Água Archives - Página 4 de 5 - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

Água

Água para um mundo sustentável

    Lançado no último dia 20 de março, considerando a comemoração do Dia Internacional da Água, o Relatório das Nações Unidas, intitulado “Água para um Mundo Sustentável” demonstra como os recursos hídricos e serviços são essenciais para o alcance de uma sustentabilidade global.

     Considerando o crescimento econômico, a equidade social e a prudência ecológica, mencionado relatório descreve quais são os maiores desafios e fatores de mudança do mundo moderno e como estes afetam, e podem ser afetados, pelos recursos hídricos, pelos serviços e pelos benefícios relacionados a estes.

    O relatório traz também uma visão geral sobre as maiores e emergentes tendências ao redor do mundo, a exemplo de como alguns desafios podem ser direcionados, suas implicações para tomadores de decisão e ações que os diversos atores sociais podem realizar.

   Para ter acesso ao Relatório na íntegra, cliquem aqui.

 

 

Publicidade

Dia Internacional da Água – 22 de março

Por Nájila Cabral em Água, Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

20 de Março de 2015

    Aproxima-se o Dia Internacional da Água. Comemora-se no dia 22 de março. Este é o dia para se fazer a diferença, notadamente a população que, de alguma maneira, sofre com problemas de abastecimento de água potável.

Word_Water_Day

    Um dia para repensarmos a maneira que estamos fazendo a gestão da água, para agora e para o futuro. Neste ano de 2015 o tema do Dia Internacional da Água é “Água e Desenvolvimento Sustentável”, que diz respeito a como a água está relacionada a todas as áreas que nós devemos considerar para criar o futuro que queremos.

 

 

 

Publicidade

Previsão de chuvas para o Ceará – 2015

A Funceme divulgou ontem a previsão de chuvas para o ano de 2015 para  o estado do Ceará. Os modelos apontam 64% de chances do acumulado de precipitações ficar abaixo da média histórica, nos meses de fevereiro, março e abril.

Conforme a assessoria de comunicação da Funceme, o Governo do Estado já planeja medidas para uma melhor convivência com a seca em 2015. O motivo da preocupação diz respeito ao resultado das análises feitas pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Como o prognóstico climático aponta para o próximo trimestre e a quadra chuvosa oficial no Ceará engloba os meses de fevereiro, março, abril e maio, a Funceme fará, no fim de fevereiro, nova avaliação dos modelos para apontar as probabilidades de como serão as precipitações acumuladas de março a maio.

Imporetante ressaltar que a Funceme já havia, em novembro de 2013, antecipado aos setores do Governo a preocupação com a persistência da estiagem em 2015, que chega ao quarto ano consecutivo. Agora, a instituição cearense mostra forte sinal de que as precipitações acumuladas no período dos próximos três meses não atinjam a média histórica, que é de 517,6mm.

  O prof. Eduardo Sávio salienta “Estamos com uma previsão objetiva, com base nos modelos do Superconjunto Nacional e composto pela modelagem global da Funceme juntamente com o Centro de Previsão do Tempo de Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Chegamos nesse patamar de 64% de chance de ser um ano seco e acreditamos que essa informação será bem utilizada pelos gestores estaduais. Já passamos da época em que esperávamos o fim da quadra chuvosa para começar a agir”. Para o prof. Eduardo Sávio, as ações estaduais para amenizar os efeitos da estiagem estão na direção correta, mas podem ser ainda mais eficientes se articuladas com os governos dos estados nordestinos e com a União. “Para isso estamos perto de tornar operacional o Monitor de Secas do Nordeste, que é um mapa colaborativo com informações sobre a severidade da seca fornecidas mensalmente pelos estados e coordenada pelo Governo Federal. É um importante passo para a criação de políticas públicas de convivência com a seca”.

  Abaixo figura com média de precipitação e previsão climática para o Ceará até abril/2015.

Conforeme a Assessoria de Comunicação da Funceme, o Governo Estadual, sensibilizado pela gravidade do panorama da seca no Ceará, que chega em 2015 ao quarto ano consecutivo, enxerga a importância do prognóstico e trata a questão dos recursos hídricos como prioridade. Atualmente, 176 dos 184 municípios cearenses têm decretos de estado de emergência por consequência da estiagem. E a situação dos açudes também preocupa, pois nos 149 reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), há disponíveis somente 20,2% da capacidade de armazenamento de água. Há um total de 130 açudes, em várias regiões do Estado, cujos níveis estão abaixo dos 10%.

Fonte: Funceme/ Assessoria de Comunicação

 

Publicidade

Prorrogação do prazo de inscrições para o curso gratuito de especialização – IFCE/ANA

    O prazo de inscrições para o curso de especialização em Elaboração e Gerenciamento de projetos para a gestão municipal de Recursos Hídricos foi prorrogado até dia 17 de novembro de 2014, conforme Aditivo nº 1 ao edital nº 001/2014/PRPI/DEAD. O curso será ministrado pelo IFCE (Instituto Federal do Ceará) e tem parceria com a ANA (Agência Nacional de Águas).

    As inscrições são feitas on line. Podem se inscrever servidores públicos (federais, estaduais ou municipais) que tenham graduação e que estejam liberados, por suas instituições de origem, para realizar o curso a distância. Durante os 18 meses de curso, terão três encontros presenciais, conforme indica o mencionado edital.

    Aos interessados, cliquem aqui. 

Publicidade

Dez mil famílias beneficiadas no Ceará pelo Programa Água Doce

     O Ministério do Meio Ambiente enviará, amanhã dia 11/11/2014, equipe do Programa Água Doce com o intuito de acompanhar a oficina de capacitação das três empresas licitadas na metodologia do Programa para atuar em obras no estado do Ceará.

     Conforme noticia, Rafaela Ribeiro, da Ascom/MMA, serão beneficiadas mais de dez mil famílias, com água potável de maneira continuada, com a previsão de implantação de 222 sistemas de dessalinização em 48 municípios do estado do Ceará.

     Os participantes da oficina (que segue até sexta-feira, dia 14/11) devem ter a oportunidade de observar a demonstração da metodologia do Programa Água Doce. Mencionado Programa prioriza regiões em situações mais críticas, com menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), altos percentuais de mortalidade infantil, baixos índices pluviométricos e com dificuldades de acesso aos recursos hídricos.

Fonte: MMA

Publicidade

Construção Civil Sustentável

Por Nájila Cabral em Água, Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

07 de novembro de 2014

     Foi lançada esta semana a publicação “Aspectos da Construção Sustentável no Brasil e promoção das Políticas Públicas – subsídios para a promoção da construção civil sustentável”, de autoria do Ministério do Meio Ambiente (MMA), do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS) e do PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente).

    Segundo Carlos Eduardo Almeida, Presidente do Conselho Deliberativo do CBCS, o “documento é produto de anos de reflexões dos Comitês de Águas, Materiais e Energia do CBCS e apresenta uma visão integradora e multidisciplinar. O documento também propõe diretrizes focadas nos temas água, materiais e energia que, futuramente, poderão ser ampliadas para outras áreas”.

    Para Izabella Teixeira, Ministra do Meio Ambiente, a publicação “tem a ambição de mobilizar as partes interessadas num debate para a constituição de uma futura estratégia nacional de promoção da construção sustentável que precisa expressar-se de forma mais ampla e sistêmica nas diversas políticas setoriais que tem no ambiente construído e urbano seu objeto de atenção”.

     Aos interessados em acessar na íntegra, cliquem aqui. 

Fonte: MMA

Publicidade

Curso gratuito de especialização em Elaboração e Gerenciamento de projetos para a gestão municipal de recursos hídricos

Por Nájila Cabral em Água, Desenvolvimento Sustentável, Governos Locais, Meio Ambiente

22 de outubro de 2014

Olha que boa notícia para gestores municipais! A Agência Nacional das Águas (ANA) em conjunto com o IFCE (Instituto Federal do Ceará) está com vagas abertas para o curso de especialização em Elaboração e Gerenciamento de projetos para a gestão municipal de recursos hídricos. O curso é gratuito.

São 200 vagas para todo o Brasil, ofertadas no edital Edital PRPI/DEAD Nº 001/2014, sendo 40 vagas para cada uma das regiões Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste. O curso é semipresencial.

As inscrições estão abertas desde 20 de outubro e seguem até 10 de novembro de 2014, com início das aulas em dezembro de 2014. A duração do curso é de 18 meses,  com previsão de 03 encontros presenciais (nos primeiros 12 meses) nas cidades polos, a saber: Manaus, Fortaleza, Brasília, São Paulo e Florianópolis. 

O curso de especialização deve atender seguinte público-alvo: técnicos oriundos de:

– serviço público (municipal, estadual ou federal) dos setores relacionados com recursos hídricos (agricultura, obras, saneamento, meio ambiente e planejamento);

– agências de desenvolvimento;

– secretarias de estado e de desenvolvimento regional e de política urbana;

– associações regionais e federações de municípios;

– agências reguladoras de saneamento.

O candidato obrigatoriamente deve:

possuir graduação (qualquer área);

ser servidor com vínculo efetivo com a administração pública municipal, estadual ou federal; e

estarem liberados e autorizados pelo órgão de origem para as atividades acadêmicas (presenciais e a distância) exigidas pelo curso.

Para saber mais, acessem edital completo aqui.

Fonte: IFCE

Publicidade

Sustentabilidade em recursos hídricos

   No período de 31 de outubro e 1º de novembro, a ONG Grupo de Interesse Ambiental (GIA) promove o Fórum Sustentabilidade em Recursos Hídricos no semiárido, no auditório do DNOCS, em Fortaleza/CE.

Fonte: GIA, 2014.

Fonte: GIA, 2014.

   Na programação pessoas renomadas na área ambiental e de recursos hídricos como o Prof. Renato Aragão, da FIEC, que deve moderar a Mesa Redonda intitulada Reuso de Água Aliado a Educação Ambiental, no dia 31/10.

   No dia seguinte, conforme a programação, estarão presentes na Mesa Redonda Recursos Hídricos e Educação Ambiental, a advogada Michele Mourão e a geóloga Tereza Farias, do CONPAM, com a moderação do engenheiro Berthyer Lima, da COGERH.

    O objetivo do Fórum é informar e debater junto com os participantes assuntos vinculados a sustentabilidade dos recursos hídricos no semiárido Cearense. O evento se destina a estudantes, profissionais e interessados em assuntos relacionados às questões socioambientais.

    A taxa de inscrição é de R$10,00 + 1 Kg de alimento não perecível. As inscrições são feitas na sede da ONG GIA.

Fonte: GIA

Publicidade

Cursos gratuitos na área de recursos hídricos

Por Nájila Cabral em Água, Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

17 de outubro de 2014

  A Agência Nacional de Águas (ANA) oferece cinco mil vagas de cursos gratuitos na área de recursos hídricos. As inscrições seguem até 19 de outubro.

   Os cursos são oferecidos para toda a sociedade e para as entidades integrantes do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGERH).

    Para os meses de outubro e novembro, são três capacitações, a saber: “Caminho das Águas”, “Monitoramento da Qualidade da Água” e “Comitê de Bacia: o que é e o que faz?” cujas aulas acontecerão no período de 21 de outubro a 16 de novembro de 2014.

   Os interessados em ver todos os cursos da ANA oferecidos em 2014, devem clicar aqui. 

Fonte: ANA

Publicidade

16º Encontro Global das Convenções Regionais dos Oceanos e Planos de Ação

Por Nájila Cabral em Água, Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

06 de outubro de 2014

     No período de 29 de setembro a 1º de outubro deste ano, em Atenas, na Grécia, foi realizado o16º Encontro Global das Convenções Regionais dos Oceanos e Planos de Ação. Os objetivos do encontro foram:

– discutir o papel das convenções no processo de desenvolvimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) nos oceanos considerando a agenda de desenvolvimento pós-2015;

– apresentar os avanços na implementação das Diretivas Estratégicas dos Oceanos 2013-2016;

– discutir o desenvolvimento de um mapa de implementação de prioridades para os próximos 10 anos.

     Estiveram presentes cerca de 50 participantes, que representavam 16 diferentes países. Também presentes organizações internacionais e mídia.

    No primeiro dia do encontro foi publicado o relatório “The importance of mangroves to people: a call for action” (A importância dos manguezais: uma chamada para ação), que contem as apresentações e as discussões do evento.

Fonte: UNEP

Publicidade

16º Encontro Global das Convenções Regionais dos Oceanos e Planos de Ação

Por Nájila Cabral em Água, Conservação da Natureza, Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente

06 de outubro de 2014

     No período de 29 de setembro a 1º de outubro deste ano, em Atenas, na Grécia, foi realizado o16º Encontro Global das Convenções Regionais dos Oceanos e Planos de Ação. Os objetivos do encontro foram:

– discutir o papel das convenções no processo de desenvolvimento dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) nos oceanos considerando a agenda de desenvolvimento pós-2015;

– apresentar os avanços na implementação das Diretivas Estratégicas dos Oceanos 2013-2016;

– discutir o desenvolvimento de um mapa de implementação de prioridades para os próximos 10 anos.

     Estiveram presentes cerca de 50 participantes, que representavam 16 diferentes países. Também presentes organizações internacionais e mídia.

    No primeiro dia do encontro foi publicado o relatório “The importance of mangroves to people: a call for action” (A importância dos manguezais: uma chamada para ação), que contem as apresentações e as discussões do evento.

Fonte: UNEP