Processo seletivo Archives - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

Processo seletivo

Projeto “Áreas marinhas e Costeiras Protegidas” seleciona bolsistas

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

24 de julho de 2018

    Encerram-se em 02 de agosto de 2018, as inscrições para processo seletivo a bolsas de auxílio e fomento à pesquisa e ao desenvolvimento tecnológico do Projeto Áreas Marinhas e Costeiras Protegidas (GEF Mar), por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa (FUNAPE).

   Não é permitido que o bolsista seja servidor público, tenha vínculo empregatício de qualquer natureza (exceto no caso previsto na Portaria conjunta CAPES/CNPq Nº 1 de 15 de julho de 2010), ou acumule bolsa de pesquisa.  Os candidatos serão selecionados para 12 bolsas, sendo 02 para Desenvolvimento Tecnológico em TICs, 09 para Apoio Científico e 01 para Apoio Técnico Científico, que serão implementadas de acordo com o desenvolvimento do projeto e sob demanda institucional do ICMBio/MMA.

    Os candidatos serão avaliados e classificados segundo a adequação com os requisitos essenciais e desejáveis para as respectivas vagas e conforme os critérios de seleção apresentados no edital número 3 Chamada FUNBIO. Os valores das bolsas variam de R$ 400,00 (apoio científico F) a R$ 8.000,00 (profissional sênior), de acordo com o nível e o tipo.

   Aos interessados em saber mais, cliquem aqui.

    Fonte: MMA, 2018

Publicidade

Concurso da FUNCEME

Por Nájila Cabral em Água, Meio Ambiente

24 de Abril de 2018

      O edital do concurso da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) foi divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 20/04/2018. Serão 40 vagas ofertadas, sendo 35 para o cargo de Pesquisador e cinco para Analista de Suporte à Pesquisa. Todas as oportunidades exigem Ensino Superior.

     As vagas para Pesquisador serão divididas em cinco especialidades: Recursos Ambientais, Recursos Hídricos, Meteorologia, Monitoramento e Informática. Conforme consta no edital, cada uma destas áreas terão ainda atuações específicas. Já para o cargo de Analista, as oportunidades são para Ciências Contábeis e Administração.

     As inscrições serão realizadas, exclusivamente, pela internet, por meio do site da Comissão de Vestibular da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e terão início no 1º dia útil após decorrido o prazo de 15 dias corridos, contados a partir do 1º dia útil da data de circulação do Diário Oficial desta sexta-feira. O cronograma com todos os detalhes também ficará disponível no site da CEV/UECE.

O valor da taxa de inscrição do concurso da Funceme será de R$ 130,00 para ambos os cargos.

O processo será composto de duas fases: a primeira será prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório para os dois cargos, e prova discursiva/dissertativa, também de caráter eliminatório e classificatório, para o cargo de Pesquisador. A segunda constará de avaliação de títulos, de caráter apenas classificatório para ambos os cargos. A aplicação das provas será em Fortaleza/CE.

     Aos interessados, mais informações no Diário Oficial do Estado, cliquem aqui.

Fonte: FUNCEME, 2018.

Publicidade

Uso múltiplo sustentável da Caatinga – Vaga para consultor

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente, Preservação

03 de setembro de 2016

   O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA, sigla em inglês UNEP) abriu edital de seleção de consultor para trabalhar em atividades que possam Gerar um banco de dados de experiências sobre o uso múltiplo sustentável da caatinga e elaborar, de forma participativa, conteúdo do curso, do plano de curso e material didático para formações presenciais e a distância, de extensionistas e multiplicadores de organizações governamentais e não governamentais nos estados do Ceará e de Pernambuco.

    O candidato deve ter curso superior completo em determinadas áreas indicadas no edital e deve comprovar em seu currículo, no mínimo, 3 anos de experiência em Uso sustentável da caatinga; em elaboração de planos de curso ou planejamento participativo; em elaboração de conteúdo para capacitações presencias e/ou à distância; e em capacitação de comunidades, extensionistas ou multiplicadores. É desejável que o candidato tenha Mestrado e Doutorado.

   O edital PNUD – BRA/11/001 foi divulgado no Diário Oficial da União do Dia 31/08/2016. O candidato deverá enviar o seu Currículo até o dia 09/09/2016 (data limite para postagem) para a Caixa Postal Nº: 8526 – CEP: 70.312-970 – Brasília-DF – O candidato deve obrigatoriamente informar no envelope o código: BRA/11/001- TDR Nº 05/2016 -5.3 – Banco de dados caatinga.

    Mais informações, podem clicar aqui.

Fonte: MMA

Publicidade

Curso de Especialização em Recursos Hídricos – Prorrogação de prazo de inscrição

     O Curso de Especialização em Elaboração e Gerenciamento de Projetos para a Gestão Municipal de Recursos Hídricos teve suas inscrições adiadas até 20 de maio.

     Mencionado curso é oferecido pelo Instituto Federal de Ciência, Tecnologia e Educação do Ceará (IFCE) em parceria com a Agência Nacional das Águas (ANA), na modalidade semipresencial.

    O curso tem o objetivo de capacitar técnicos dos serviços público municipal, estadual e federal, de setores relacionados com recursos hídricos a atuarem na elaboração de projetos ligados às políticas de âmbito municipal (ambiente, saneamento, uso e ocupação do solo) com potencial de impacto sobre os recursos hídricos.

     Os interessados em concorrer a uma das vagas precisam preencher alguns pré-requisitos, como possuir graduação em qualquer área do conhecimento; ser servidor com vínculo efetivo com a administração pública municipal, estadual ou federal e estar liberado e autorizado pelo órgão de origem para as atividades presenciais e a distância.

As inscrições devem ser feitas, exclusivamente, pela internet.

    O sistema do curso é semipresencial, com atividades obrigatórias em encontros presenciais, previamente agendados nas cidades Polos Regionais (Fortaleza, Manaus, Brasília, São Paulo e Florianópolis). O curso tem duração de 18 meses e nos primeiros 12 meses estão previstas três atividades presenciais nas cidades polos.

    Aos interessados em realizar inscrição para preenchimento de uma das 400 vagas, cliquem aqui.

Fonte: IFCE e ANA

Publicidade

Concurso público para Geologia e Geoquímica Ambiental

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Meio Ambiente, Sem categoria

19 de Abril de 2016

   A Universidade Federal do Ceará está com inscrições abertas para Concurso Público para o cargo de Professor da Carreira do Magistério Superior, Classe A, no departamento de Geologia. São dois setores de estudo, a saber:

1. Geologia e Geoquímica Ambiental (1 vaga/ 40 horas)

2. Petrologia Metamórfica e Mineralogia (1 vaga/ 40 horas)

   As inscrições se iniciaram em 11 de abril e seguem até 10 de maio de 2016. Aos interessados, leia aqui, na íntegra, o edital do processo seletivo.

  Este edital tem vagas para outras áreas, como direito, fisioterapia e libras.

Fonte: UFC

Publicidade

Curso gratuito de especialização em Elaboração e Gerenciamento de Projetos para a Gestão Municipal de Recursos hídricos – IFCE / ANA com inscrições abertas

Por Nájila Cabral em Água, Conservação da Natureza, Meio Ambiente

15 de Abril de 2016

 

     A Diretoria de Ensino à Distância (DEaD) do IFCE divulgou edital de seleção para o curso de especialização em Elaboração e Gerenciamento de Projetos para a Gestão Municipal de Recursos Hídricos.

     Neste edital estão sendo ofertadas 400 vagas na modalidade semipresencial, em parceria com a Agência Nacional de Águas (ANA).

    Para se inscrever é necessário possuir graduação em qualquer área do conhecimento; ser servidor com vínculo efetivo com a administração pública municipal, estadual ou federal e estar liberado e autorizado pelo órgão de origem para participar das atividades presenciais e a distância.

     Os interessados em participar da seleção devem realizar as inscrições exclusivamente pela internet, no período de 11 de abril a 13 de maio de 2016. O edital completo e o sistema de inscrição estão  disponíveis aqui.  

Fonte: IFCE

Publicidade

ANA e IFCE oferecem curso de especialização em Elaboração e Gerenciamento de Projetos para a Gestão Municipal de Recursos Hídricos

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

17 de Março de 2016

      O Instituto Federal do Ceará (IFCE) em parceria com a Agência Nacional das Águas (ANA) ofertará 400 vagas para a especialização lato sensu em Elaboração e Gerenciamento de Projetos para a Gestão Municipal de Recursos Hídricos.

        As inscrições têm início em dia 11 de abril e devem ser feitas, exclusivamente, pela internet. O sistema do curso é semipresencial, com atividades obrigatórias em encontros presenciais, previamente agendados nas cidades Polos Regionais (Fortaleza, Manaus, Brasília, São Paulo e Florianópolis).

      O candidato deve ser servidor com vínculo efetivo na administração pública municipal, estadual ou federal; possuir graduação em qualquer área, e estar liberado e autorizado pelo órgão de origem para as atividades (presenciais e a distância) exigidas pelo curso.

      O edital deve ser divulgado em breve aqui e oferecerá 80 vagas para cada região do País.

Fonte: IFCE

 

 

Publicidade

Recursos financeiros para recuperação de Áreas de Preservação Permanente

Por Nájila Cabral em Água, Código Florestal, Conservação da Natureza, Meio Ambiente

04 de outubro de 2015

    O Fundo Nacional do Meio Ambiente lançou o edital FNMA 01/2015 com o objetivo promover a seleção de propostas que devem receber recursos financeiros, não reembolsáveis, para realização de ações de recuperação florestal em Áreas de Preservação Permanente localizadas em bacias hidrográficas cujos mananciais de superfície contribuem direta ou indiretamente para o abastecimento de reservatórios de regiões metropolitanas com alto índice de criticidade hídrica.

     O edital disponibilizará R$ 45 milhões e tem parceria com o Ministério da Justiça e com a Caixa Econômica Federal.

     A recuperação florestal deve ocorrer em áreas de nascentes ou nas áreas que margeiam os corpos hídricos que contribuem para o abastecimento de 18 Regiões Metropolitas, a saber:

– São Paulo;

– Rio de Janeiro;

– Belo Horizonte;

– Porto Alegre;

Fortaleza;

Salvador;

– Distrito Federal e entorno;

– Curitiba;

– Campinas;

– Goiânia;

– Grande Vitória;

– Baixada Santista;

Natal;

Grande São Luís;

– Maceió;

– João Pessoa;

– Norte e Nordeste Catarinense.

     Os interessados devem enviar as propostas pelo Sistema de Convênios do Governo Federal – SICONV, até a data de 08/11/2015. O FNMA tem a intenção de realizar evento de capacitação sobre o Edital 1/2015, em outubro.

     Podem participar do edital: Instituições públicas municipais (com percentual de contrapartida), Instituições públicas estaduais (com percentual de contrapartida), Instituições privadas sem fins lucrativos (conforme exigências do § 6º, do artigo 8º, da Portaria Interministerial nº 507/2011) e concessionárias de abastecimento de água. Mais informações, cliquem aqui, e vejam edital completo.

     Para preenchimento do SINCOV, as instruções estão disponíveis nos manuais do Portal dos Convênios. Clique aqui para acessar o portal.

Fonte: Ministério do Meio Ambiente

Publicidade

Curso gratuito de especialização em Elaboração e Gerenciamento de projetos para a gestão municipal de recursos hídricos

Por Nájila Cabral em Água, Desenvolvimento Sustentável, Governos Locais, Meio Ambiente

22 de outubro de 2014

Olha que boa notícia para gestores municipais! A Agência Nacional das Águas (ANA) em conjunto com o IFCE (Instituto Federal do Ceará) está com vagas abertas para o curso de especialização em Elaboração e Gerenciamento de projetos para a gestão municipal de recursos hídricos. O curso é gratuito.

São 200 vagas para todo o Brasil, ofertadas no edital Edital PRPI/DEAD Nº 001/2014, sendo 40 vagas para cada uma das regiões Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste. O curso é semipresencial.

As inscrições estão abertas desde 20 de outubro e seguem até 10 de novembro de 2014, com início das aulas em dezembro de 2014. A duração do curso é de 18 meses,  com previsão de 03 encontros presenciais (nos primeiros 12 meses) nas cidades polos, a saber: Manaus, Fortaleza, Brasília, São Paulo e Florianópolis. 

O curso de especialização deve atender seguinte público-alvo: técnicos oriundos de:

– serviço público (municipal, estadual ou federal) dos setores relacionados com recursos hídricos (agricultura, obras, saneamento, meio ambiente e planejamento);

– agências de desenvolvimento;

– secretarias de estado e de desenvolvimento regional e de política urbana;

– associações regionais e federações de municípios;

– agências reguladoras de saneamento.

O candidato obrigatoriamente deve:

possuir graduação (qualquer área);

ser servidor com vínculo efetivo com a administração pública municipal, estadual ou federal; e

estarem liberados e autorizados pelo órgão de origem para as atividades acadêmicas (presenciais e a distância) exigidas pelo curso.

Para saber mais, acessem edital completo aqui.

Fonte: IFCE

Publicidade

Processo seletivo para gerenciar projeto em comunidades tradicionais e indígenas

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente, Preservação

11 de setembro de 2014

O Ministério do Meio Ambiente (MMA), parceiro do Banco Mundial nesta iniciativa, juntamente com a Fundação Nacional do Índio (Funai), abriu seleção para escolha de agência executora nacional que gerenciará o projeto Mecanismo de Doação Dedicada para Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais no Brasil (DGM-Brasil).

     Conforme Tinna Oliveira, da Ascom do MMA, as instituições que já demonstraram interesse têm até 26 de setembro para enviar as propostas para o e-mail dgmbrasil@gmail.com. A instituição selecionada atuará como secretariado do Comitê Gestor do Projeto.

      O DGM-Brasil, desenvolvido pelo Programa de Investimentos Florestais (FIP), tem como objetivo financiar ações visando reduzir os processos de desmatamento e degradação florestal em países tropicais. O projeto está sendo estabelecido para apoiar a participação dos povos indígenas e comunidades locais no desenvolvimento das estratégias de investimento, programas e projetos do FIP, além de promover modos de vida sustentáveis e adaptativos.

       A proposta da instituição interessada deve conter descrição das atividades já realizadas, apresentação da metodologia de trabalho e a lista e currículos de profissionais por área de especialização. A comissão de avaliação analisará as propostas recebidas dentro do prazo com base na adequação aos termos de referência.

       A instituição que tiver maior pontuação, entre os critérios de experiência, metodologia de trabalho, qualificações e competências da equipe, será convidada para as negociações e apresentação de proposta financeira. O Banco Mundial assinará um acordo de doação com a instituição selecionada.

Fonte: Tinna Oliveira/MMA

Publicidade

Processo seletivo para gerenciar projeto em comunidades tradicionais e indígenas

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente, Preservação

11 de setembro de 2014

O Ministério do Meio Ambiente (MMA), parceiro do Banco Mundial nesta iniciativa, juntamente com a Fundação Nacional do Índio (Funai), abriu seleção para escolha de agência executora nacional que gerenciará o projeto Mecanismo de Doação Dedicada para Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais no Brasil (DGM-Brasil).

     Conforme Tinna Oliveira, da Ascom do MMA, as instituições que já demonstraram interesse têm até 26 de setembro para enviar as propostas para o e-mail dgmbrasil@gmail.com. A instituição selecionada atuará como secretariado do Comitê Gestor do Projeto.

      O DGM-Brasil, desenvolvido pelo Programa de Investimentos Florestais (FIP), tem como objetivo financiar ações visando reduzir os processos de desmatamento e degradação florestal em países tropicais. O projeto está sendo estabelecido para apoiar a participação dos povos indígenas e comunidades locais no desenvolvimento das estratégias de investimento, programas e projetos do FIP, além de promover modos de vida sustentáveis e adaptativos.

       A proposta da instituição interessada deve conter descrição das atividades já realizadas, apresentação da metodologia de trabalho e a lista e currículos de profissionais por área de especialização. A comissão de avaliação analisará as propostas recebidas dentro do prazo com base na adequação aos termos de referência.

       A instituição que tiver maior pontuação, entre os critérios de experiência, metodologia de trabalho, qualificações e competências da equipe, será convidada para as negociações e apresentação de proposta financeira. O Banco Mundial assinará um acordo de doação com a instituição selecionada.

Fonte: Tinna Oliveira/MMA