objetivos de desenvolvimento do milênio Archives - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

objetivos de desenvolvimento do milênio

Saúde e os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio

   A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou esta semana últimos dados, atualizados, com relação aos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio, que tem relação direta com a saúde.

     A Declaração do Milênio das Nações Unidas, assinada em setembro de 2000, traz oito Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM) e devem ser alcançados até 2015.

    Alguns avanços já são visíveis. No mundo, o número de morte de crianças abaixo de cinco anos caiu de 12,7 milhões em 1990 para 6,3 milhões em 2013. Em países em desenvolvimento, a percentagem de crianças menores que cinco anos abaixo do peso caiu de 28% em 1990 para 17% em 2013.

     Mas muito ainda há por fazer. Enquanto alguns países tiveram ganhos expressivos no alcance de suas metas relacionadas à saúde, outras falharam. Os países que fizeram menor progresso com relação ao alcance das metas dos ODM são aqueles que são afetados por elevados níveis de HIV/AIDS, que apresentam dificuldades econômicas ou, ainda, conflitos internos.

      Os dados apresentados pela OMS são de 2013, portanto referem-se a resultados parciais. Até o fim deste ano, os países devem apresentar seus resultados finais.

Fonte: OMS

Publicidade

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável –parte1

    Após a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (sigla em inglês UNCSD 2012), chamada Rio+20, o mundo inteiro começou a discutir os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável enquanto agenda ambiental e de desenvolvimento pós-2015.

    A agenda pós-2015 se refere à data final (2015) para que os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM) sejam atendidos.

    No período de 14 a 18 de julho de 2014, reunidos em Nova York, os Grandes Grupos (Major Groups) e outros atores sociais discutiram o documento com a proposta dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.

    O Blog Verde, esta semana, trará os resultados desta discussão, que estão no documento final da 13ª e última Sessão do Grupo Aberto de Trabalho sobre os Objetivos do Desenvolvimento Ssutentável (Open Working Group on Sustainable Development Goals)

    Destaque deve ser dado à ampla participação da sociedade mundial no processo de discussão das metas e objetivos do desenvolvimento sustentável, por meio dos diferentes mecanismos de participação, a exemplo do Meu Mundo (My Word) e do O Mundo que Queremos (The World we Want), ambos divulgados aqui no Blog Verde.

    Conforme o documento final do Grupo de Trabalho, mais de dois milhões e seiscentas mil pessoas participaram da votação no mundo inteiro. A figura abaixo traz as informações das votações, considerando as necessidades apontadas pela sociedade mundial e consequentemente, suas preocupações enquanto objetivos do desenvolvimento sustentável.

resultados_myworld_2014

    Atentar que a temática mais votada, com cerca de um milhão e oitocentos mil votantes, foi “uma boa educação”; seguida por “melhor cuidado com a saúde”, com um milhão e quatrocentos mil votos. A preocupação com as “Mudanças Climáticas”, conforme a votação, foi menos expressiva, no mundo.

    Importante destacar, também, a voz das Crianças e Juventude (Children and Youth) que em plenária se pronunciaram preocupantes com os limites planetários e encorajados em assumir, conjuntamente, os novos desafios que se aproximam.

“No mundo de hoje, estamos cruzando os limites do planeta, estamos comprometendo as necessidades das gerações futuras, devido à tomada de decisão míope; e nós estamos correndo risco com a perigosa mudança climática, que já fez suas primeiras vítimas. Se não tomarmos ações apropriadas aqui, nestes assentos confortáveis, a luta para alcançar um mundo sustentável poderá ser inútil. Isso precisa mudar, se quisermos criar o futuro que as pessoas precisam. Chegou a hora de trabalharmos juntos fortemente, entre os países e entre as gerações.”

Fonte: Sustainable Development Knowledge Plataform, 2014.

Publicidade

Salvando vidas de muitas maneiras – Relatório ODM 2014

     Muito recentemente, a Organização das Nações Unidas publicou o Relatório dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM) – 2014. Aproxima-se a data limite, que é 2015, para que os países alcancem metas e prazos.

    Mencionado relatório dos ODM é baseado em estatísticas oficiais e fornece o resumo mais recente de todas as metas, tanto em nível global quanto regional. Os resultados mostram que os esforços concentrados para alcançar as metas dos ODM pelos governos nacionais, pela comunidade internacional, pela sociedade civil e pelo setor privado estão indo em direção de tirar as pessoas da pobreza extrema e melhorar seu futuro.

     O Secretário geral da ONU, Ban Ki-moon, comentou: “os Objetivos do Desenvolvimento do Milênio foram uma promessa de defender os princípios da dignidade humana, igualdade e equidade, e libertar o mundo da pobreza extrema. Os ODM, com oito grandes metas e com prazos mensuráveis, estabeleceram um plano para enfrentar os desafios de desenvolvimento mais prementes do nosso tempo”.

    Ainda segundo o relatório, ao longo dos últimos 20 anos, a probabilidade de uma criança morrer antes dos cinco anos foi quase cortada pela metade, o que significa cerca de 17 mil crianças salvas todos os dias. Globalmente, a taxa de mortalidade materna caiu 45% entre 1990 e 2013.

     Outra informação importante é sobre a terapia anti-retroviral para pessoas infectadas pelo HIV salvou 6,6 milhões de vidas desde 1995. A expansão dessa cobertura poderia salvar muitos mais. Desde 1995, os esforços para combater a tuberculose salvaram cerca de 22 milhões de vidas.

    Em tempos de tantas informações que nos causam profunda tristeza, como a morte de milhares de pessoas no conflito da Síria, a informação de que políticas públicas, quando efetivamente implementadas podem salvar milhares de vida, é uma doce esperança. Temos, sim, muito que realizar, reprogramar, readequar… Mas tenho fé e acredito nessa linda criatura divina que denominamos Homem.

Fonte: New York: UN Department of Public Information

Publicidade

30 projetos vencedores no Prêmio ODM Brasil – edição 2014

     O Prêmio ODM Brasil foi criado em 2004, de forma pioneira no mundo, e tem por finalidade incentivar programas, projetos e ações que contribuam para a consecução dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM).

     A coordenação do Prêmio ODM Brasil está sob a responsabilidade da Secretaria-Geral da Presidência da República, em parceria com o PNUD (UNDP, sigla em inglês) e com o Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade. Esta 5ª edição, em 2014, terá a solenidade de entrega aos 30 vencedores no dia 23 de maio, no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília/DF.

Fonte: Secretaria-Geral da Presidência da República

Fonte: Secretaria-Geral da Presidência da República

    Conforme os organizadores, foram 1.090 práticas inscritas, sendo 804 de organizações e 286 oriundas de prefeituras. Dos 30 vencedores, sete são de prefeituras e 23 de organizações.

    Parabéns a todos os 30 programas, projetos e ações vencedores!

   Permitam-me destacar aqui no Blog Verde da Tribuna do Ceará, as sete práticas cearenses vencedores do Prêmio ODM Brasil – 5ª. edição:

– Agência de Desenvolvimento Local (Adel), no município de Pentecoste/CE

Prática: Programa Jovem Empreendedor Rural (PJER)

– Associação Caatinga, no município de Fortaleza/CE

Prática: Projeto No Clima da Caatinga

– Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao trabalhador (Cetra), no município de Fortaleza/CE

Prática: Rede de Agricultores Agroecológicos do Território da Cidadania Vales do Curu e Aracatiaçu

– Fundação Social Raimundo Fagner, no município de Fortaleza/CE

Prática: Projeto Aprendendo com Arte

– Grupo de Apoio às Comunidades Carentes, no município de Fortaleza/CE

Prática: Projeto Educação Integrada

– Instituto de Educação Portal (IEP), no município de Pacajus/CE

Prática: Projeto Transformando Vidas Através da Educação Integral

– Prefeitura de Maracanaú/CE

Prática: Rede de Segurança Alimentar e Nutricional: a garantia do Direito Humano à alimentação adequada em Maracanaú.

    Aos que se interessarem em saber mais, cliquem aqui.

Fonte: Secretaria-Geral da Presidência da República, 2014.

Publicidade

Celebrando a Mulher e o Meio Ambiente

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

08 de Março de 2014

    O tema deste ano do Dia Internacional da Mulher é “Igualdade para as mulheres é o progresso de todos”. A Mulher tem um papel importante na proteção do meio ambiente. Mencionado tema enfatiza a mulher como agente de desenvolvimento e sua importância para o desenvolvimento socioeconômico.

    Com a proximidade da data limite para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), em 2015, o Dia Internacional da Mulher é, também, uma oportunidade para rever os avanços e os desafios dos ODM com relação às mulheres.

     Agora em março no período de 10 a 21, haverá a 58ª sessão da Comissão do Status das Mulheres, em Nova York, na Sede da ONU, cuja pauta abordará, justamente, avanços e desafios dos ODM com relação às mulheres e meninas.

     Nesse dia dedicado a nós, mulheres, que desempenham tantos papéis na vida cotidiana, de mães, esposas, filhas, guerreiras, trabalhadoras, desejo saúde e paz. Permitam-me, ainda, dedicar minha homenagem, hoje, a mulher mais linda, a mulher que sem a qual a História da Humanidade não seria a mesma, a mulher – serva de Deus, a mãe de Jesus: Maria.

Publicidade

3º Fórum Global de Recursos Humanos para Saúde

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Saúde Ambiental

12 de novembro de 2013

     Desde o dia 10 de novembro até o dia 13, em Recife/PE, acontece o 3º Fórum Global de Recursos Humanos para Saúde. O tema deste ano é Recursos Humanos para Saúde: fundação para a Cobertura Universal da Saúde e a agenda de desenvolvimento pós-2015.

    Devem ser discutidos os avanços na área de saúde concernente aos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM), assim como o alcance dos objetivos nacionais (Brasil). A pergunta chave é: estamos indo em direção a Cobertura Universal da Saúde?

     As mesas redondas de alto nível devem debater os temas: necessidades da população e o papel regulador do Estado, empoderamento e iniciativas para a saúde em direção à Cobertura Universal da Saúde, dentre outras.

     Dentre os principais objetivos do Fórum está a identificação das prioridades de desenvolvimento para a agenda pós-2015, considerando o processo da Rio+20 e a agenda dos ODM remanescentes..

Fonte: WHO

Publicidade

2015- uma oportunidade histórica

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

16 de outubro de 2013

    O ano de 2015, conforme relato do Secretário Geral da ONU, Ban Ki-Moon, será uma oportunidade histórica, pois simultaneamente será a data final para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM); a adoção da nova agenda de desenvolvimento pós-2015, e ainda um novo acordo sobre as mudanças climáticas.

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Arquivo pessoal

   Ainda conforme o Secretário Geral das Nações Unidas, os ODM possibilitaram, por meio de esforços mundiais e conjuntos, salvar milhões de vidas. Eles são a prova de como o desenvolvimento compartilhado entre os diversos atores podem ajudar a construir um mundo melhor.
     Já existe um amplo consenso de que os direitos das mulheres, a governança e ações sobre a ameaça global das mudanças climáticas devem figurar com destaque na agenda ambiental de desenvolvimento pós-2015.
Fonte:UNEP
Publicidade

Grandes avanços sobre Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

01 de julho de 2013

     Hoje, a ONU (Organização das Nações Unidas) publicou um Relatório sobre os Avanços na consecução dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), cuja meta final é 2015.

     Algumas metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) já foram atingidas e mais metas estão próximas de serem atendidas até 2015, ao mesmo tempo em que os desafios para alcançar os outros ODM devem ser abordados com urgência,comentou o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki–Moon, em Gêneva, durante a solenidade de lançamento do Relatório.

Foto: Arquivo pessoal

Foto: Arquivo pessoal

      O Relatório Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio-2013 (The Millennium Development Goals Report 2013) mostra que as ações conjuntas dos governos nacionais, da comunidade internacional, da sociedade civil e do setor privado estão fazendo a consecução dos ODM tornar realidade.

      Segundo o Secretário Geral, Ban Ki-Moon, “os ODM têm sido o mais bem sucedido impulso global no combate à pobreza na história. Os ODM têm provado que os objetivos de desenvolvimento global podem fazer uma diferença profunda.” As oito metas foram acordadas por todos os países como uma consequência da Cúpula do Milênio das Nações Unidas, em 2000.

      Conforme o Relatório, milhões de pessoas melhoraram notadamente no que diz respeito às metas de redução da pobreza e do aumento do acesso à água potável. O relatório diz ainda que progressos notáveis em outras áreas significam dizer que as outras metas do ODM devem ser alcançadas em 2015.

Fonte: UNEP

Publicidade

Construindo a agenda de desenvolvimento global – Meu Mundo

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Educação Ambiental, Meio Ambiente

22 de Maio de 2013

     A agenda de desenvolvimento pós-2015 deve ser um projeto mais global do que os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), que tem até 2015 como data limite para seus alcances. A agenda pós-2015 está envolvendo mais países, tanto na concepção quanto na implementação de novas metas.

     Para ser politicamente viável, ela terá de ser informada pelas prioridades de todos os cidadãos do mundo. As prioridades mundiais da campanha Meu Mundo (My World), em diferentes regiões, ilustram algumas das prioridades comuns, e alguns focos potenciais para acordo global sobre os objetivos pós-2015.

    Até o presente momento, têm-se as seguintes prioridades, concernente aos diversos continentes (estão listadas as três primeiras prioridades e a quantidade total de votantes):

Fonte: ONU

Fonte: ONU

 África (273.541 votos)

(1) melhores cuidados com a saúde;

(2) uma boa educação;

(3) um governo honesto e responsável.

 Ásia (137.573 votos)

(1) melhores cuidados com a saúde;

(2) uma boa educação;

(3) Melhores oportunidades de emprego.

 América Latina (31.445 votos)

(1) uma boa educação;

(2) um governo honesto e responsável;

(3) proteção das florestas, rios e oceanos.

 Europa (54.658 votos)

(1) uma boa educação;

(2) um governo honesto e responsável.

(3) melhores cuidados com a saúde;

 América do Norte (17.045 votos)

(1) uma boa educação;

(2) um governo honesto e responsável;

(3) acesso à água potável e saneamento.

 Oceania (10.476 votos)

(1) proteção das florestas, rios e oceanos;

(2) acesso à água potável e saneamento;

(3) Segurança alimentar.

    Prezados leitores do Blog Verde, caso queiram saber mais sobre os resultados preliminares, de maio/2013, sobre Meu Mundo (My World), cliquem aqui.

Fonte: ONU, 2013.

Publicidade

Meu Mundo – resultados preliminares

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Educação Ambiental, Meio Ambiente

20 de Maio de 2013

     Caros leitores do Blog Verde, vocês sabiam que mais de 524.000 cidadãos no mundo inteiro já participaram da campanha das Nações Unidas intitulada My World (Meu Mundo)? Fizemos a chamada de participação pública aqui no Blog Verde (post do dia 11/05), lembram?

    São pessoas, assim como você e eu, oriundas de 194 países, que já votaram nas questões que fazem a diferença em suas vidas. Esta é a primeira vez que, em tempo real e no mundo real, pessoas pensam sobre os maiores desafios que elas e suas famílias devem perseguir nos próximos anos.

Fonte: ONU

Fonte: ONU

    Dos temas prioritários que estão em votação, os três mais votados até o momento são:

(1) uma boa educação;

(2) melhores cuidados com a saúde;

(3) um governo honesto e responsável.

     Em nível global, as sete principais prioridades são as mesmas para homens e mulheres, embora ligeiramente em diferentes ordens. As principais diferenças entre os gêneros são: “melhor transporte e estradas” e “liberdades políticas” aparecem entre os dez primeiros temas para os homens, mas não as mulheres; enquanto que “igualdade entre homens e mulheres” e “liberdade de discriminação e perseguição” aparecem nos dez primeiros temas para as mulheres, mas não para os homens.

    Quem não participou, ainda, e quiser participar, basta clicar aqui.

Fonte: ONU, 2013.

Publicidade

Meu Mundo – resultados preliminares

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Educação Ambiental, Meio Ambiente

20 de Maio de 2013

     Caros leitores do Blog Verde, vocês sabiam que mais de 524.000 cidadãos no mundo inteiro já participaram da campanha das Nações Unidas intitulada My World (Meu Mundo)? Fizemos a chamada de participação pública aqui no Blog Verde (post do dia 11/05), lembram?

    São pessoas, assim como você e eu, oriundas de 194 países, que já votaram nas questões que fazem a diferença em suas vidas. Esta é a primeira vez que, em tempo real e no mundo real, pessoas pensam sobre os maiores desafios que elas e suas famílias devem perseguir nos próximos anos.

Fonte: ONU

Fonte: ONU

    Dos temas prioritários que estão em votação, os três mais votados até o momento são:

(1) uma boa educação;

(2) melhores cuidados com a saúde;

(3) um governo honesto e responsável.

     Em nível global, as sete principais prioridades são as mesmas para homens e mulheres, embora ligeiramente em diferentes ordens. As principais diferenças entre os gêneros são: “melhor transporte e estradas” e “liberdades políticas” aparecem entre os dez primeiros temas para os homens, mas não as mulheres; enquanto que “igualdade entre homens e mulheres” e “liberdade de discriminação e perseguição” aparecem nos dez primeiros temas para as mulheres, mas não para os homens.

    Quem não participou, ainda, e quiser participar, basta clicar aqui.

Fonte: ONU, 2013.