PNUD Archives - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

PNUD

Plano Estratégico 2018-2021 – PNUD

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

17 de Janeiro de 2019

  O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD; UNDP, sigla em inglês), desde 17 de outubro de 2017, divulgou o Plano Estratégico 2018-2021, por meio do documento DP/2017/38.

    Mas é sempre bom recordar que a visão do PNUD para o Plano Estratégico 2018-2021 é ajudar os países a alcançar o desenvolvimento sustentável, erradicando a pobreza em todas as suas formas e dimensões, acelerar as transformações estruturais para o desenvolvimento sustentável e construir resiliência às crises. O plano tem por base a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável e está comprometido com os princípios de universalidade, igualdade e inclusão de todos ao acesso ao desenvolvimento.

    Aos interessados em saber mais, ou ler na íntegra o Plano Estratégico, cliquem aqui.

Fonte: UNDP, 2018.

 

Publicidade

Manejo Florestal Sustentável Integrado na Caatinga

    Instituto Nacional do Semiárido deve divulgar hoje, 18 de maio de 2015, o resultado dos selecionados para realizar o curso de formação em Manejo Florestal Sustentável Integrado na Caatinga Instituto Nacional do Semiárido.

   O curso de formação complementar para profissionais de iniciativa privada ou de instituições públicas que atuam em ações de planejamento florestal, gestão e extensão na caatinga é uma promoção do PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), processo BRA/07/018, em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade Federal de Campina Grande – Campus Patos.

     Dentre o conteúdo programático estão: Módulo I – Introdução ao Manejo da Caatinga; Módulo II – Aspectos Legais do Manejo da Caatinga; Módulo III – Planejamento Florestal da Propriedade; Módulo IV – Inventário Florestal Módulo; V – Planejamento, elaboração, análise e implantação de sistemas de manejo florestal; Módulo VI – Manejo Agrosilvopastoril da Caatinga; Módulo VII – Viabilidade econômica do manejo florestal e agrosilvopastoril da Caatinga.

Fonte: Edital no1/2015 – INSA

Publicidade

O PNUD contrata consultor na área ambiental

    O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD, processo BRA/11/001, contrata um consultor (pessoa física) para a vaga de especialista para produzir subsídios à elaboração do componente sobre Biodiversidade e Adaptação à Mudança do Clima no Plano Nacional de Adaptação, analisando a provável resposta da biodiversidade aos impactos da mudança do clima e da fragmentação da vegetação nativa.

    São exigidos do candidato os seguintes requisitos:

a) Curso Superior (Graduação) Completo em Ciências Biológicas, Ecologia, Geografia, Veterinária, Engenharia Florestal, Agronomia e afins;

b) Mestrado em áreas afins ao objeto do Termo de Referência; e

c) Experiência mínima comprovada de três anos em trabalhos sobre análise da influência do clima sobre a biodiversidade.

    São experiências desejáveis:

a) Doutorado em áreas afins ao objeto do Termo de Referência;

b) Experiência ou conhecimento comprovados sobre análise de impactos da fragmentação da vegetação nativa sobre a biodiversidade (espécies, populações, comunidades da fauna e flora ou ecossistemas);

c) Experiência ou conhecimento comprovados em geoprocessamento e espacialização de dados climáticos; e

d) Experiência ou conhecimento comprovados em geoprocessamento e espacialização de dados de espécies, populações, comunidades da fauna e flora ou ecossistemas.

Aos interessados, acessem aqui o Termo de Referência a que se refere esse processo seletivo.

Fonte: Diário Oficial da União, número 33, dia 19/02/2015, pp 93-94

Publicidade

Consultoria ambiental – oportunidades no Brasil

    Estão abertos alguns editais da UNDP (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – PNUD) para processo seletivo de consultores ambientais nos setores de energia, agropecuária e mudança do uso da terra e florestas que devem integrar o III Inventário Nacional de Gases de Efeito Estufa. A data limite de inscrição é 4 de julho.

     Os cargos de Analista Técnico para o setor de energia, para o setor de agropecuária e para o setor de mudança do uso da Terra e florestas, do Inventário Nacional de Gases de Efeito Estufa, pedem que o candidato tenha graduação nas áreas de exatas, humanas ou da Terra, experiência mínima de três anos na área de mudança do clima, fluência no inglês, dentre outros requisitos.

     As atividades previstas para estes cargos, dentre outras, são:

– facilitar a apresentação de informações sobre o processo de cooperação internacional para a elaboração e o aperfeiçoamento da Comunicação Nacional no Brasil;

– Revisar e consolidar as informações/dados e resultados a serem gerados para o inventário de emissões de GEE do setor Energia, Agropecuária e Mudança do Uso da Terra e Florestas, de forma a garantir a qualidade dos objetivos a serem atingidos.

– Apoiar a Agência Executora nas negociações internacionais no âmbito da Convenção sobre Mudança do Clima e de outros instrumentos internacionais a ela relacionados.

   São três editais distintos.    Aos interessados no cargo no setor de energia, cliquem aqui.

    Aos interessados no cargo no setor de agropecuária, cliquem aqui.

    Aos interessados no cargo no setor de mudança do uso da Terra e florestas cliquem aqui.

Fonte: UNDP e CPTEC.

Publicidade

Consultoria ambiental em manejo sustentável da Caatinga

     Tem edital aberto, no Ministério do Meio Ambiente, por meio do Projeto de Organismo Internacional PNUD – BRA/11/001, para consultores na área ambiental, para realizar o trabalho de elaboração de proposta para a difusão de boas práticas de manejo sustentável de caatinga para a pecuária, por meio:

 1) do levantamento e sistematização de técnicas de manejo e experiências bem sucedidas de manejo sustentável de caatinga para a pecuária,

 2) da análise dos fatores ambientais e socioeconômicos que impediram a adoção das técnicas e a difusão das experiências bem sucedidas, em larga escala, de manejo de caatinga para pecuária; e

 3) da identificação das oportunidades e medidas necessárias para a adoção em larga escala do manejo sustentável da caatinga para a pecuária.

     A data limite para inscrição me 17/07/2013. A duração da consultoria são seis meses. Maiores informações, cliquem aqui.

     O BRA/11/001 é um projeto da Secretaria de Biodiversidade e Florestas – SBF que tem como objetivo cooperar com o empenho nacional de implementar os dispositivos da Convenção sobre a Diversidade Biológica, da Convenção sobre Zonas Úmidas de Importância Internacional (Convenção de Ramsar), da Convenção das Nações Unidas de Combate a Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca – UNCCD e do Programa Antártico Brasileiro – PROANTAR, ao prover suporte técnico ao Ministério do Meio Ambiente ao:

1) contribuir para a implementação de compromissos assumidos na Convenção sobre a Diversidade Biológica;

2) Planejar as políticas publicas integrando as diretrizes e programas das Convenções sobre a Diversidade Biológica e a Convenção sobre Zonas Úmidas de Importância Internacional (Convenção de Ramsar);

 3) Promover ações e atividades do segmento ambiental do Programa Antártico Brasileiro relacionadas a acordos internacionais associados ao Sistema do Tratado da Antártica; 4) Implementar ações para a conservação e uso sustentável da caatinga, visando o combate a desertificação e a mitigação dos efeitos da seca.

Publicidade

Nações Unidas discutem esforços globais anticorrupção – Brasil

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

07 de novembro de 2012

     Dias 05 e 06/11, em Brasília, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD ou UNDP) reuniu em Encontro 90 especialistas em anticorrupção vindos de mais de 50 países, no sentido de discutir os desafios globais e compartilhar as melhoras práticas de como prevenir e controlar a corrupção e, ainda, aumentar a transparência e a prestação de contas.

    “O controle dos cidadãos e participação ativa é fundamental para prevenir e combater a corrupção”, disse o ministro Jorge Hage, do Gabinete da Controladoria Geral do Brasil, que hospeda o Portal da Transparência Brasil.

      Cidadãos, organizações da sociedade civil e jornalistas têm utilizado o Portal da Transparência Brasil, nos últimos oito anos para monitorar gastos públicos. O escritório da Controladoria Geral também tem se empenhado em trazer transparência às despesas públicas em torno da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, ambos a serem realizadas no Brasil.

     A reunião dos dias 05 e 06/11 precede a Conferência da Transparência Internacional Anticorrupção Internacional do PNUD, conferência mundial de combate à corrupção, que, também, acontece em Brasília, a partir de hoje (07/11) e segue até 10 de novembro.

 Fonte: UNDP.

leia tudo sobre

Publicidade

O Futuro que queremos: biodiversidade e ecossistemas

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

20 de outubro de 2012

   O PNUD (Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento ou The United Nations Development Programme – UNDP) revelou uma nova estratégia ambiental para abordar os níveis sem precedentes de perda de biodiversidade global.

Fonte: UNDP

    Conforme o PNUD (2012) a nova estratégia intitulada “O Futuro que Queremos: Biodiversidade e Ecossistemas – Em direção ao Desenvolvimento Sustentável” (The Future We Want: Biodiversity and Ecosystems – Driving Sustainable Development) foi adotada na COP11 (Convenção sobre Diversidade Biológica), em Hyderabad, India. O documento apela para uma escala significativa de investimentos em 100 países até 2020. Como parte do plano, o PNUD vai trabalhar com governos nacionais para proteger a biodiversidade e promover a gestão de ecossistemas em cerca de 1,4 bilhões de hectares de terra e corpos de água, área comparável a da Austrália, Índia e Argentina juntas.

     A Subsecretária Geral do PNUD, Rebeca Gryspan, falou que “a sobrevivência humana depende fortemente dos ecossistemas saudáveis e da biodiversidade, mas nas últimas décadas, o mundo tem experimentado a perda de biodiversidade e a degradação dos ecossistemas sem precedentes, minando os alicerces da vida na Terra. Como 1,2 bilhões de pessoas, que vivem em extrema pobreza, dependem diretamente da natureza para atender suas necessidades básicas, a natureza precisa de atenção internacional urgente.”

     Segundo o Secretário-executivo da Convenção sobre Diversidade Biológica, Bráulio Dias, “o lançamento do novo quadro do PNUD é muito oportuna. Eu acredito que este será vital para orientar o apoio do PNUD aos países para acelerar a implementação das metas de biodiversidade de Aichi. Temos uma janela de oportunidade entre agora e 2020 para ajudar os países a mudar o curso do desenvolvimento, para manter e aumentar seu capital natural. E trabalho do PNUD será crucial a esse respeito”.

      A nova estratégia do PNUD sobre a biodiversidade possui três áreas de foco:

Integração da biodiversidade e gestão de ecossistemas no planejamento do desenvolvimento e das atividades do setor de produção;

– Reconhecimento do potencial das áreas protegidas para que sejam melhor geridas e poderem contribuir para o desenvolvimento sustentável, e

Gestão e reabilitação de ecossistemas para a adaptação e mitigação das mudanças climáticas.

 

Fonte: UNDP, 2012.

Publicidade

Processo seletivo para supervisores ambientais no UNDP

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

10 de agosto de 2012

O United Nations Development Programme -UNDP (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento- PNUD) está com inscrições para processo seletivo, até 15 de agosto, para as vagas de supervisor do inventário nacional de emissões de gases de efeito estufa e de supervisor das circunstâncias nacionais para a implementação da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima CQNUMC, ambas para Brasília.

Para Supervisor de Inventário Nacional de emissões de gases de efeito estufa, os requisitos são:

Educação:
Obrigatório: Graduação relacionada às áreas de Ciências exatas, humanas ou da Terra.
Desejável: Pós-graduação na área de atuação.

Experiência:

Obrigatório: Experiência de, no mínimo, 5 (cinco) anos na área específica de mudança global do clima; Conhecimento comprovado ou experiência na área de Inventário de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa; Conhecimento e domínio das Diretrizes de Inventários Nacionais do IPCC (Painel intergovernamental da ONU sobre Mudança do Clima).

Desejável: 6 (seis) anos de experiência profissional; conhecimento de Banco de Dados.

Idiomas:
Obrigatório: Português fluente. Conhecimento de Inglês suficiente para trabalhar

Desejável: Fluência no idioma inglês.

Mais informações sobre esta vaga clique aqui:

Para a vaga Supervisor das circunstâncias nacionais para a implementação da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a mudança do Clima, os requisitos são:

Educação:
Obrigatório: Graduação relacionada às áreas de Ciências exatas, humanas ou da Terra.
Desejável: Pós-graduação na área de atuação.

Experiência:
Obrigatório: Experiência de, no mínimo, 5 (cinco) anos na área específica de mudança global do clima;
Conhecimento comprovado ou experiência na área de Circunstâncias Nacionais, Medidas previstas ou tomadas para a implementação da Convenção, e de Impactos, Vulnerabilidade e Adaptação regionais e setoriais à mudança global do clima
Conhecimento e domínio da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima e do IPCC (Painel intergovernamental da ONU sobre Mudança do Clima).
Desejável: 6 (seis) anos de experiência profissional.

Idiomas:
Obrigatório: Português fluente. Conhecimento de Inglês suficiente para trabalhar
Desejável: Fluência do idioma inglês.

Para mais informações clique aqui:

 

Publicidade

Processo seletivo para supervisores ambientais no UNDP

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

10 de agosto de 2012

O United Nations Development Programme -UNDP (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento- PNUD) está com inscrições para processo seletivo, até 15 de agosto, para as vagas de supervisor do inventário nacional de emissões de gases de efeito estufa e de supervisor das circunstâncias nacionais para a implementação da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima CQNUMC, ambas para Brasília.

Para Supervisor de Inventário Nacional de emissões de gases de efeito estufa, os requisitos são:

Educação:
Obrigatório: Graduação relacionada às áreas de Ciências exatas, humanas ou da Terra.
Desejável: Pós-graduação na área de atuação.

Experiência:

Obrigatório: Experiência de, no mínimo, 5 (cinco) anos na área específica de mudança global do clima; Conhecimento comprovado ou experiência na área de Inventário de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa; Conhecimento e domínio das Diretrizes de Inventários Nacionais do IPCC (Painel intergovernamental da ONU sobre Mudança do Clima).

Desejável: 6 (seis) anos de experiência profissional; conhecimento de Banco de Dados.

Idiomas:
Obrigatório: Português fluente. Conhecimento de Inglês suficiente para trabalhar

Desejável: Fluência no idioma inglês.

Mais informações sobre esta vaga clique aqui:

Para a vaga Supervisor das circunstâncias nacionais para a implementação da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a mudança do Clima, os requisitos são:

Educação:
Obrigatório: Graduação relacionada às áreas de Ciências exatas, humanas ou da Terra.
Desejável: Pós-graduação na área de atuação.

Experiência:
Obrigatório: Experiência de, no mínimo, 5 (cinco) anos na área específica de mudança global do clima;
Conhecimento comprovado ou experiência na área de Circunstâncias Nacionais, Medidas previstas ou tomadas para a implementação da Convenção, e de Impactos, Vulnerabilidade e Adaptação regionais e setoriais à mudança global do clima
Conhecimento e domínio da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima e do IPCC (Painel intergovernamental da ONU sobre Mudança do Clima).
Desejável: 6 (seis) anos de experiência profissional.

Idiomas:
Obrigatório: Português fluente. Conhecimento de Inglês suficiente para trabalhar
Desejável: Fluência do idioma inglês.

Para mais informações clique aqui: