gênero Archives - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

gênero

Cursos gratuitos no Ministério do Meio Ambiente

    Seguem até 12 de junho as inscrições de vários cursos de curta duração, na modalidade Educação a Distância. Abaixo, os cursos que estão com inscrições abertas e que terão início em 13 de junho.

Estrutura da Gestão Ambiental

 Objetivo:Estruturação da gestão ambiental municipal, por meio de processos formativos.

Carga horária: 60 horas

Período de realização: 13/06/2016 a 27/07/2016

Número de vagas: 2.000

 

Estilos de Vida Sustentável

Objetivo: Incentivar a reflexão, discussão e ação interativas com informações e conceitos sobre mudança em favor de estilos de vida sustentáveis.

Carga horária: 30 horas

Período de realização: 13/06/2016 a 22/07/2016

Número de vagas: 1.000

 

Crianças e o Consumo Sustentável

Objetivo: Trabalhar o conhecimento dos pais e educadores para que construam valores mais sustentáveis com as suas crianças, desestimulando o consumir por consumir e incentivando a prática de brincadeiras, hábitos e atitudes muito mais saudáveis e sustentáveis.

Carga horária: 30 horas

Período de realização: 13/06/2016 a 22/07/2016

Número de vagas: 1.000

 

Produção e Consumo Sustentável

Objetivo: Sensibilização e divulgação de informações pertinentes á área ambiental, oportunizando conhecimentos específicos em produção e consumo sustentáveis, desenvolvendo ações e acompanhamento do sistema de gestão ambiental e economia verde.

Carga horária: 40 horas

Período de realização: 13/06/2016 a 05/08/2016

Número de vagas: 2.000

 

Sustentabilidade a Administração Pública

Objetivo: Oferecer subsídios e apoio técnico para a implementação da Agenda Ambiental na Administração Pública – A3P nos órgãos e entidades da administração pública de todas as esferas e poderes.

Carga horária: 12 horas

Período de realização: 13/06/2016 a 24/06/2016

Número de vagas: 2.000

 

Igualdade de Gênero e Desenvolvimento Sustentável

Objetivo: Sensibilizar e capacitar os gestores públicos de todas as áreas sobre a problemática da desigualdade de gênero e a importância da transversalização dos temas “gênero” e “desenvolvimento sustentável”.

Carga horária: 20 horas

Período de realização: 13/06/2016 a 07/07/2016

Número de vagas: 1.000

Aos interessados em se inscrever, cliquem aqui.

Fonte: MMA,2016.

Publicidade

Igualdade de gênero e desenvolvimento sustentável – curso gratuito

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

04 de agosto de 2014

      Com o objetivo de sensibilizar e capacitar gestores sobre a questão da desigualdade de gênero e a importância da inserção da perspectiva de gênero nas políticas públicas, o curso intitulado “Igualdade de gênero e desenvolvimento sustentável”, a ser ministrado pelo MMA, é destinado, principalmente, a gestores públicos das esferas federal, estadual e municipal, servidores públicos responsáveis pela elaboração de políticas públicas e lideranças da sociedade civil.

      Aos interessados, o curso acontece nos meses de setembro e outubro de 2014 e as inscrições seguem até o dia 29 de agosto para preenchimento de mil vagas. Para fazer inscrição, clique aqui.

Fonte: MMA.

Publicidade

Participação das mulheres na campanha Meu Mundo

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Educação Ambiental, Meio Ambiente

21 de Maio de 2013

     O número de mulheres que participaram na campanha Meu Mundo (My World), até o presente momento, é um pouco menor do que o número de homens (48% mulheres).

Fonte: ONU

Fonte: ONU

     No entanto, existem diferenças nas taxas de participação entre os diversos métodos de fazer o levantamento. Por exemplo, a pesquisa on line (representando atualmente 36% do total de votos) foi feita por mais mulheres do que homens (52% mulheres).

    Já a pesquisa off line tem 49% de participação de mulheres. Quando se fala em respostas por meio de dispositivos móveis (por exemplo, SMS), estas são predominantemente de homens – 80% do total e mais de 90% em alguns países (Índia, Etiópia e Bangladesh). Deve-se ter cautela com este último resultado, em termos de participação na campanha My World, pois os resultados preliminares sugerem que são oriundos de homens jovens (quase três quartos das respostas em SMS vêm de pessoas com menos de 30, com acesso a este tipo de tecnologia).

     Curiosamente, na Índia, o único país com altos índices de votos, tanto por meio de dispositivos móveis quanto on line, com relação aos votos online, estes são mais equilibrados para ambos os gêneros (60% dos votos são de homens, em comparação com 91% dos votos masculinos por celulares).

    O Meu Mundo (My World) vai preparar um relatório separado sobre as respostas das mulheres nesta pesquisa, que será publicada no final do ano.

Fonte: ONU, 2013

Publicidade

Participação das mulheres na campanha Meu Mundo

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Educação Ambiental, Meio Ambiente

21 de Maio de 2013

     O número de mulheres que participaram na campanha Meu Mundo (My World), até o presente momento, é um pouco menor do que o número de homens (48% mulheres).

Fonte: ONU

Fonte: ONU

     No entanto, existem diferenças nas taxas de participação entre os diversos métodos de fazer o levantamento. Por exemplo, a pesquisa on line (representando atualmente 36% do total de votos) foi feita por mais mulheres do que homens (52% mulheres).

    Já a pesquisa off line tem 49% de participação de mulheres. Quando se fala em respostas por meio de dispositivos móveis (por exemplo, SMS), estas são predominantemente de homens – 80% do total e mais de 90% em alguns países (Índia, Etiópia e Bangladesh). Deve-se ter cautela com este último resultado, em termos de participação na campanha My World, pois os resultados preliminares sugerem que são oriundos de homens jovens (quase três quartos das respostas em SMS vêm de pessoas com menos de 30, com acesso a este tipo de tecnologia).

     Curiosamente, na Índia, o único país com altos índices de votos, tanto por meio de dispositivos móveis quanto on line, com relação aos votos online, estes são mais equilibrados para ambos os gêneros (60% dos votos são de homens, em comparação com 91% dos votos masculinos por celulares).

    O Meu Mundo (My World) vai preparar um relatório separado sobre as respostas das mulheres nesta pesquisa, que será publicada no final do ano.

Fonte: ONU, 2013