Arquivos 15 de outubro de 2018 - Blog Verde 
Publicidade

Blog Verde

por Nájila Cabral

15 de outubro de 2018

Ao mestre, com carinho

Por Nájila Cabral em Meio Ambiente

15 de outubro de 2018

    Ensinar é, talvez, uma das mais nobres atitudes do ser humano. Transmitir o conhecimento, permitir o repasse de informações para que todos possam ter acesso, é algo indispensável para a evolução e para o desenvolvimento.

   O professor é um agente de transformação. Seu trabalho permite, de alguma maneira, transformar vidas e realidades, minimizando, muitas vezes, as desigualdades e os obstáculos que nossa vida nos impõe.

   A todos os profissionais do ensino, a todas as pessoas que fazem desse trabalho sua razão de vida e sua missão, o Blog Verde de hoje é dedicado a você. Tomando emprestadas as palavras do Papa Francisco, de sua Encíclica Laudato Si: “e não se pense que seus esforços são incapazes de mudar o mundo. Suas ações espalham, na sociedade, um bem que frutifica sempre para além do que é possível constatar; provocam, no seio desta terra, um bem que sempre tende a difundir-se, por vezes invisivelmente”.

   Aos mestres, professores e professoras, meu carinho e admiração, sempre!

Publicidade

Ao mestre, com carinho

Por Nájila Cabral em Meio Ambiente

15 de outubro de 2018

    Ensinar é, talvez, uma das mais nobres atitudes do ser humano. Transmitir o conhecimento, permitir o repasse de informações para que todos possam ter acesso, é algo indispensável para a evolução e para o desenvolvimento.

   O professor é um agente de transformação. Seu trabalho permite, de alguma maneira, transformar vidas e realidades, minimizando, muitas vezes, as desigualdades e os obstáculos que nossa vida nos impõe.

   A todos os profissionais do ensino, a todas as pessoas que fazem desse trabalho sua razão de vida e sua missão, o Blog Verde de hoje é dedicado a você. Tomando emprestadas as palavras do Papa Francisco, de sua Encíclica Laudato Si: “e não se pense que seus esforços são incapazes de mudar o mundo. Suas ações espalham, na sociedade, um bem que frutifica sempre para além do que é possível constatar; provocam, no seio desta terra, um bem que sempre tende a difundir-se, por vezes invisivelmente”.

   Aos mestres, professores e professoras, meu carinho e admiração, sempre!