Exploração ilegal de recursos florestais – crime ambiental - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

Exploração ilegal de recursos florestais – crime ambiental

     O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA ou UNEP, sigla em inglês) lançou hoje a publicação “The environmental crime crises – threats to sustainable development from ilegal exploitation and trade in wildlife and forest resources”.

    O Brasil, segundo mencionada publicação, é um dos países no mundo que tem feito esforço importante na redução do desmatamento, abordando a cadeia criminosa completa e suas redes.

     O exemplo é da diminuição dos níveis de desmatamento na Bacia Amazônica, que alcançou seu menor nível, em 2012, desde o início do monitoramento que se iniciou em 1988.

     Os dados apontam que a diminuição do desmatamento foi de 64 a 78% menor, dependendo da área. Esses resultados são fruto do esforço coordenado das operações e investigações policiais somados às interpretações de imagens de satélite (monitoramento).

    Interessante perceber que os autores da publicação recomendam que “muitas partes do mundo poderiam aprender com as medidas e ações desenvolvidas no Brasil” (Nellemann et al, 2014).

    Não se podem negar os esforços das agências governamentais para inibir, coibir e punir infrações e crimes ambientais cometidos por intermédio da exploração ilegal dos recursos florestais.

    Vale lembrar que a partir do dia 04 de agosto de 2014 (já publicamos aqui no Blog Verde), o acesso de usuários, pessoas físicas e jurídicas, ao Sistema Documento de Origem Florestal (DOF) será exclusivamente por meio de certificação digital; somando-se assim aos esforços e ações, no intuito de garantir que as transações eletrônicas dos produtos e subprodutos florestais sejam efetuadas com segurança.

Fonte: Nellemann, C.; Henriksen, R.; Raxter, P.; Ash, N.; Mrema, E. (Eds). The environmental crime crises – threats to sustainable development from ilegal exploitation and trade in wildlife and Forest resources. Nairobi: UNEP, 2014.

Publicidade aqui

Exploração ilegal de recursos florestais – crime ambiental

     O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA ou UNEP, sigla em inglês) lançou hoje a publicação “The environmental crime crises – threats to sustainable development from ilegal exploitation and trade in wildlife and forest resources”.

    O Brasil, segundo mencionada publicação, é um dos países no mundo que tem feito esforço importante na redução do desmatamento, abordando a cadeia criminosa completa e suas redes.

     O exemplo é da diminuição dos níveis de desmatamento na Bacia Amazônica, que alcançou seu menor nível, em 2012, desde o início do monitoramento que se iniciou em 1988.

     Os dados apontam que a diminuição do desmatamento foi de 64 a 78% menor, dependendo da área. Esses resultados são fruto do esforço coordenado das operações e investigações policiais somados às interpretações de imagens de satélite (monitoramento).

    Interessante perceber que os autores da publicação recomendam que “muitas partes do mundo poderiam aprender com as medidas e ações desenvolvidas no Brasil” (Nellemann et al, 2014).

    Não se podem negar os esforços das agências governamentais para inibir, coibir e punir infrações e crimes ambientais cometidos por intermédio da exploração ilegal dos recursos florestais.

    Vale lembrar que a partir do dia 04 de agosto de 2014 (já publicamos aqui no Blog Verde), o acesso de usuários, pessoas físicas e jurídicas, ao Sistema Documento de Origem Florestal (DOF) será exclusivamente por meio de certificação digital; somando-se assim aos esforços e ações, no intuito de garantir que as transações eletrônicas dos produtos e subprodutos florestais sejam efetuadas com segurança.

Fonte: Nellemann, C.; Henriksen, R.; Raxter, P.; Ash, N.; Mrema, E. (Eds). The environmental crime crises – threats to sustainable development from ilegal exploitation and trade in wildlife and Forest resources. Nairobi: UNEP, 2014.