Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – visão geral - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – visão geral

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

21 de Janeiro de 2014

      Na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável – UNCSD 2012, a chamada Rio+20, os países acordaram em desenvolver um conjunto de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável- ODS (Sustainable Development Goals), a serem convergidos numa agenda de desenvolvimento pós-2015, que é a data limite em que deverão ser observados os resultados das metas estipuladas pelos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

      No documento fianl da Rio+20, intitulado O Futuro que Queremos, os países membros concordaram que os ODS deveriam:

– ser baseados na Agenda 21 a no Plano de Implementação de Johannesburg;

– respeitar integralmente os Princípios da Carta do Rio;

– estar em consonância com a legislação internacional;

– ser construídos considerando os compromissos já assumidos;

– contribuir para a implementação de resultados de todas as Cúpulas, nos âmbitos econômico, social e ambiental;

– estar concentrados em áreas prioritárias com vistas ao desenvolvimento sustentável;

– incorporar, de maneira equilibrada, as três dimensões do desenvolvimento sustentável e suas interfaces;

– não desviar o foco e os esforços no alcance dos ODM;

– incluir a participação ativa dos atores sociais no processo.

     Nas reuniões do Comitê da Assembleia geral das Nações Unidas em que se discute o conjunto dos ODS, três questões fundamentais são consideradas, a saber:

1) De que maneira os ODS poderiam complementar os ODM e serem integrados na agenda pós-2015;

2) Como os ODS poderiam equilibrar os pilares do desenvolvimento sustentável (social, econômico e ambiental) e

3) de que maneira desenvolver universalmente aplicáveis os ODS, considerando as diferentes realidades, as capacidades e níveis de desenvolvimento dos países no mundo.

Fonte: Sustainable Development Knowledge Plataform, 2014.

Publicidade aqui

leia tudo sobre

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – visão geral

Por Nájila Cabral em Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

21 de Janeiro de 2014

      Na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável – UNCSD 2012, a chamada Rio+20, os países acordaram em desenvolver um conjunto de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável- ODS (Sustainable Development Goals), a serem convergidos numa agenda de desenvolvimento pós-2015, que é a data limite em que deverão ser observados os resultados das metas estipuladas pelos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

      No documento fianl da Rio+20, intitulado O Futuro que Queremos, os países membros concordaram que os ODS deveriam:

– ser baseados na Agenda 21 a no Plano de Implementação de Johannesburg;

– respeitar integralmente os Princípios da Carta do Rio;

– estar em consonância com a legislação internacional;

– ser construídos considerando os compromissos já assumidos;

– contribuir para a implementação de resultados de todas as Cúpulas, nos âmbitos econômico, social e ambiental;

– estar concentrados em áreas prioritárias com vistas ao desenvolvimento sustentável;

– incorporar, de maneira equilibrada, as três dimensões do desenvolvimento sustentável e suas interfaces;

– não desviar o foco e os esforços no alcance dos ODM;

– incluir a participação ativa dos atores sociais no processo.

     Nas reuniões do Comitê da Assembleia geral das Nações Unidas em que se discute o conjunto dos ODS, três questões fundamentais são consideradas, a saber:

1) De que maneira os ODS poderiam complementar os ODM e serem integrados na agenda pós-2015;

2) Como os ODS poderiam equilibrar os pilares do desenvolvimento sustentável (social, econômico e ambiental) e

3) de que maneira desenvolver universalmente aplicáveis os ODS, considerando as diferentes realidades, as capacidades e níveis de desenvolvimento dos países no mundo.

Fonte: Sustainable Development Knowledge Plataform, 2014.