seleção de projetos Archives - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

seleção de projetos

Investimento de R$ 10 milhões na região do semiárido

     O Serviço Florestal Brasileiro (SFB) está com edital FNDF/SFB/MMM no 1/2015 aberto, voltado para inscrições no Cadastro Ambiental Rural (CAR) de imóveis rurais na região do semiárido.

       A previsão de investimento é de R$10 bilhões de reais e tem por objetivo selecionar projetos que realizem a inscrição no CAR de imóveis rurais da agricultura familiar e de comunidades tradicionais.

     Podem participar do edital as instituições privadas (com personalidade jurídica) com experiência comprovada em execução de projetos a agricultores familiares.

     Aos interessados em submeter projetos, a data limite é 30 de agosto de 2015. A submissão pode ser feita aqui.

    Para saber mais, o edital está disponível aqui. 

Fonte: SFB

Publicidade

Recursos financeiros para projetos de biogás

     Outra boa notícia o Blog Verde traz hoje. O Edital MMA/FNMC n. 1/2014 deve fomentar projetos e estudos para aproveitamento energético do biogás (aterros sanitários e dejetos da pecuária) e da energia solar.

     A justificativa do edital considera os dados do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), que informa o aumento da temperatura média do planeta pode chegar a 6°C em 2100. Em relação à questão energética, o Fundo Clima constituiu uma linha de ação contendo tema específico voltado ao incentivo à eficiência e ao desenvolvimento de fontes de energia que contribuam com menor emissão de gases de efeito estufa.

    Podem se inscrever até 15 de março de 2014: universidades, institutos e fundações públicas, os entes federados (estados, distrito federal e municípios), e as organizações sem fins lucrativos da sociedade civil brasileira (entidades ambientalistas, associações de produtores ou trabalhadores, cooperativas, sindicatos, fundações ou institutos educacionais e de pesquisa) que tenham interveniência com alguma entidade pública no projeto.

    Os beneficiários finais são: no caso do aproveitamento Energético do Biogás: produtores rurais, prefeituras municipais e cadeia produtiva da agropecuária. No caso do aproveitamento da Energia Solar: empresas de pequeno porte; instituições públicas, populações vulneráveis aos efeitos da mudança do clima, segmentos sociais com potencial para melhoria de eficiência energética.

    Aos que desejam saber mais, cliquem aqui.

Fonte: MMA

 

Publicidade

Serviços ecossistêmicos – recursos financeiros para projetos

     Aos interessados em recursos financeiros para projetos na área de serviços ecossistêmicos, a boa notícia é o edital MMA/FNMC n. 2/2014. O tema do edital é sobre os serviços ecossistêmicos: recuperação, proteção e restauração de nascentes e de ambientes naturais.

    O Fundo Nacional de Mudanças Climáticas ou Fundo Clima desempenha papel importante no fomento a ações públicas e privadas, potencializando iniciativas inovadoras em alternativas tecnológicas, econômicas e sociais rumo a uma nova perspectiva sustentável.

    A justificativa do edital repousa suas bases no 4º. Relatório do IPCC, e considera fundamental a conservação e restauração de ecossistemas em virtude de seu papel na mitigação da mudança do clima.

    Podem se inscrever: universidades, institutos e fundações públicas, os entes federados (estados, distrito federal e municípios), e as organizações sem fins lucrativos da sociedade civil brasileira (entidades ambientalistas, associações de produtores ou trabalhadores, cooperativas, sindicatos, fundações ou institutos educacionais e de pesquisa).

    Os beneficiários finais são os seguintes: municípios, produtores rurais e proprietários de terra, prioritariamente situados em áreas vulneráveis a eventos naturais extremos (inundações, secas prolongadas), populações urbanas vulneráveis em situação de risco (deslizamentos, enchentes), provedores e beneficiários de serviços ambientais.

    O envio das propostas é até 15 de março de 2014. Aos interessados em saber mais, cliquem aqui.

Fonte: MMA

Publicidade

Em defesa da Caatinga – chamada de projetos

     O Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal (FNDF), do Serviço Florestal Brasileiro (SFB), e o Fundo Clima, do Ministério do Meio Ambiente (MMA), lançaram em parceria chamada de projetos que visa fortalecer o uso sustentável da Caatinga.

     O foco são as instituições públicas ou privadas sem fins lucrativos que realizam assistência técnica e extensão rural (Ater). Será oferecida capacitação em manejo florestal comunitário, abrangendo temas como organização social, técnicas de manejo e licenciamento. Os candidatos devem atuar na Caatinga da região Nordeste.

     Os interessados têm até o dia 16 de junho para encaminharem seus projetos por meio de um formulário eletrônico disponível no site do SFB (serviço Florestal Brasileiro). Essas propostas serão avaliadas e classificadas pelo SFB, que após concluir essa etapa, fará licitação pública para contratar instituições especializadas em cada tema, que executarão os serviços àqueles que tiveram seus projetos selecionados.

     Atualmente, o apoio do FNDF na Caatinga envolve mais de 1.000 famílias em assentamentos para o manejo florestal comunitário em cerca de 10 mil hectares. Estudos realizados com comunidades beneficiadas mostraram que o manejo chega a gerar R$ 8.400,00 de renda no ano por família, com a manutenção da vegetação, proporcionando aumento de renda e conservação de mais de 50% da cobertura florestal dos assentamentos.

Fonte: MMA

Publicidade

Apoio financeiro a projetos nas áreas: Educação Ambiental, Água,Sociedade Sustentável, Conservação e Manejo da Biodiversidade

Prezados leitores do Blog Verde, o Fundo Nacional de Meio Ambiente está com edital aberto de apoio financeiro a diversas modalidades de projetos ambientais, para o período 2013 a 2015. O aporte financeiro é variável podendo chegar a R$ 300.000, 00. A data limite para envio de propostas é 26/04/2013.

Existem linhas do edital que auxiliam a gestão ambiental municipal; portanto caríssimos gestores municipais (chefes de poderes executivos municipais), creio eu, ser importante para seu município.

As linhas temáticas do edital são quatro, a saber:

água e florestas, com subtemas em: recursos florestais e hídricos;

conservação e manejo de biodiversidade, com áreas de atuação em: apoio à consolidação do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (inclusive elaboração de plano de manejo), conservação e manejo de biodiversidade (incluindo planos de ação para flora e fauna);

sociedades sustentáveis e qualidade ambiental; com subtemas em: cidades sustentáveis e novas ocupações (incluindo gestão integrada de resíduos sólidos);

Educação Ambiental para sustentabilidade (para educação formal e não-formal).

Mais informações, cliquem aqui. Edital completo, cliquem aqui.

Divulguem. Curtam e Compartilhem.

Fonte: FNMA/MMA

Publicidade

Estação Antártica – concurso de projeto arquitetônico

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Meio Ambiente

22 de Janeiro de 2013

    A Marinha do Brasil e o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) seção Rio de Janeiro lançaram hoje concurso para escolher Projeto Arquitetônico da Estação Antártica Comandante Ferraz Vasconcelos, estação científica brasileira localizada na Antártica.

Font: IAB-RJ

Font: IAB-RJ

     O concurso será aberto à participação de arquitetos brasileiros e estrangeiros associados a escritórios brasileiros. O caráter internacional do concurso tem como objetivo promover intercâmbio de conhecimento entre profissionais de diversos países e estimular a inovação tecnológica.

     Para que a estação incorpore todos os requisitos técnicos e ambientais, será exigida a formação de equipe multidisciplinar constituída por diversos especialistas, sob a coordenação do arquiteto responsável pela elaboração do projeto.

     As pesquisas realizadas na estação são voltadas para a compreensão dos fenômenos naturais do ambiente local e sua repercussão em âmbito global, principalmente, no Brasil. Com características ímpares, o continente antártico influencia diretamente o equilíbrio climático de todo o planeta, constituindo-se um laboratório natural, onde é possível estudar e desvendar alguns dos segredos da atmosfera, dos mares e da vida na Terra.

     Colegas Arquitetos, convite feito. As inscrições iniciam-se em 28 de janeiro e seguem até 14 de março de 2013. Boa sorte a todos!

Fonte: IAB-RJ

Publicidade

Convivência com o semiárido: projetos e práticas inovadoras

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Governos Locais, Meio Ambiente, Semiárido

15 de Janeiro de 2013

      Com o objetivo de promover a produção de conhecimento e o desenvolvimento de ações inovadoras e exitosas em prol da convivência solidária e sustentável com o Semiárido brasileiro foram prorrogadas as inscrições, até dia 22 de fevereiro de 2013, para o Prêmio Mandacaru – projetos e práticas inovadoras em Acesso à Água e Convivência com o semiárido.

Fonte:IABS

    A iniciativa integra o Programa Cisternas. É realizada pelo Instituto Ambiental Brasil Sustentável (IABS), em parceria com a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID) e apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

    Os prêmios variam de R$ 5 mil a R$ 150 mil reais, em 4 categorias distintas em experiências exitosas na gestão de recursos hídricos no semiárido. Podem participar pessoas jurídicas de direito público ou privado, com atuação no Semiárido brasileiro.

    A premiação para a categoria Experimentação no Campo consistirá na concessão de apoio financeiro para os projetos dos dez primeiros colocados, além de diploma honorífico para os três primeiros colocados, sendo:

a) Primeiro colocado: diploma honorífico e prêmio no valor de R$ 50.000,00

b) Segundo colocado: diploma honorífico e prêmio no valor de 45.000,00

c) Terceiro colocado: diploma honorífico e prêmio no valor de 35.000,00

d) Quarto colocado: prêmio no valor de R$ 30.000,00

e) Quinto colocado: prêmio de 25.000,00

f) Sexto ao décimo colocado: prêmio no valor de 5.000,00

A premiação para a categoria Replicação de Práticas Inovadoras consistirá na concessão de diploma honorífico e de apoio financeiro, aos projetos dos três primeiros colocados, nos valores brutos máximos de R$ 100.000,00 (cem mil reais) para cada um dos premiados,

A premiação para a categoria Pesquisa Aplicada consistirá na concessão de diploma honorífico e de apoio financeiro para os três projetos de pesquisa selecionados, correspondente aos valores apresentados para o desenvolvimento dos respectivos projetos, respeitado o limite de R$ 150.000,00 (cento e cinquenta mil reais) para cada um dos premiados.

A premiação da categoria Gestão Inovadora consistirá na concessão de diploma honorífico para os cinco primeiros colocados.

Caríssimos chefes dos poderes executivos municipais deste meu querido País, especificamente, governos locais (municípios) que estejam no semiárido; prezados leitores do Blog Verde, que excelente oportunidade para divulgarmos as experiências que temos. As inscrições são gratuitas e, repetindo, podem ser efetuadas até o dia 22 de fevereiro de 2013. Mais informações estão disponíveis aqui.

Fonte: IABS

Publicidade

Seleção para projetos na área ambiental

Por Nájila Cabral em Meio Ambiente

22 de setembro de 2012

Estão abertas as inscrições para a Seleção pública de projetos 2012, do Programa Petrobrás Ambiental. Podem se inscrever  projetos sob a responsabilidade de pessoa(s) jurídica(s) constituída sob as leis brasileiras, sem fins lucrativos, com atuação no Terceiro Setor, tais como associações, fundações, OSCIPs ou organizações sociais.
 Conforme o edital, os projetos devem ser nas seguintes linhas:
gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos,
recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce,
– fixação de carbono e emissões evitadas.
   As inscrições tiveram início em 18 de setembro e seguem até 18 de novembro de 2012. 
  Aos interessados, mais informações, cliquem aqui.
Publicidade

Seleção para projetos na área ambiental

Por Nájila Cabral em Meio Ambiente

22 de setembro de 2012

Estão abertas as inscrições para a Seleção pública de projetos 2012, do Programa Petrobrás Ambiental. Podem se inscrever  projetos sob a responsabilidade de pessoa(s) jurídica(s) constituída sob as leis brasileiras, sem fins lucrativos, com atuação no Terceiro Setor, tais como associações, fundações, OSCIPs ou organizações sociais.
 Conforme o edital, os projetos devem ser nas seguintes linhas:
gestão de corpos hídricos superficiais e subterrâneos,
recuperação ou conservação de espécies e ambientes costeiros, marinhos e de água doce,
– fixação de carbono e emissões evitadas.
   As inscrições tiveram início em 18 de setembro e seguem até 18 de novembro de 2012. 
  Aos interessados, mais informações, cliquem aqui.