Funceme Archives - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

Funceme

Concurso da FUNCEME

Por Nájila Cabral em Água, Meio Ambiente

24 de Abril de 2018

      O edital do concurso da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) foi divulgado no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 20/04/2018. Serão 40 vagas ofertadas, sendo 35 para o cargo de Pesquisador e cinco para Analista de Suporte à Pesquisa. Todas as oportunidades exigem Ensino Superior.

     As vagas para Pesquisador serão divididas em cinco especialidades: Recursos Ambientais, Recursos Hídricos, Meteorologia, Monitoramento e Informática. Conforme consta no edital, cada uma destas áreas terão ainda atuações específicas. Já para o cargo de Analista, as oportunidades são para Ciências Contábeis e Administração.

     As inscrições serão realizadas, exclusivamente, pela internet, por meio do site da Comissão de Vestibular da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e terão início no 1º dia útil após decorrido o prazo de 15 dias corridos, contados a partir do 1º dia útil da data de circulação do Diário Oficial desta sexta-feira. O cronograma com todos os detalhes também ficará disponível no site da CEV/UECE.

O valor da taxa de inscrição do concurso da Funceme será de R$ 130,00 para ambos os cargos.

O processo será composto de duas fases: a primeira será prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório para os dois cargos, e prova discursiva/dissertativa, também de caráter eliminatório e classificatório, para o cargo de Pesquisador. A segunda constará de avaliação de títulos, de caráter apenas classificatório para ambos os cargos. A aplicação das provas será em Fortaleza/CE.

     Aos interessados, mais informações no Diário Oficial do Estado, cliquem aqui.

Fonte: FUNCEME, 2018.

Publicidade

Combate à Desertificação – Workshop de Capacitação Regional

Por Nájila Cabral em Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente, Semiárido

11 de Abril de 2018

     O Workshop de Capacitação Regional para o Anexo III (Regional Capacity Building for Annex III), da Convenção das Nações Unidas sobre Combate à Desertificação (sigla em inglês, UNCCD) está acontecendo, em Fortaleza, desde 9 de abril e segue até amanhã (12/04/2018). O Workhop tem promoção da UNCCD, da UN Environment, do Governo do Estado do Ceará e do Ministério do Meio Ambiente.

     Durante esse período, representantes de 33 países da América Latina e do Caribe (que compõem o Anexo III), bem como as instituições internacionais e regionais que atuam com a temática desertificação estão presentes em mencionado workshop, a exemplo da Fundação Cearense de Meteorologia e de Recursos Hídricos (FUNCEME).

 

      O Workshop de Capacitação Regional atende a decisão tomada na 13ª Conferência das Partes (COP 13), no âmbito da UNCCD, que implementou o Quadro Estratégico UNCCD 2018-2030 (Strategic Framework UNCCD 2018-2030), o qual fornece orientação às Partes da UNCCD sobre como implementar a Convenção e também serve como uma ferramenta de monitoramento para o Comitê para a Revisão da Implementação da Convenção (CRIC) para avaliar os esforços de implementação realizados pelas Partes.

     Conforme Tarsila Rego, da Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), os objetivos do Workshop são:

– Permitir que os países elaborem seus informes nacionais completos e em tempo hábil;

– Identificar áreas prioritárias de ação para estabelecer e fortalecer as ações de combate à desertificação e os sistemas de monitoramento relacionados, bem como aumentar o financiamento para a implementação da UNCCD; e

– Informar às Partes sobre a contribuição da UNCCD para o Relatório de Progresso dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), com ênfase na meta 15.3, referente à neutralidade de Degradação da Terra.

     Considerando o Quadro Estratégico, as Partes devem apresentar relatórios sobre os progressos concernentes aos cinco objetivos estratégicos relacionados à condição dos ecossistemas e populações, à seca, aos benefícios ambientais globais e à mobilização de recursos financeiros e não financeiros para apoiar a implementação da Convenção. As Partes também compartilharão narrativas de experiências sobre os esforços reais de implementação relacionados a recursos financeiros e não financeiros, políticas e planejamento e ações.

      O progresso em direção aos objetivos estratégicos será medido por meio de indicadores. Com vistas a diminuir a carga de relatórios, as Partes receberão modelos pré-preenchidos com dados padrão sobre os três indicadores biofísicos (tendências na cobertura da terra, tendências na produtividade da terra e tendências nos estoques de carbono) e métricas associadas. As informações sobre esses indicadores também serão usadas para informar os progressos dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e, em particular, a meta 15.3 dos ODS.

     Com relação às oficinas, ou workshops, de capacitação, estas fazem parte do Programa Global de Apoio (GSP), e que são convocadas para as Partes elegíveis que pertencem aos anexos de implementação regional. Os workshops estão programados para março a maio, conforme figura da linha do tempo.

 

Fonte: UNCCD, 2018; Assessoria de Comunicação SEMA, 2018; FUNCEME, 2018.

Publicidade

Modelagem da qualidade da água em reservatórios do Ceará – contratação de consultoria

Por Nájila Cabral em Água, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente, Semiárido

30 de julho de 2014

     Conforme Assessoria de Comunicação da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) encontra-se, até 04 de agosto de 2014, aberta a manifestação de interesse com vistas à composição de uma lista curta de empresas de consultoria (Pessoa Jurídica), às quais será encaminhada a Solicitação de Propostas, cujo processo de seleção ocorrerá na modalidade qualidade e preço, segundo as normas do Banco Mundial.

     Este processo seletivo pretende viabilizar estudo para elaboração de metodologia de modelagem de qualidade da água em açudes do Ceará, no âmbito do Projeto de Apoio ao Crescimento Econômico com Redução das Desigualdades e Sustentabilidade Ambiental do Estado do Ceará – Programa para Resultados (PforR).

     A informação foi divulgada no Diário Oficial do Estado do Ceará, em jornais de circulação local e nacional e publicado no Development Business. Aos interessados em saber mais e participar da manifestação de interesse para pessoa jurídica, cliquem aqui. 

Fonte: ASCOM/Funceme

Publicidade

Previsão de chuvas no Ceará

     A FUNCEME (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos) divulgou, em 21 de janeiro de 2014, a previsão das chuvas no Ceará para fevereiro a abril de 2014.

     A Assessoria de Comunicação do órgão, por meio do Guto Castro, enviou nota com prognóstico oficial em virtude de um “um suposto ‘novo prognóstico da Funceme’ para as chuvas no Ceará entre fevereiro e abril com informações distorcidas”.

Fonte: Funceme

Fonte: Funceme

    Segue, então, abaixo notícia do Guto Castro com informações oficiais:

 “Após análise dos campos atmosféricos e oceânicos de grande escala (vento em superfície e em altitude, pressão ao nível do mar, temperatura da superfície do mar, entre outros) e dos resultados de modelos numéricos globais e regionais e de modelos estatísticos de diversas instituições de meteorologia do Brasil (FUNCEME, INMET, CPTEC/INPE) e do exterior (IRI e UK MetOffice), emitiu-se o seguinte prognóstico climático para a estação chuvosa do Estado do Ceará: a previsão, para o período de fevereiro, março e abril de 2014, é de 40% de probabilidade para a categoria abaixo da normal, 35% para a categoria normal e 25% para a categoria acima da normal”.

Fonte: FUNCEME

Publicidade

Previsão de chuvas no Ceará

     A FUNCEME (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos) divulgou, em 21 de janeiro de 2014, a previsão das chuvas no Ceará para fevereiro a abril de 2014.

     A Assessoria de Comunicação do órgão, por meio do Guto Castro, enviou nota com prognóstico oficial em virtude de um “um suposto ‘novo prognóstico da Funceme’ para as chuvas no Ceará entre fevereiro e abril com informações distorcidas”.

Fonte: Funceme

Fonte: Funceme

    Segue, então, abaixo notícia do Guto Castro com informações oficiais:

 “Após análise dos campos atmosféricos e oceânicos de grande escala (vento em superfície e em altitude, pressão ao nível do mar, temperatura da superfície do mar, entre outros) e dos resultados de modelos numéricos globais e regionais e de modelos estatísticos de diversas instituições de meteorologia do Brasil (FUNCEME, INMET, CPTEC/INPE) e do exterior (IRI e UK MetOffice), emitiu-se o seguinte prognóstico climático para a estação chuvosa do Estado do Ceará: a previsão, para o período de fevereiro, março e abril de 2014, é de 40% de probabilidade para a categoria abaixo da normal, 35% para a categoria normal e 25% para a categoria acima da normal”.

Fonte: FUNCEME