. Ainda segundo o titular da Organização, esse é um momento oportuno para homenagear as pessoas que atuam como propagadores do conhecimento para as novas gerações. “Aqueles que ao longo do tempo revivem a memória do Caldeirão através de escritos ou qualquer outra forma de lembrar o nome do beato José Lourenço é digno de agradecimento e assim através da ONG entregamos um certificado de reconhecimento e gratidão pelo seu empenho em contribuir com a memória de um povo”, aponta.

Após a cerimônia religiosa serão outorgadas homenagens para 10 pessoas que, ao longo do tempo, vêm contribuindo para a difusão e a preservação da memória do Caldeirão e do patrimônio histórico-cultural da região do Cariri. Entre os agraciados deste ano estão o remanescente do Caldeirão, Pedro Alexandrino Neto; o historiador Raimundo Rodrigues Araújo; o professor Antonio Pereira da Silva; o produtor cultural José André de Andrade; o escritor Daniel Walquer de Almeida Marques; o professor Antonio Renato Soares de Casimiro; o comunicador Aguinaldo Carlos de Sousa; o locutor José Wellington Costa dos Santos; o professor Francisco Renato de Souza Dantas e a xilograva Erivana D’arc Daniel da Silva Ferreira.


Erivana D’Arc, autora do álbum “O Caldeirão! A esperança de um povo…”, será homenageada pelo trabalho xilográfico desenvolvido sobre a memória do Cariri Cearense (Foto: Divulgação)

Segundo a homenageada Erivana D’Arc, autora do álbum “O Caldeirão! A esperança de um povo…”, esse reconhecimento é fruto do trabalho xilográfico realizado sobre a memória do Cariri Cearense. “Está sendo homenageada, me remete a pensar na construção do contexto Caririense, a figura do Pe. Cícero Romão Batista, o Beato José Lourenço, a comunidade do caldeirão: o povo, a esperança, a vida social e todo o desenrolar entorno desta historia. É tentar imaginar o quão grande foi José Lourenço, o quanto esperançosas estavam as pessoas que almejavam a dias melhores, tão propícias foram as terras do Pe. Cícero Romão, tão equivocados os governantes da época, enfim é uma viagem de descobertas!” De acordo com a xilógrafa difundir a história do Beato é uma forma de mostrar que é possível construir uma sociedade melhor, mais justa e igualitária. “O legado de empoderamento deixado pela Historia do Caldeirão tendo como protagonista principal, o Beato José Lourenço faz dessa celebração, e de outras que virão, uma demonstração da persistência de ser, de inspiração e de continuidade para gerações futuras e como uma grande herança para a preservação memorial da história do Ceará”, afirma.

O Coordenador das Pastorais Sociais da Diocese do Crato, Padre Vileci Basílio Vidal, autor da obra “Ecos do Caldeirão” e membro ativo de trabalhos voltados para salvaguarda às recordações daquele espaço, irá presidir a Santa Missa, em ação de Graças ao Beato José Lourenço e a comunidade do Caldeirão.